Blog do Geraldo José - Imprimir Matéria

Espaço do Leitor: Mais uma clínica de Saúde com fins filantrópicos prestes a fechar em Juazeiro! A quem interessa?

publicado em 14 de Agosto / 2019 às 23:00 | Espaço do Leitor

Como devemos pensar Juazeiro com uma administração tão desastrosa diante da atenção à saúde dos Juazeirenses, cidade que vem recebendo de janeiro até esta data mais de R$77.000.000,00 (setenta e sete milhões). Onde estará sendo colocado este recurso? Pois a população reclama de todos os serviços que são prestados por não corresponder com o volume de recurso arrecadado.

Quando se tem a intenção de fazer as coisas acontecer e que seja em prol da população sempre será bem vinda, existe uma portaria lançada pelo governo federal, que não foi apreciada pelo governo municipal, que deixa a população de orelha em pé, estamos falando sobre a Portaria n.º 3588, de 21 de dezembro de 2017. Ademais, temos a Resolução do Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas (CONAD), que modificou as Diretrizes da Política Nacional sobre Drogas.

Fato este que altera as orientações para o tratamento e reinserção social de pacientes que apresentam dependência química e que estão em seguimento na RAPS (Rede de Atenção Psicossocial).

A Política Nacional de Saúde Mental compreende as estratégias e diretrizes adotadas pelo país, com o objetivo de organizar o tratamento e assistência aos pacientes e seus familiares na área de Saúde Mental. Abrange a atenção a pessoas com necessidades relacionadas a transtornos mentais como depressão, ansiedade, esquizofrenia, transtorno afetivo bipolar, transtorno obsessivo-compulsivo, dentre outros, incluindo aquelas com quadro de uso nocivo e dependência de substâncias psicoativas (álcool, maconha, cocaína, crack e outras drogas).

Todos os Serviços, que compõem a RAPS, entre eles se encontra o Hospital Psiquiátrico são igualmente importantes e devem ser incentivados, ampliados e fortalecidos. O Ministério da Saúde não considera mais Serviços como sendo substitutos de outros, não fomentando mais fechamento de unidades de qualquer natureza. A Rede deve ser harmônica e complementar. Assim, não há mais porque se falar em “rede substitutiva”, já que nenhum Serviço substitui outro.

Qual o motivo que a administração municipal não tomou a devida providencia junto ao nosso hospital psiquiátrico, sendo que o mesmo serve a população do território de Juazeiro, Petrolina alcançando algumas cidades do Estado do Piaui.

Acorda Juazeiro!!!

Valdemar Borges - Consulplan

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.