Blog do Geraldo José - Imprimir Matéria

Leitora acusa venda de senhas em agência bancária de Juazeiro

publicado em 17 de Julho / 2019 às 21:30 | Espaço do Leitor

O Procon deve fiscalizar agências bancárias sobre o cumprimento da Lei da Fila. que preconiza tempo de espera de 15 minutos em dias normais, 20 minutos em dias anteriores e posteriores aos finais de semanas e de 30 minutos nos dias que antecedem e posteriores aos feriados. Essa medida apenas não se estende aos caixas eletrônicos.

Para denunciar mal atendimento nos bancos, o cliente deve apresentar no Procon a senha para atendimento, onde consta a hora de entrada na agência, e um documento (boleto ou qualquer outro tipo de conta paga) onde conste na autenticação do banco.

A leitora Sarah Noberto enviou email a este Blog Geraldo José e denunciou que "Sempre vou ao Banco Bradesco, que fica localizado na Praça barão do Rio Branco, Centro de Juazeiro/BA, observa uma diferença quanto a demora no atendimento".

Confira aqui a acusação da leitora:

"Não que isso não ocorra com outros bancos, mas nessa agência a pessoa fica em torno de três horas para um simples atendimento no caixa. Como vou com frequência, comecei a observar uma prática estranha de vendas de senha de atendimento para o serviço de Caixa, mas não tinha certeza quanto a essa prática. 

Ontem, dia 16/07/2019, por volta dás 10h40min, cheguei ao Banco Bradesco, como habitualmente, ir aos caixas, certifiquei que realmente fica uma pessoa, com várias senhas na mão e ainda abordando qualquer pessoa para vender as mesmas. Depois de duas longas horas de espera, não aguentei, procurei o vigilante, que assim que relatei o caso, me pediu para procurar um funcionário no caixa, já que os mesmos sabem dessa prática, e segundo relato desse funcionário, eles não podem fazer nada. 

Esse funcionário, foi até esse Senhor, disse algo e o mesmo saiu do Banco, mas não demorou muito, uns vintes minutos depois, esse mesmo senhor voltou e novamente começou a vender as senhas, chegando até a me oferecer. Pasmem, isso acontece dentro da agência, depois que você passa pela simpática porta giratória, que te bloqueia até por um clip se você estiver postando na bolsa. Quero registrar minha indignação, já que achei que alguém do próprio Banco poderia acabar com essa prática, fazendo outras pessoas ficarem horas esperando porque simplesmente um cidadão lucra diariamente com a retirada de senhas e passando para aqueles que não respeitam a regra".

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.