Blog do Geraldo José - Imprimir Matéria

Eleições: Propagandas de rua, carros de som e colocação de bandeiras foram as principais irregularidades registradas em Petrolina

publicado em 09 de Outubro / 2018 às 09:30 | Eleições

Propagandas de rua, uso de carros de som e colocação de bandeiras foram as principais irregularidades registradas, até agora, durante o período das eleições em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. As denúncias foram feitas através do aplicativo Pardal, desenvolvido pela Justiça Eleitoral para uso gratuito em smartphones e tablets, pelos eleitores.

A versão 2018 do aplicativo Pardal foi disponibilizada para download gratuito no dia 23 de agosto, e é acessível em todos os sistemas operacionais de smartphones. Com a ferramenta, os eleitores podem denunciar infrações durante as campanhas eleitorais, como propaganda eleitoral, compra de votos, uso da máquina pública, crimes eleitorais, doações e gastos eleitorais, entre outras.

De acordo com Marivaldo Mendes, chefe de cartório em Petrolina, o aplicativo foi bastante utilizado no município. “Mais uma vez, o aplicativo foi disponibilizado e bastante utilizado aqui no município. Foi positivo o balanço do aplicativo, e foram tomadas todas as providências cabíveis em relação a todas as irregularidades que chegaram ao nosso conhecimento”, disse.

O derramamento de santinhos em alguns locais de Petrolina também foi outra irregularidade constatada pelo Fórum Eleitoral. A prática é crime. “Nós constatamos em alguns lugares que os candidatos continuaram desobedecendo uma determinação legal. Nós iremos apurar se existem provas em relação aos responsáveis, e serão encaminhados ao órgão competente”.

Em relação à campanha para o segundo turno das eleições, que será no dia 28 de outubro, as regras eleitorais permanecem as mesmas.

Foto: TRE MT G1 Petrolina

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.