Blog do Geraldo José - Credibilidade e imparcialidade
 

publicidade

Enquete

Carregando...

Pesquisar
Newsletter
cadastre seu e-mail e receba nossas notícias diariamente.
13,8%
Atualizado em: 04/02/2016
Espaço do Leitor
08 de Fevereiro / 2016 às 09:00 | Nenhum Comentário

Carlos Augusto Cruz

Médico e Advogado

“Sonhei um sonho”! No qual me encontrava vivendo num determinado país onde tudo era diferente.

Naquela nação o povo era muito bem tratado no tocante a sua saúde e a sua educação. Não havia desvio de verbas dessas duas áreas, por parte dos governantes. Na saúde, nem se fala, era tudo uma maravilha. Corrupção, quando surgia algum caso, de cem em cem anos, os culpados, uma vez sendo réus confessos ou delatores, eram punidos imediatamente e, se fossem com o seu gesto comprometer o nome e a grandeza do país, eles teriam morte sumária. O que para o governo significava um serviço para com a saúde pública do país.

O povo era muito bem atendido nos seus direitos. O sistema de saúde daquele país tinha um nome curioso, chamava-se SUSE. Era uma espécie de Sistema Único de Saúde Espetacular, onde na sua constituição estava escrito que: “Saúde e educação eram direitos dos cidadãos e dever do Estado”.  Disso ninguém tinha dúvidas e, se era prá ser assim, era assim que era!

No país dos meus sonhos a saúde e a educação não estavam na UTI. Não se criavam meios fantasiosos e inexplicáveis para selecionar mais e mais os alunos que entrariam nas Universidades, e nem se falsificavam os índices de educação do país dizendo que o seu IDR aumentava a cada ano, quando o que se observava na prática, era o aumento do número de crianças em idade escolar, fora das escolas, bem como o aumento do número do trabalho infantil. Não era como os outros países, onde até o próprio governo, também praticava o trabalho escravo – oficialmente – apoderando-se de parte do salário de alguns trabalhadores médicos que ele mesmo, importava de outros países para, no país dos meus sonhos prestar serviços e, por mera ideologia política, retinha a maior parte dos salários desses trabalhadores, não repassando para eles, que trabalharam, mas sim aos governos dos seus países de origem.

Hospitais bem equipados, nele não faltavam. Condições de trabalho para os médicos, também não. Salários à altura dos três poderes eram comuns. Tanto fazia ser funcionário do poder executivo, quanto do legislativo ou do judiciário, era sempre a mesma coisa, ganhava-se sempre igual. A harmonia entre os poderes se evidenciava até nisso – nos salários. Faculdades de Medicina tinha-se aos montes, de Norte a Sul; de Este a Oeste, e lá, pasmem os senhores, não havia falta de médicos. Tempos atrás tinham inventado até um certo FIES, que serviria para os alunos de curso superior pagar seus estudos numa das muitas e bem equipadas Faculdades Médicas. Mas isso teve que ser reduzido drasticamente, porque as Escolas de Medicina daquele país, principalmente as particulares, começaram a cobrar um preço tal nas mensalidades que, na sua grande maioria cobravam acima das dez mil patacas, que era a moeda do país, apenas por uma mensalidade, e o que era pior os cidadãos daquele país eram obrigados a pagarem os doze meses do ano de mensalidades, para que as escolas particulares tivessem um lucro maior ainda. Isso também se acabou, pois descobriram que se estava cobrindo um santo, enquanto o outro ficava a descoberto.

Quando o governo se apercebeu disso proibiu, peremptoriamente, a tal cobrança das doze mensalidades.

Em se tratando da saúde para a população daquele país não existiam filas para se marcar consultas, para ser submetido a um tratamento médico, qualquer que fosse.

Chamar uma pessoa para fazer uma consulta médica depois de onze meses que aquela pessoa já havia falecido (tamanha era a fila), nem pensar. Médicos surtando nos locais de trabalho, por falta de condições de exercer sua profissão com dignidade, sem agüentar a pressão popular, isso era coisa prá mudança de Ministro e de ministério, não tinha prá onde correr!

Eleições naquele país, tinha-se a cada dois anos, porém quando chegava-se no tempo das eleições, o povo, principalmente o proletariado, nem ligava pros candidatos: eram os candidatos que tinham que ligar para o povo.

Brigar por candidatos a Prefeitos e a Vereadores, ninguém nunca viu tal barbaridade. Votar por um milheiro de telhas, ou de tijolos, por sacos de cimento, comprar votos, vender votos, isso era algo de abominável para aquele povo.

Aquele país tinha mesmo um povo politizado e bem esclarecido.

Corrupção, inclusive envolvendo os altos graus da hierarquia governamental, era algo de impensável.

Assim vivia aquele país numa situação de bonança e, de crescimento célere, ano após ano.

Mas como tudo que é bom se acaba, o meu sonho também chegou ao fim. O pior é que quando acordei, estava eu na terrinha de Cabral. Que decepção!!!

Variadas
08 de Fevereiro / 2016 às 08:29 | Nenhum Comentário

"Precisamos aportar recursos para que os blocos afros continuem sendo referências importantes para a cultura baiana e brasileira. Tanto a prefeitura de Salvador quanto o governo da Bahia precisam avaliar essa questão para que em 2017 seja mantida a estrutura, com o mesmo brilho de sempre aqui no Ilê Aiyê e em muitos outros blocos tradicionais do povo negro". A declaração é do deputado federal Valmir Assunção (PT-BA), que esteve na saída do Ilê, neste sábado (6), junto com o governador Rui Costa (PT), representantes do movimento negro e de luta pela terra, como o dirigente nacional do MST, João Paulo Rodrigues, além de secretários de estado e diretores do bloco afro.

O petista ainda defendeu o financiamento de empresas públicas para o fortalecimento da tradição carnavalesca, como o governo da Bahia fez com a Companhia de Gás da Bahia (Bahiagás) investindo recursos no Ilê. "Com a Petrobras envolvida em denúncias e com toda a situação que a afeta, não há outra empresa estatal que faça o papel que ela fazia antes, quando abria editais voltados para essa finalidade", frisa Assunção, ao lado da secretária de Promoção da Igualdade Racial, Vera Lúcia Barbosa, e dos representantes do movimento negro Ailton Ferreira e Raimundo Bujão. Valmir ainda esteve com o ator Lázaro Ramos, que marcou presença na saída do Ilê, na Ladeira do Curuzu, no bairro da Liberdade.

Assunção também destacou os 42 anos de existência do bloco e sua atenção para a beleza e os aspectos étnico e culturais da Bahia. Essa atenção foi refletida no tema do bloco deste ano, onde reverenciou uma das regiões mais efervescentes da cultura negra no estado, o recôncavo. "Trazer o tema 'Recôncavo Baiano é Afrodescendente' é reconhecer sua existência como um dos polos culturais da cultura afro. Temos de seguir valorizando essa cultura e fortalecer os laços institucionais para que investimentos ajudem a não só manter a tradição no carnaval, mas também manter como marco cultural do nosso estado".

Ascom do deputado Valmir Assunção
Variadas
08 de Fevereiro / 2016 às 08:00 | Nenhum Comentário

Além da distribuição de mapas da cidade pelos estabelecimentos turísticos, a Secretaria aplicará pesquisa de fluxo direcionada aos turistas. Será questionado o destino de origem, dias de estadia, meio de transporte utilizado e os pontos turísticos visitados e quais mais chamaram a atenção do visitante.

Em conjunto com algumas empresas privadas do ramo turístico, a secretaria de Turismo teve acesso ao perfil de alguns turistas que sempre escolhem Petrolina como destino de viajem na época do carnaval. Tânia Nogueira, diretora da agência Flor de Cactus Turismo, apresenta 10 roteiros solicitados e que apresentam trajetos integrados e regionalizados do Vale do São Francisco. Os percursos mostram o contraste da cultura irrigada entre a caatinga – bioma predominante do Nordeste – e o enoturismo que é mais requerido no carnaval.

