Blog do Geraldo José - Espaço do Leitor
Vale do São Francisco - 20 de Maio de 2019
|
Redação: (74) 3613-3479

Espaço do Leitor

publicado em 24 de Outubro / 2011 às 07:40

ESPAÇO DO LEITOR: DESCASO E MOROSIDADE NAS OBRAS DE CALÇAMENTO NO BAIRRO ALTO DA ALIANÇA

Geraldo, 

A lentidão e o descaso do poder público na prestação dos serviços as comunidades de Juazeiro estão tirando o sono de muita gente em nossa cidade. 

O prefeito Isaac Carvalho com seus comandados perderam a essência da governabilidade. O bairro Alto da Aliança mais uma vez se sente lesado pela inoperância do poder Público Municipal, pois antes foi a Avenida Irmã Dulce, o saneamento básico e a agora estamos sofrendo com os serviços de calçamento parados e as ruas interditadas. 

O descaso do poder público e o abandono estão tomando de conta da nossa cidade, isso sem falar dos recursos públicos mal aplicados.     

Agnaldo José - Morador há mais de trinta anos do bairro Alto da Aliança

publicado em 23 de Outubro / 2011 às 18:00

ESPAÇO DO LEITOR: ARENA CASA PLÍNIO AMORIM

Faltando pouco mais de 14 meses para encerrar o mandato parlamentar, os vereadores ineficientes que estão ai, se digladiam na arena Plínio Amorim, mostrando assim uma leve suspeita de desespero com a possibilidade de serem substituídos em 2013.

O despreparo é real e notório. As brigas são intensas e constantes, e não se fixa somente na câmara, mas também se estendem para toda a cidade, através da imprensa em geral, sem levar em conta as muitas faltas às sessões, sessões suspensas, votações adiadas – e mesmo assim, ao final do mês cada vereador recebe um salário “gordo”.

Mas, o que mais nos deixam decepcionados com os vereadores é a completa e total falta de unidade em assuntos importantes relacionados ao bem estar social dos munícipes, como a falta de água, por exemplo. A própria mesa diretora se transformou em um ringue de lutas verbais, antiéticas, visando sempre à promoção própria.

Quanto custa aos cofres públicos manter um vereador, por quatro anos seguidos - contando com salários, verbas de gabinete, auxílios, viagens, férias, décimo, e outras coisas mais?

E mais, como é possível haver, como resultado da maioria das votações de projetos advindos do Prefeito Júlio Lóssio, que quase sempre, são aprovados pela maioria dos vereadores ou 14 votos a favor?

Onde está de fato a oposição em Petrolina?

Seria uma farsa?

No plenário da câmara, os vereadores sempre vêm com um discurso, nas votações se contradizem revelando o contrário.

Qual é a barganha, que poderia existir de fato, entre uma possível relação extremamente estreita entre o executivo e o legislativo?

É uma pena.

Cansei disso tudo, por isso, vamos propor mudanças profundas tanto no executivo, quanto no legislativo de Petrolina.

Viva a Democracia do Brasil

Moraes de Carvalho - Presidente do PSDC Petrolina

Foto Ilustrativa Google
publicado em 22 de Outubro / 2011 às 13:00

Espaço do Leitor: Associação festeja Dia do Guarda Municipal sem ter o que comemorar

Na manhã dessa sexta feira (21), aconteceu no auditório da DST, campus III, uma reunião seguida de comemoração do dia do Guarda, data essa comemorada nacionalmente em 10 de outubro.  Com a presença de mais de cinquenta agentes da segurança pública municipal e da diretoria da associação, foram abordados vários pontos do interesse da categoria. "Infelizmente nossa corporação não tem nada o que comemorar, pois a estrutura frágil em que a guarda municipal se encontra no que se refere a aparelhamentos e logística, está deixando a desejar", disse Cícero José presidente da Associação dos Guardas Municipais.

Ainda segundo Cícero José, já foram feitas várias reivindicações ao Executivo, no sentido de reaparelhar toda estrutura da GCM, pois a mesma funciona precariamente por falta de viaturas, rádio comunicação, equipamentos individuais. A própria estrutura física das instalações onde hoje se encontra a guarda municipal, capacitações e curso de formação para os (32) guardas municipais novatos, conforme a Matriz Curricular da SENASP, criação de uma ouvidoria e de uma secretaria que represente a segurança publica municipal e cidadania, criação do GGIM, (Gabinete de Gestão Integrada Municipal ) como parte integrante das políticas públicas para a área da segurança, passando a integrar o cadastro da Secretaria Nacional de Segurança com Cidadania, dentre outras solicitações.

Durante a reunião foram sorteados juntos aos associados vários brindes e servido um coquetel para os presentes. Finalizando a reunião, tivemos a benção e uma maravilhosa oração ministrada pelo Pastor Kenaide Amorim.

A Associação dos Guardas Municipais agradece o comparecimento de todos.

Cícero José - Presidente

publicado em 21 de Outubro / 2011 às 10:30

ESPAÇO DO LEITOR: SAÚDE RECEBE MAIS DE R$ 200 MILHÕES E NÃO TEM DINHEIRO PARA INSULINA?

Geraldo,

É triste, é lamentável o que estamos vendo ocorrer em Juazeiro. É de ir as lágrimas com a situação relatada por uma senhora em busca não só de medicação, mas de sua sobrevivência. 

Uma prefeitura governada por um partido que prega a igualdade o socialismo, como gosta de falar o Sr. Zó, e na verdade vemos é um partido pequeno, mesquinho feito de pessoas menores ainda.

Chega a ser patética, para não dizer outra coisa, o argumento da Secretaria Municipal de Saúde, estes atrasos já são corriqueiros.

Não dá para entender como uma Prefeitura que nos últimos 03 anos recebeu só na rubrica da Saúde mais de R$ 200.000.000,00 (duzentos milhões de reais), informação postada no Portal Transparência (2009 68/milhões – 2010 77/milhões - 2011 53/milhões), não consegue manter em estoque uma quantidade mínima de insulina, uma medicação que salva vidas.

