Blog do Geraldo José - Imprimir Matéria

ATENDIMENTO NA OITAVA CIRETRAN IRRITA USUÁRIOS DE JUAZEIRO

publicado em 09 de Agosto / 2011 às 17:30 | Variadas

A cada dia que passa cresce o grau de insatisfação dos usuários com os serviços prestados pela Oitava Ciretran, órgão diretamente ligado ao Detran na Bahia.

Elca Janaína Tanury Bento, que reside à rua 08, número 03, Vila Tiradentes entrou em contato com o blog para denunciar que foi muito maltratada por uma funcionária da Oitava Ciretran quando tentava mudar o endereço errado que consta no licenciamento do seu veículo.

“A grosseria da funcionária foi tão grande e na frente de outras pessoas, que quase perco o controle. O pior é que eles exibem cópia da lei que diz ser crime ofender funcionário público. E o usuário que é ofendido, como fica? Ainda tentei denunciar o fato ao diretor da instituição, o Capitão Edvaldo Bonfim que alegou não poder nos receber, então venho à imprensa para tornar público na tentativa de que esse fato não se repita”, justificou Elca Janaína.

O diretor do órgão, Capitão Edvaldo Bonfim alegou que tem buscado conscientizar os funcionários no sentido de tratar bem aos usuários, e sugerindo ao DETRAN, cursos humanísticos, como forma de melhorar a relação servidor/usuário, mas até hoje não foi atendido. “Quando o usuário se sentir ofendido ou não receber o tratamento merecido, pode nos procurar e denunciar, que abrimos uma sindicância administrativa”.

O leitor do blog Vilquer Fonseca fez também a seguinte denúncia:

Geraldo José,

Venho através deste meio de comunicação denunciar uma irregularidade que está acontecendo em nossa região. Pois bem, a comunidade de Juazeiro que utiliza da 8ª CIRETRAN não tem mais o direito de escolher onde mandar fazer sua placa veicular. Agora tem que confeccionar onde o DETRAN manda, quebrando as regras do Código do Consumidor que trata da "livre escolha".

Isso vem acontecendo por causa de duas novas lojas de fabricação de placas que pertencem a alguém muito influente na política. Gostaria que essa denúncia, fosse aprofundada, pois a população de Juazeiro está indignada com tanta falta de respeito. Acredito nesse meio de comunicação de grande valia para nossa região.

Em Petrolina também estava assim, mas a população entrou com o pedido na promotoria e esta, através do código do consumidor mandou acabar com essa irregularidade que fere todo nosso direito.

Nesse aspecto, o diretor da Oitava Ciretran, Edvaldo Bonfim explicou que a partir do credenciamento de novas empresas o DETRAN determinou que a confecção das placas fosse distribuída de forma equitativa entre as referidas lojas. Entretanto, o órgão não tem poderes para interferir nos valores cobrados pelas mesmas, sugeriu que os usuários que se sentirem lesados procurem o Ministério Público.

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.