“A maioria dos turistas que procuram a minha empresa estão na faixa da terceira idade e escolhem roteiros que incluem visitas em vinícolas, ilhas da região e eclusagem na barragem de Sobradinho. Há o turista que quer a calmaria neste período de carnaval e acabam encontrando-a no Vale do São Francisco e se encantam com os pontos turísticos” explica a empresária Tânia Nogueira.

O diretor da agência de turismo Rota das Águas aos Vinhos, Rogério Pereira, específica que os turistas que optam por fugir da folia das grandes cidades para descansar estão ente 30 a 50 anos e selecionam roteiros enoturistícos. “Há muitos turistas que escolhem desfrutar das belezas do Vale do Rio São Francisco, visitam as nossas ilhas, como as Ilhas do Fogo e do Maroto, e voltam. Neste período carnavalesco, os turistas abraçam o Vale e sempre voltam’’, diz o empresário Rogério Pereira.

Para o secretário de Turismo de Petrolina, Iuric Pires, o reconhecimento da beleza proporcionada pelo Vale do São Francisco por excursionista é muito importante. “Com o turismo integrado quebramos os estereótipos de que há apenas seca e calor em nossa terra. Junto com o prefeito, Julio Lossio,  sempre procuramos recursos para incrementar o setor de turismo e  fazer o nosso melhor para que estes turistas voltem sempre que puderem” declara o secretário Iuric Pires.

Asscom/Prefeitura Municipal de Petrolina
Variadas
08 de Fevereiro / 2016 às 07:30 | Nenhum Comentário

Já é tradicional, na segunda-feira de Carnaval, o destaque da presença das entidades beneficiadas pelo programa Ouro Negro nos três circuitos do Carnaval de Salvador. As entidades de matriz africana levam para o Centro Histórico, Campo Grande e Barra os toques e danças oriundos da cultura afro. No circuito Batatinha, a partir das 16h, os arrastões de samba levarão música e animação para as ruas do Centro Histórico. O bloco Mangue é o primeiro a sair e este ano homenageará os 50 anos de música do compositor Nelson Rufino. Outros blocos que desfilarão são o Não Deixe o Samba Acabar, Carnapêlo e o tradicional Filhos de Korin Efan.

Perto dali, no Campo Grande, o Blocão da Liberdade, Mundo Negro e Jaké levarão para o Carnaval os resultados dos trabalhos comunitários realizados durante todo ano em seus bairros. Por lá também passarão os blocos que desfilam no contra fluxo: Filhos de Ogun de Ronda, Filhos de Omolú, Aspiral do Reggae e Ókambi. Porém, é no cenário turístico da Barra que o Ouro Negro se destaca no penúltimo dia de festa. Por lá passarão os Filhos de Gandhy, as Filhas de Gandhy – lideradas pela cantora Savannah Lima – e os tambores do Muzenza e Malê Debalê.

Secom Bahia
Variadas
08 de Fevereiro / 2016 às 07:00 | Nenhum Comentário

Com o objetivo de apresentar à comunidade acadêmica temas e trabalhos desenvolvidos por professores e por profissionais, o Colegiado de Engenharia de Produção da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) dará início, na próxima quinta-feira (11), ao projeto Tempos de Produção. A primeira palestra será ministrada pelo professor Abdinardo Moreira Barreto de Oliveira sobre o tema "Mercado de Futuros para a Fruticultura Exportadora: Oportunidades e Desafios para o Vale do São Francisco" e acontecerá no Complexo Multieventos, Campus Juazeiro (BA), a partir das 8h.

O evento é aberto à participação de toda a comunidade. O projeto Tempos de Produção deverá promover uma palestra por mês durante todo o ano de 2016. Segundo o coordenador do projeto, professor Paulo José Pereira, serão abordadas diversas áreas de atuação do Engenheiro de Produção. “O Tempos de Produção mostrará o que estamos produzindo e quais os temas que os alunos podem trabalhar quando se formar”, destaca.

Ascom Univasf
Política
08 de Fevereiro / 2016 às 06:28 | Nenhum Comentário

Amigos e familiares estão preocupados com o ex-presidente Lula, que caiu em estado depressivo desde as revelações que desmontam sua versão sobre a suspeita de que são de sua propriedade o apartamento tríplex na praia de Guarujá e o sítio em Atibaia, ambos em São Paulo. Abatido, ele nem sequer tem orientado as notas do Instituto Lula para responder as denúncias. E já mencionou o temor até de ser preso.

Amigos de Lula o convenceram de que ele jamais seria alvo de investigações, e que ele não passaria de “testemunha” ou “informante”.Além de responder a acusações de ocultação de patrimônio, Lula é investigado também no caso da venda de medidas provisórias. A denúncia de tráfico de influência a serviço da Odebrecht, investigada pelo Ministério Público Federal, também ajudou a “derrubar” Lula.

Fonte: Cláudio Humberto Foto Doug Patrício AE
Variadas
08 de Fevereiro / 2016 às 06:00 | Nenhum Comentário

O presidente da Federação das Associações Francisco Odécio (Chico Bito) deu posse à nova diretoria da Associação de Desenvolvimento Comunitário do bairro Itaberaba.

A nova diretoria empossada tem a seguinte composição:

Presidente: André Newton

Vice: Ricardo Nunes

1ª Secretária: Maria Aparecida

2ª Secretaria: Márcia Fernanda

1° Tesoureiro: Marcos Lucas

2° Tesoureiro: Edvaldo Conceição

Conselho Fiscal: Jonas Pinheiro, Epifânio Pinheiro, Rita de Cássia, Marcos Felipe, Maria do Socorro e Sinara Oliveira.

Política
07 de Fevereiro / 2016 às 23:00 | Nenhum Comentário

A cidade de Paris foi o principal modelo exportador da festa carnavalesca para o mundo. Cidades como Nice, Santa Cruz de Tenerife, Nova Orleans, Toronto, Rio de Janeiro e, agora São Paulo, se inspiraram no Carnaval parisiense para implantar suas novas festas carnavalescas.

Depois o Rio de Janeiro criou e exportou o estilo de fazer carnaval com desfiles de escolas de samba. Bahia e Pernambuco fazem um carnaval diferente e, com certeza, são os carnavais melhores e mais bonitos do mundo.

Em Pernambuco, destaco o melhor carnaval de frevo do planeta, a começar pelo Recife, com seus enormes desfiles. Em Olinda, os mascarados desfilam nas suas longínquas ladeiras.

Subindo para o interior do Estado, passo logo por Bezerros, que se destaca com seus belos mascarados. De lá para Arcoverde, carnaval que me encanta em organização e mistura de frevo e samba. Daí para minha querida Sertânia, onde dezenas de blocos se juntam diariamente para mostrar o que sabem fazer de carnaval. Afogados da Ingazeira, dentre os grandes desfiles, estão os organizados pela Prefeitura e o "Tô na Folia", do meu compadre Totonho Valadares, onde estarei na segunda feira, mascarado de Leão. Da cidade onde não sou votado, mas não perco, todos os anos, os desfiles dos caretas, minha querida Triunfo, vou participar do belíssimo carnaval de Salgueiro, desfilando na bicharada do Mestre Jaime, coisa que faço a tempo superior a minha idade. Lembro-me que em 1968, quando cheguei a Salgueiro, o Mestre Jaime já desfilava com a sua bicharada e, eu não sabia. Num sábado de carnaval, à tarde, descia da Bomba, embalado na minha nova bicicleta, uma monarck, ao dobrar a ladeira de Veremundo, com Gennedy, meu primogênito, de apenas um ano, na garupa, fui de frente com a Bicharada do Mestre Jaime.

A bicicleta, transporte do qual me orgulhava, ficou nas pernas da bicharada, com Gennedy preso à sua cela especial e eu desci até o Pitú Bar, rolando pelo chão. Depois desse dia, nunca mais perdi um desfile dessa maravilhosa bicharada do Mestre Jaime, em Salgueiro. Outra cidade que brinco o carnaval, em Pernambuco, é Trindade, um grande carnaval na região do Araripe. Sem poder neste pequeno artigo que escrevo, como folião e jornalista, citar os demais municípios pernambucanos que também fazem o seu lindo e maravilhoso carnaval, porque já estou fantasiado para começar a maratona, desejo a todos os carnavalescos de Pernambuco e do Planeta, neste carnaval de 2016 e nos que virão, a modernidade de desfiles e fantasias, como foi estudado e montado na sua criação, pela sociedade carnavalesca do mundo. Com cuidado, precaução, paz e alegria, vamos até a quarta feira de cinzas.

