Blog do Geraldo José - Variadas
Vale do São Francisco - 23 de Maio de 2019
|
Redação: (74) 3613-3479

Variadas

publicado em 26 de Setembro / 2012 às 13:00

Papo Jovem acontecerá em Petrolina

Jovens da Obra Shalom de Petrolina promoverão o PAPO JOVEM! Evento que tem o objetivo de discutir  sobre questões atuais, como namoro e sexualidade, por meio do olhar da Igreja Católica. Através da Obra Shalom Petrolina, a juventude do Vale São Francisco, está sendo convidada a estar presente no próximo final de semana (29 e 30), no ‘Papo Jovem-Namoro e Sexualidade’.

O evento contará com a presença da pregadora Fabíola Rocha da Comunidade de Aliança, da Comunidade Católica Shalom de Fortaleza - CE, e acontecerá no auditório do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora. O ingresso é de apenas R$ 5.

publicado em 26 de Setembro / 2012 às 11:00

Juremal recebe evento com Tinho do Acordeon e Banda Mirage

Em seu 5º ano, a festa do bloco Me Agarre acontecerá no próximo sábado, dia 29, no distrito de Juremal. O evento que já está inserido no calendário tradicional do interior de Juazeiro contará com os shows de Tinho do Acordeon e Banda Mirage. 

O público presente encontrará com certeza muita alegria, conforto e segurança. A festa começará a partir das 22 horas no Club Luizão. A realização fica por conta da MJ Produções e Eventos.

publicado em 26 de Setembro / 2012 às 09:30

Comissão Interna de Prevenção de Acidentes do HRJ recebe treinamento

Começou, segunda-feira (24), o treinamento dos novos membros da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) do Hospital Regional de Juazeiro (gestão IMIP). O treinamento é regulamentado pelo Ministério do Trabalho e deverá totalizar 20 horas de duração, tratando de temas como a organização da CIPA, noções sobre acidentes de doenças de trabalho, prevenção e combate a incêndios, legislação do trabalho e primeiros socorros, dentre outros.

Ministrado pela técnica em segurança do trabalho do HRJ, Analúcia Lucena, o curso apresenta como finalidade discutir os papéis da CIPA, tornando os novos membros aptos a zelar pela promoção da saúde de todos os funcionários da unidade. “Fazer a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho não é uma atividade fácil, e é justamente por isso que a CIPA é uma ferramenta de extrema importância, porque tem como missão cuidar da integridade física dos trabalhadores e de todos que interagem com a empresa, inclusive os prestadores de serviço”, explica a palestrante.

A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho do HRJ é composta por 22 integrantes, 11 indicados pela diretoria do hospital e 11 escolhidos pelos funcionários através de eleição. Os novos membros da CIPA deverão tomar posse no dia 05 de outubro e a primeira reunião ordinária da nova gestão já está prevista para o próximo dia 22.

Daniele Valois - Ascom/HDM
publicado em 26 de Setembro / 2012 às 08:30

Ilha do Rodeadouro – Perigo à vista.

Rio profundo, correnteza forte, álcool, imprudência e a falta de equipamentos e salva-vidas são ingredientes que juntos podem resultar em muitas mortes na Ilha do Rodeadouro, em Juazeiro. Domingo (23), um homem por pouco não aumentou a relação de vítimas de afogamento ao tentar chegar a uma pedra no lado baiano, hoje o ponto mais perigoso e quase sempre desguarnecido de placas e guarda-vidas. Semi-desacordado, ele foi socorrido pelos bombeiros às margens do rio São Francisco e cercado por uma grande quantidade de curiosos.

A ilha, que no ultimo domingo recebeu grande público, apesar de ter espaços de banho que vão da “ponta da ilha” ao bar do Batata, numa extensão de aproximadamente 500 metros, conta com a vigilância de 3 ou 4 salva-vidas, insuficiente para cobertura da área que tem diversos locais de risco. É preciso lembrar que, apesar de treinados, é visível a falta de equipamentos de alerta e salvamento no local.

A imprudência dos adultos e o descuido com crianças são fatores que contribuem para o aumento de vítimas. Barraqueiros e barqueiros, preocupados apenas com os lucros do momento, fecham os olhos para o problema, sem avaliar os prejuizos que podem vir com os afogamentos.

Sem equipamentos adequados e a grande extensão para cobrir, os salva-vidas, na maioria das vezes tendem a buscar corpos sem sinais vitais. Por sorte domingo foi diferente. Do lado de Pernambuco, facilitada pela menor extensão, boias sinalizadoras de perigo delimitam a área de banho e os bombeiros contam até com motos náuticas.O que custa sinalizar? Certamente muito pouco diante de vidas que poderão ser salvas a cada fim de semana.

publicado em 26 de Setembro / 2012 às 08:00

Secretaria de Segurança Cidadã formará mais 320 Guardas Mirins nesta quarta-feira

Cerca de 320 estudantes da Escola Municipal 21 de Setembro, localizada no Bairro José e Maria, após receber instruções referentes ao Programa Guarda Mirim, preparam-se para a formatura que será realizada hoje (26). A solenidade acontecerá no auditório do Senai em dois turnos: a primeira turma, a partir das 9h30 e a segunda a partir das 15h30, cada grupo com 160 novos guardas mirins.

A cerimônia representa o programa que desde 2010 forma alunos de escolas públicas municipais. Durante as últimas semanas, os jovens por meio da Equipe de Pesquisa e Instrução, formada pela Guarda Municipal, receberam lições referentes a Meio Ambiente, Defesa Civil, Cidadania, Ordem Unida, entre outros. Agora, após a conclusão do curso, nesta quarta-feira, as crianças receberão carteirinhas e camisas, o que os habilitará a desempenhar a função de Guardas Mirins na sua escola e comunidade.

