Blog do Geraldo José - Imprimir Matéria

Copa América mobiliza segurança, transportes e turismo em Salvador

publicado em 12 de Junho / 2019 às 08:30 | Variadas

No Centro de Operações e Inteligência – 2 de Julho, a imagem da Arena Fonte Nova se destaca. A partir deste sábado (15), ela será palco de cinco partidas da Copa América. Organizado pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), o evento mobiliza setores como segurança, mobilidade e turismo na capital baiana. 

Com a competição, o mercado apoiado pela Arena Fonte Nova deve movimentar 36% a mais na comparação com o ano passado, alcançando o valor de R$ 574 milhões. O gerente-geral do Comitê Organizador Local da Copa América, Thiago Jannuzzi, afirma que Salvador foi uma escolha natural e faz uma síntese do potencial da capital baiana. 

“É uma cidade receptiva, que respira futebol o ano todo, e que já recebeu grandes competições, como Copa das Confederações e a Copa do Mundo. Centro econômico do Nordeste, quarta cidade mais populosa do país, polo turístico e tem um estádio com nível mundial, 100% preparado para receber eventos de grande porte”, destaca. 

No sábado (15), às 19h, a Argentina enfrenta a Colômbia em Salvador. No dia 18, a Seleção Brasileira encara a Venezuela. No dia 21, Equador e Chile se enfrentam. Já no dia 23, a disputa será entre Colômbia e Paraguai. A Arena Fonte Nova encerra a participação na competição no dia 29, em jogo pelas quartas de final. 

Para o secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, os setores que mais vão ganhar são hotéis, transportes, bares, restaurantes e entretenimento. “A gente tem esse viés cultural muito forte e acaba se fortalecendo ainda mais agora. A Copa América coincide com o São João, uma festa tão importante para nós. É uma oportunidade para os turistas estrangeiros, que não fazem ideia do que é o São João, estarem no Pelourinho, vendo nossas características juninas, que são tão bacanas”, afirma. 

No período, Salvador vai receber principalmente turistas da Colômbia, Argentina e Estados Unidos. "Isso é muito importante, especialmente na baixa estação, pois movimenta a economia como um todo", acrescenta Fausto Franco. 

Foto: Alberto Coutinho/GOVBA
Coronel Marcos Oliveira ressalta expertise da Bahia para segurança em grandes eventos 
(Foto: Alberto Coutinho/GOVBA)

Mobilidade  

De acordo com a superintendente de Mobilidade da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), Grace Gomes, para credenciar Salvador a receber a Copa América, o Governo do Estado tem feito grandes investimentos. “A Arena Fonte Nova foi requalificada para ser segura e com todos os elementos técnicos para receber jogos internacionais. Outro ponto é a segurança pública, imprescindível para esses jogos. O terceiro ponto é a mobilidade, com a ligação direta do Aeroporto até a Arena", explica. 

Segundo Grace Gomes, o plano de mobilidade para a Copa América é centrado no metrô. “Todo torcedor está sendo orientado a chegar na Arena pelo metrô. Ele pode ingressar no sistema desde o Aeroporto, vai saltar no Campo da Pólvora e já estará bem pertinho da Arena Fonte Nova. De lá, será orientado aos portões norte ou sul, por onde vai entrar". 

A superintendente diz ainda que a orientação da Sedur é não utilizar carros para chegar ao estádio. "Nós temos um perímetro de segurança taçado pela Secretaria da Segurança Pública [SSP] que impede que os carros cheguem até a Arena Fonte Nova. Quem quiser ir de táxi, de carona ou de carro, chegará somente até certo ponto. É preferível ir de transporte público. O metrô é um meio seguro, confortável, confiável e onde o torcedor será orientado pelos agentes do metrô, do Governo do Estado e da Conmebol". 

Segurança pública

Outro destaque é a segurança pública. O coordenador da Comissão Estadual de Grandes Eventos, coronel Marcos Oliveira, ressalta que a Bahia é provedora de tecnologia para a segurança em competições como a Copa América. “A Bahia não apenas absorve e reproduz as informações necessárias para a segurança em grandes eventos, mas produz informações e tecnologia para isso. Nós temos essa expertise já com o Carnaval e aprimoramos recebendo as copas do Mundo e das Confederações e também os Jogos Olímpicos. A Bahia foi agraciada com outro grande evento e um dos motivos é a aceitação dos bons níveis de segurança que nós oferecemos ao longo do tempo. Uma mostra disso é que outros estados estão nos procurando para entender como é que funciona o nosso modelo de trabalho”, relata. 

Segundo Oliveira, o trabalho de planejamento para a Copa América começou no início de fevereiro. “Vamos manter os portais de abordagem e policiar as áreas de interesse operacional, como aeroportos e os hotéis onde ficarão as delegações. Temos o Centro Integrado de Comando e Controle, além de uma central de vistorias antibombas e estamos montando um esquema especial no entorno da Arena Fonte Nova para que a segurança do cidadão seja a melhor possível, sem afetar o cotidiano da cidade, que deve ser mantido”, descreve. 

Arena Fonte Nova 

Inaugurada em 2013, a Arena Fonte Nova é o principal equipamento multiuso do território estadual e um dos mais versáteis de todo o Brasil. Durante a Copa do Mundo de 2014, foi considerada pelos torcedores como a melhor arena da competição. No currículo, outros reconhecimentos expressivos, como a Copa das Confederações e os Jogos Olímpicos.

O equipamento foi o primeiro do mundo a receber a Certificação Internacional de Qualidade ISO 9001 do Sistema de Gestão de Qualidade para o Escopo de Construção de Arenas Multiuso e se sagrou como primeiro complexo brasileiro a conquistar a categoria Prata na Certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design).

Secom Bahia

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.