Blog do Geraldo José - Imprimir Matéria

Acusado de homicídio de ex-funcionário do SAAE se manifesta publicamente pela primeira vez sobre o caso e afirma inocência

publicado em 03 de Outubro / 2019 às 12:43 | Policial

Em e-mail ao Blog GJ Notícias o indiciado por envolvimento no crime de homicídio de Adalberto Gonzaga, David Roger Paixão Reis, afirma que as acusações que pesam em seu desfavor baseiam-se em comentários falaciosos que desnortearam o Ministério Público na condução do caso.

"A missão policial sobre os agentes do crime, concluiu que um total de sete pessoas, entre os mandantes e executores, participaram do referido crime, sendo que nenhum deles é o acusado. Apesar disso, a denúncia acusou outras pessoas, alheias à situação, o que aparenta, a princípio, desmerecer a missão policial empreendida" pontuou David.

"Reitere-se que as descrições do executor dada pela própria testemunha ocular, divergem antagonicamente ao tipo físico do acusado, fato este devidamente denotado na folha 239 do processo criminal. Tal fato demonstra que a denúncia não se baseia nas evidências robustas advindas do brilhante trabalho policial, mas, se respalda em boatos maledicentes" acrescentou o acusado.

Ainda, esclareceu David: “As autoridades estão sendo induzidas a erros que não se sustentarão. A testemunha é clara em descrever o assassino e a descrição relatada em nada se parece comigo. Tenho certeza da minha inocência e sei que tudo vai se esclarecer.”, afirmou em nota o acusado.

Acesse mais informações sobre o caso AQUI

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.