Blog do Geraldo José - Imprimir Matéria

Pesquisa do IBGE desmascara TOPA

publicado em 09 de Setembro / 2010 às 09:40 | Política

“A última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), realizada pelo IBGE, acaba de revelar a verdade sobre o TOPA, um dos principais programas do governo Jaques Wagner”, afirmou o candidato ao governo estadual pela coligação “A Bahia Merece Mais” (DEM/PSDB), Paulo Souto, em Paulo Afonso, onde fez carreata ao lado dos postulantes ao Senado Federal Aleluia e José Ronaldo, na tarde desta quarta-feira (08/09). Centenas de carros e motos seguiram a chapa democrata pelas ruas da cidade. 

Segundo Souto, bem diferente dos resultados divulgados pela propaganda do governo, de que o TOPA alfabetizou mais de 500 mil pessoas no estado entre 2007 e 2009, a pesquisa do IBGE informa que, no mesmo período, apenas 86 mil baianos foram alfabetizados na Bahia. “Será que o atual governo vai continuar insistindo na mentira mesmo depois dessa pesquisa feita por um órgão do governo federal?”, indaga Souto. O candidato democrata enfatiza a necessidade de se saber a verdade sobre o que realmente está acontecendo na Bahia nos últimos tempos. “A descoberta da mentira do TOPA pela pesquisa do IBGE é mais uma prova de que esse governo se sustenta em bases podres. A mentira se repetindo incessantemente na tentativa de virar verdade”.

Para Paulo Souto, a repetitiva propagada mentirosa tentou também passar a idéia de que no atual governo mais pessoas foram alfabetizadas do que nos anteriores. “Essa é mais uma farsa desmontada pela Pnad”. De acordo com a pesquisa do IBGE, no período do governo de Paulo Souto 151 mil baianos foram alfabetizados contra 86 mil na gestão Wagner. “Diante de tanta disparidade entre a propaganda e o dado revelado pelo IBGE, torna-se indispensável que o Tribunal de Contas do Estado faça auditoria para saber como os recursos destinados ao TOPA foram utilizados”.

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.