E o que me deixa mais triste e revoltado é vê esta mesma Prefeitura gastar milhões com propagandas (enganosas), contratos nada ortodóxicos com escritórios advocatícios, locação de dezenas de carros, etc. só para ficar em alguns exemplos. E o mais lamentável de tudo isto é que você não vê uma vírgula se quer dos nossos nobres vereadores ¨omissos e submissos ¨ em defesa  desta Senhora .

Dias atrás postei no blog que deveríamos repensar politicamente Juazeiro, só isto não basta, temos que começar por nós mesmos, temos que rever nossa postura diante do atual quadro que se encontra nossa cidade, rever nossos valores, pois sem uma participação ativa de nossa sociedade estamos fadados a outros governos iguais ou piores do que este.

Júlio Almeida

Foto Ilustrativa
publicado em 19 de Outubro / 2011 às 09:40

Espaço do Leitor: Estado de calamidade pública na Saúde de Lagoa Grande

Não dá mais para esperar. É urgente que a prefeita intervenha e dê o fim ao caos em que se transformou a saúde em Lagoa Grande. Os desmandos do secretário municipal da área já ultrapassaram os limites da tolerância com a falta de médicos e de funcionário por causa de salários atrasados.

Como se não bastasse a gravidade dessa situação, a Casa de Apoio no Recife está sem alimentação há mais de 20 (vinte) dias para os pacientes e funcionários que lá permanecem . A situação chegou a um nível de a funcionária da Casa realizar uma campanha para arrecadação de alimento para as pessoas que ali permaneciam. Apenas no domingo (16) é que foi enviada uma feira para aquela casa.

Dia (17), os paciente estavam sendo atendidos pelas (os) enfermeiras, as quais estavam dando os encaminhamento para diversos procedimentos, entre eles uma senhora que chegou com suspeita de fratura braço e como não tinha médico, a enfermeira encaminhou para tirar uma Raio-X e apresentar ao médico na tarde do dia (17).

O atendimento que não veio acontecer por que o especialista não compareceu para dar expediente. Segundo informação do hospital, apenas na quarta feira (19) é que está previsto o atendimento médico. Enquanto isso a população perde seus dias de trabalho e o secretário mantém seus empregos.

Até quando a população vai pagar por essa inoperância da prefeitura. A saúde não funciona, nem as obras são concluídas como foi o caso recente da praça inaugurada se que tivesse sindo concluída entre outras PSF 7, Estádio de Futebol, Enoteca, Matadouro, Quadras poliesportivas no bairro do Vasco, em Vermelhos, Jutaí e na Morada Nova.

Temos outras obras para ser iniciadas mais a incompetência do Secretario é maior do que a vontade de fazer algo para esse população. E fica uma pergunta no ar: o que é mais importante para Lagoa Grande e sua população a manutenção do Secretário incompetente ou as obras na cidade?

Pense nisso prefeita. Segundo o morador Antonio Alves se permanecer este descaso na cidade por parte desses secretários as coisa vão ficar ruim para sua gestão prefeita.

Gilberto Pereira da Silva

publicado em 18 de Outubro / 2011 às 14:40

ESPAÇO DO LEITOR: GOVERNADOR JAQUES WAGNER, MAIS UMA VEZ, É DESMORALIZADO PELA INCOMPETÊNCIA

Pensando, mais uma vez, de forma limitada, o Governador Jaques Wagner deixou que fosse instituído, depois de oito anos, o Horário de Verão na Bahia. Ele só se esqueceu que a Bahia é quase do tamanho de um país, com cidades fronteiriças que possuem características próprias e, por questões óbvias de relação comercial, interagem com outras Unidades da Federação. É o caso, por exemplo, da cidade de Juazeiro que, separada de Petrolina apenas por um vão de oitocentos metros do Rio São Francisco, faz entendermos que, praticamente, uma considerada como extensão uma da outra.

Ora, é claro que o carioca escolhido pelos baianos por conta de seu partido carismático e do apoio do então Presidente Lula, não poderia ser tão conhecedor das características peculiares de todos os municípios que compõem a imensidão territorial do Estado. Mesmo depois de cinco anos de governo, ainda é surpreendido pelas conseqüências de suas ações.

No caso específico de Juazeiro, nem mesmo seus funcionários públicos obedeceram as suas ordens, quando vemos todas as escolas, municipais, federais e ESTADUAIS, funcionando no horário normal. O comércio, também, não dará ouvidos às ordens do Governador, pois funcionará em igualdade de condições com o horário de Petrolina. Todos alegam que aderir ao Horário de Verão traria prejuízos inimagináveis ao Município, já que todos compartilham transporte público (ônibus e balsas), professores que ensinam dos dois lados do São Francisco, horário comercial etc.

Enfim, seria interessante que nosso governador Jaques Wagner estudasse melhor sua área de atuação e suas responsabilidades, para não ficar desmoralizado (pelo menos, perante a nós) ao assumir a responsabilidade pela utilização do Horário de Verão na Bahia. De nada adianta dar entrevistas na televisão, dizendo que será melhor para a Bahia, se ele nem verificou se para a Bahia isso seria melhor. Lamentável! Total demonstração de incompetência. Coitados dos cidadãos de Juazeiro! Coitados dos baianos!

E que venha o próximo... E as próximas...  Há meu Deus ! ! !

Adriana Aparecida da Silva/ Professora
publicado em 17 de Outubro / 2011 às 12:40

ESPAÇO DO LEITOR: O ANALFABETO POLÍTICO

Estamos às vésperas de mais uma eleição, e fica mais uma preocupação com relação aos candidatos e maior preocupação fica mesmo por parte dos eleitores. Onde neste processo tão importante nos reservamos ao direito de sermos não participantes deste processo, com a alegação de que não poderemos mudar muita coisa no cenário político de nossa cidade e do nosso país. Mediante esta situação me veio à mente o poeta e dramaturgo alemão Bertolt Brecht (1898-1956) que já dizia a mesma coisa em um poema intitulado O Analfabeto Político: 

O pior analfabeto é o,

Analfabeto político. Ele não ouve,

Não fala, nem participa dos,

Acontecimentos políticos.

