Blog do Geraldo José - Espaço do Leitor
Vale do São Francisco - 20 de Março de 2019
|
Redação: (74) 3613-3479

Espaço do Leitor

publicado em 20 de Janeiro / 2019 às 23:00

ARTIGO – MARES TURBULENTOS

A experiência de vida nos mostra que sempre que o mar está passando por graves turbulências, deve ser evitada a imprudência de iniciar a navegação ou, se já estiver navegando, todos os cuidados e habilidades tem de ser acionados visando se livrar da ocorrência de um possível e fatal naufrágio. Igualmente, no trânsito regular existem normas a serem obedecidas a fim de que a viagem se concretize sem os percalços que os acidentes podem produzir em prejuízos, às vezes, irreparáveis. Por analogia, essas regras básicas e cautelares têm de ser aplicadas em todas as situações e atos do cotidiano.

Nem sempre, porém, esses princípios e cuidados estão presentes nas atitudes das pessoas. Mais grave, ainda, quando a deficiência é identificada no desempenho daqueles que ocupam funções públicas relevantes, e que deveriam dar o exemplo de integridade ao cidadão comum. E essa infelicidade é testemunhada pela sociedade de forma corriqueira. A isso podemos chamar de infeliz VAIDADE comum a todos eles quando estão com a caneta na mão, seja de ouro ou uma BIC qualquer.

Questionei recentemente sobre a falta de razoabilidade em se esperar quase 90 dias para que os Prefeitos, Governadores e Presidente da República, eleitos em outubro, sejam empossados em 1º. de janeiro do ano seguinte. Não se justifica um processo de transição tão demorado, quando poderia ser estabelecido um prazo entre 30 ou 45 dias apenas! Mas, além dessa incongruência constitucional, há uma outra medida bastante importante e que precisa fazer parte de uma próxima Reforma Política. A partir do resultado divulgado da eleição e até a posse para o novo mandato, que seja o ocupante do cargo no Poder Executivo IMPEDIDO de emitir novos Decretos ou Portarias, para: a) Quaisquer novas nomeações de servidores, Secretários ou Ministros; b) Conceder aumentos salariais; c) Geração de despesas a serem assumidas pela futura Administração; d) Fazer licitações públicas ou contratar obras de qualquer natureza; e) A exceção de Decretos só será admitida para os casos de calamidade pública, devidamente justificada.

Ler Matéria Completa
publicado em 19 de Janeiro / 2019 às 23:00

Reconstrução do país deve ir além de retórica

*Por Luiz Carlos Borges da Silveira

O Brasil vive início de nova fase. E, como sempre, de esperança, mudança, melhora. Governo novo, novas mensagens, promessas repetidas que geram natural expectativa.

Porém, é conveniente não esquecer que a verdadeira mudança, positiva e duradoura, depende de um conjunto de fatores, de atitudes e ações. Não depende apenas do governo, da oposição, da política, da sociedade organizada. O anseio de um período melhor será realidade se todo esse conjunto atuar com sinceridade e determinismo, focado prioritariamente no bem-estar da Nação e de seu povo. Mudança deve ser vontade geral.

É importante lembrar que momentos como este o país viveu muitos outros, com maior ou menor euforia. A história registra e nossa memória sabe que a expectativa resultou mais em frustração do que confirmação.

Ler Matéria Completa
publicado em 18 de Janeiro / 2019 às 23:00

O homem é produto do meio?

Que os filhos sejam corretos, honestos, respeitosos, estudiosos e trabalhadores, esses são os desejos de todas as famílias tradicionais brasileiras. Tais palavras que corroboram para que essas vontades aconteçam de fato são as mais utilizadas quando são apresentados os fundamentos da vida para crianças e jovens na etapa da educação de valores morais e éticos da vida.

Diversos fatores contribuem para que as pessoas sofram influência externas à sua educação familiar, a saber, entre as causas mais prováveis seria a falta da própria família no que diz respeito à presença eminente deste principal aglomerado humano. O homem sofre interferência do meio em que vive, sim, mas os fatores internos podem 'corromper' a sua índole. Com base nesta realidade e de acordo o decorrer da sua trajetória de vida é possível entender o comportamento e preferências sobre determinados assuntos de um indivíduo? Não necessariamente.

A busca pelo politicamente correto é uma constante na sociedade moderna, mesmo não sendo algo natural, fruto da criação familiar e de ensinamentos cristãos. Seguir as normas e leis estabelecidas evita preconceitos e discriminações, e consequentemente algum tipo de problema policial e judicial. Talvez por esse motivo reine a hipocrisia.

