Blog do Geraldo José - Imprimir Matéria

MESTRE APRIGIO É DIPLOMADO PATRIMÔNIO VIVO DA CULTURA

publicado em 17 de Agosto / 2019 às 22:00 | Variadas

O Governo do Estado de Pernambuco, através da Secretaria de Cultura e Fundarpe, realizou na sexta-feira (16), no Teatro de Santa Isabel, no Recife, a titulação dos seis novos Patrimônios Vivos do Estado (PV). Participaram da solenidade – uma comemoração ao Dia Nacional do Patrimônio Histórico, celebrado oficialmente neste sábado (17).

"Trago uma mensagem de muito respeito aos mestres e mestras, agraciados ou não, que são a base da cultura pernambucana. Vocês são nossas bússolas e faróis na busca por direções que nos leve ao reconhecimento da importância da cultura. Que a gente possa ter nisso a referência do que é ser pernambucano", celebrou Gilberto Freyre Neto.

Eleitos pelo Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural (CPPC), no último dia 10 de julho, os seis novos Patrimônios Vivos de Pernambuco diplomados são: Mestre Saúba (Brinquedos populares e mamulengos, de Jaboatão dos Guararapes); Maracatu de Baque Solto Cambinda Brasileira (Nazaré da Mata); Mestre Aprígio (artesão do couro, de Ouricuri); Mestre Nado (artesão de instrumentos musicais feitos de barro, de Olinda); Mestre Assis Calixto (mestre de coco, de Arcoverde); e Tribo Indígena Carijós do Recife (Caboclinho, do Recife).

Este foi o 14º Concurso do Registro do Patrimônio Vivo do Estado de Pernambuco – RPV-PE, realizado pelo Governo de Pernambuco, com o objetivo de reconhecer, estimular e proteger iniciativas que contribuem para o desenvolvimento sociocultural e profissional dos mestres e das mestras e grupos de notório saber. Os vencedores passam a receber bolsa vitalícia de R$ 1.600 (um mil e seiscentos reais), no caso de pessoa física, e R$ 3.200 (três mil e duzentos reais) no caso de grupos, pessoas jurídicas.

Mestre Aprígio deixou registrado sua emoção e que acreditava que o povo de Exu, terra do Rei do Baião e Ouricuri, onde trabalha estava mais feliz ainda. Além dos titulados, os Patrimônios Vivos presentes na solenidade foram Mestre Galo Preto, Maestro Formiga, Índia Morena, Associação Musical Euterpina, Dedé Monteiro, Caboclinho Canindé, Didi do Pagode, Clube de Boneco Seu Malaquias, Dona Prazeres, Maracatu Estrela de Ouro de Aliança, Cristina Andrade e Mestre Chocho.

Redação Blog

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.