Ele não sabe que o custo de vida,

O preço do feijão, do peixe,

Da farinha do aluguel,

Do sapato e do remédio,

Dependem das decisões políticas.

O analfabeto político é tão burro que se orgulha e

Estufa o peito dizendo,

Que odeia a política.

Não sabe o imbecil,

Que de sua ignorância política,

Nasce a prostituta,

O menor abandonado,

E o pior de todos os bandidos,

Que é o político vigarista, pilantra, o corrupto

E o lacaio dos exploradores do povo. 

Portando não seja um ANALFABETO POLÍTICO exerça os seus direitos e vamos juntos tentar mudar o cenário de nossa cidade, Estado e do Brasil. 

Fábbio Xavier - Teólogo e Professor de História

publicado em 16 de Outubro / 2011 às 07:00

ESPAÇO DO LEITOR: MORADOR REBATE DENÚNCIA DE DESOBEDIÊNCIA À LEI DO SILÊNCIO

Na última quinta-feira (13) o blog postou email do leitor Gilvan Dias – Bacharel em Administração pela Unopar questionando o não cumprimento da Lei do Silêncio em Juazeiro e o apoio de instituições, entre elas a prefeitura e a polícia militar, que ao invés de coibir os exageros, permitem a prática do uso abusivo provocando transtorno aos demais moradores do bairro Jardim São Paulo. Em resposta ao citado post, José Carlos Silva enviou a seguinte nota:

MORADOR REBATE DENÚNCIA DE DESOBEDIÊNCIA À LEI DO SILÊNCIO

Caro amigo Geraldo José,

A respeito de nota enviada ao seu respeitável blog emitida pelo Sr. Fulano de tal e seguida por algumas pessoas que não presenciaram o evento, e, não têm motivos para críticas, sei que este cidadão, buscou desesperadamente motivos para manter-se em evidência e nessa busca, criou fatos, distorceu a verdade e como último recurso, tenta provocar setores da Prefeitura Municipal e órgãos de segurança Pública no sentido de que sou defensor da ilegalidade, da balbúrdia e o desrespeito às leis e ao direito de bem estar e segurança da comunidade.

A respeito do evento, vamos aos fatos: sou filho de Juazeiro, comerciante no ramo de entretenimentos, e de muito respeito às leis da minha cidade, como morador deste bairro carente de diversões, do qual já fui diretor e ferrenho defensor em todos os segmentos.

Em virtude do feriado nacional, me reuni com várias pessoas da comunidade no sentido de realizar um evento na véspera do feriado (11/10) com brincadeiras para as crianças, e festa à noite para os pais. Fui a todos os órgãos responsáveis pelo disciplinamento de eventos (posturas, polícia militar) e obtive a autorização para realização do evento que encerraria às 02h30.

Antes do horário previsto, ou seja, às 02h20, pedi o seu encerramento, conforme foi orientado e o som foi desligado respeitando as leis impostas. Informo ainda, que estarei sempre à frente das lutas comunitárias em defesa de nosso povo, com ordem, disciplina e com o espirito voltado para o bem servir.

Atenciosamente,

José Carlos Silva - Bairro Jardim São Paulo

Imagem Ilustrativa Google
publicado em 14 de Outubro / 2011 às 18:40

ESPAÇO DO LEITOR: SER OU NÃO SER?

No momento em que a corrida desenfreada em direção ao Paço Municipal se inicia, Juazeiro vive a efervescência do imaginário futurista para o seu próximo governo.

Quem será candidato? Aspirantes têm muitos, porém, a grande verdade é que entre os mais cotados, dois deles poderão não ser candidatos. Se não vejamos... O prefeito Isaac está às voltas com a reprovação das suas contas que, se materializando o tornará inelegível, sem contar que outras contas, também, podem ser rejeitadas pelo tribunal de contas dos municípios, além de outros pepinos que podem explodir a qualquer momento pelo desastre que tem sido a sua administração, portanto, tudo indica que ele será  carta fora do baralho. Um mal a menos.

O Bandeira, além dos processos que pairam sobre a sua cabeça, que também poderá torná-lo inelegível, ainda tem essa contenda dentro do próprio partido que ainda não decidiu se lhe dá legenda salvando assim Juazeiro da possibilidade de tê-lo candidato, e, mesmo numa possibilidade remota, vê-lo prefeito para mais um possível terremoto administrativo, o que enterraria de vez a nossa cidade.

A questão não é querer, o fato é ser ou não ser?

Pelo jeito dá PV.

Lucien Paulo

publicado em 14 de Outubro / 2011 às 17:30

ESPAÇO DO LEITOR: AS ESTRADAS DE WAGNER - UM "NOVO VELHOR" CAPÍTULO

A cada dia que se passa, mais e mais desmandos se sucedem no Governo Wagner.

Me refiro às infames obras de recuperação da BA-210 mais uma vez. Parece estranho reclamar por uma obra que está sendo executada, como se tal reclamação fosse pura birra de quem é contrário ao Governo e não sabe argumentar. Mas não se trata disso não. O problema consiste basicamente na obra mau executada, de péssima qualidade, que certamente nos gerará extremas dores de cabeça num futuro bem próximo, apesar do dinheiro empregado; bem como nos transtornos e perigos proporcionados pela mesma, que poderiam ser evitados caso o Governo estivesse comprometido com o bem estar do cidadão, desde a elaboração do projeto até à execução do mesmo.

Desta vez, venho falar da segunda etapa da recuperação da BA-210, trecho Juazeiro-Curaçá. A 1ª etapa, licitada em 46 Km à partir de Juazeiro, começada em maio do ano passado AINDA não foi concluída, restando apenas o trecho urbano da obra que está em fase de duplicação. O restante do caminho até Curaçá, foi inciado em Julho deste ano por outra construtura, e alguns problemas já vividos ao longo desse último ano na 1ª etapa, estão se repetindo.

