Blog do Geraldo José - Imprimir Matéria

MORADOR DENUNCIA MÁ QUALIDADE DE OBRA EM SOBRADINHO. SECRETÁRIO DE OBRAS CONTESTA E ALEGA QUE DENÚNCIA É DE “CIDADÃOS FRUSTRADOS E PREGUIÇOSOS”

publicado em 11 de Julho / 2018 às 18:56 | Variadas

Alexandro Nunes lima, morador do vizinho município de Sobradinho (BA) enviou e-mail ao Blog denunciando uma série de acidentes em obra de pavimentação asfáltica realizada pela administração municipal na Vila Santana. Diz o denunciante: “O Sr. Fábio Barroso, denunciou o Prefeito de Sobradinho em seu Blog e no Jornal Nacional em dezembro passado, sobre a pavimentação asfáltica que o Prefeito Luiz Vicente Berti está fazendo na cidade. Por incrível que pareça, sete meses depois em algumas ruas o asfalto não atendeu às condições de cura que o prefeito afirmou que alcançaria, ou seja, continua derretendo, provocando transtornos para os moradores. A solução paliativa, buscada para o problema, ao que tudo indica, ficou pior que o problema verdadeiramente enfrentado. O pó de brita colocado sobre o asfalto, praticamente a cada quinze dias, tem ocasionado situações no mínimo de descaso absoluto, acidentes estão ocorrendo por falta de aderência e prejuízos estão sendo impostos aos cidadãos.O acidente mais recente, aconteceu no dia 09/07/2018, quando a Srª. Adriana Lima, residente na rua Araras, Vila Santana, vinha chegando em sua residência, conduzindo a sua moto, quando ao tentar frear, derrapou no pó de brita, vindo a cair e como consequência teve seu braço quebrado e escoriações no joelho além dos danos materiais da moto. A pergunta que se faz é: Até quando os moradores vão ser vítimas dos erros dessa administração?” Questionou Alexandro Nunes Lima.

Em contato com a gestão municipal em Sobradinho a reportagem do Blog foi convidada para observar “in loco” a situação e compareceu na manhã desta quarta-feira (11) oportunidade em que percorreu todas as ruas da Vila Santana e posteriormente conversou com o Secretário de Obras Moacir Torres que estava vistoriando o andamento da obra no Hospital Municipal. Moacir alegou que “esses dois cidadãos são frustrados, com uma carreira profissional deficiente. Tiveram umas vantagens nesse município, como não tiveram a devida competência para desenvolver seu trabalho, foram expurgados dessa administração. Pelo que essa administração está fazendo não cabe pessoas incompetentes, preguiçosas, indolentes” entre outros adjetivos.  Ouça a íntegra da entrevista abaixo:

Da Redação

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2018. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.