Blog do Geraldo José - Imprimir Matéria

Polícia Federal prende duas pessoas em Petrolina tentando obter benefício do INSS utilizando documentos falsos

publicado em 08 de Fevereiro / 2019 às 13:42 | Policial

A Polícia Federal prendeu na tarde de ontem, 07/02, duas pessoas em razão de estarem tentando obter benefício previdenciário mediante utilização de documentos falsos na cidade de Petrolina/PE.

Segundo a Polícia Federal, uma mulher de aproximadamente 45 anos estava acompanhando um homem idoso no Casa-Bolsa em Petrolina (local conveniado perante o INSS para receber requerimentos de benefícios previdenciários), no intuito de obter um benefício assistencial para pessoas maiores de 65 anos.

A documentação apresentada pelo idoso estava em nome de ADEVALDO SILVA DOS SANTOS, sendo que tal fato levantou suspeita por parte do INSS, tendo em vista que outra pessoa teria apresentado requerimento do mesmo benefício na cidade de Picos no Piauí, mediante utilização do mesmo documento de identidade. Ao ser realizada a verificação dos requerimentos de benefício apresentados em Petrolina e em Picos, constatou-se que as fotografias que constavam nos RGs apresentados eram de pessoas distintas.  

Diante das fortes suspeitas de fraude, a Polícia Federal foi acionada para realizar uma abordagem nos suspeitos, que se encontravam na tarde de ontem no Casa Bolsa em Petrolina.

Após a abordagem feita por policiais federais, o idoso que portava documento em nome de ADEVALDO SILVA DOS SANTOS, afirmou se chamar, na realidade, FRANCISCO PEREIRA. Porém, não foi apresentado qualquer documento que comprovasse a sua real identidade. Já a mulher que estava acompanhando o idoso, ao ser indagada qual seria seu nome, a mesma não quis responder, solicitando aos policiais verificar primeiro a sua bolsa com documentos, para poder dar a resposta.
A mulher, que era vista frequentemente na repartição Casa-Bolsa e atendida pelo nome de DAIANE, estava de posse de um RG recentemente expedido em nome de ANA LÚCIA DA SILVA.

Ao chegar na Delegacia de Polícia Federal em Juazeiro, porém, constatou-se que a mesma já havia sido presa pela referida unidade da PF no ano de 2013, ocasião em que ela utilizou o nome ESMERINDA GARCIA. Após ser presa pela Polícia Federal em 2013, a própria “ESMERINDA GARCIA” foi presa novamente no estado do Ceará (município de São Benedito), ainda no ano de 2013, desta vez utilizando o nome de FRANCISCA DA COSTA.

Ainda de acordo com a PF pertences da mulher que se disse chamar ESMERINDA GARCIA, foram encontrados diversos documentos em nomes de terceiras pessoas, como CPFs, CTPS, comprovantes de residência, e documentos relacionados a requerimentos de benefícios.

Os peritos criminais realizaram análise preliminar no documento em nome de ADEVALDO SILVA DOS SANTOS, tendo sido constatado que uma fotografia foi sobreposta em relação ao documento original, caracterizando a falsificação documental. 

Os dois indivíduos presos estão à disposição da Justiça Federal em Petrolina e responderão pela prática dos crimes de tentativa de estelionato qualificado (praticado em detrimento de entidade pública) e falsificação de documento público, cujas penas, somadas, podem chegar a 11 anos de reclusão. 

A mulher e o idoso foram conduzidos até a delegacia da Polícia Federal em Juazeiro para realização dos procedimentos

Foto: Policia Federal

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.