Tal como a anterior, a construtora da nova etapa também optou por quebrar um grande trecho da estrada para terraplanagem. Porém o asfalto que deveria vir logo atrás, caminha a passos de tartaruga. O resultado é um mix de carros de passeio, vans, motos, caminhões, carretas, muita poeira e nenhum desvio. Em determinados pontos da estrada a visibilidade do condutor é zero, e o risco de um grave acidente é potencializado, principalmente no período da noite como mostra o vídeo abaixo. Não há se quer carros pipas para amenizar a poeira na estrada. Um verdadeiro absurdo!

Para completar, em alguns trechos parcialmente quebrados, há motoristas que insistem em trafegar no lado da terra, fazendo uma volumosa nuvem de poeira para quem vem logo atrás.

No final das contas, somando-se o perigo da trafegabilidade, mas os transtornos causados pelo moroso andamento da obra, e a péssima qualidade do asfalto, sobra-se apenas uma população carente de estrutura e principalmente de atenção daqueles que foram eleitos para garantir justamente o contrário.
 
É por essa e por outras que você deve avaliar bem o que fazer com o seu voto nas próximas eleições!!!
Júnior Silveira
publicado em 13 de Outubro / 2011 às 13:30

ESPAÇO DO LEITOR: EXISTE A LEI DO SILÊNCIO?

Pelo menos em Juazeiro essa tal lei não existe ou ninguém coloca em prática, pois o que vejo é desrespeito total, carros de propaganda com o volume muito alto, veículos particulares que mais parecem trios elétricos, seresta em locais residenciais tirando a paz e sossego das pessoas todos os dias e em qualquer horário foi o que aconteceu no Bairro Jardim São Paulo.

Quarta-feira na véspera do feriado que muita gente iria trabalhar, eu era um dessas pessoas que foi cedo para a cama ansiosa por uma noite tranqüila de sono, mas começou uma seresta que varou a madrugada acabando por volta das 03 horas, som alto demais que invadia as casas para completar tinha um carro passando na rua tava mais para carro de propaganda. Pronto estava armado o circo e as pessoas de palhaços no meio!

No meio da noite o locutor parou a musica e foi agradecer os que apoiavam a festa ‘’ QUERO AGRADEÇER A GRANDIOSA POLÍCIA MILITAR PELO APOIO E PELA SEGURANÇA’. Só faltou citar o nome do prefeito, secretário de cultura, de educação, sabe-se lá quem mais.

Não consigo entender como a prefeitura permite esse tipo de coisa. Ligar para a polícia. Para quê? Se o próprio gestor não respeita a população.

E lá se vai uma noite de sofrimento, sem dormir o cidadão chega estressado no trabalho dai passa a tratar mal o cliente, amigos a própria família.

O jeito é se preparar para a próxima noitada comprar um isolador acústico, mudar de casa ou melhor, fazer como um avestruz enfiar a cabeça em um buraco.

Gilvan Dias - Bacharel em Administração Unopar
publicado em 11 de Outubro / 2011 às 18:40

ESPAÇO DO LEITOR: SER CRIANÇA

                                                      Ser criança é brincar,                                                      

um mundo imaginar,

ser criança é buscar,

coisas para inventar.

 

Ser criança é acreditar,

que sempre há esperança,

ser criança é viver com alegria,

é sempre fazer euforia.

 

Ser criança é gostar da verdade,

é afugentar a maldade,

não existe dificuldade,

para ela sonho é realidade.

 

Ser criança é não ter segredos,

é enfrentar medos,

ser criança é inexplicável,

criança, um ser amável.

 

Ser criança é ter o sorriso estampado,

é acreditar que o mundo é encantado,

ser criança é gostar de aprender,

criança, você sempre vai ser.

Maria Luisa Gomes Cavalcanti - 11 anos/ Aluna do colégio Nossa Senhora Auxiliadora
publicado em 11 de Outubro / 2011 às 14:40

ESPAÇO DO LEITOR: REPENSANDO POLITICAMENTE JUAZEIRO

No momento temos que repensar politicamente nossa cidade, como também rever nossos conceitos em relação a que tipo de políticos devemos entregar os destinos de nossa cidade ou estaremos fadados a continuar com este ciclo vicioso de péssimos políticos.  Elegemos o atual prefeito em um período em que, não só nossa cidade, mas toda a sociedade estava em busca por mudanças, querendo romper com modelos retrógados que por anos a fio só tem trazido prejuízos as nossas cidades. Surfamos todos naquela onda, mostramos aos políticos que não somos mais alienados politicamente, exercemos nosso direito democrático de optar por novos caminhos e não fizemos a coisa errada, muitos que foram eleitos Brasil a fora com este pensamento deram mais do que certo, infelizmente até o momento nos não tivemos esta sorte.

Aquele foi um momento impar na nossa politica foi um divisor de aguas, a sociedade estava sedenta por mudanças, querendo romper com os velhos dogmas de uma classe de políticos que por décadas e décadas só se locupletaram do bem publico. Foi um momento em que até mesmo o João Doido, com todo respeito a esta figura folclórica de nossa cidade, com um pouco de recurso financeiro poderia ter sido eleito.

Todo isto serviu para amadurecer mais ainda nossa visão politica, hoje com certeza nossa sociedade tem total discernimento da sua grande importância neste jogo politico, temos como balizar perfeitamente as pessoas que se colocam como futuros pretendentes a ocupar o Paço Municipal. Hoje temos como avaliar estes pretendentes: os velhos políticos querendo se mostrar com uma nova roupagem, mais impregnados com seus velhos vícios, os novos com seus sonhos e projetos mirabolantes e os não tão novos assim, que já trazem em seu DNA um pouco de cada coisa. Quem sabe desta profusão de pessoas não surja alguém que mereça a atenção de nossa sociedade, no momento não vejo despontar este alguém, quem sabe mais a frente. Infelizmente nossa cidade esta carente de novos valores, de pessoas que realmente pensem em uma sociedade igualitária, que a administre com seriedade, que não veja as pessoas simplesmente como eleitor e sim como cidadão e que seja no mínimo, gente como a gente.