Gonzaga Patriota

Ascom Dep. Gonzaga Patriota
Variadas
07 de Fevereiro / 2016 às 22:00 | Nenhum Comentário
 
Para prestigiar a apresentação de artistas como Saulo Fernandes, Ivete Sangalo, entre outros, que desfilam neste domingo (7) no Campo Grande, o governador Rui Costa, acompanhado da primeira-dama e presidente das Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), Aline Peixoto, e de duas filhas, chegou, no início da tarde, ao Camarote do Governo do Estado. Na oportunidade, ele fez uma avaliação do Carnaval Pipoca.
 
De acordo com Rui, a meta do Poder Executivo para a folia de 2017 é firmar ainda mais parcerias com a iniciativa privada para proporcionar aos artistas o desfile sem cordas. “Queremos mostrar [às empresas] que, além da brincadeira de Carnaval, isso aqui é um bom negócio para apresentar suas marcas”. Ainda conforme Rui, há a intenção de “multiplicar os espaços onde o folião não precise estar dentro de uma corda para poder brincar. Combinado com os portais de segurança, percebemos que houve uma melhora expressiva nos indicadores”.

Aprovação dos foliões

Saulo Fernandes foi um dos grandes nomes da Axé Music que este ano recebeu apoio do Governo do Estado para desfilar sem cordas. Moradora do Nordeste de Amaralina, Joseane Oliveira aprovou a iniciativa do governo baiano. Ela, a mãe, o marido e o filho de seis anos foram para a Avenida vestidos com camisas com a frase "Pipoca de Saulo", confeccionadas especialmente para a folia deste ano. "Amamos Saulo. Ele é maravilhoso. Olha a multidão que ele está arrastando. O Carnaval está bastante tranquilo. Pipoca à vontade pra todo mundo. Então, está ótimo!".
 
Filhos de Gandhy

Depois de conferir a saída dos blocos afro Olodum (sexta-feira) e Ilê Aiyê (sábado), o governador Rui Costa foi, neste domingo, prestigiar a saída do Afoxé Filhos de Gandhy. “Hoje, vou lá no Gandhy. Assumi esse compromisso. O Ilê, o Olodum e o Gandhy são três expressões, três marcas que expressam a cultura, a arte do povo negro da Bahia” disse o governador.
Secom Bahia Foto: Manu Dias/GOVBA
Variadas
07 de Fevereiro / 2016 às 21:00 | Nenhum Comentário

A secretária de Infraestrutura, Tatyanne Lima, acompanhou nesta última semana os serviços de urbanização que estão sendo realizados pela prefeitura através da Seinfram no bairro Cacheado,  local onde antes existia uma invasão sem condições básicas de moradia.

O projeto de urbanização contempla a construção de um trecho do canal, drenagem, energia elétrica e a pavimentação das ruas principais. Além da construção de uma AME -  unidade de saúde de Atendimento Multiprofissional Especializado e de uma praça. Em uma parceria fechada com o Governo Federal, a Caixa Econômica, o Programa Minha Casa, Minha Vida,  Ministério das Cidades e a Secretaria de Habitação de Petrolina, o que antes era apenas um sonho, agora está se tornando realidade.

 A conclusão das obras está prevista para o primeiro semestre deste ano, segundo a secretária de Infraestrutura, Tatyanne Lima. "É uma obra trabalhada totalmente junto à comunidade", ressaltou a gestora da pasta. Desde o início do projeto que a Prefeitura realiza reuniões com a comunidade do Cacheado, onde são discutidas as questões de urbanização e construção do residencial, juntamente com a equipe técnica de Infraestrutura, engenheiros, assistentes sociais e arquitetos.

Para o prefeito , Julio Lossio, o povo de Petrolina e especialmente do  Cacheado está vivendo um grande sonho. "Essa é uma obra muito boa, com maravilhosos espaços para nossas crianças e adultos. É muito triste amanhecer o dia sem um local digno para se morar, mas, agora que as obras estão sendo finalizadas, estamos com mais esperança de dias melhores", opinou o chefe do Executivo.

Ascom/Petrolina
Variadas
07 de Fevereiro / 2016 às 20:00 | Nenhum Comentário

A música "Paredão Metralhadora" está na boca do povo e de quase todos os artistas, mas não entrará no repertório de Saulo durante o Carnaval. O artista disse que não cantará a música. "Eu não, não por nada não, mas acho que ficaria sem graça tocar, todo mundo já toca, então a galera que vem aqui já sabe, deixa Saulo lá quietinho, ele é barbudo, ele é pai de família", argumentou, enquanto aguardava a saída do seu trio na Barra.

Questionado sobre o seu hit preferido da folia ele diz que torce para Ed City e Igor Kannário. "Torço para esses caras porque eu acho que a música da Bahia é cantada verdadeiramente por eles. 'Pai, aqui não vê bicho com nada', 'E aí, é nós', acho que eles representam e representar é tudo", defende o artista que desfilou mais uma vez sem cordas.

Variadas
07 de Fevereiro / 2016 às 19:00

Assim como nas edições anteriores, a primeira noite de Carnaval em Petrolina (06/02) reuniu uma multidão que veio brincar e curtir os shows musicais da festa. Organizado pela Prefeitura Municipal, com o apoio do governo do Estado, o carnaval 2016 trouxe na noite de abertura artistas que embalaram a folia do público no palco principal, localizado ao final da Avenida Joaquim Nabuco próximo à Orla da cidade.

O primeiro a subir no palco foi o cantor Alan Cléber. Acompanhado da sua banda, o artista colocou muita gente pra suar, ao trazer no repertório uma extensa lista de músicas de Axé, seu principal estilo musical. Em seguida a banda Axé Camaleão, que se apresentou pela primeira vez em Petrolina, conquistou os foliões com repertório bastante animado. Por último, fechando a programação do palco principal, quem subiu ao palco foi a Orquestra Fernando Júnior, que sempre anima o Carnaval de Petrolina com sucessos carnavalescos de gêneros diversos.  

Mesmo durante as apresentações no palco principal, a praça da 21 de Setembro continuou lotada de foliões que curtiam as Orquestras e Blocos carnavalescos tradicionais na cidade. A mesma estrutura permanece durante as quatro noites de festa, animando as famílias e amigos que se reúnem na praça. E a folia continua neste domingo. Se apresentaram no palco principal, a partir das 21h, a cantora Fabiana Santiago, a Banda Miragem e Orquestra Fernando Júnior.

Ascom Prefeitura de Petrolina
Variadas
07 de Fevereiro / 2016 às 18:00 | Nenhum Comentário

O rompimento de uma barragem de resíduos da mineradora Rolando Comércio de Areia no rio Paraíba do Sul, em Jacareí (SP), afetou aproximadamente 75% do abastecimento de água em São José dos Campos (SP). O acidente aconteceu na manhã desta sexta-feira (5), enquanto a empresa mineradora fazia a extração de areia no rio Paraíba do Sul. Os rejeitos estavam sendo depositados irregularmente em uma lagoa de outra mineradora que está com as atividades paradas enquanto aguarda autorização ambiental. A Sabesp, responsável pelo tratamento de água em diversas cidades do Vale do Paraíba, chegou a suspender o abastecimento na cidade de São José dos Campos ainda na noite de sexta-feira, atingindo 70% da população – cerca de 500 mil pessoas.

Os demais domicílios receberam água de poços. Na sexta-feira à tarde, a empresa informou que já havia retomado o tratamento da água retirada do Paraíba do Sul. A previsão era de que o reabastecimento dos domicílios seria gradual e estaria normalizado até a manhã deste sábado (6). Para as cidades de Taubaté, Pindamonhangaba e Tremembé, a empresa emitiu alerta, na tarde de sexta-feira, de que o abastecimento também poderia ser prejudicado. Havia risco da mancha com rejeitos atingir essas cidades ainda na tarde deste sábado.

