Blog do Geraldo José - Imprimir Matéria

CASO BEATRIZ: APÓS ACUSAÇÕES DO ADVOGADO DE DEFESA, A POLÍCIA CIVIL DIZ QUE NÃO VAI SE PRONUNCIAR

publicado em 25 de Julho / 2019 às 10:13 | Policial

"A Polícia Civil de Pernambuco não vai se pronunciar a respeito. O Caso Beatriz segue em investigação sob segredo de Justiça."

Este foi o texto em resposta a redação deste Blog Geraldo José que a Superintendência da Policia Civil, em Recife enviou quando solicitado esclarecimentos da acusação do advogado de defesa de Allinson Henrique Carvalho Cunha, acusado de apagar as imagens do computador do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora no dia em que Beatriz Angélica Mota foi assassinada em dezembro de 2015.

O advogado Wank Medrado,  em texto enviado ao Blog Geraldo José, declarou em caixa alta que ALLINSON NÃO ESTÁ SENDO ACUSADO DA MORTE DA MENINA BEATRIZ ANGÉLICA;

A ACUSAÇÃO QUE EXISTE CONTRA ALLINSON DIZ RESPEITO TÃO SOMENTE AO FATO DE TER SUSPOSTAMENTE APAGADO IMAGENS DO COLÉGIO COM O DIA DOS FATOS.

INFORMAÇÕES PROCESSUAIS:

ASSIM QUE O FATO ACONTECEU EM DEZEMBRO DE 2015 A POLÍCIA CIVIL PASSOU A SOLICITAR DO COLÉGIO NOSSA SENHORA AUXILIADORA IMAGENS FRACIONADAS, OU SEJA, REALATIVAS A MOMENTOS DO EVENTO QUE ESTAVA ACONTECENDO NO REFERIDO COLÉGIO E NÃO TODAS AS GRAVAÇÕES;
POR INICIATIVA DO PRÓPRIO COLÉGIO AS IMAGENS FORAM ENTREGUES NA ÍNTEGRA ATRAVÉS DO FUNCIONÁRIO DO COLÉGIO DE NOME CARLOS;
A FALTA DE ATENÇÃO DA POLÍCIA CIVIL FOI TAMANHA QUE UM INVESTIGADOR SOLICITOU DA FUNCIONÁRIA LORAILDES BACKUP DE IMAGENS QUE JÁ ESTAVAM NA POSSE DA PRÓPRIA POLÍCIA CIVIL, CONFORME CONVERSAS DE WHATTSAPP;
APÓS AS IMAGENS SEREM APAGADAS, O DELEGADO MARCEONE FERREIRA ENVIA OFÍCIO (N°083/2016) AO COLÉGIO PEDINDO AJUDA FINANCEIRA PARA RECUPERAR AS REFERIDAS IMAGENS, PORÉM, RECONHECE QUE HOUVE A FORMATAÇÃO AUTOMÁTICA (APAGAMENTO DAS IMAGENS DE FORMA AUTOMÁTICA) DO HD-DVR EM QUESTÃO, CONFORME AFIRMA A REFERIDA AUTORIDADE POLICIAL NO OFÍCIO DE N°082/2016, UM ANO APÓS O FATO;
APÓS O ERRO DA POLÍCIA CIVIL QUE RESULTOU NO APAGAMENTO DAS IMAGENS EM QUESTÃO A REFERIDA POLÍCIA CUIDOU DE PROCURAR UM “BODE EXPIATÓRIO” PARA ASSUMIR A RESPONSABILIDADE POR SEU PRÓPRIO ERRO EM TER APAGADO AS IMAGENS DA ESCOLA (VIDE PERÍCIA REALIZADA);
A PARTIR DO ERRO DA PRÓPRIA POLÍCIA CIVIL QUE APAGOU AS IMAGENS EM DECORRÊNCIA DE TER UTILIZADO PROGRAMA/SISTEMA INCOMPATÍVEL COM O HD-DVR QUE GUARDAVA AS IMAGENS, A POLÍCIA CIVIL DE PERNAMBUCO INICIOU A ACUSAÇÃO INJUSTA CONTRA ALLINSON HENRIQUE QUE JÁ HAVIA SIDO OUVIDO POR 04 (QUATRO) VEZES PELOS DELEGADOS QUE PASSARAM PELO CASO E NÃO O SOLUCIONARAM ATÉ AGORA;
AO ATRIBUIR INJUSTAMENTE O FATO DE TER APAGADO AS IMAGENS A ALLINSON HENRIQUE A POLÍCIA CIVIL ERRA NOVAMENTE, POIS ABANDONA O FATO PRINCIPAL – QUE É A MORTE DE BEATRIZ ANGÉLICA- E PASSA A CUIDAR DE UM FATO SECUNDÁRIO SUPOSTAMENTE PRATICADO POR ALLINSON E QUE MESMO APÓS A RECUPERAÇÃO DAS IMAGENS PELA EMPRESA ESPECIALIZADA BOT NADA TROUXE DE NOVO QUE PUDESSE LIGAR A MORTE DE BEATRIZ A QUALQUER PESSOA VISTA NAS IMAGENS;
A IDEIA QUE FICA É QUE APÓS EVENTUAL PRISÃO DE ALLINSON HENRIQUE A POLÍCIA IRÁ FORÇÁ-LO POR MECANISMOS ILEGAIS E ARBITRÁRIOS A CONFESSAR CRIME QUE NÃO COMETEU;
IMPORTANTE FRISAR QUE TANTO ALLINSON QUANTO A SOCIEDADE SANFRANCISCANA TORCEM PARA A MAIS RÁPIDA SOLUÇÃO DESSE CASO, MAS CHEGOU A HORA DE BRADAR A SUA INOCÊNCIA POIS TUDO NA VIDA TEM LIMITE E ESSE LIMITE FOI EXTRAOPOLADO PELA INCOMPETÊNCIA DE ALGUNS INTEGRANTES DA POLÍCIA CIVIL DE PETROLINA;
A SENSAÇÃO QUE FICA É QUE A MÃE DE BEATRIZ COM SUA DOR É QUEM ESTÁ SOZINHA INVESTIGANDO O FATO QUE VITIMOU A SUA FILHA;
PORTANTO, A DEFESA DE ALLINSON REAFIRMA A SUA INOCÊNCIA E ATRIBUI A RESPONSABILIDADE PELAS FALHAS NA INVESTIGAÇÃO AOS INTEGRANTES DA POLÍCIA CIVIL RESPONSAÉVEIS PELA MESMA;
ADEMAIS, ESPERA A DEFESA DE ALLINSON HENRIQUE PELA FEDERALIZAÇÃO DO CASO PARA QUE A POLÍCIA FEDERAL POSSA, PELO FATO DE SER MELHOR APARELHADA, PRESIDIR AS INVESTIGAÇÕES E OFERECER UMA SOLUÇÃO MAIS SÓLIDA E RÁPIDA DESTE TRÁGICO FATO QUE VITIMOU A PEQUENA E INOCENTE BEATRIZ ANGÉLICA.
SÃO ESSAS AS CONSIDERAÇÕES A SEREM APRESENTADAS INICIALMENTE.