Além de receberem título de Guarda Mirim – Defesa Civil como em anos anteriores, algumas crianças também serão graduadas como Guarda Mirim – Guardião Escolar e Meio Ambiente, dessa forma é possível exemplificar e distribuir funções aos estudantes. O secretário de Segurança Cidadã, Cel. Daniel Ferreira, destaca o sucesso que o Programa tem com pais, alunos e professores “É gratificante para toda nossa equipe ver os estudantes se sentindo Guardas Mirins e ouvir dos pais e professores, a melhoria na disciplina em casa, e no rendimento escolar. Essa escola é mais uma onde faremos a formatura com a sensação de dever cumprido”, salientou.

publicado em 25 de Setembro / 2012 às 22:00

Obras avançam e garantem praça no bairro Maria Auxiliadora

A Prefeitura Municipal de Petrolina, por meio da Secretaria de Infraestrutura, vem investindo recursos e equipamentos na comunidade do Maria Auxiliadora. A obra, esperada pela população, que está garantindo a praça pública avança pelos canteiros tornando os espaços utilizáveis. O trabalho tem suas primeiras etapas concluídas. Desejo antigo dos moradores do bairro Maria Auxiliadora, a Praça da Rua André Vidal de Negreiros prevê arborização, rampas de acessibilidade, iluminação, projeto paisagístico e academia ao ar livre. O trabalho realizado já passou pelos bairros Jardim Maravilha, São Joaquim e Mandacaru. 

Equipada, a Academia ao Ar Livre no bairro Maria Auxiliadora já está em uso pela população. O local recebeu nove equipamentos através da parceria entra a Secretaria de Esportes e a de Infraestrutura. A academia é indicada para maiores de 12 anos e, principalmente, para pessoas da terceira idade, que perdem naturalmente a força muscular com o passar dos anos, mas pode ser usada por qualquer pessoa. 

Segundo o secretário de Infraestrutura, Ricardo Rocha, a praça que está em construção pelas equipes da Prefeitura de Petrolina, ainda aguarda liberação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) para continuidade do trabalho em locais onde árvores nativas foram plantadas de maneira irregular. “Existem algumas árvores no local que foram plantadas há muitos anos de forma inadequada e em local irregular, onde deve existir o passeio público, por isso precisamos de autorização especial para finalizar a obra e aguardamos autorização que tramita no IBAMA ”, afirmou.

publicado em 25 de Setembro / 2012 às 21:00

Comunidade da Tapera recebe mutirão de serviços e Academia ao Ar Livre

A Prefeitura Municipal de Petrolina iniciou na última semana com um mutirão de limpeza pública, o trabalho que além de deixar a comunidade em boas condições de moradia, também prevê a reforma da quadra esportiva e a construção da Academia ao Ar livre.

O trabalho integra os serviços prestados nesse sentido em toda a cidade como forma de garantir espaços de lazer e para a prática de exercícios físicos como prevenção e cuidados com a saúde. “Além da sede de Petrolina que já conta com os equipamentos da Academia ao Ar Livre, o interior da cidade também é contemplado com as ações que visam proporcionar mais qualidade de vida às pessoas”, justificou o secretário de Infraestrutura, Ricardo Rocha.

Os equipamentos instalados não têm peso e usam apenas a força do corpo para exercícios de musculação e alongamento. A academia é indicada para maiores de 12 anos e, principalmente, para pessoas da terceira idade, que perdem naturalmente a força muscular com o passar dos anos, mas podem ser usados por qualquer pessoa.

Como a comunidade da Tapera, Petrolina terá os mesmos equipamentos nos bairros Maria Auxiliadora – onde a academia já está sendo usada pela comunidade, IPSEP, Antonio Cassimiro, Cohab VI, Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio e no Parque Municipal Josepha Coelho. 

publicado em 25 de Setembro / 2012 às 20:00

Inscrições abertas para a Oficina de Gestão Museal em Juazeiro

Já estão abertas as inscrições para a Oficina de Gestão Museal, que acontece nos dias 17, 18 e 19 de outubro, das 9h às 17h, no Centro de Cultura João Gilberto, em Juazeiro. Os interessados devem se inscrever até 05 de outubro através do e-mail oficinasnat.dimus@gmail.com. A atividade é promovida pela Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (DIMUS/IPAC) em parceria com a Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Secretaria de Cultura do Estado, através da Diretoria de Espaços Culturais e do Centro de Cultura João Gilberto.

Ministrada pela professora Maria das Graças Teixeira, do curso de Museologia da Universidade Federal da Bahia, a oficina é gratuita e tem como objetivo oferecer orientação técnica básica para o aperfeiçoamento dos estudantes, museólogos e profissionais que atuam em instituições museais da região. A atividade integra o Ciclo de Oficinas de Capacitação, que teve início em julho e segue até o mês de dezembro. As ações estão contemplando cinco das sete macrorregiões museais que atendem aos 27 territórios de identidade da Bahia. Os próximos municípios a receberem as oficinas são: Feira de Santana (07 a 09.11) e Porto Seguro (05 a 07.12). Estão sendo oferecidas 40 vagas em cada município e certificados aos participantes.

Os municípios também têm recebido visitas técnicas realizadas por profissionais da DIMUS. O objetivo é fazer uma análise qualitativa das instituições museais existentes na região, com verificação do tipo de acervo e das ações educativas desenvolvidas nestes espaços. As visitas culminarão na atualização do Cadastro de Museus do estado. Mais informações pelo telefone: (71) 3117-6381. 

Serviço:

O que: Inscrições abertas para Oficina de Gestão Museal

Quando: 17 a 19 de outubro, das 9h às 17h.

Onde: Centro de Cultura João Gilberto – Rua José Petitinga, s/n, Santo Antônio, Juazeiro.

Inscrições: até 05 de outubro através do e-mail oficinasnat.dimus@gmail.com

Informações: (71) 3117-6381

Gratuito.

publicado em 25 de Setembro / 2012 às 19:30

BRAz-Petrolina realiza I Encontro sobre Cuidados com o Doente de Alzheimer

A Associação Brasileira de Alzheimer Sub-regional Petrolina (ABRAz-Petrolina) promove na sexta-feira (28) e no sábado (29) o I Encontro de Familiares e Cuidadores de Pessoas com Alzheimer do Vale do São Francisco. O evento será realizado no Auditório do Hospital HGU (Av. Honorato Viana, 129 – Gercino Coelho, Petrolina) e terá como tema “Alzheimer: quanto antes souber, mais tempo você terá para lembrar”.

