Blog do Geraldo José - Imprimir Matéria

VEREADORES DE PETROLINA DISCUTIRAM NA MANHÃ DESTA TERÇA (13) A SITUAÇÃO DO SANATÓRIO NOSSA SENHORA DE FÁTIMA DE JUAZEIRO

publicado em 13 de Agosto / 2019 às 12:13 | Variadas

O Sanatório Nossa Senhora de Fátima, localizado em Juazeiro-Bahia, atende pacientes da Rede PEBA, do SUS (Sistema Único de Saúde), envolvendo 53 municípios dos Estados da Bahia, Pernambuco e Piauí, foi um dos assuntos tratados na sessão da Câmara de Vereadores de Petrolina, na manhã desta terça-feira (13).

"Como podemos ajudar o Sanatório Nossa Senhora de Fátima? Como ajudar as dezenas de famílias que precisam da instituição? Com este questionamento a vereadora Cristina Costa (PT), proclamou que a crise na saúde a "situação merece a união de todos os juazeirenses e petrolinenses". A vereadora também declarou que os funcionários do Sanatório estão com salários atrasados.

Participaram da sessão a presidente do Sanatório, Elisabete Teixeira de Almeida, e Maria Olívia de Oliveira. "Recebemos nessa terça-feira (13), a direção do Sanatório Nossa Senhora de Fátima em Juazeiro para compartilhar a situação da instituição", escreveu a vereadora Cristina Costa em suas redes sociais. "Temos que nos unir para que o Sanatório Nossa Senhora de Fátima de Juazeiro não feche as portas".

No relatório apresentado, segundo informações para efetivar o pagamento dos funcionários, remédios e empréstimos feitos para cobrir despesas do período que a entidade estava sem receber verbas, o sanatório gasta em média 250 mil (Duzentos e cinquenta mil reais) por mês. Desses recursos, 113 mil (cento e treze mil) são provenientes do Governo Federal. O restante era repassado até janeiro de 2019 pela prefeitura de Juazeiro. 

Dos 82 pacientes internados, 25 foram dispensados por falta de recursos. Os 57 restantes podem ser dispensados porque o sanatório não tem como se manter apenas com os recursos atuais. Trinta porcento (30%) dos pacientes são de Juazeiro, 15% de Petrolina, os outros, dos municípios da rede PEBA que apenas encaminham os pacientes e não repassam nenhum recurso ao hospital psiquiátrico. 

A folha de pagamento do sanatório gira em torno de 90 mil reais (noventa mil reais) e os profissionais também podem ser demitidos com o fechamento da unidade de saúde mental. A preocupação é das dezenas de famílias que não tem onde tratar os pacientes na rede privada.

Semana passada, quarta-feira (07), os vereadores de Petrolina, Major Enfermeiro, Zenildo do Alto do Cocar, Gilberto Melo e Cristina Costa, se reuniram com a direção do Sanatório Nossa Senhora de Fátima, Maria Olívia Dewilson Oliveira e Ivonete de Souza Silva Melo, para buscar soluções e evitar o fechamento da unidade. 

Uma das propostas citadas na reunião de hoje na Câmara de Vereadores é marcar encontros com o Ministério Público Federal, Secretárias Municipais de Saúde de Petrolina e Juazeiro e Prefeitos dos dois municípios. Os parlamentares também pretendem marcar uma audiência pública para chamar os municípios da Rede PEBA que encaminham paciente ao Sanatório nossa Senhora de Fátima.

Redação Blog

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.