Blog do Geraldo José - Imprimir Matéria

Caso Élida: Suspeita de planejar morte da professora Élida Márcia entra para o 'Baralho do Crime' na Bahia

publicado em 21 de Junho / 2019 às 14:13 | Policial

A mulher suspeita de ser a mandante da morte da professora Élida Márcia de Oliveira, de 32 anos, em Juazeiro, no norte da Bahia, foi inserida no Baralho do Crime da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) como o "Oito de Paus". A suspeita foi identificada como Edvania Pereira de Morais, conhecida como Vaninha. A vítima foi morta na frente da filha, que tinha dois anos, e do marido.

O Baralho do Crime é uma ferramenta da SSP, criada em 2011, para localizar os criminosos mais procurados do estado. A nova atualização foi divulgada pelo órgão na quinta-feira (21). A suspeita teve a prisão preventiva decretada em abril deste e é procurada pela polícia. O pai dela, Edvan Constantino de Morais, que também é suspeito de planejar o crime, e Railton Mendes da Silva, que dirigia a motocicleta usada no assassinato, foram denunciados pelo Ministério Público (MP-BA), também em abril. Os dois homens estão presos.

Além de Edvânia, a polícia procura também pelo homem suspeito de atirar na professora. Identificado como Maicon Neves dos Santos, ele também entrou para o Baralho do Crime como o "Sete de Espadas".

G1 Bahia

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.