Blog do Geraldo José - Imprimir Matéria

SERVIDOR DENUNCIA ATRASO SALARIAL E CRITICA GESTÃO PAULO BOMFIM

publicado em 08 de Março / 2018 às 14:00 | Variadas

Hoje, quinta-feira, dia 08, sexto dia útil do mês de março, parte do funcionalismo da Prefeitura de Juazeiro ainda não recebeu o salário do  mês de fevereiro segundo denuncia Jorge Pereira de Queiroz, servidor público, professor e ex-presidente do Sinserp (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Juazeiro).

“Geraldo até o presente momento a grande maioria dos servidores do municipal de juazeiro ainda não recebe os seus salários. O prefeito Paulo Bomfim parece estar outro planeta, hoje estamos no sexto dia útil e nada, ou seja, o Senhor prefeito está infringindo a lei e ao invés de mandar projeto para Câmara com objetivo de punir servidores pague os salários, pois quando falta alimento, e a água e energia são cortadas, gera conseqüências irreversíveis para as famílias. O pior Geraldo e que Paulo Bonfim continua contratando, só esta semana foram 65 novos contratados, o que certamente num futuro próximo conduzira a falência o IPJ – Instituto Previdenciário de Juazeiro. Queremos respeito e responsabilidade. Pague os nossos salários prefeito, cuide das nossas estradas, da nossa saúde, das escolas” desabafou Jorge Queiroz.

O servidor público ainda fez denúncia grave contra a gestão municipal em relação à aplicação dos recursos. “Dinheiro tem é tanto que estão contratando. Quando eu digo que estão contratando é porque posso provar, e ainda por cima para fazer politicagem com dinheiro do povo de Juazeiro. A gente fica triste quando acontecem essas coisas. As famílias de Juazeiro estão decepcionadas, inclusive, a minha” prosseguiu o ex-dirigente sindical.

“Prefeito eu lembrei que na sua campanha o Senhor falou de outro governo que atrasava salário e o Senhor está fazendo a mesma coisa. E olha que o governo anterior recebia R$ 10 milhões e a receita hoje passa de R$ 60 milhões mensais. Os vereadores não fazem nada porque ao invés de pedir obras, eles pedem cargos. Juazeiro hoje passa de 10 mil servidores, enquanto Petrolina que tem 350 mil habitantes, tem apenas 6 mil servidores” concluiu.

A redação manteve contato com a Secretaria de Governo da gestão Paulo Bomfim, mas ainda não recebeu resposta sobre as acusações do servidor.

Da redação Foto Geraldo José

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2018. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.