Júlio Almeida
publicado em 11 de Outubro / 2011 às 08:40

ESPAÇO DO LEITOR: RECORDAÇÕES

Geraldo,

Lli em seu blog que o prefeito fez uma reunião com a Associação dos Blocos e não poderia deixar de dar o meu parecer.

Tenho apenas 18 anos, mas sempre ouvi falar que o carnaval de Juazeiro já chegou a ser o 5º melhor do país com seus clubes Apolo e 28 de Setembro sempre “brigando” pra ver qual dos clubes faria o melhor carnaval. As escolas de samba "Cacumbú e Piratas" brilhando na avenida com uma multidão acompanhando felizes da vida, cantando e tocando como se não houvesse amanhã.

É de encher os olhos a forma magistral a como meus pais se referem a esse tempo e é de dar inveja também, pois se  é tão bonito e rico de se ouvir falar, deve ser muito bom também presenciar e sentir a mesma alegria.

Contudo mesmo eu tendo essa idade, também já presenciei momentos únicos do carnaval de juazeiro, como por exemplo, os blocos carnavalescos que eu sempre vi passar até os dias de hoje saindo do shopping águas Center e indo até a orla, nos camarotes. A tribo, Sei-lá, Pike, Sapo. Para mim era a maior alegria vê-los mesmo sendo pequenininho lembro muito bem deles, inclusive tive a honra de pular o último ano do bloco A tribo.

Resumindo... Eu vim aqui mesmo por que queria deixar claro que o carnaval é um movimento de todas as idades e de todo mundo, então eu apelo as autoridades responsáveis para que resgatem a cultura do carnaval de Juazeiro pro ano de 2012, façam com que Juazeiro volte a ter o 5º melhor carnaval do Brasil,por que  tenho certeza que além do melhor e maior, será também o mais inesquecível e glorioso carnaval que Juazeiro já teve!

Lucas Belfort

publicado em 10 de Outubro / 2011 às 20:30

ESPAÇO DO LEITOR: METEOROLOGIA POLÍTICA

Caro Geraldo,
 
Como vc é antenado com as movimentações da região, eis minhas reflexões sobre os últimos acontecimentos do lado de cá das águas.
 
Abraços,
 
Babá
 
 
METEOROLOGIA POLÍTICA
 
Com o fim,na noite dessa sexta-feira, da necessidade de abrigo partidário para quem pretende disputar cargo eletivo no próximo ano, começam a dissipar as nuvens escuras que pairaram, principalmente, sobre Petrolina nos últimos dias, com ameaça de fortes tempestades.
 
Agora o tempo começa a clarear e vai possibilitar que melhor enxerguemos o novo cenário em formação. Por aqui, que parecia ser o epicentro da tormenta, chegou somente ventos fortes e o ressoar dos trovões que ribombaram no interior da Frente Popular em diversas regiões do estado.
 
A discutidissima migração do Dep. Odacy Amorim do PSB para o PT, saindo na chuva para se molhar, constituiu-se em uma pequena parte visível do enorme iceberg que virá a ser o processo eleitoral de 2012, já em curso, e que trará as eleições de 2014 em seu bojo.
 
Aliás, o que assistimos nas últimas semanas foi mesmo uma grande movimentação, objetivando o fortalecimento, no cerne da abalada Frente Popular, das pré-candidaturas ao Governo Estadual em 2014 dos Senadores Humberto Costa e Armando Monteiro e do Ministro Fernando Bezerra (esses três já em movimentação não tão discreta), além do Dep. João Paulo, que é, como se diz no jargão turfista, “azarão que corre por fora”.
 
Diz-se na política que só se vai à casa alheia quando a sua já está devidamente arrumada. E nesse momento, a ida do Dep. Odacy Amorim para o PT pode significar dificuldade de arrumação na casa petrolinense do Ministro Fernando Bezerra, pois, em tese, o fortalecimento do PT local, com o decisivo apoio do Sen. Humberto Costa, pode desaguar em competitiva candidatura a prefeito e, como dizem os estrategistas de guerra, ele finca uma “cabeça de ponte na retaguarda das linhas inimigas”. Talvez a consciência dessa possibilidade ameaçadora explique a nada usual reação do Ministro nos últimos dias.
 
Perseguindo um projeto nacional, o Gov. Eduardo Campos terá que bem usar seu poder e sua reconhecida habilidade política para terminar o governo como argamassa com a qual se ligam as forças que ergueram e mantém de pé a casa que agora precisa estar muito bem arrumada para lhe oferecer as condições de ir para as casas alheias.
Como se vê o tempo vai permanecer instável, nublado e sujeito a ocasionais chuvas e trovoadas podendo ainda muita gente ficar molhada.
Petrolina, 08 de outubro de 2011.
 
Omar Torres - ex-coordenador da RIDE
Foto de arquivo do blog
publicado em 10 de Outubro / 2011 às 10:30

ESPAÇO DO LEITOR: PREFEITURA DE JUAZEIRO RECONHECE ERRO E CUMPRE LEI DE GRATIFICAÇÃO AOS FISCAIS SANITÁRIOS

Caro Geraldo, 

Venho aqui trazer aos leitores do blog a informação de que após um ano de vigência, enfim a Prefeitura de Juazeiro resolveu cumprir o Decreto 230/10 expedido por ela mesma regulamentando o pagamento de Produtividade aos Fiscais Sanitários. 

Essa boa notícia veio à tona na última sexta-feira, dia 07 de outubro, coincidentemente a data que, daqui a um ano, serão realizadas as eleições para renovação dos cargos do Executivo e Legislativo municípios afora. Parece que a “Mudança” começou a acontecer... 

Uma vez admitida a culpa pela omissão, resta agora a esse mesmo bonzinho Executivo pagar aos Fiscais Sanitários todo o valor retroativo até o mês de outubro de 2010. Falta também publicar a portaria que fixa os valores das metas de arrecadação, inclusive para o exercício 2012. Vou ficar de olho! 