Abrindo a programação, haverá a palestra com a presidente da ABRAz-Pernambuco, a médica geriatra Carla Núbia Borges, que será na sexta-feira (28), a partir das 19h. Na manhã do sábado (29), os participantes terão a oportunidade de assistir palestras (mais detalhes abaixo) ministradas por profissionais das mais diversas especialidades relacionadas aos cuidados com o doente de Alzheimer.

Este primeiro encontro tem o objetivo de difundir informações sobre os cuidados com o paciente de Alzheimer. “O cuidador precisa estar bem informado sobre a doença, seus sintomas e suas diferentes fases. Esse conhecimento contribuirá para uma melhor qualidade de vida tanto do paciente quanto daqueles que são responsáveis por ele”, destaca a coordenadora da ABRAz-Petrolina, Denise Cavalcanti. O evento é aberto não só aos familiares como também aos cuidadores, profissionais e estudantes da área de saúde.

As vagas são limitadas e para participar é necessário fazer inscrição prévia. O valor de R$ 20,00 por pessoa deve ser depositado na conta corrente da ABRAz-Pernambuco (Banco do Brasil – Agência: n° 3505-X / Conta Corrente: n° 17446-7). Em seguida, o comprovante de depósito deve ser encaminhado para o e-mailabrazpetrolina@gmail.com para confirmar a inscrição.

Também é possível fazer a inscrição pessoalmente no CENPRE-HGU (R. Dr. Geraldo Estrela, 100 – Centro/Petrolina). Mais informações pelos telefones: (87) 3866-4040 / 8839-5135.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

Dia 28 – Sexta-feira

19h – Solenidade de abertura com a presença da médica geriatra Carla Núbia Borges (Presidente da ABRAz-Pernambuco)

Dia 29 – Sábado

8h – “Nutrição para Pacientes com Alzheimer: Lei da Harmonia” – Samira Souza Silva (Nutricionista)

8h40 – “Benefícios da Fisioterapia na Doença de Alzheimer” – Michele Andrade Xavier (Fisioterapeuta)

9h20 – “Cuidados de Enfermagem ao Paciente com Alzheimer” – Juliana Pedrosa (Enfermeira)

10h – “Disfagia: Orientação ao Cuidador” – Isabela Lima (Fonoaudióloga)

10h40 – Coffee Break

11h10 “Eu Cuido do Doente, Quem Cuida de Mim?” – Cleonice Albuquerque (Cuidadora e Coordenadora dos Grupos de Apoio da ABRAz-Pernambuco)

11h50 – “As Atividades de Vida Diária no Ambiente Seguro” – Marisa Clara Vita (Terapeuta Ocupacional e voluntária ABRAz-Pernambuco)

12h40 – Encerramento com a presença de Carla Núbia Borges (Médica Geriatra e Presidente da ABRAz-Pernambuco), Denise Cavalcanti (Terapeuta Ocupacional e Coordenadora ABRAz-Petrolina) e Érico Wanderley (Médico Geriatra e Coordenador Científico da ABRAz-Petrolina)

publicado em 25 de Setembro / 2012 às 19:00

Prefeitura prestigia comemoração de aniversário do Grupamento de Bombeiros em Petrolina

Em comemoração ao aniversário do 4º Grupamento de Bombeiros Militares de Pernambuco, sediado em Petrolina, na última quinta-feira (20), foi realizada uma solenidade que contou com a presença entre autoridades civis e militares e do secretário de Segurança Cidadã do município, Cel. Daniel Ferreira, representando a Prefeitura. A cerimônia foi realizada no pátio da própria instituição onde houve entrega de medalhas por tempo de serviço aos bombeiros do Grupamento.

A data celebra os 27 anos do Grupamento em Petrolina. Desde então, a companhia atua na cidade em intervenções como incêndios, no resgate às vítimas de acidentes de trânsito, desastres naturais, entre outras situações.

O secretário de Segurança Cidadã, Cel. Daniel Ferreira, destacou a importância do Grupamento para os municípios brasileiros. “O Corpo de Bombeiros tem a cada dia importância vital nas cidades brasileiras através de sua prestação de serviços à população. Em nossa cidade, que está em pleno crescimento, cumpre também esse papel”, afirmou.

Secom/PMP
publicado em 25 de Setembro / 2012 às 17:30

Juazeirense denuncia falta de insulina nas farmácias municipais

Em visita ao Blog na manhã desta terça (25), o senhor Roberto Carlos de Andrade Viana, residente à rua Hermí Ferrari, 38, Bairro Santo Antonio, denunciou a falta  de insulina nas farmácias da rede de distribuição municipal.

Segundo Roberto, sua sobrinha, a menor M.S.V, de apenas 14 anos de idade, que tem problemas de diabete congênita, não consegue receber o medicamento nas farmácias da rede pública municipal. “O Problema vinha se arrastando há algum tempo, faltava uma semana, chegava na seguinte, mas agora a informação é que não tem e não há previsão de chegada do medicamento”, enfatizou.

Bastante preocupado ele pediu providencias: “Essa situação é preocupante, o paciente diabético não pode deixar de tomar o medicamento e alguém tem que se pronunciar para tranqüilizar as famílias que precisam da insulina e outros medicamentos, que por lei deveriam estar nas farmácias”.

Segundo Roberto sua sobrinha tem que tomar dois tipos de insulina, sendo que a Lantus, distribuída nas farmácias municipais, está em falta há algum tempo.