A PRESENTE NOTA É ASSINADA POR: ALLINSON HENRIQUE CARVALHO CUNHA – VÍTIMA DOS ERROS DA POLÍCIA CIVIL. ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA MEDRADO E MELO ADVOGADOS ASSOCIADOS PARECER DVR FINAL ASSINADO

No mês de maio também neste Blog Geraldo José , A Polícia Civil de Pernambuco, através de nota declarou que "entende a emoção e dor dos familiares da menina Beatriz Mota e reitera o compromisso de todas as forças de segurança do Estado, conforme afirmação do governador, para a elucidação do caso". 

Ainda segundo a nota "O inquérito hoje conta com 19 volumes e mais de 4 mil páginas com diligências sobre essa caso que desafia pela sua complexidade a PCPE, corporação que possui hoje uma das melhores taxas de resolução de homicídios do Brasil, que é 6,7 vezes maior que a média nacional. 

Foi designada a delegada Polyana Neri para tratar exclusivamente do caso com equipe de policiais e estrutura necessária, além de contar com o apoio do Ministério Público e da Diretoria de Inteligência da PCPE. Ao longo do caso, avanços foram obtidos como a divulgação da imagem do suspeito. Essa imagem foi resultado do trabalho de peritos do Instituto de Criminalística (IC) para que a tornassem o mais clara possível, possibilitando a visualização das características do homem. 

Não é possível fornecer mais detalhes sobre a investigação porque o trabalho corre sob segredo de justiça. 

Apesar dos desafios, a PCPE tem plena confiança que o caso será elucidado, trazendo justiça e paz para os familiares e amigos de Beatriz Mota".

Redação Blog Foto: Ney Vital

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.