Blog do Geraldo José - Imprimir Matéria

ESPAÇO DO LEITOR: A DESESPERANÇA

publicado em 08 de Novembro / 2011 às 07:00 | Espaço do Leitor

Prezados juazeirenses, os nascidos e os chegados. É triste, muito desalentador, quase angustiante pensar na nossa situação política, cultural e vamos dizer assim de um modo geral, obviamente preservando alguns setores onde ainda vislumbramos algum crescimento.

Juazeiro está ao lado de Petrolina e infelizmente esta comparação nos irrita, já estamos por demais cansados de ouvir comparações e as mesmas críticas repetidas à exaustão.

Mas o que tem sido feito para melhorar nossas vidas? Nossa pobre autoestima? O que será de nós em 2012? Qual será a nova "mudança" ou se a mesma vai continuar? Quem voltará com novas promessas? E os novos que de tão velhos já chegam derrotados nessa desesperança!

Juazeiro vai assim mesmo, vai! Podemos nos alegrar com algumas conquistas, algumas obras do governo federal e do governo estadual também, mas a cidade e o interior do município agonizam com a falta de serviços públicos, limpeza adequada, iluminação de cidade grande, praças e lazer, esportes para esta juventude abandonada, mergulhada em festinhas de "pagode" e arrocha, em uma desconstrução humana sem precedentes, criando jovens analfabetos e desinformados para a mão de obra barata e a marginalidade.

Não temos cultura nenhuma, não temos um parque municipal, não temos sequer uma biblioteca de cidadezinha, um cineminha pelo menos, alguma programação de lazer e cultura nos finais de semana, não! Ficamos esperando as "festinhas" de camisa e abadás com esta música pobre e burra baiana fazendo a cabeça dos "neymarzinhos" ruins de bola e as patricinhas paupérrimas sendo induzidas para o sexo sujo e massificado.

 Terra sem sequer uma liderança política forte, inteligente, confiável, muitos, muitos mesmo querem a "vereança" para ganhar um ótimo salário e fingir que defende o povo, e a prefeitura que já enriqueceu muita gente que se quer tem algum sentimentozinho por esta terra tão roubada, enganada, esquecida, maltratada e maltrapilha.

Quem vai nos defender minha gente? Em quem podemos acreditar? Vamos crescendo sim, grandes empresas chegam à juazeiro, mas para a nossa cotidiana tristeza o lixo, as ruas destroçadas a falta de cultura e estrutura nos faz apenas esperar por mais um natal, um carnaval e cinzas.

Juarez Bahia - cidadão triste desta terra

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.