A Assessoria da Prefeitura de Juazeiro acaba de enviar nota sobre a denúncia. Confira:

A Secretaria da Saúde de Juazeiro comunica ao senhor Roberto Carlos de Andrade Viana, residente à Rua Hermí Ferrari, 38, bairro Santo Antonio e aos familiares que precisam da insulina Lantus, que a mesma está prevista para ser entregue pelo fornecedor à rede municipal de saúde até esta sexta-feira (28), quando estará disponível para os pacientes diabéticos. O local para entrega deste tipo de insulina é no Núcleo de Assistência Farmacêutica, que fica no 1º andar do prédio da Secretaria da Saúde, situado na Praça 15 de julho, nº. 32, Centro.

A Secretaria pede a compreensão dos usuários nos momentos em que falta este tipo de insulina que não faz parte do elenco do SUS e é comprada com recursos próprios; mas tendo em vista a melhoria dos atendimentos e a tranquilidade dos pacientes diabéticos do município, a Secretaria da Saúde tem se esforçado para manter disponível a insulina Lantus na rede. As demais insulinas estão disponíveis normalmente nas Farmácias da Família e nas Unidades Básicas de Saúde.

Ascom PMJ

publicado em 25 de Setembro / 2012 às 14:30

Senhor do Bonfim: Policiais do 6º BPM prestam apoio após acidente em Andorinha

Por volta das 12:45h desta segunda-feira (24), uma guarnição da 3ª Cia do 6º Batalhão de Polícia Militar se deslocou à fazenda Caldeirão da Vaca, zona rural da Cidade de Andorinha, às margens da Rodovia 220 (Andorinha/Sr. do Bonfim), aproximadamente 2km da sede do município, onde foi constatado um tombamento de um ônibus, Placa policial JMW 7053, Salvador (BA), da Empresa São Luiz. As vítimas foram conduzidas para o Posto de Saúde de Andorinha, totalizando 12 (doze), sendo que 02 (duas) foram transferidas para Cidade de Senhor do Bonfim, entretanto, segundo informações colhidas no posto de saúde, nenhum dos feridos corre risco de morte. Vale ressaltar que por a rodovia estar em reforma a probabilidade de acidente é acentuada, devido a grande quantidade de cascalho e a cortina de poeira que se forma com o trânsito de veículos, dificultando assim a visibilidade.

6º BPM realiza prisão por crime eleitoral

Nesta segunda-feira (24), às 11:10h, na Praça Austriciliano de Carvalho, em Senhor do Bonfim, atendendo solicitação da Promotoria da cidade, policiais do 6º Batalhão de Polícia Militar apreenderam o veículo Corsa Super, cor vinho, placa GRR5964 de São Paulo, que produzia som alto de propaganda política a menos de 200 metros da Escola Austriciliano de Carvalho. O condutor Luciano de Souza Santos foi conduzido à delegacia e autuado em flagrante por crime eleitoral.

publicado em 25 de Setembro / 2012 às 13:00

AMMA inicia revitalização da Orla II

A Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA) iniciou, no final de semana, a revitalização da área verde da Orla II. A ação faz parte do Projeto de Revitalização de Área Degradada (PRADE) e pretende devolver a mata nativa para a margem do Rio São Francisco.

Mais de 1.250 mudas do bioma catinga serão plantadas na Orla II. Na primeira fase do projeto já foram assentadas 350 mudas. “Estamos recompondo essa área, que está totalmente degradada e é constituída pela espécie invasora Algaroba, visando resgatar a biodiversidade do local. Revitalizando a Orla dois, também, atrairemos a fauna que tem uma influência sistêmica naquele ambiente”, explica o diretor-presidente da AMMA, Geraldo Junior.

publicado em 25 de Setembro / 2012 às 09:30

Curso de Neonatologia é oferecido na Maternidade de Juazeiro

Nesta quarta-feira (26), a Maternidade de Juazeiro realiza o segundo módulo do Curso de Neonatologia (cuidados com o recém-nascido/teórico e prático), que está sendo oferecido pela prefeitura - desde a semana passada - para os técnicos de enfermagem da unidade. No segundo dia de treinamento, os profissionais participarão de palestra sobre Oxigenioterapia - cuidados de enfermagem – com a enfermeira do estabelecimento hospitalar, Maria Uyara dos Santos, às 17h.

O projeto de Educação Continuada da Maternidade prossegue até o dia 24 de outubro, com a execução de mais quatro módulos, somente às quartas-feiras, às 17h. O objetivo é garantir melhores cuidados ao recém-nascido e às mulheres juazeirenses. A capacitação conta com a parceria de profissionais do Hospital Dom Malan (IMIP/HDM). Todas as técnicas de enfermagem receberão certificado.

PROGRAMAÇÃO

Dia 03/10, às 17h – Reanimação Cardiorespiratória no RN – enfermeira Suellen (IMIP/HDM);

Dia 10/10, às 17h – Terapia Intravenosa – enfermeira Irlla (IMIP/HDM);

Dia 17/10, às 17h – Alimentação Enteral – enfermeira Suellen (IMIP/HDM);

Dia 24/10, às 17h – Cuidados com os aparelhos de uso do Berçário (Incubadoras, berço aquecido, biliberço, monitor CPAP) – com o engenheiro clínico da unidade, Dr. Carlos Henrique.

publicado em 25 de Setembro / 2012 às 09:00

Criado em laboratório Aedes aegypti que não transmite dengue

Cientistas criaram em laboratório um tipo de mosquito Aedes aegypti que não transmite o vírus da dengue. O resultado da pesquisa, liderada pela Universidade de Monash, na Austrália, e feita em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz, está sendo apresentada no 18º Congresso Internacional de Medicina Tropical, no Rio de Janeiro. Os pesquisadores introduziram no Aedes aegypti a bactéria Wolbachia, presente em 70% dos insetos do mundo. Essa bactéria atua como uma espécie de vacina para o mosquito e bloqueia a multiplicação do vírus dentro do inseto. Desta forma, o mosquito não transmite mais a dengue. A colônia de Aedes aegypti com Wolbachia é criada em laboratório. Depois, os insetos são liberados na natureza. Livres, eles se reproduzem com mosquitos locais e a bactéria é transmitida de mãe para filho pelos ovos.

