Blog do Geraldo José - Imprimir Matéria

Polícia Federal em Juazeiro abre investigação sobre denúncia de agressão a índios Trukás em Sobradinho

publicado em 15 de Setembro / 2011 às 18:00 | Policial

A cacique Rita Prosperina da Silva Barbalha da tribo Truká do município de Sobradinho procurou ontem (14) a Polícia Federal e hoje (15) o Ministério Público em Juazeiro para denunciar as agressões que ela e sua filha sofreram por parte de um motorista da FUNASA – Fundação Nacional de Saúde. A líder indígena esteve no blog e informou que ela e a filha foram agredidas ontem pelo motorista, Edílson Alves de Oliveira, popular Galego da Sucam, após discussão dentro do automóvel da Fundação.

Tarde passada, as duas fizeram exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal de Juazeiro. A secretaria especial da saúde indígena que fica em Brasília já foi comunicada e deve mandar um representante a Juazeiro para acompanhar as investigações.

Rita Prosperina disse ainda ao repórter Geraldo José que ao tomar conhecimento das agressões, a comunidade indígena saiu em perseguição ao motorista que fugiu no veículo do órgão federal. “Graças a Deus, a comunidade não conseguiu pegá-lo. Os índios se atiraram no Canal da Batateira tentando interceptá-lo e hoje dou graças por não terem alcançado, pois não sei o que aconteceria. Ele já foi afastado das funções, mas vou procurar também a coordenação da Funai, porque tem uma outra assistente da FUNASA, que juntamente com Edilson, estão o tempo todo provocando a tribo”.

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.