Variadas
07 de Fevereiro / 2016 às 17:00 | 4 Comentários

A Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Serviços Públicos (Sesp) segue com as ações de recapeamento asfáltico nas Avenidas da cidade.  Sexta-feira (5), equipes e máquinas atuaram na Raul Alves, no trecho entre a Maternidade Municipal e a Praça Dom Tomaz no bairro Santo Antônio. Outras Avenidas também receberão os serviços, a exemplo da Gaspar de Lemos e Ayrton Senna, além de um trecho da BR-235 (do Posto Estação até o SAMU).

Todo o recapeamento asfáltico será executado com recursos municipais. O prefeito Isaac Carvalho esteve na Raul Alves acompanhando de perto os serviços e falou da importância das obras. "Aqui na Raul Alves estamos dando continuidade ao recapeamento que iniciamos ano passado junto com o Governo do Estado, através da CONDER. E agora, com recursos próprios, estamos dando sequência a um trabalho que vai melhorar a infraestrutura urbana da cidade, garantindo mais mobilidade para a população", disse Isaac.

Ascom/Juazeiro
Política
07 de Fevereiro / 2016 às 16:00 | Nenhum Comentário

Faltando oito meses para as eleições municipais, Salgueiro, maior colégio eleitoral do Sertão Central, já começa a se movimentar no campo de possíveis pré-candidaturas para a Prefeitura e Câmara de Vereadores. O jovem empresário, Fábio Lisandro Barros, diretor técnico da Consultoria Premier e ex-secretário de Finanças no município, desfilou-se esta semana do PTB onde atuou como presidente do diretório municipal, e  já ingressou em uma nova legenda, o PTN, durante ato de filiação coletivo em evento realizado no Salgueiro Plaza Hotel.

Diversos nomes conhecidos no meio político de Salgueiro, também participaram do ato. Atualmente, o PTN de Pernambuco está hoje sob a liderança do deputado federal Ricardo Teobaldo. Em Salgueiro, continua sob a presidência do jovem Ricardo Oliveira.

Antenado para com as questões sociopolíticas da região, Fábio adianta que a mudança deve-se a vários fatores, o que é comum no plano democrático da política. “Desde cedo tenho me envolvido em movimentos sociais e estudantis. Fui presidente de Diretório Acadêmico, participei ativamente do Movimento dos Caras Pintadas. É por esse caminho também que acredito ser a política, um grande instrumento democrático para que possamos implementar  novas ideias em busca de transformações sociais na sociedade”, comenta Fábio.

Para ele, diante do cenário atual da política brasileira, há perspectivas de se buscar o desafio de inovar em todos os municípios, bem como em Salgueiro, “pensando sempre de maneira positiva nas pessoas e nas necessidades da população”. Como seu novo partido ainda vai definir uma agenda de discussão sobre candidaturas para outubro, Fábio aponta que uma possível candidatura sua à sucessão municipal não esta descartada.

“Não acredito em nenhuma candidatura com projeto pessoal. Acredito no projeto lastreado em discussão partidária, sobretudo, discutida amplamente com o povo. Se o desejo for de inovação e mudanças e eu for convocado pelo PTN, meu nome vai estar à disposição”, afirma Fábio Lisandro.

Asscom
Esporte
07 de Fevereiro / 2016 às 15:00 | Nenhum Comentário

O Carnaval da Juazeirense é em campo focado na prepraração para enfrentar o Fluminense de Feira, quarta-feira de cinzas, em Riachão do Jacuípe. Na sexta-feira, a equipe treinou em Petrolina com a possibilidade de contar com camisa nove, Nino Guerreiro, poupado de atividades do início da semana por conta de uma virose.

Política
07 de Fevereiro / 2016 às 14:00 | 3 Comentários

Um novo delator da Operação Lava Jato teria confirmado o pagamento de cerca de R$ 18 milhões em propina ao ex-ministro Mário Negromonte e ao ex-deputado José Janene (PP), morto em 2010. De acordo com a Folha de S. Paulo, Frank Geyer Abubakir é ex-presidente e acionista da petroquímica Unipar Carboclorol e informou que o repasse ocorreu após a criação da petroquímica Quattor, fruto de sociedade entre a Unipar e a Petrobras. Abubakir teria contado ao Ministério Público Federal (MPF), em depoimento dado em novembro, que procurou Negromonte e Janene para tentar "manter a Unipar no Mercado". Janene teria pedido R$ 18 milhões pelo "suposto fato de o PP e de ele próprio terem dado apoio político à empresa Unipar". Apesar de não concordar com o valor, o empresário teria sido alvo de chantagem do então deputado.

Ainda de acordo com o delator, Janene continuou a extorqui-lo mesmo após o pagamento. Abubakir admitiu que, temeroso, fez novos repasses ao ex-deputado. O episódio confirma os depoimentos do doleiro Alberto Youssef e do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa. Os advogados de defesa de Negromonte, hoje conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA), negaram o recebimento de propina e informaram que o ex-ministro "não recebeu qualquer valor para intermediar a criação da Quattor". Procurado nesta sexta (5), Negromonte informou que não poderia comentar porque não teve acesso à delação premiada de Frank Abubakir. A Unipar Carbocloro informou que não vai comentar.

BN
Variadas
07 de Fevereiro / 2016 às 13:00 | 93 Comentários

Inconformado, revoltado, injuriado, indignado e muito tristonho. Assim achava-se Deus, o Criador onipotente e onipresente de todas as coisas, segundo o livro da Bíblia. Da matéria bruta perpassando pela matéria enraizada, matéria animada, até no que mais sonhou e apostou ser a sua obra prima perfeita: A matéria humana, demasiadamente humana. Pensando, matutando, refletindo, raciocinando, meditando, confiando nesse coletivo sinonimal que o acompanha desde longínquos tempos. Estava às voltas, repetidamente, com incomensuráveis perguntas a si mesmo e aos seus borbotões: Como tudo e mais que tudo chegou a esse ponto se o mais que tudo foi criado com tanta beleza, carinho, credo, esperança, amor? Como o mais que belo ser tornado mais que feio? O amor ser tornado ódio? A paz ser tornada guerra? A esperança ser tornada desespero? O homem de origem ser tornado o homem de sem origem, o de hoje? Olhando bem do firmamento para a terra, lá embaixo infestou-se em erros atemorizantes, tenebrosos, a parecer sem recuos. Por que os homens nem mesmo mais sonham salvarem a si próprios e ao seu mundo?  Fi-los fortes, saudáveis, inteligentes. Dei-os   o livre-arbítrio, a liberdade, a força de vontade, o entusiasmo, o bom humor, a coragem, o sexo.  Provi-os de tudo para todos os obstáculos, dos transponíveis aos intransponíveis, dos eternos aos efêmeros.

E Deus lamentava lacrimejando. Sim, Deus é sensível e chora. Por que não? Tem parte humana. Algo teria que ser feito com a máxima rapidez e urgência urgentíssima. O homem de hoje estar perdido, perdidinho da silva. O Criador anotou na cadernetinha alguns dos por quês: Pessimismo, raivas, ódio, desprezos, arrogância, ganâncias, gula, adultérios, desamor, guerras, doença, pedofilias, estupro, tráficos, desigualdade, vícios, falsidade, mentiras, assassinato, seitas, preconceito, discriminações, desmatamento, poluições, bomba, armas, falta de fé. Como meu Deus, dizia Deus a si mesmo, o homem chegou ao homem de hoje se tem uma natureza boa por ser concebido alma limpa e anjo ingênuo?

Então, o importante é curá-lo, fazê-lo retornar à inocência do nascimento. Começar do zero, eis a questão. Deus, sem relutar, concluiu: Enviarei de volta à terra, os meus melhores, incorruptíveis, mais experientes e competentes profetas. Após algumas pesquisas resolveu que a cura do homem de hoje se daria a partir do país mais perdido: O Brasil. Isso bastaria para servir de exemplo ao resto do mundo.