 
 

Além de bloquear a transmissão do vírus da dengue, a bactéria também tem efeito sobre a capacidade de reprodução. As fêmeas com Wolbachia sempre geram filhotes com a bactéria - independente da situação do macho. No entanto, os óvulos fertilizados das fêmeas sem Wolbachia, que se acasalam com machos que tenham a bactéria, morrem. Por conta disso, mesmo que uma pequena população de insetos com a bactéria seja introduzida na natureza, rapidamente esse tipo de mosquito se torna maioria. Foi o que aconteceu nas localidades de Yorkeys Knob e Gordonvale, em Cairns, na Austrália. Apenas cinco semanas depois da liberação dos mosquitos com a bactéria, em janeiro de 2011, a presença de insetos com Wolbachia alcançou 100% em Yorkeys Knob e 90% em Gordonvale.

Os especialistas se referem ao estudo como "potencial tecnologia autossustentável", uma vez que a transmissão da bactéria é garantida no processo reprodutivo do mosquito, dispensando os custos de soltura continuada no ambiente. No Brasil, o projeto está na primeira fase. Os cientistas estão fazendo, em laboratório, a manutenção de colônias dos mosquitos com Wolbachia e o cruzamento com Aedes aegypti de populações brasileiras. O projeto 'Eliminar a Dengue: Desafio Brasil' conta com financiamento da Fiocruz, Ministério da Saúde (Secretaria de Vigilância em Saúde - SVS e Departamento de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos - DECIT/SCTIE) e Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (CNPq).

Estadão
publicado em 24 de Setembro / 2012 às 21:30

Instituições carentes valorizam iniciativa de Gincana Solidária em Petrolina

As instituições Apae, Crelps, Cerelf, Casa Geriátrica e Petrape em Petrolina; e Lar Feliz, em Juazeiro serão beneficiadas com a realização da  Gincana Solidária promovida por professores, alunos e pais de alunos da Escola Ana Nery - evento que, este ano, desenvolve o seu caráter solidário e cultural. Para os representantes das instituições, “esse ato é mais do que importante, é necessário”. O Centro Evangélico de Reabilitação Lar Feliz (Ceref), Walmir Evangelista, diretor da instituição, atua no trabalho com homens acima de 18 anos que tenham se envolvido com drogas e estejam buscando tratamento. “Para nós, todas as doações são recebidas com grande carinho porque não temos de onde tirar recursos se não da boa vontade das pessoas”, declara.

Para Vanda Souza, diretora da APAE – Petrolina, “há tempos não acontecia uma ação voltada para arrecadar donativos para a instituição e tem feito muita falta, pois atuamos com cerca de 600 crianças e jovens, dos quais, mais de 50% é de baixa renda e que necessitam do nosso apoio até para comer. Temos que dar escolarização, socialização e alimentação e sem doações isso não seria possível”.

Já o Petrape, atua no apoio a crianças e adolescentes entre 06 e 18 anos, atende atualmente cerca de 185 crianças. “Sobrevivemos das doações da comunidade, inclusive para alimentação. Temos o apoio de alguns profissionais voluntários para dar suporte ao nosso trabalho de retirar essas crianças e jovens da situação de risco”, afirma José Vieira, responsável pelo trabalho da Associação. O CRELPS (Centro de Recuperação Evangélico Livres para Servir) e a Casa Geriátrica de Petrolina também serão beneficiados com a iniciativa por realizarem trabalho voluntário e sem fins lucrativos. Única instituição beneficiada em Juazeiro, o Lar Feliz atua com crianças de 0 a 6 anos e necessita do apoio de pessoas e empresas interessadas em realizar doações.

A iniciativa da Escola Ana Nery pretende despertar o apoio da sociedade civil e também de empresas para que possam ajudar a estas instituições que realizam um importante trabalho para a sociedade. O intuito, segundo o gestor da instituição, Francisco Evangelista, é “incentivar os alunos a desenvolver o seu caráter solidário para que a sociedade sinta o papel social da escola na vida dos alunos”. A solidariedade é contagiosa. Contagie e se deixe contagiar. Faça a diferença! Participe!

Por Laiza Campos - assessoria de imprensa
publicado em 24 de Setembro / 2012 às 21:00

Vacina contra malária deve ser testada em humanos em 2013

O Instituto Oswaldo Cruz (IOC), vinculado ao Ministério da Saúde, já começou a fase de ensaios pré-clínicos em animais para verificar a eficiência da vacina contra a malária no Brasil. Essa é a etapa preliminar necessária para iniciar testes clínicos em voluntários, segundo o chefe do Laboratório de Pesquisa em Malária do IOC, Cláudio Tadeu Daniel Ribeiro.

A estimativa é de que os ensaios clínicos em humanos comecem a ser feitos em 2013. O especialista salientou, porém, que esta fase de operação do projeto é complicada, porque requer uma infraestrutura específica. Entre os requisitos a serem cumpridos estão o consentimento dos voluntários, conhecimento dos riscos, além de questões como biossegurança. A ideia dos pesquisadores do IOC é chegar a uma vacina que possa, ao mesmo tempo, proteger contra a malária e a febre amarela.

As doenças tropicais negligenciadas, entre as quais está a malária, serão tema do 18º Congresso Internacional de Medicina Tropical e Malária, promovido pela Federação Internacional de Medicina Tropical (IFMT) e pela Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (SBMT), em parceria com o IOC. O encontro começa na noite deste domingo (23), no Rio de Janeiro. A região Amazônica concentra 99,8% dos casos de malária registrados anualmente no Brasil.

