Blog do Geraldo José - Imprimir Matéria

EU PENSO ASSIM... UM GRANDE TORCEDOR, GUSTAVINHO

publicado em 24 de Julho / 2014 às 23:00 | Charges

Por Herbet Mouze

O futebol amador de Juazeiro, dos campeonatos promovidos pela LIGA DESPORTIVA JUAZEIRENSE, LDJ, oficializando março de 1923, com sua primeira diretoria formada por José Meira Cabral, Presidente. João Meireles de Souza, vice. Agostinho José Muniz e Olegário de Assis, Secretários Firmino Moreira, Tesoureiro. Os nomes como Edgar Santa Cruz, Agostinho José Muniz e Saul Rosas foram responsáveis pela elaboração dos estatutos da recém criada LDJ. Ainda, João Branco, Cecílio Matos e Lozinho são nomes que devem ser lembrados como importantes nos primeiros passos da nossa identidade-mater. Também, não se pode falar da nossa história esportiva, sem citar o nome de Adauto Moraes, que deu o seu nome ao nosso estádio, que antigamente era ESTÁDIO JUAZEIRENSE. É bom lembrar que nosso primeiro campo surgiu no Alagadiço (bairro), chamado campo do Castro Alves, time da época, juntamente com o PIRAJÁ, “640”, Baiano, Associação Atlética Juazeirense, Veneza, Vitória. Mais tarde, Botafogo, América, Juventus, Grêmio, XV de Novembro, Fluísco (hoje carranca), Olaria.

É sobre alguém que torcia freneticamente pelo OLARIA, que dedico essas últimas linhas do meu comentário. Foi muito difícil, mas consegui poucas, mas importantes, informações sobre GUSTAVO GOMES MARTINS. Dizendo assim, pouquíssimas pessoas saberão quem é esse torcedor do OLARIA ESPORTE CLUBE. Ele media um pouco mais de um metro e dez centímetros de estatura, mas tinha um peito forte e um grito estrondante que das arquibancadas, ao lado direito do estádio, ouvia-se um forte grito de um torcedor apaixonado, que para ir ao estádio sempre vestia a camisa alvi-negra do OLARIA e continuamente largava o grito que poderia ser ouvido na rua de baixo, hoje, Av. Flaviano Guimarães. E lá vai o berro: OLARIIIIIIIIIIIA!!!

Ele era o GUSTAVINHO, nas décadas de 50, 60 e 70, o torcedor emblemático do OLARIA que nos deixou saudades, muitas saudades. Gustavinho foi atendente de balcão no antigo Bazar Royal. Faleceu em novembro de 1976, mas até hoje, ecoa nos arredores do nosso estádio o seu forte grito!

OLARIIIIIIIIIIIIIIIIIIIA!

Me chamam de saudosista. Sou, com muito orgulho.

EU PENSO ASSIM, E VOCÊ?

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.