Ler Matéria Completa
publicado em 18 de Janeiro / 2019 às 17:45

LEITOR DENUNCIA QUE A COLETA DO LIXO NÃO É FEITA EM SUA RUA NO BAIRRO NOVO ENCONTRO, DESDE QUARTA-FEIRA, 16

Um leitor do Blog GJ, morador do bairro Novo Encontro, enviou mensagem via whatsapp reclamando que o lixo em sua rua não foi recolhido desde a quarta-feira, dia 16. Confira: “Sou morador do bairro Novo Encontro em Juazeiro e venho aqui deixar minha reclamação. Desde a quarta-feira, 16, estamos com sacolas de lixos na porta porque o carro da coleta não passou pela rua Dália. Os dias de coletas são segunda, quarta e sexta, ontem passaram pela avenida do bairro, mas até agora nessa rua ainda não foi retirado! Desde já agradeço”.

publicado em 18 de Janeiro / 2019 às 07:30

Espaço do Leitor: Sinalização com problema na rua Floriano Peixoto em Juazeiro (BA).

Amigo Geraldo, venho comunicar que a sinalização da rua Floriano Peixoto está sendo prejudicada com presença de árvores perto da esquina.

No local, atualmente, estão ocorrendo diversos acidentes. As placas foram instaladas, porém não estão sendo observadas pelos motoristas devido as árvores na esquina.

Solicito que mudem a sinalização para evitar acidentes e instalem lombadas.

Murilo Martins

publicado em 18 de Janeiro / 2019 às 06:00

Espaço do Leitor: Carnaval de Juazeiro e empresa organizadora. Prefeitura esclarece processo de contratação

Geraldo, por favor, publique minha postagem para que a assessoria da prefeitura de Juazeiro-BA possa efetuar os esclarecimentos necessários.

Hoje, dia 17/01/2019, visualizei no diário oficial do município de Juazeiro, a contratação da empresa que procederá a organização do carnaval de Juazeiro. Na publicação, consta que a empresa OPARA ESTRUTURAS LTDA ganhou a licitação no valor R$ 680.000,00 (para a organização e produção do carnaval de Juazeiro) - contrato 05/2019, e R$ 198.116,00 (para locação, montagem, e desmontagem de painéis de LED, som e iluminação. Primeiro, questiono se a mesma não vai prestar o mesmo serviço, considerando que são atividades totalmente distintas.

Pesquisando na internet, achei o CNPJ: 08.272.076/0001-88, no nome desta empresa, cujo endereço é na Rua do Abrigo, 100, Joao XXIII, Juazeiro-BA.

Pesquisei na internet, ainda, as empresas que prestam serviços de mesma natureza, e achei a SÃO FRANCISCO ESTRUTURA LTDA, CNPJ:  13.560.217/0001-06, que funcionam Rua do Abrigo, 100A, Joao XXIII, também em Juazeiro-BA.

ESTAS INFORMAÇÕES ESTÃO PUBLICADAS NO DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÌPIO E NA INTERNET, E SÃO DE DOMÌNIO PUBLICO.

Ler Matéria Completa
publicado em 17 de Janeiro / 2019 às 23:00

Artigo - Todo mundo conectado

Estamos vivenciando uma época de grandes avanços tecnológicos e científicos. São tantas descobertas e inovações do conhecimento humano, que ficamos na expectativa do que aparecerá novamente que causará um grande impacto.

Algumas mentes brilhantes e fenomenais parecem não ter limites. Temos que reconhecer que existem pessoas diferenciadas com raciocínios acima de média. As coisas estão acontecendo a uma velocidade inimaginável. Às vezes, nem dá tempo de alguém usufruir um produto, porque já tem outro no mercado, superando o anterior em termos de sofisticação, tecnologia e qualidade. A indústria da propaganda lança suas marcas com imagens que magnetizam a cabeça do telespectador. Seu alvo predileto não é somente às crianças, mas os adultos também. O objetivo final é vender e, me parece que nessa queda de braço, estão conseguindo convencer boa parte de clientes. Quem compra, muitas vezes, são consumidores que não têm necessidade. Começa assim: “Vejo”, é a minha primeira impressão do momento. “Pego”, quero apalpar, tocar no objeto. Desejo final, “possuir”, comprar. Se conseguisse não demorar o olhar, com certeza, venceria a tentação e não faria à compra desnecessária. Não quero dizer com isso, que tudo que compramos, não tem utilidade e importância. Entretanto, quase sempre há um arrependimento posterior, porque por impulso, uma decisão equivocada nos fez contrair uma dívida.

O interessante é que não utilizamos todas as funções de um celular, inclusive os mais simplistas. Aliás, nem temos tempo para isso. São tantas ferramentas operacionais complexas, que exige da nossa parte, conhecimentos mais avançados. Embora tenhamos em mãos um computador portátil, televisão, as diversas redes sociais, e uma comunicação com quem quisermos a tantos quilômetros de distâncias, achamos pouco e queremos mais e mais, porque o que temos não nos serve. Os celulares estão dominando as massas, quer seja no quarto de casa, na mesa do jantar, na porta de um bar, nos restaurantes, nas reuniões de famílias, nas escolas, nos empregos, nas residências, nas igrejas, dentro dos carros, assistindo um teatro, um filme, um show ao vivo, andando nas ruas, no centro da cidade, enfim em todos os lugares e espaços físicos.