No ano passado, somente na Amazônia, o número de casos atingiu 263 mil, contra 320 mil, em 2010. Um dos painéis do congresso debaterá o desafio do controle de doenças durante os eventos internacionais que ocorrerão no Brasil e no Rio de Janeiro nos próximos anos, como a Copa do Mundo de Futebol de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016. 

publicado em 24 de Setembro / 2012 às 19:00

Salões de Artes Visuais em Juazeiro divulga resultado e mantêm exposição aberta ao público

Foi uma noite bastante concorrida na última sexta-feira (21), às 19h, quando o grande púbico presente ao Centro de Cultura João Gilberto, em Juazeiro, pode conhecer os vencedores da terceira edição 2012 dos Salões de Artes Visuais da Bahia, um dos principais eventos de artes visuais do estado, que reúne as melhores propostas artísticas, em cada modalidade, nesse segmento cultural.              

Composta por Euriclésio Barreto Sodré, José Benedito Fonteles e Justino Marinho Sobrinho, a Comissão Julgadora confessou muita dificuldade em classificar as obras, diante da qualidade exposta no Salão, que tem promoção da Fundação Cultural do Estado da Bahia, através do edital 03/2012. Foram premiadas as seguintes obras, com o valor de R$7.000,00 (sete mil reais) cada uma:

“Passeio Socrático” de George  Lima;

“Frente e Verso” de Alex Moreira;

“Maracutaia S/A” de Ramon Sá. 

A Comissão de Premiação decidiu dar Menção Honrosa para:

Tuti Minervino , com a videoinstalação “Youtube or not Youtube, Sexta SEX e Kabi de tuti”;

E para o coletivo Neri, Neves com a obra “Sistema de Controle”.

Resultado de edital da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), unidade da Secretaria de Cultura do Estado (SECULT) os Salões são uma ação de difusão e incentivo à produção em Artes Visuais no estado por possibilitarem a divulgação de trabalhos, a circulação de artistas e a formação de público. Reunindo 25 obras de diversos estilos e temáticas, a mostra segue em cartaz, com visitação gratuita, até 04 de novembro, de segunda a sábado, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

 Dos artistas do Salão de Artes Visuais de Juazeiro, 16 são oriundos da capital e 09 de outros municípios. O mesmo ocorreu nas outras duas mostras já realizadas e que compõem os Salões 2012, perfazendo, portanto, um total de R$ 63 mil em premiações, sem contar com o auxílio no valor de R$ 800 para o custeio da participação que todos os expositores recebem. Haverá, ainda, o Prêmio do Público, resultante da votação dos visitantes em cada mostra. “Foi um trabalho minucioso, primoroso. Estamos muito felizes com o resultado, Juazeiro sempre surpreendendo”, avaliou Luciana Vasconcelos, da Diretoria de Artes Visuais da Funceb, que coordena os Salões.

 Para João Leopoldo, diretor do Centro de Cultura João Gilberto, “Os Salões são a mostra de que a cultura precisa ser provocada, para render obras primorosas. Agradeço a toda a equipe pelo empenho. Estamos felizes com a avaliação do resultado”, concluiu Leopoldo.

Enfoque Comunicação
publicado em 24 de Setembro / 2012 às 18:30

Aprovados no Concurso da Saúde são convocados para posse pela Prefeitura de Juazeiro

A Secretaria da Saúde de Juazeiro (Sesau) publicou nesta segunda-feira (24), novos Editais de convocação para posse dos profissionais aprovados no Concurso Público, realizado em 18 de março deste ano.

O Edital de Convocação nº. 07/2012 divulga a relação dos profissionais para tomada de posse em seus respectivos cargos. Já o Edital nº. 08/2012 está chamando novamente os aprovados que solicitaram prorrogação de posse da 1º convocação. O ato de posse – para ambos – será realizado nesta quarta-feira, dia 26 de setembro, no Núcleo de Recursos Humanos da Sesau, das 9h às 15h.

O prédio da Secretaria fica situado na Praça 15 de julho, nº. 32, Centro e o Núcleo de RH, no 1º andar. Eis a relação dos nomes dos profissionais convocados - nestes novos Editais:

Edital de Convocação nº. 07/2012

Edital de Convocação nº. 08/2012

publicado em 24 de Setembro / 2012 às 18:00

Centro de Oncologia do HRJ completa dois anos de funcionamento

Inaugurado no dia 23 de setembro de 2010, o Centro de Oncologia do Hospital Regional de Juazeiro (gestão IMIP) completou dois anos a serviço da comunidade do Vale do Médio São Francisco.  Realizando uma média de 400 atendimentos por mês, o centro oferece tratamento de quimioterapia, consultas hematológicas, oncológicas clínicas e cirúrgicas, além de um atendimento multidisciplinar com psicologia, nutrição, assistente social e enfermagem.

De acordo com o coordenador do Centro de Oncologia do HRJ, Rodrigo Alves Pinto, a unidade já realizou mais de oito mil atendimentos ao longo desses dois anos, beneficiando a pacientes de 55 municípios dos estados de Bahia e Pernambuco. “Além de ampliar a rede de assistência oncológica na região, proporcionando mais uma forma de acesso à população que necessita desses cuidados, o Centro permite que esses pacientes possam ser tratados mais perto do seu domicílio, o que ajuda, e muito, no seu bem-estar e recuperação”, comenta.

O Centro de Oncologia do HRJ oferece tratamento a quase todos os tipos de câncer (com exceção dos tumores de mama, ginecológicos e da infância, que de acordo com determinações da Rede Pernambuco-Bahia devem ser atendidos no Hospital Dom Malan, em Petrolina-PE). Para ter acesso ao tratamento, o paciente precisa ser encaminhado pela secretaria de saúde do seu município ou ter passado por atendimento clínico ou cirúrgico no HRJ.

Daniele Valois - Asscom/HDM
publicado em 24 de Setembro / 2012 às 17:00

Petrolina recebe projeto Cores do Vale do São Francisco

Projeto inédito pretende oferecer gratuitamente para população da cidade, oficina e exposições de fotografia. Inscrições estão abertas e vão até o dia 08/10.A cidade de Petrolina, no Sertão do Estado, recebe de 16 de outubro a 30 de novembro, a primeira edição do “Varal - Cores do Vale do São Francisco”. Trata-se de um projeto que pretende oferecer gratuitamente para população, oficina e exposições de fotografia.
 
