Blog do Geraldo José - Imprimir Matéria

CONSUMIDORES DE JUAZEIRO PODERÃO PARTICIPAR PELA PRIMEIRA VEZ DE CAMPANHA DE NEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS

publicado em 11 de Setembro / 2019 às 13:30 | Variadas

Na semana em que será comemorado os 29 Anos do Código de Defesa do Consumidor, o PROCON de Juazeiro, através da parceria firmada com o PROCON Bahia e PROCON Brasil, irá participar pela primeira vez do mutirão de negociação de dívidas junto as instituições financeiras Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú, Santander, Tribanco, Banco BMG e BV Financeira.

O objetivo principal do mutirão é proporcionar uma linha acessível e alcançável para o diálogo entre consumidores e fornecedores, de modo a criar um ambiente favorável à harmonização dos interesses entre as partes através da formulação e aceitação de propostas vantajosas para renegociação de dívidas e até de quitação prioritária de qualquer valor que esteja em aberto.

O mutirão será realizado entre os dias 11 à 30 de setembro e para participar, o consumidor deverá procurar o PROCON de Juazeiro, portando o RG, CPF e comprovante de residência. Após o envio da solicitação, a instituição financeira terá o prazo de 10 dias para apresentar uma resposta.

Segundo o Coordenador Executivo do PROCON de Juazeiro, Dr. Ricardo Penalva: “Essa foi uma importante conquista para nossos munícipes, que pela primeira vez terão a oportunidade de negociar suas dívidas perante as instituições que aderiram ao mutirão, trazendo assim, uma solução mais concreta para os problemas trazidos pelo alto endividamento que atinge mais de sessenta milhões de brasileiros”.

Os interessados em negociar suas dívidas deverão procurar o PROCON de Juazeiro, situado na Praça Barão do Rio Branco, nº 10 – A, 1º Andar, Centro, Juazeiro/BA (Ao lado do Paço Municipal) ou entrar em contato pelo telefone (74) 3613-4523.

Ascom Procon de Juazeiro

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.