E veio o profeta Daniel aportar no Rio de Janeiro. Chegou logo em época de carnaval carioca. Para começar o imponente trabalho de edificação do homem de hoje, após deliciar-se com Gilberto Gil cantando que o Rio de Janeiro continuava lindo, visitou favelas, UPPs, assistiu a teatros, shows do Rappa, Zeca Pagodinho, Luiz Melodia, baile funk e foi a um Maracanã lotado ver in loco um FLA x FLU daqueles com, imagina só, camisa do Mengão. Antes conheceu Copacabana e deliciou-se com feijoada, samba, caipirinha e chope gelado. Odiou o reallity BBB, porém, simpatizou com as novelas e caia de gargalhadas com a Escolinha do professor Raimundo. Dormiu no Copacabana Palace. Não se sabe ao certo se teve ao menos a dignidade de visitar o Cristo Redentor. Nunca se soube. O que se soube mesmo é que a última vez que o viram foi sambando na quadra da Escola de Samba da Mangueira vestindo camisa regata com pintura com estampa de Cartola, acompanhada de Chico Buarque e Beth Carvalho.

Agora....

Nem pensar, Deus não desistiu e somente sentiu pena das fraquezas de Daniel. Achou-o apenas demasiado humano por sucumbir às mundanices profanas do homem de hoje.

Não pensou muito e remeteu à terra o segundo profeta: Isaías. Dessa vez para a metrópole São Paulo. Ao chegar foi logo ouvindo a música Sampa de Caetano Veloso e de imediato tratou de percorrer a Avenida Paulista, celeiro do coração capitalista do Brasil. Deslumbrou-se com tantos e tão altos edifícios, prédios, indústrias, empresas, universidades, lojas, shoppings, bancos, boates, mercados livres, praças, credos, estádios, museus, fumaça preta, musicais, teatros, danças, cores, raças e sotaques.

Encantou-se de cara com a Fiel corintiana e quis saber de Luiz Inácio lula da Silva. O Lula dos pobres. Sem titubear embrenhou-se de alma e corpo dentro de um paletó e gravata borboleta. Visitou bancos e arriscou-se em mercados imobiliários com bastante prazer e gosto. Até tentou a sorte no jogo de bicho e em loterias da Caixa. Decidiu fazer vestibular e estudar Economia na USP. Sentiu que poderia ser um perfeito homem de hoje nos negócios e até virar um político tucano. A última vez que o viram foi zoando e gesticulando à beça entre celulares e computadores na Bolsa de Valores de São Paulo.

Apesar das seguidas desilusões nem pense nem pensa em desistência. Dias contínuos, eis que Deus ponderou muito. Pensou mais de que uma dúzia de vezes até apressar algo somente previsto para tempos após:  A volta do seu filho mais pródigo à terra.  Lógico, Jesus Cristo, o filho de José e Maria. O eterno filho do Senhor. A pérola do Criador de todos os universos. Cartada final, pois, Jesus Cristo continuava bastante idolatrado e os seus ensinamentos de outrora e das antrolas ainda estavam acesos na mente e no coração do mundo cristão. Portanto e de forma natural, o Filho de Deus haveria de mudar e dar um jeito no homem de hoje e o seu mundo. Antes, claro, Deus passou um tempão em conversas e mais conversas, instruções e mais instruções, táticas e mais táticas, dicas e mais dicas, conselhos e mais conselhos, até pedir um enorme cuidado de Jesus com o homem de hoje. “ Meu Filho, tome cuidado, pois, o homem de hoje já não era nem sombra do homem de antes”, afirmava. “Mudara e para muito pior. Bote pior nisso e multiplique setecentos vezes sete”, alertava enfaticamente Deus ao seu Filho. Realidade insofismável, o homem de hoje tinha as rédeas sobre si e usava descaradamente o Seu nome, do seu Filho, dos santos e profetas em vã leviandade. Tudo pelo poder e dinheiro. Para Deus a invenção do dinheiro foi uma perda celestial para o diabo. O diabo por um descuido Seu criou, via homem de hoje, o dinheiro. E com ele todos os males da desumanidade reinante contemporânea. Jesus, então, não poderia em hipótese alguma falhar. No fundo, por mais que quisesse não, temia era que até Jesus Cristo caísse na lábia, nas armadilhas, nas artimanhas e manhas do homem de hoje. Ô se temia!

        Deus estava assombrado de observar que depois dos castigos de tantas guerras, terrorismos, doenças endêmicas e incuráveis, desastres naturais, o homem de hoje teimava em não se tocar e a se comportar humanisticamente. Mesmo triste, Deus jamais desistiria do homem de hoje, pois, foi criação entusiástica sua. Por isso e por todos os por isso era que, sem relutância alguma, mandaria a mais perfeita de sua obra de volta à sua terra natal. A esperança era que com Jesus Cristo o homem de hoje voltaria a ser temente. ” Deus me livre, repetia a si, Cristo , o meu Jesus, não haveria de fragilizar-se e capitular ante o homem de hoje”. Pronto, após infinitas análises e estudos, Deus sentenciou: Vai com Deus, meu Filho, e faça jus à maior missão de sua eterna existência:  SALVE A HUMANIDADE!!!

Para onde viria Cristo, já não pairavam dúvidas: A Bahia.

A Bahia continha, em pesquisas e visões práticas, as maiores reservas imorais, anti-éticas, de pecados mortais humanos: Terreiros de macumba e candomblé, misticismo religiosos exacerbado, promiscuidades na música, fala, teatro, cinema, vestimenta, malandragem, preguiça, poder e política. Prato reforçado e cheio para mudando o baiano, mudar o homem de hoje e, de quebra, o resto do Universo...” Meu Deus que sou Eu, tomara que dê certo”, resmungou reticente.

Resolução tomada, veio Jesus cair na Bahia e na cidade de São Salvador. Pleno verão. Sábado ensolarado, Jesus Cristo estreou na Bahia logo no Porto da Barra. Tomou água de coco e viu de forma uníssona e unânime uma praia linda, gente bronzeada, música alegre, balanço de tudo o que é lado. Experimentou vatapá e abará. Porém, amou mesmo foi o acarajé com camarão e pimenta. Assim foi que surgiu o gosto pelo chope gelado, que o apresentou à senhora cachacinha.  Um empolgado Jesus Cristo conheceu a cultura baiana, os baianos e os passinhos afoitos atrás dos trios elétricos. Ficou caidinho de paixão pela bossa nova de João Gilberto, o tropicalismo de Gil e Caetano, o samba de roda do recôncavo, o forró de Luiz Gonzaga e Targino Gondim, o afoxé do Ilê e do Olodum, a capoeira e o axé. Leu bastante Jorge Amado e João Ubaldo. Jesus Cristo se achou em casa.

Muitíssimo assediado pelas mulheres, achavam belo o visual punk, Jesus Cristo foi logo se aprochegando com a moçada. Pudera, também voltou à terra da mesma forma que saiu e que a bíblia o concebe: Branco, alto, atlético, cabelos longos e lisos, olhos azuis, roupas pop, papo agradável, grandioso palestrante, orador, pessoa do bem e muito fraterno nas relações, gestos e ações. Frequentou oráculos, terreiros, igrejas, festas religiosas. Proferiu proféticas palavras de amor ao próximo. Identificou-se com a juventude transviada e a galera frenética do bem à La Os Novos Baianos. Nunca se soube ao certo se namorou, casou, o que bebeu e usou. Soube-se, sim, é que, “ Como caldo de galinha e cautela não faz mal a ninguém”, Deus de prontidão ligeirinho o transferiu de Salvador para Juazeiro-BA. Afinal, a Bahia começa e termina nesse interior baiano. E, pasmem! Jesus Cristo encantou-se por Juazeiro. Velho Chico, orla, muqueca de peixe, Angary, Piranga. Conheceu maravilhado João Doido e a história de Maria Pezinho.Curtiu à beça a bossa nova de Mauriçola, o forró autêntico de Targino Gondim, o som de barzinho de Neto e Mundinho, os recitais de Manuca, o teatro de Élder Ferrari, a poesia de Pedro Raimundo Rego e Luiz Galvão, a crônica de Otoniel Gondim, o folclore histórico de Bebela, o discurso político inflamado de Joseph Bandeira, as artes plásticas de Parlim, Coelhão, Lêdo Ivo e toda a cultura e arte da cidade. Adorou de fato, as saídas malucas com os malucos da terrinha. Paixão pura. Ainda perambulou pelos bairros pobres da cidade, acalentando as pessoas ainda não inclusas socialmente, com palavras de fé, amor e esperanças. Apaixonou-se pelo fumacê do pôr do sol da Ilha do Fogo e do Rodeadouro, locais onde foi visto pela última vez na terra. Dizem por aí que, por ele, teria ficado para sempre. Dizem, lá em Manelão.

