Blog do Geraldo José - Imprimir Matéria

Taxistas de Juazeiro e Petrolina cobram maior fiscalização do Uber; Prefeitura de Petrolina diz que vai regularizar a prestação de serviços

publicado em 13 de Março / 2018 às 10:30 | Variadas

Os taxistas de Juazeiro e Petrolina protestaram na manhã desta terça-feira (13). Unidos Os motoristas realizaram a manifestação na frente da Prefeitura de Petrolina e na Câmara de Vereadores. A reivindicação é para que as autoridades de Juazeiro e Petrolina fiscalizem a atuação do Uber, motoristas particulares contratados via aplicativos de celular. Os taxistas se sentem desrespeitados em seus direitos.

Segundos a categoria dos taxistas os carros do Uber estão atuando "sem nenhuma fiscalização e a forma prejudica os que trabalham pagando impostos e são fiscalizados para trabalhar e manter a segurança no trânsito".  A manifestação causou engarrafamentos na cidade.  

Segundo a diretoria das Associações dos Taxistas,  o Uber "não são regularizados como táxis e sim atendimentos via aplicativos e eles estão fazendo o que bem querem para ter clientes". Desde que iniciou os trabalhos em Juazeiro e Petrolina o Uber tem provocado polêmica nas duas cidades. 

De acordo com as regras o motorista parceiro-Uber  pode escolher o horário em que deseja se conectar à plataforma - mas ficar online no aplicativo sem estar disponível para iniciar a viagem e se locomover para buscar o usuário não é uma conduta aceitável.

Em nota enviada a este Blog a  Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) informa que o Uber ainda não foi regulamentado em Juazeiro e por isso o serviço ainda não é legalizado no município. Portanto, a manifestação ocorrida na manhã desta terça-feira (13), embora tenha a participação da Associação dos Taxistas de Juazeiro (ASTAXI), é direcionada à cidade de Petrolina, que já regularizou o serviço no município.

A CSTT está aguardando que a Lei que regulamenta o serviço do Uber e demais aplicativos seja sancionada pelo Presidente para só depois ser implementada em Juazeiro.

Já a AMMPLA - Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina esclareceu que desde que logo após o Governo Federal deliberar que a regulamentação do Uber é de Competência Municipal, a AMMPLA encaminhou projeto de imediato, para a Procuradoria do Municipio que já analisou e está aguardando o prefeito Miguel Coelho retornar de Brasilia para assinar e encaminhar o Projeto para a Câmera de Vereadores para a devida aprovação, fato que deverá ocorrer nos próximos dias. A AMMPLA informa ainda que só poderá fiscalizar as atividades do UBER em Petrolina após a aprovação do referido projeto. Porém, o orgão informa que vai intensificar a fiscalização em relação ao transporte público.

Redação blog Foto: Ney Vital

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2018. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.