A oficina de fotográfica básica terá como tema: Vale do São Francisco como Patrimônio Ambiental. A proposta é interagir e estimular o olhar fotográfico do público em geral. Todo o registro fotográfico será feito em torno do Vale do São Francisco.
 
As aulas vão ser realizadas de 16 a 25 de outubro nas instalações do SESI Petrolina, localizado no Parque Municipal, 01 - Centro e serão ministradas pela fotógrafa recifense Maíra Gamarra. A oficina será ofertada nos turnos da manhã e da tarde e terá uma carga horária de 40 horas, distribuídas em aulas teóricas e práticas.
 
Já a exposição dos trabalhos fotográficos dos alunos acontecerá entre os dias 01 e 30 de novembro, nas Ilhas do Rodeadouro e Massangano. Ao todo serão ofertadas 20 vagas, sendo metade delas destinadas a alunos de escolas públicas e atendendo a faixa etária mínima de 16 anos.
 
As inscrições podem ser realizadas de 18 de setembro a 08 de outubro. Os interessados devem preencher a ficha de inscrição disponível no site oficial do projeto http://www.coresdovaledosaofrancisco.blogspot.com.br/.

 
O Projeto Cores do Vale é uma realização do Governo Federal, Ministério da Cultura, Fundo Nacional de Artes - Funarte e Programa Mais Cultura. A iniciativa pretende abrir novas janelas a todos os interessados em apreciar ou desenvolver trabalhos (artísticos ou não) e em descobrir e explorar novos caminhos proporcionados através das lentes fotográficas.
SERVIÇO:
Projeto Cores do Vale do São Francisco
Inscrições: de 18 de setembro a 08 de outubro – ficha disponível no site http://www.coresdovaledosaofrancisco.blogspot.com.br/
Realização das aulas: de 16 a 25 de outubro
Local: Sesi Petrolina - Parque Municipal, 01 – Centro.
Exposição dos trabalhos: de 01 a 30 de novembro nas Ilhas do Rodeadouro e Massangano.
Vagas: 20

 

publicado em 24 de Setembro / 2012 às 14:00

População de Petrolina versus Compesa: uma relação de desgaste

As reclamações da população contra a obstrução e má vedação dos esgotos públicos superam todas as outras queixas das pessoas que chegam à Agência Reguladora do Município de Petrolina, Armup. Somente no primeiro semestre desse ano, já foram registradas 803 reclamações, seguidas de 203 reclamações na conservação da rede de abastecimento de água(canos e hidrômetros).

A falta de manutenção resulta na deteriorização da pavimentação e ou/repavimentação de ruas, avenidas e perímetros de passeio, onde há ou houve a intervenção da Companhia Pernambucana de Saneamento, Compesa, devido a problemas causados por reparos feitos pelo órgão em relação ao fornecimento de água e esgotamento sanitário. De janeiro a junho, foram registradas 141 reclamações. “Temos uma relação dos locais que possuem muitos buracos e de situações onde o trabalho não foi feito devidamente e o reparo tem que ser refeito com material de qualidade para que não haja desgaste e a equipe tenha que retornar para um novo conserto”, esclarece o diretor-presidente interino da Armup, Orlando Tolentino.  

Entre os bairros mais afetados estão o José e Maria, Jardim Maravilha, Gercino Coelho, Ouro Preto, Vila Eduardo, São José e Centro. Outra cobrança feita pela Armup é de que a Compesa sinalize as vias que estão sendo restauradas, identificando os locais com faixas sinalizadoras e cavaletes. “São comuns aqui no Gercino Coelho, esgotos estourados, buracos de intervenção mal sinalizados  e quando ligamos, nenhuma providência é tomada e aí recorremos à Armup”, explica o morador do Gercino Coelho, Agostinho Filho.

De janeiro a dezembro de 2011, foram 1.078 solicitações de usuários à Agência Reguladora contra 1.023 feitas até agora, somente no primeiro semestre deste ano. A população recorre à Armup quando não consegue resolver o seu pleito junto à Compesa. São uma ouvidora e três fiscais para atender às reclamações diárias feitas através do teleatendimento, a partir dos números para ligação gratuita 0800 2812479 ou pelo telefone de reclamação da Ouvidoria Geral da Prefeitura (número 156), pelo balcão de atendimento na sede da Armup e pela internet, no endereço eletrônico ouvidoriaarmup@gmail.com

publicado em 24 de Setembro / 2012 às 10:30

Rotary Club Juazeiro São Francisco planta árvores

O presidente do Rotary Clube de Juazeiro São Francisco, Roque Carneiro em email ao blog informa que a entidade promoveu na última sexta-feira, dia 21/09, em comemoração ao Dia da Árvore em nossa cidade, o plantio de árvores como: Angico, Aroeira, Pau Ferro, Juazeiro, Umbuzeiro.

publicado em 24 de Setembro / 2012 às 09:00

POVOS INDÍGENAS DA BACIA DO SÃO FRANCISCO REALIZAM REUNIÃO EM PETROLÂNDIA

O II Seminário dos Povos Indígenas da Bacia do Rio São Francisco foi realizado neste final de semana (22 e 23/09), na cidade de Petrolândia, em Pernambuco. Lideranças de etnias de Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia e Minas Gerais discutiram questões de interesse comum, a exemplo de políticas públicas, direito ambiental, demarcação de terras, impactos das barragens sobre o rio, perspectiva de implantação de usinas nucleares na bacia e implantação de projetos de recuperação hidroambiental.

Homens e mulheres, jovens, adultos e idosos acompanharam palestras e participaram das discussões na área livre do hotel Pontal do Lago, localizado às margens do reservatório da Usina Hidrelétrica Luiz Gonzaga (antes denominada Usina de Itaparica), diante das serras onde vivem os índios Pankararu, que no final da década de 1980 tiveram as terras inundadas pelas águas do reservatório da Chesf. O seminário é promovido pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco - CBHSF, com o apoio da Articulação dos Povos e Organizações Indígenas do Nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo - Apoinme.