Deus, um pouco sem esperança, tratou rápido de ordenar a sua volta, enquanto era tempo.

Eis que Jesus Cristo bate na porta do céu: Tum! Tum!

------ Quem é? Pergunta São Pedro.

 ----- Sou eu, Pedrão.

----- Ah, é você Jesus Cristo?

----- Jesus Cristo, não. Meu nome agora é Jésuz Cryston!

E adentrou céu a dentro.

Deus, melancólico, triste, decepcionado, vaticinou:

SALVE-SE QUEM PUDER!!!

Otoniel Gondim - Professor, Escritor, Compositor

OTONIEL GONDIM
Variadas
07 de Fevereiro / 2016 às 12:15 | 1 Comentário

A estrutura de concreto do aqueduto do Mari, o terceiro do Eixo Norte da transposição entre os reservatórios do Tucutu e de Terra Nova, não resistiu à força das últimas chuvas e rompeu causando vazamento da água que corre pelo canal. Segundo as primeiras informações o vazamento se deu por conta de rachaduras nas placas de concreto, o que pode ser visto como problema pontual e que pode não comprometer a obra.

Ainda de acordo com as informações, técnicos da construtora Mendes Junior, empresa responsável pela execução da obra e do ministério da integração nacional, já se encontram no local fazendo avaliações dos danos causados e trabalhando a recuperação da estrutura do aqueduto. (Blog do Didi Galvão)

Variadas
07 de Fevereiro / 2016 às 12:00 | Nenhum Comentário

Sexta-feira, 5, aconteceu na Secretaria de Meio Ambiente e Ordem Pública uma reunião entre a Direção de Fiscalização, Coordenação de Endemias e RepresentanteS da Vigilância Sanitária. Na pauta foram discutidas situações que envolvem casos de dengue relacionados às áreas abandonadas e também levantamento de novos pontos de focos do mosquito aedes aegypti que podem estar presentes em inúmeras residências que se mantém fechadas ou abandonadas, pneus, depósitos a céu aberto, e demais locais que sirvam como reservatório.  

Para o Diretor de Fiscalização, Péricles de Jesus, “é um momento de nos alinharmos para trabalharmos em parceria, isso porque a SEMAOP pode notificar proprietários de terrenos que estejam acumulando resíduos que depois das chuvas podem ser transformados em criatórios do mosquito, assim como podemos identificar os proprietários de casas abandonados e solicitar dele a abertura para que os agentes de endemias possam realizar seu trabalho, bem como a vigilância sanitária”, concluiu. 

Está sendo localizado os proprietários dos terrenos que encontram-se com entulhos, esses já foram notificados, a exemplo de um terreno no bairro Dom José Rodrigues que foi autuado em R$ 5 mil. Agora, o responsável além de pagar a multa terá que retirar todo o entulho depositado no ambiente e colocá-lo em local adequado que não possa acumular água. 

A coordenadora de endemias Núbia Azevedo avaliou como positivo o encontro. “Gostei muito de ter sido convidada para essa reunião, agora realizando um trabalho em conjunto com a Vigilância e a SEMAOP vamos identificar e eliminarmos esses possíveis focos existentes pela cidade. Claro que é importante a participação da população mantendo os locais sem água parada”, pontuou. 

As denúncias na SEMAOP podem ser realizadas pelo telefone (74) 3612 3574.

Ascom Prefeitura de Juazeiro
Variadas
07 de Fevereiro / 2016 às 11:29 | Nenhum Comentário
 
Filho de baiano, o advogado brasiliense Marcelo Nunes, de 46 anos, está curtindo o carnaval de Salvador no Camarote Skol Beats Spirit. Militante da luta contra o preconceito, um dos motivos que o levou a escolher o camarote foi a acessibilidade. “Venho para o carnaval de Salvador há 17 anos e nunca encontrei um camarote tão acessível e confortável para cadeirantes”, conta o portador de deficiência física que, apesar das dificuldades que normalmente encontra para chegar ao carnaval, nunca deixou de curtir. 
 
Foi no seu primeiro carnaval em Salvador, há 17 anos, que Marcelo conheceu a sua esposa, a servidora pública Suzana Nunes (54). “Me apaixonei pelo carnaval e por minha mulher e acabei vindo morar em Salvador. Estou maravilhado, não há lugar igual ao Camarote Skol Beats Spirit”, completa o advogado, que é também jogador de basquete e rugby para portadores de deficiência física. Além das rampas de acesso, o espaço tem mais de 4 mil metros quadrados, com mirante amplo.
LK Comunicações
Variadas
07 de Fevereiro / 2016 às 11:00 | 1 Comentário

Juazeiro já teve o seu carnaval antecipado no final de janeiro, mas quem gosta da Festa de Momo aproveitou na tarde deste sábado (06) para vivenciar mais uma programação festiva no Palhoção da Pedra do Lord, organizada pela SERABSA (Sociedade Recreativa do Bairro Santo Antônio) e animada por Neto e Mundinho, Orquestra do Serabsa e Banda Mirage.

Os políticos este ano pouco compareceram, mas o povão que na verdade é quem faz a festa, compareceu e se esbaldou com mais um grande show de Neto e Mundinho, da orquestra que teve Manoel Cambota como grande intérprete e a Banda Mirage que a cada ano surpreende e demonstra que é igual a vinho: Envelhecendo e melhorando.

Parabéns a toda direção da sociedade do bairro Santo Antônio que mantém a tradição e faz o melhor carnaval oficial de Juazeiro. Neste domingo (07), a programação tem início às 15 horas, novamente com Neto e Mundinho, Orquestra do Serabsa e Banda Mirage.

Policial
07 de Fevereiro / 2016 às 10:46 | 1 Comentário

Após tentar entrar no circuito Osmar (Centro) com um revólver calibre 38 e seis munições, na madrugada deste domingo (7), uma garota de 17 anos foi detida por policiais militares do portal de segurança número um, localizado na Piedade. A jovem foi encaminhada para o posto da Delegacia para o Adolescente  Infrator (DAI), instalada no Passeio Público, onde foi registrado o auto de apreensão em flagrante e encaminhada para a promotoria da 2ª  Vara da Infância e Juventude. A suspeita é de que a arma seria entregue a outra pessoa dentro do circuito.
 
Instalados pela primeira vez este no Carnaval, os portais de segurança têm impedido a entrada de diversos itens considerados perigosos. Na manhã deste domingo, parte dos materiais apreendidos nas abordagens foi apresentada no Quartel dos Aflitos, entre eles, inúmeras facas, tesouras, espetos de churrasco, pregos e marreta.
 
Além da intensificação da inspeção nos portais, o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, determinou o aumento da fiscalização entre os profissionais e estabelecimentos que trabalham com itens consideradas armas brancas, como facas.
Fonte: Varela Notícias
Espaço do Leitor
07 de Fevereiro / 2016 às 10:00 | 6 Comentários

Geraldo,

O que você imaginar de absurdo, em Juazeiro, tem precedente. Imagine que a cidade nunca foi bem arborizada e os técnicos da prefeitura em quase todas as situações que envolvem a possível queda de árvore vão lá e podam. Podam não! Exterminam a árvore deixando a cidade ainda mais quente.

Neste caso por exemplo, não sei quem é o culpado, mas faço um questionamento: Quem cortou está árvore antiga na Avenida Raul Alves, no bairro Santo Antônio?

Geraldo, olhe o tamanho do tronco? Parece ser uma árvore muito antiga e por esta razão deveriam usar uma forma de escorá-la e preservar acima de tudo. Fica o meu protesto.