GILDIVAN COELHO - FISCAL SANITÁRIO

publicado em 06 de Outubro / 2011 às 17:30

ESPAÇO DO LEITOR: DESCONFERÊNCIA DE CULTURA

“IMPROVISAR É PRECISO: DESARTICULAÇÃO DOS PLANOS DE CULTURA”

Parafraseando o tema proposto pela FUNCEB (Fundação de Cultura do Estado da Bahia) que diz: “Planejar é Preciso: Consolidação dos Planos de Cultura”, é que começo a tratar da condição em que se encontra a cultura de Juazeiro.

Não é possível se aceitar passivamente que na Conferência de Cultura de uma cidade do tamanho de Juazeiro, se tenha conseguido reunir apenas 40 e poucas pessoas, e mais da metade dos que estavam presentes eram funcionários da SEIASC. Isso em se tratando de dois dias de Conferência. O que se tem de fato real é que dando meia volta no “tema” proposto pela FUNCEB, o que a Gerência de Cultura fez foi prontamente DESARTICULAR O ENCONTRO! Digo isso baseado em fatos reais os quais trago aqui agora para a apreciação de todos os juazeirenses. Os convites para a 3ª Conferência Municipal de Cultura de Juazeiro – BA indicavam o Auditório Leônidas Nascimento na Seduc como local do encontro. Algumas rádios locais divulgavam o Centro de Cultura João Gilberto também como local da conferência. E agora pasmem todos, o Gerente de Cultura esteve na sexta pela manhã num programa de rádio para tratar da Conferência e nem o local ele divulgou na entrevista! Ora, pensar que todos nos somos idiotas é um direito que tanto o Gerente de Cultura como o Secretário tem. Mas o povo de Juazeiro também tem o dever de não aceitar esse tipo de manobra covarde desses dois incompetentes que estão à frente da pasta de Cultura de Juazeiro. Logo o Gerente, petista de carteirinha, que deve o seu cargo na Prefeitura a uma indicação do partido, que tem se provado um verdadeiro despreparado para exercer as funções. Quero perguntar aqui: Qual inserção tem essa pessoa na classe artística juazeirense? E o Secretário, que transforma toda a ação de cultura num evento de largo com banda e foguetório. São esses homens que estão representando toda uma classe artística.

PRECISAMOS DAR UM BASTA NA INCOMPETÊNCIA E NO DESCOMPROMISSO

É de notório saber que o Secretário da SEIASC conseguiu (...) segmentos que lutavam pela classe artística, deixando assim, sem voz os movimentos culturais em Juazeiro. Mas vamos lá. ONDE ESTÁ A FILARMÔNICA 1º DE MAIO? ONDE ESTÁ O FESTIVAL EDÉSIO SANTOS? (vai ter esse ano?) ONDE ESTÃO AS MANIFESTAÇÕES FOLCLORICAS? ONDE ESTÁ O CONSELHO DE CULTURA? ONDE ESTÁ A ESCOLA DE MÚSICA EDÉSIO SANTOS? POR QUAIS CAMINHOS TORTUOSOS FOI PARAR O ANIVERSÁRIO DE JOÃO GILBERTO? ONDE ESTÃO OS INCENTIVOS PARA O TEATRO, A DANÇA, A POESIA, E PARA TODOS OS OUTROS SEGMENTOS ARTISTICOS? ONDE ESTÁ A EMENDA DE 500 MIL REAIS DO DEPUTADO DANIEL ALMEIDA? Todas essas e outras ações foram divulgadas em prosa e em verso pelo Secretário de Cultura.

Foi para fugir de todas essas e outras perguntas que o gerente e o secretário de cultura desarticularam a conferência.

Não é dando casa que se constrói a cultura de um povo Secretário. É debatendo e discutindo com a classe artística. Mas é também antes de tudo, cumprindo com os compromissos e atendendo as necessidades de uma classe carente e absolutamente relegada ao descaso. O senhor é o TRAIDOR DA CULTURA DE MINHA GENTE! Minha terra lhe deu formação, lhe alçou politicamente à condição que você se encontra, lhe deu filhas e até uma mulher para você casar. PEÇA PARA SAIR SECRETÁRIO! Não humilhe nem engane, nem trate tão mal a um povo que lhe deu tudo. ISSO É COVARDIA! Está provado que não é somente “NO PEITO E NA RAÇA” que se faz cultura. E sim, com TALENTO, CONHECIMENTO E AMOR A TERRA.

O que Juazeiro precisa é que os filhos dessa terra arrasada acordem para o futuro que está logo ali perto. Juro para vocês, diante do altar das minhas convicções que com todos os juazeirenses, da sociedade civil organizada, nos haveremos sim minha gente de reconstruir a nossa cidade, para recuperarmos a confiança no seu verdadeiro destino.

É SÓ ACREDITAR

MARCOS COIMBRA NETO – Juazeirense radicado em Petrolina

publicado em 05 de Outubro / 2011 às 19:10

ESPAÇO DO LEITOR: O GOVERNO DO VERDE

Lóssio pouquíssimas vezes encontrou dificuldades para aprovar projetos de sua autoria, no plenário da Câmara de Vereadores. Isso é bom ou ruim?

Por um lado é bom, porque não têm na verdade, nenhuma oposição de fato na câmara e assim é para governar “a seu modo” Petrolina.

Por outro lado, é ruim porque, mostra que os vereadores já teriam sido “comprados” de alguma forma, pois as votações de projetos vindos do executivo, sempre recebem os votos da maioria dos vereadores.

É uma pena, para o próprio Júlio, como prefeito, ter uma situação assim, politicamente falando. Porque revela que como não há ninguém que se oponha a seus projetos, leva-o entender ou a convencer-se de que VAI TUDO BEM, e na verdade, a realidade REVELA O CONTRÁRIO.

Para que haja um perfeito exercício da governança, seja ela municipal, estadual ou nacional, sempre será indispensável que haja uma oposição imparcial, independente e justa – sempre buscando o aperfeiçoamento das instituições e da cidadania.