O representante da Fundação Nacional do Índio - Funai, Clênio Eduardo da Silva, falou aos participantes sobre Direito Ambiental, explicando a lógica que norteia esse direito: fazer uso dos recursos naturais hoje, de maneira a garantir a sua permanência no futuro. Esclareceu ainda sobre o princípio do poluidor-pagador, que obriga à reparação e à prevenção dos danos ambientais, e sobre o princípio da participação, que possibilita à sociedade influenciar nas decisões e políticas públicas relativas ao meio ambiente.

Na ocasião, foi apresentado o projeto Gestão Ambiental e Territorial Indígena-Gati, desenvolvido pelo movimento indígena, Funai e Ministério do Meio Ambiente, com o apoio de organismos internacionais, para promover a recuperação de áreas degradadas e incentivar boas práticas agroecológicas. Dentre as 32 terras indígenas onde o projeto está sendo implantado, se incluem duas na bacia do São Francisco, os territórios dos Xocós, em Sergipe e Alagoas, e dos Pankararu, em Pernambuco.

A situação dos Pankararu

Durante a palestra da Funai, os participantes chamaram a atenção para a situação do povo Pankararu, quase 8 mil indígenas que vivem em frente ao rio São Francisco e não têm acesso a água. O pankararu Marcelo Gomes Monteiro Luz denunciou que "a gente não tem acesso a esse rio, que é um patrimônio público, nosso", e afirmou, relativamente a direitos e deveres, que "para nós é um direito o acesso à água". O líder indígena Marcos Sabaru, do povo Tingui-Botó, de Alagoas, membro titular do Comitê do São Francisco e um dos organizadores do encontro, pediu um posicionamento sobre o que considera ser um dever do Estado brasileiro: "É injusto a comunidade sair e hoje estar sem água, sem acesso ao rio. A pergunta é: o que é que se pode fazer?", indagou.

Adelmar Fernandes Barbosa Junior, titular da Secretaria de Assuntos Indígenas da prefeitura de Petrolândia, e também organizador do encontro, considerou "vergonhosa" a situação do seu povo, que historicamente vivia às margens do rio e agora não tem acesso às margens nem às águas: "A obra da transposição tira água do rio São Francisco para levar para o Ceará e nós aqui estamos sujeitos a viver de carro-pipa". Edvaldo Gomes da Silva, o "Zoinho", denunciou que um sistema adutor destinado a abastecer a população do município passa pelo território pankararu, sem que nenhum ramal tenha sido criado para abastecer o povo indígena. "É um absurdo que esses canos passem por nossas terras e a gente não tenha água. Por isso declaramos que estamos na luta para ter acesso à água".

O secretário executivo do Comitê do São Francisco, José Maciel Nunes de Oliveira, considerou que "é uma falta de respeito que esse povo não tenha acesso a água, sabendo-se que as poucas nascentes, com a estiagem que estamos enfrentando, não oferecem condições de abastecimento". Ele informou que o Comitê já se dirigiu formalmente aos órgãos públicos envolvidos na construção do sistema de abastecimento de água na área, solicitando providências imediatas para atendimento ao povo pankararu.

Usinas nucleares

A perspectiva de implantação de usinas nucleares na bacia do São Francisco foi outro  assunto dominante nos debates. O geógrafo Vinícius Gomes de Souza, que pesquisou os impactos do reservatório de Itaparica, abordou o assunto durante o questionamento que fez sobre o impacto das grandes obras sobre os povos indígenas. Cícera Leal Cabral, do povo Pankará, denunciou que uma rodovia está sendo construída no município de Itacuruba (PE), em direção à fazenda Jatinã, local cogitado para a construção de uma usina nuclear. A rodovia atravessa a terra dos pankará, que fica próxima a Jatinã. A população local, inclusive os indígenas, realizou este ano uma manifestação de protesto contra a implantação de uma usina nuclear no município, devido aos riscos ambientais. 

Assessoria de Comunicação do CBHSF
publicado em 24 de Setembro / 2012 às 08:00

Escola de Ballet Geraldo Pontes é contemplada no edital de dança Mais Cultura da Fundação Cultural do Estado da Bahia

Recentemente foi publicado no Diário Oficial da Bahia, o resultado do edital Mais Cultura da FUNCEB/SECULT do setorial de dança em que o projeto de dança: Ballet Volta ao Mundo da Escola de Ballet Geraldo Pontes  foi contemplado. Entre 90 projetos inscritos foram  selecionados 40 e  a escola de Ballet Geraldo Pontes ficou em sétimo lugar. As oficinas de dança iniciam nesta segunda, dia 24 de setembro com aulas de ballet clássico e dança popular, atendendo as crianças da Fundação Lar Feliz,  CRAS da Malhada da Areia e APAE de Juazeiro e em dezembro, acontece o encerramento das oficinas, com o Ballet Volta ao Mundo no Centro de Cultura João Gilberto. No dia 15 de dezembro será o lançamento do DVD do ballet com 1000 cópias que serão distribuídas nas escolas e entidades culturais, com o objetivo de popularizar a dança na região e a importância da mesma no desenvolvimento cognitivo, psicomotor e afetivo do aluno.

O professor Geraldo Pontes é Licenciado em Dança pela UFBA e Pedagogia pela UNEB, com especialização em Psicopedagogia, mantém a sua escola  tradicional de ballet na região há 35 anos, educando crianças e adolescentes através da arte da dança! Hoje conta com ex alunos formado em Dança pela Universidade Federal da Bahia e alguns atuando no exterior; além de monitores ministrando aulas de ballet na região. Esse trabalho de inclusão, desenvolve  há mais de 15 anos de forma voluntária, proporcionando o acesso a arte há diversas camadas sociais!  Além de manter a sua escola de ballet e atender diversos projetos sociais o professor Geraldo Pontes ministra aulas de arte  educação, corporeidade e lazer e prática e metodologia da dança nos cursos acadêmicos de Pedagogia, Educação Física e Artes na região!

Voltar ao topo
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.