Blog do Geraldo José - Imprimir Matéria

ESPAÇO DO LEITOR: ESCORPIÃO EM JUAZEIRO-BA

publicado em 07 de Janeiro / 2019 às 15:00 | Espaço do Leitor

Eu me chamo Mairane Paraguassú resido no bairro Novo Encontro em Juazeiro-BA, venho aqui para alertar a população sobre a infestação de escorpiões na nossa região para que os pais fiquem atentos nas suas residências e também ficarem atentos às crianças, pois peço encarecidamente ao nosso prefeito que tome uma atitude por gentileza para combater esses peçonhentos, pois na minha residência foram achados seis desses e por sinal é o escorpião mais venenoso da América do Sul e na minha residência há crianças pequenas e tive que tirá-los de casa por precauções para evitar uma fatalidade.

O nome do escorpião é Tityus serrulatus, conhecido popularmente como escorpião-amarelo, é um escorpião típico do Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste do Brasil; é a principal espécie que causa acidentes graves, com registro de óbitos, principalmente em crianças. Possui as pernas e a cauda amarelo-claro e o tronco escuro. Tem oito anos que resido nesse bairro e só agora eles estão aparecendo essa espécie é bem comum aparecer no ambiente doméstico habitam lugares escuros, possuem hábitos noturnos, ou seja, utilizam a noite para procurar alimento e em lugares úmidos, como armários, guarda-roupas, debaixo de móveis, dentro de vasos e outros lugares que possam oferecer proteção. Além disso, são comuns em construções onde se abrigam em acúmulo de entulho, principalmente tijolos de argila, telhas e Lages de concreto, lixos, esgotos...

São carnívoros, alimentando-se principalmente de cupins, moscas, grilos, baratas e outros tipos de insetos. Quando falta alimento em sua região, costumam praticar o canibalismo (alimentam-se de outros animais da mesma espécie). Quando se sente ameaçado usa o ferrão para picar a vítima e introduzir seu veneno. Os principais predadores dos escorpiões são: lacraias, sapos, gaviões, corujas, macacos, lagartos, aranhas, galinhas e camundongos. Após o acasalamento, a fêmea costuma comer o macho que a fecundou. Após a fecundação uma fêmea costuma gerar cerca de 50 filhotes. Por favor, senhor prefeito tome providencias urgentes para combater esses bichos para que a nossa população possa viver tranqüila com suas famílias em especial àquelas famílias que têm crianças em casa. Sou  mãe e tive que tirar meus filhos de dentro de casa por medo e para evitar que ataquem minhas crianças até eu conseguir eliminar todos e descobrir de onde estão vindo com a sua ajuda senhor prefeito Paulo Bomfim. Obrigada pela oportunidade de alertar a população senhor Geraldo.

Grata!

Atenciosamente,

Mairane Paraguassú

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.