Nailton Santos

Policial
07 de Fevereiro / 2016 às 09:26 | 1 Comentário

Daniel Santos da Paixão, 28 anos, autor confesso da morte do catador de latas Evilásio dos Santos, o “Cara de Cachorro”, 35.

Investigadores do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam, na noite deste sábado (6), no bairro da Saramandaia, em Salvador, Daniel Santos da Paixão, 28 anos, autor confesso da morte do catador de latas Evilásio dos Santos, o ‘Cara de Cachorro’, 35 anos.

Em depoimento na unidade policial, o acusado disse que tinha um desentendimento antigo com Cara de Cachorro, motivada pela disputa de pontos de venda de drogas, na Saramandaia. Ele disse também que, na noite de sexta (5), trabalhou como cordeiro de um trio elétrico e, quando encerrou o serviço, viu o desafeto.

Daniel confessou que, ao ver a vítima, partiu na direção dele, dando murros até derrubar, atingindo-o em seguida com uma faca que furtou no balcão de um bar nas imediações. Uma camisa e uma bermuda manchadas de sangue, além de uma faca foram apreendidas na casa onde Daniel foi capturado.

O delegado-geral da Polícia Civil, Bernardino Brito, elogiou a eficiência e rapidez dos profissionais envolvidos na captura do acusado. “Conseguimos um resultado positivo e é importante ressaltar a preocupação do nosso governador Rui Costa e do secretário Maurício Barbosa com a segurança dos baianos e turistas que aproveitam o nosso carnaval. Destaco também a dedicação e empenho dos nossos policiais, que realizam nos circuitos diversas ações para garantir a paz na festa”, concluiu.

Com informações de Edmundo Filho - Secom Bahia
Variadas
07 de Fevereiro / 2016 às 09:00 | Nenhum Comentário

A cada 15 dias os profissionais do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS II), da Secretaria de Saúde, se reúnem para discutir patologias que afetam a saúde mental. Essa semana o tema foi Esquizofrenia e seus subtipos, focando na paranoide, considerada a mais comum.

"Os grupos são de extrema importância, pois é o momento de atualizações, discussões e troca de experiências. Cada vez que nos apropriamos mais de um diagnóstico e percebemos seu comportamento, seremos mais assertivos no tratamento", afirma a coordenadora do CAPS II, Adriana Lira.  No próximo encontro será discutida a Psicose e suas particularidades.

A secretária de Saúde, Lucia Giesta, acrescenta que "um dos objetivos da gestão do prefeito Julio Lossio é aprimorar a assistência aos nossos usuários e o aperfeiçoamento dos profissionais é uma das ferramentas para isso".

O CAPS II é uma unidade de saúde mental a população adulta com transtornos mentais severos, moderados ou persistentes. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h, e fica à Rua Maria Gorete de Sousa Lopes 80 - Caminho do Sol.

Ascom/Petrolina
Policial
07 de Fevereiro / 2016 às 08:31 | Nenhum Comentário

Guarnições da 75ª CIPM – Companhia Independente de Policiamento Comunitário estão em deslocamento nesse momento porque às 07:50h foi localizado um carro Fiat Uno Vermelho com o corpo de um homem sem os sinais vitais em seu interior.

O veículo pertence ao Sargento da Polícia Militar de Pernambuco Ederlino Rufino de Carvalho, conhecido como Sargento Rufino, e está com os vidros travados e foi localizado na Rua 14 do bairro Tabuleiro. As últimas informação dão conta de que o Sargento teria respondido a uma tentativa de assalto na zona rural de Juazeiro, distrito de Maniçoba. Uma pessoa que acompanhava o policial teria sido ferida e o Sargento Rufino foi levado como refém. 

Na manhã deste domingo (07), o veículo foi encontrado no Tabuleiro com o corpo do policial alvejado com um tiro na cabeça. Policiais estão à procura dos assassinos.

Informativos
07 de Fevereiro / 2016 às 08:00 | Nenhum Comentário

Os agentes de combate às endemias, agentes comunitários de saúde, militares e a população em geral de Juazeiro, podem se inscrever gratuitamente no 'Curso de Combate Vetorial ao Aedes Aegypti'. O curso foi criado pelo Ministério da Saúde (MS), como uma das ferramentas para enfrentar o aumento do número de casos registrados das doenças dengue, chikungunya e zika.  

O objetivo do curso é preparar, cada vez mais, os agentes para que eles possam desenvolver os trabalhos com maior qualidade, além de capacitá-los para o enfrentamento do mosquito durante os períodos de maior reprodução e proliferação do mesmo, assim como servir de informação para a população em modo geral.

A inscrição do curso "Atualização no Combate Vetorial ao Aedes aegypti" é feita apenas pela internet. Os interessados devem informar dados como nome, CPF, cidade, estado e telefone. Após a finalização do preenchimento do formulário, os cadastrados receberão um e-mail com as orientações para acesso à plataforma de ensino. O curso é na modalidade Educação a Distância, com a carga horária de 22 horas e não tem limite de vagas.

O curso adquire especial relevância já que o Ministério da Saúde declarou situação de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (ESPIN) devido às sérias complicações que estas epidemias causam à população, entre elas a microcefalia em recém-nascidos.

Para obter outras informações sobre o curso, entre em contato com a equipe do Telessaúde por meio do telefone (51) 3308-2098 ou e-mail ead@telessauders.ufrgs.br. Os alunos que acabarem a formação vão receber um certificado ao final.

Ascom/Juazeiro
Informativos
07 de Fevereiro / 2016 às 07:00 | 2 Comentários

Oportunidades de Investimento no Município de Juazeiro", no Vale do São Francisco, norte do estado, é o tema da palestra que o Secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Juazeiro, Carlos Neiva, irá realizar na sede da Associação Comercial da Bahia (ACB), Comércio, com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Bahia, no próximo dia 18.02, às 18h, com o objetivo de atrair novos investimentos para a região norte, diminuindo a assimetria do desenvolvimento da Bahia.
 
"A Associação Comercial elegeu entre as suas pautas para 2016 o apoio a ações que tenham por objetivo promover a interiorização do desenvolvimento baiano. E Juazeiro, município polo da região que mais gerou empregos formais na Bahia em 2015, é o tema desse nosso primeira debate", explica Carlos Cohim, vice-presidente da ACB.  
 
O sub-médio São Francisco é hoje um dos principais polos do agronegócio do Brasil, se destacando na produção de frutas, sendo responsável por mais de 95% da exportação de uva de mesa do Brasil. Esta atividade está sendo beneficiada com a apreciação do dólar, dinamizando ainda mais a economia regional.
 
"A economia baiana é caracterizada pela elevada concentração geográfica, sendo que a RMS, junto com Feira e Alagoinhas, responde por mais de 60% do Valor Adicionado Bruto (VAB) industrial baiano. A interiorização do nosso desenvolvimento é fundamental para reduzir as nossas desigualdades econômicas e sociais", diz o secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia, Jorge Hereda.

Fonte: Bahia Econômica
Esporte
06 de Fevereiro / 2016 às 23:00 | Nenhum Comentário

Após idas e voltas, finalmente apareceu um nome para assumir a direção do JUAZEIRO SOCIAL CLUBE.

Por várias vezes, falamos no nome do jovem empresário Rafael Campelo, e agora, com muita vontade e determinação de “salvar” o TRICOLOR DAS CARRANCAS, aceitou enfrentar essa tarefa.

Desejamos todo sucesso a esse candidato à presidência do JUAZEIRO, o Rafael Campelo.

Desejamos toda sorte.

EU PENSO ASSIM, E VOCÊ?

Por Herbet Mouze

Variadas
06 de Fevereiro / 2016 às 22:00 | Nenhum Comentário

Profissionais da Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada (UPAE) e o Hospital Dom Malan, de Petrolina (PE), ambos gerenciados pelo Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP), alertam à população sobre os cuidados que deverão ter com a saúde durante o Carnaval. 

Para a médica da UPAE, Natália Mariano, é muito importante que durante este período, o folião possa manter uma alimentação balanceada, fazendo regularmente as refeições diárias necessárias para o organismo. “São indicados alimentos como frutas e verduras, comidas leves. Devem evitar lanches rápidos, como o fast-foods e tomar cuidados com alimentos que ficam expostos em barracas, pois podem estar mal conservados, causando infecções", ressalta. 