Moraes de Carvalho - Presidente do PMN de Petrolina PE
publicado em 04 de Outubro / 2011 às 16:10

ESPAÇO DO LEITOR: 04 DE OUTUBRO-PARABÉNS AGENTES COMUNITÁRIO DE SAÚDE

Agentes comunitários são, dentro do organograma da Saúde, os primeiros a ter contato com o morador.

Promover a saúde e orientar a comunidade que  fazem parte do trabalho do Agente Comunitário de Saúde (Acs). Um dos requisitos para o profissional é que ele atue na comunidade onde reside, humanizando o trabalho junto aos moradores. O agente comunitário atua por meio do Programa Saúde da Família (PSF) da secretaria de Saúde,  comemora-se o dia do Agente, como forma de lembrar a importância do seu papel de orientação das pessoas do seu bairro.

O trabalho do ACS é de grande importância, pois são eles que vão às casas e trazem os anseios da comunidade. Os agentes comunitários mostram quais são os trabalhos que precisar fazer, o que cada comunidade necessita.

O Agente Comunitário de Saúde atua dentro da Atenção Básica, que é um conjunto de ações, individual ou coletivo, voltadas para a promoção, diagnóstico, tratamento e reabilitação da saúde; além da prevenção de doenças. O agente comunitário é quem leva a mensagem da saúde para a sua comunidade, falando sobre campanhas, realização de exames, alertando também sobre doenças.

PARABÉNS A TODOS AGENTES COMUNITÁRIO DE SAÚDE! 

Andréia Gonçalves do PSF Novo Encontro Juazeiro-BA
publicado em 03 de Outubro / 2011 às 20:30

ESPAÇO DO LEITOR: SOBRE A GREVE DOS BANCÁRIOS

Olá Geraldo José e Equipe,

Quero aqui tornar público a minha indignação com o atendimento na agência bancária do Itaú da Avenida Souza Filho em Petrolina.

Concordo plenamente com o movimento grevista (todos sabem disso), os trabalhadores devem sim lutar para que os seus direitos sejam garantidos; e a reivindicação dos bancários é justa.

Porém, o que não concordo e estou questionando é a falta de comunicação e orientação a população. O sindicato através da imprensa divulgou que o atendimento a aposentados e pensionistas durante o período de greve seria realizado normalmente, mas infelizmente não é isso que vem acontecendo.

Na sexta-feira dia 30/09, por volta das 13 e 30 h, fui com a minha mãe, que é pensionista, até a referida agência bancária; quando fomos informadas de que o atendimento seria somente de 9 h às 13 h.

Hoje (segunda-feira), retornamos a agência precisamente às 11: 10 h e fomos informadas de que o atendimento a esse público passou a ser somente de 09 h às 11 h. Que absurdo, essa falta de comunicação e orientação! Vários aposentados e pensionistas lá estavam tentando um atendimento e nada, tiveram que voltar pra suas casas sem que fossem atendidos.

Tentei falar com o gerente, mas o segurança me impediu; o mesmo me disse que o gerente não poderia me atender porque estava em greve.

Depois disso, fomos para enorme fila dos caixas eletrônicos e só havia um único caixa para saque; estava um tumulto, e para completar a indignação o teclado desse caixa “travou” e ninguém conseguia realizar saque.

Amanhã, a minha mãe, assim como outros aposentados e pensionistas irão novamente até aquela agência, espero que finalmente sejam atendidos. E que qualquer alteração quanto ao atendimento, o sindicato comunique a população.

Petrolina-PE, 03 de Outubro de 2011

Atenciosamente,

Luciana Lima

publicado em 03 de Outubro / 2011 às 12:40

ESPAÇO DO LEITOR: PARCERIA COMUNIDADE E VEREADOR RECUPERA ILUMINAÇÃO NO BAIRRO NOVA ESPERANÇA

Geraldo,

É lamentável a situação em que nosso município se encontra, pois a nossa comunidade estava com 12 Lâmpadas queimadas nos postes, sendo que várias vezes solicitamos a reposição das mesmas ao setor competente da prefeitura e este não correspondeu.

Graças a uma parceria entre a Associação de Desenvolvimento Comunitário do bairro Nova Esperança e o vereador Bené Marques, a nossa situação foi resolvida, pois o nobre vereador comprou as lâmpadas e nós as colocamos nos postes.

O povo da nossa comunidade já estava com medo de sair de suas residências diante da falta de iluminação pública que por sinal todos da comunidade pagam suas devidas contribuições e a mesma é precária no bairro.

Então agradecemos ao vereador por ter firmado esta parceria conosco para sanar este problema.

Atenciosamente,

Júnior - Membro da diretoria da ADECOBANE (Associação de Desenvolvimento Comunitário do bairro Nova Esperança)

publicado em 03 de Outubro / 2011 às 10:30

ESPAÇO DO LEITOR: 07 PECADOS CAPITAIS DO NOSSO GESTOR PÚBLICO

A idéia básica contida neste tema é a de que uma adequada gestão pública tem que se apoiar nos seguintes pilares: planejamento, transparência, controle e responsabilidade. Estes também são os pilares que balizam a Lei de Responsabilidade Fiscal. Evidentemente que além desses princípios ainda é imprescindível que o gestor atue com ética, o que balizará o seu comportamento perante à sociedade que representa.

1º Pecado - Nosso gestor público não programa as suas ações de forma planejada, mas sim as concebe no dia-a-dia, conforme a urgência de cada situação ou ao sabor das denuncias.

Dica para o atual gestor como para os pretendentes ao Paço municipal - Programar as ações de forma planejada estrategicamente Toda ação requer planejamento para que se alcance os resultados pretendidos. Cabe ao gestor e sua equipe adotar estratégias que mostrarão os caminhos para se alcançar as metas traçadas. Tanto na iniciativa privada como pública isso é imprescindível, pois geralmente os desejos da população de um local são maiores que a capacidade de atendimento. 

2º Pecado - Nosso gestor público não dá importância ao orçamento público, concebendo-o como entrave burocrático à sua administração.

Mais uma dica - Nenhuma pessoa consegue planejar e/ou efetivar seus gastos sem possuir um orçamento. Considerar o Orçamento Público como instrumento que organize e facilite a vida do gestor Um orçamento consiste basicamente nas previsões de receitas e despesas planejadas para determinado exercício.

