Blog do Geraldo José - Imprimir Matéria

Decreto das armas foi derrotado no senado com votos de Wagner e Otto. Angelo Coronel votou a favor

publicado em 19 de Junho / 2019 às 09:55 | Política

A bancada baiana no senado federal, em que pese serem todos da base do governador Rui Costa, no estado, divergiram na votação de ontem, terça-feira (18), no senado federal, que barrou o projeto de lei do presidente Jair Bolsonaro, que propôs a facilitação do porte de armas. A votação que barrou o desejo expresso do presidente Jair Bolsonaro teve 47 votos contrários e dentre estes os dos senadores baianos Jaques Wagner (PT) e Otto Alencar (PSD).

O senador Angelo Coronel, do mesmo PSD de Otto Alencar, destoou dos colegas de bancada e votou favorável à liberação das armas. Nas suas páginas nas redes sociais Coronel defendeu sua posição: “Sou a favor da defesa da propriedade e não posso de maneira nenhuma ser omisso nesse quesito, sou a favor!”, expressou.

O ex-governador Jaques Wagner foi na direção contrária do colega de bancada: “ Não é verdade que dar armas à população a deixará mais segura. Não é de armas que o Brasil está precisando. O Brasil precisa de emprego e prosperidade. Votei contra o decreto do presidente que o plenário do Senado Federal derrotou nesta noite”, escreveu.

Nas páginas do senador Otto Alencar, nesta manhã, não há registros de opinião do parlamentar, que seguiu o mesmo posicionamento de Wagner e votou com a maioria, derrotando o projeto no senado.

A matéria agora vai à Câmara dos deputados para nova votação.

Da Redação Blog Geraldo José/ Foto Roque de Sá Agencia Senado

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.