A profissional também chama a atenção para o perigo das Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST’S). “Nesses períodos festivos o clima está mais propenso para o comportamento de risco, que é caracterizado pela relação sexual desprotegida. Essas relações podem transmitir inúmeras doenças, como a hepatite, sífilis, o HIV, entre outras. Então, é essencial usar o preservativo", alerta. 

Os pequenos foliões também gostam de brincar o carnaval, entretanto, esse é um momento em que os pais devem redobrar os cuidados com as crianças. A pediatra do HDM, Sandra Medeiros, explica os cuidados básicos que devem ser seguidos com as crianças. "Deve-se optar por fantasias leves e que não possuam partes pequenas que podem ser engolidas ou aspiradas, como por exemplo, lantejoulas. Pintura no rosto pode ser feita, entretanto, com material adequado para uso nesta parte do corpo e voltadas para o público infantil” afirma. 

A médica diz que as crianças de até dois anos devem ficar longe do barulho. Já as que tem a partir dos três anos, podem ficam mais próximas, entretanto, os pais deve ficar atenta, pois o som alto pode prejudicar a audição da criança. "De preferência hidratar a criança com água ou suquinhos, a cada 20 minutos, para evitar desidratação. Deve-se optar por frutas, que também ajudam na hidratação", explica. “As crianças só devem ser expostas ao sol usando protetor solar. Deve-se aplicar o protetor a cada duas horas. As crianças precisam de supervisão o tempo todo. Não deixe que se afastem. Em um pequeno descuido a criança pode desaparecer”, finaliza a pediatra.

Ascom/HDM-IMIP
Variadas
06 de Fevereiro / 2016 às 21:00 | Nenhum Comentário

Na última quinta-feira (04) o Secretário de Educação, Cel Heitor Leite recebeu a Gestora da Escola Municipal Laura Vicunã, Maria Auxiliadora,  a Diretora do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, Irmã Júlia, a coordenadora do CEMAM Regia Cristina Gondim e a inspetora Amélia de Assis Castro para tratar da permanência da Escola Municipal dentro do prédio da instituição do CEMAM.  A Secretaria de Educação aprova a ideia. "Temos interesse em continuar a administrar a unidade, e assim será em 2017 com implementação ainda de  novos serviços da Educação".

Ascom/Petrolina
Variadas
06 de Fevereiro / 2016 às 20:00 | Nenhum Comentário

Nesta sexta-feira (05), no Hospital Dom Malan/IMIP, Petrolina (PE), muita festa e alegria marcaram a comemoração do Carnaval do Voluntariado 2016. Caracterizados com apetrechos carnavalescos, o animado bloco de funcionários e voluntários percorreu os setores levando muita diversão e descontração. A folia contou com a presença da Orquestra de Frevo – A Rebarba, que tocou marchinhas de carnaval no ritmo pernambucano.

A dona de casa, Fabiana dos Santos, mãe de um paciente interno na Unidade Hospitalar, diz que essa celebração muda um pouco a rotina hospitalar. “Eu estou aqui há sete dias, os médicos descobriram que meu filho tem diabetes e hoje ele está bem melhor do que quando chegou. Vejo que ele se alegrou bastante com essa comemoração”, finalizou.

Segundo o Coordenador do Voluntariado do HDM, Rui Holanda, “a festa é um momento que trazemos alegria para os pacientes e funcionários do hospital. Eles ficam alegres com nossa animação. O nosso objetivo é levar alegria e ajudar as pessoas durante sua recuperação”, ressaltou.

Ascom/HDM-IMIP
Variadas
06 de Fevereiro / 2016 às 19:00 | 2 Comentários

A Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) criticou o uso de larvicidas e nebulizações químicas, conhecidas como fumacê, no combate ao mosquito Aedes aegypti. Por meio de nota, a entidade destacou que as medidas, utilizadas há décadas no país, não têm alcançado efetividade no combate ao vetor e, portanto, não diminuem a infestação, além de provocar sérios danos à população.

“Foi decisão do Ministério da Saúde imputar a associação da epidemia de microcefalia à infecção materno-fetal pelo vírus Zika, supostamente introduzido no Brasil em 2014, no Nordeste brasileiro. Diante da inusitada incidência, foi determinado o estado de emergência em saúde pública de importância nacional, desencadeando a intensificação do controle vetorial do Aedes aegypti, dentro da mesma abordagem utilizada para a dengue e que, há cerca 40 anos, é realizada sem efetividade para os objetivos pretendidos.”

A Abrasco defende que, no lugar do uso do fumacê, sejam implementadas, por parte do governo, ações de saneamento ambiental e fornecimento regular de água. O quadro sanitário no qual emerge a epidemia de microcefalia, segundo a nota, deve ser analisado considerando-se graves problemas que estão presentes na realidade socioambiental em que ocorreram os casos e no modelo operacional de controle vetorial.

“A distribuição espacial por local de moradia das mães dos recém-nascidos com microcefalia (ou suspeitos) é maior nas áreas mais pobres, com urbanização precária e com saneamento ambiental inadequado, com provimento de água de forma intermitente, fato que leva essas populações ao armazenamento domiciliar inseguro de água, condição muito favorável para a reprodução do Aedes aegypti, constituindo-se em criadouros que não deveriam existir e que são passíveis de eliminação mecânica.”

Por meio de nota, o Ministério da Saúde informou que o processo de nebulização espacial é utilizado para combater o Aedes já na fase adulta e que a melhor forma de controlar a infestação é não deixar o mosquito nascer. “Após o nascimento, as operações de controle são mais difíceis, custosas e com efetividade diminuída. Por isso, a aplicação da nebulização espacial deve ser um incremento à inspeção mecânica de criadouros”, esclareceu.

Ainda segundo a pasta, a técnica de nebulização espacial utiliza inseticidas de Ultra Baixo Volume, ou seja, um volume baixo de produto é suficiente para tratar grandes áreas. Todos os inseticidas, larvicidas e adulticidas utilizados pelo governo, conforme a nota, são autorizados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“A técnica de nebulização espacial representa um risco bastante reduzido à população geral, uma vez que a quantidade de produto utilizada é considerada pequena. As atuais formulações utilizadas são à base de água, não havendo risco de ser inflamável.” Ao final, o ministério ressaltou que a eficácia do fumacê depende da observância de uma série de detalhes técnicos, como horário de aplicação (pouco antes e pouco após o nascer ou o pôr do sol), regulagem do equipamento, controle de qualidade do spray, velocidade do vento e capacitação técnica dos aplicadores, entre outros.

“A nebulização espacial é geralmente feita em áreas abertas, podendo ser aplicada também no interior dos imóveis. Os moradores devem ser instruídos a abrir portas de box dos banheiros, levantar lençóis e cobertas, proteger aquários, gaiolas e alimentos. Os moradores devem ser instruídos a entrar após 20 a 30 minutos. A medida visa a eliminar mosquitos que se alojam no interior dos imóveis.”

Agência Brasil
Informativos
06 de Fevereiro / 2016 às 18:00 | Nenhum Comentário

A Companhia de Segurança Trânsito e Transportes (CSTT) informa que  vai realizar a partir de quarta-feira, 10, a revisão de vistorias nos transportes escolares. Essa revisão é para certificar-se que as exigências que foram cobradas no momento da vistoria, tenham sido realizadas.

A revisão vai acontecer nos dias 10/02 em Maniçoba, 11/02 em Itamotinga, 12/02 em Abobora e 13/02 em Carnaíba. Os atendimentos serão realizadas nas localidades descritas no horário de 08h às 13h. Caso ainda exista algum transporte sem realizar a vistoria a CSTT informa ser necessário que se faça presente em um desses distritos para regularizar a situação, caso contrário ficará impossibilitado de prestar serviços.

Ascom/Juazeiro

publicidade

51 anos de vida, 33 destes dedicados à informação com credibilidade. Este é Geraldo José um dos funcionários mais antigos da pioneira Rádio Juazeiro
Blog do Geraldo José. © 2009 - Todos os direitos reservados.
Curta nossa fanpage