3º Pecado - Não gosta de descentralizar decisões, pois entende que isto significa perda de poder.

Outra dica - Descentralizar ações, a palavra descentralizar é muito utilizada na Administração (principalmente na gestão privada), porém na iniciativa pública muitos gestores tem receio de colocá-la em prática. Para muitos essa palavra significa perda de poder e controle, o que não é verdade. Não se trabalha ou se Administra sozinho, distribuir atividades e responsabilidades é muito relevante nas organizações. Desde que seja avaliada e acompanhada, a descentralização pode ser muito eficiente e eficaz na gestão pública. 

4º Pecado – Não vemos nosso gestor público investir em capacitação e nem tampouco busca as melhores referências profissionais. O seu foco é político e não técnico.

Mais uma dica de utilidade publica - O gestor Público deve investir em capacitação e buscar os profissionais mais bem preparados para as funções Uma Administração eficiente e eficaz necessita contar com os melhores profissionais para compor os diversos postos organizacionais. O gestor precisará de pessoas competentes para ajudá-lo no desenvolvimento de políticas públicas que visem a melhoria da sociedade. Olhar sob a lupa da competência, e não das negociatas políticas, deve ser regra para o gestor público. 

5º Pecado – Transparencia. Infelizmente o que vemos é um receio de ser transparente, pois teme ser questionado sobre as suas ações.

Ser transparente Disponibilizar as informações relativas às receitas e despesas à população para que a sociedade possa controlar. Não é nenhum favor do Sr. Prefeito, a Lei da Responsabilidade Fiscal obriga o gestor público a ter essa tranparência na sua gestão. Assim, ser transparente significa competência e acima de tudo respeito com o cidadão.

6º Pecado – Socialização. Não vejo em nosso gestor publico o hábito de socializar informações e de utilizá-las em sua estratégia de ação.

Devido a falta de uma ação planejada, e às vezes em decorrência da deficiência técnica da equipe de trabalho, não são produzidas informações para a tomada de decisões na gestão pública. Em geral, não se produzem indicadores de avaliação e desempenho e, mesmo quando existem não são utilizados como parâmetros de condução da coisa pública. Isto dificulta o acompanhamento da gestão administrativa por parte da sociedade, pois as informações não são disponibilizadas nem tampouco socializadas para todos e acabam certas decisões trazendo mais transtornos que acertos.

7º Pecado – O mais grave de todos. Nossos politicos ainda não acreditam que serão punidos se cometerem erros ou prejuízos à sociedade. Se acham acima da lei.

A Lei de Responsabilidade Fiscal introduziu novos conceitos na administração pública, principalmente no que diz respeito ao binômio probidade/eficiência. Em outras palavras, explicitou a necessidade de que a ação pública ocorra baseada nos princípios da moralidade, do combate à corrupção, e do alcance de resultados concretos. Para tanto, introduziu também mecanismos de punição para os maus gestores ou gestores ineficazes do ponto de vista administrativo.

Quem sabe, ainda não dá tempo de nosso gestor público rever seus conceitos, ou quem sabe os novos pretendentes pensem um pouco no assunto. 

Júlio Almeida

publicado em 02 de Outubro / 2011 às 23:00

ESPAÇO DO LEITOR: NOVELA CORDEL ENCANTADO É TEMA DE ESTUDO E PESQUISA EM ESCOLA PÚBLICA DE JUAZEIRO

Geraldo,

Sabendo da responsabilidade e seriedade com as informações disponibilizadas, segue reportagem de uma educadora de Juazeiro que realizou um brilhante projeto a partir da novela Cordel Encantado. A TV São Francisco exibiu na sexta-feira dia 23/09 e a repercussão está sendo imensa. A professora Gerlane Fernandes da Escola Municipal Joca de Souza Oliveira, fez estudo comparativo entre personagens da ficção e da realidade e estudou vários aspectos da cultura nordestina, além de desenvolver o senso crítico do aluno, o que é possível perceber nitidamente nos comentários dos alunos e evitar o alto índice de evasão escolar principalmente em uma turma de Educação de Jovens e Adultos – EJA.

Iniciativas como essa devem ser valorizadas e aplaudidas.

Um abraço,

Juliana Carla

Reportagem: Gisa Ramos Imagens: Ronaldo Silva da TV São Francisco
publicado em 02 de Outubro / 2011 às 10:00

ESPAÇO DO LEITOR: SOS - BAIRRO JOÃO PAULO II ESTÁ INFESTADO DE CACHORROS COM CALAZAR E OUTRAS DOENÇAS

Amigo Geraldo José,

O bairro João Paulo II está infestado de cachorros soltos pelas ruas e muitos deles apresentam sintomas de Calazar e outras doenças. Gostaria que o poder público tomasse providências o mais rápido possível, retirando os animais abandonados das ruas e dando o tratamento correto para cada um deles.

Grato pela compreensão.

Eis as fotos que retratam a situação de abandono

Murilo Ricardo - João Paulo II

publicado em 30 de Setembro / 2011 às 09:10

ESPAÇO DO LEITOR: EDUCAÇÃO E TRÂNSITO

Senhor Geraldo,

Durante toda a campanha da Semana Nacional de Trânsito, que se dá todo ano do dia 18 a 25 de setembro, o DMTRANS (Diretoria Municipal de Trânsito) órgão responsável pela administração do trânsito viário na cidade de Senhor do Bonfim-Ba, promoveu diversas palestras nas escolas da rede pública e privada além de empresas prestadoras de serviço. É importante salientar que as ações não aconteceram apenas nestes dias, pois a sociedade preocupada com o futuro de nossas crianças nos procurou, agendando dias e horários para que fizéssemos visitas nas escolas.

Quero contar-lhe que como agente de trânsito fiquei admirada com a preocupação da população de minha cidade com relação ao trânsito, dizer também que me realizei ao ver a participação deles na campanha. 

Atenciosamente,

Mayana V. Santana

Voltar ao topo
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.