Ler Matéria Completa
publicado em 17 de Janeiro / 2019 às 13:30

ESPAÇO DO LEITOR: A violência vai crescer na classe média

Reza a lenda policial que um menino de 13 anos, filho de um casal de policiais militares de São Paulo, pegou a arma do pai, matou o pai, a mãe, a avó, uma tia e no dia seguinte foi à escola. Quando voltou para casa, cometeu suicídio. É o caso da família Pesseghini. No dizer de Onix Lorenzoni, ele literalmente "liquidou" sua família.

Mais armas vão trazer mais violência para a classe média, assim como nos Estados Unidos. Vamos ter mais acidentes e assassinatos dentro de casa, mais chacinas em shoppings, cinemas, escolas, shows, enfim, lugares públicos frequentados pela classe média.

Ler Matéria Completa
Roberto Malvezzi (Gogó)
publicado em 17 de Janeiro / 2019 às 06:00

LEITOR DENUNCIA ACÚMULO DE LIXO EM ÁREA CENTRAL DE JUAZEIRO (BA)

O leitor do Blog GJ Mário Varjão é mais um munícipe a se queixar do acúmulo de lixo na cidade. Veja a mensagem que ele encaminhou via whatsapp à nossa redação: “Geraldo tenho visto muitas reportagens de lixo no Blog. Piranga II, Itamotinga entre outros. Veja as fotos do lixo acumulado por trás da Justiça do Trabalho, bairro Alagadiço, área central de Juazeiro. É uma coisa absurda o descaso com a limpeza da nossa cidade” expressou Mário Varjão.

publicado em 15 de Janeiro / 2019 às 18:30

Caos no trânsito na avenida Adolfo Viana preocupa leitor

Leitor deste Blog, Honielson Cruz denuncia o caos no trânsito na Avenida Adolfo Viana e pede providências. Ele enviou fotos do que aponta 'ser um desrespeito com os cidadãos que pagam impostos".

Confira:

Venho por meio desta mensagem, fazer um alerta aos pedestres, ciclistas, motoristas e motoqueiros que redobrem a atenção na Adolfo viana no antigo semáforo que fica entre a Sote e a Caixa Econômica.  Pois a Prefeitura começa a fazer as mudanças na Cidade e não se preocupam com a segurança de quem necessita trafegar neste local "eu por exemplo tive maior dificuldade em atravessar a via e isso porque estava na faixa de pedestre fiquei quase 5 minutos para atravessar." 

Sem falar em ônibus que estava fazendo contra mão, carros e motos. A gestão poderia ao menos tenta diminuir o caos colocando os agentes de trânsito nas horas de pico, ainda garantindo a segurança de todos, pois o desrespeito do condutores são grandes para com nós pedrestres e ciclistas. Então encarecidamente antes que haja acidentes nesse trecho a secretaria responsável tome um posicionamento diante desta situação.

Honielson Cruz

NOTA DA CSTT

A Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) informa que foi necessária a retirada temporária dos semáforos (no cruzamento da SOTE) para a execução da obra de requalificação que está sendo realizada na Avenida Adolfo Viana. Provisoriamente foram colocados cavaletes para proibir o cruzamento e, desta forma, evitar acidentes.

A CSTT informa ainda que diariamente, a viatura e os fiscais de trânsito motorizados circulam pelo local. Um novo canteiro foi construído no local do antigo cruzamento e em breve, os semáforos serão religados e haverá mudança no fluxo: as conversões à esquerda serão proibidas.

publicado em 15 de Janeiro / 2019 às 15:46

Núcleo da Associação Nacional dos Conservadores emite nota e repudia expressão atribuída ao coordenador Aliança LGBT

"O conservadorismo advém de um sentimento que toda pessoa madura compartilha com facilidade: a consciência de que as coisas admiráveis são facilmente destruídas, mas não são facilmente criadas. Isso é verdade, sobretudo, em relação às boas coisas que nos chegam como bens coletivos: paz, liberdade, lei, civilidade, espírito público, a segurança da propriedade e da vida familiar, tudo o que depende da cooperação com os demais, visto não termos meios de obtê-las isoladamente". (Roger Scruton)

A ACONs – Juazeiro (Associação Nacional dos Conservadores) repudia, com veemência, a tentativa de, mais uma vez, atribuir o cerceamento das liberdades individuais, ao conservadorismo.

A expressão atribuída a Alzyr Brasileiro, coordenador municipal da Aliança Nacional LGBT, que afirma a necessidade de "lutar" contra o "conservadorismo nessa nova conjuntura social e política que o Brasil está vivendo", é equivocada e irresponsável.

Ler Matéria Completa
publicado em 15 de Janeiro / 2019 às 14:00

Espaço do Leitor: Infestação de escorpiões em Juazeiro

Em novo e-mail ao Blog GJ leitora pede ao prefeito Paulo Bomfim alguma medica no sentido de diminuir a infestação de escorpiões em Juazeiro (BA). Confira: “Geraldo me chamo Mairane Paraguassú e venho aqui mais uma vez cobrar um retorno do prefeito que até agora não se prontificou em tomar uma medida séria para combater esses peçonhentos. E mais um apareceu em minha residência só que dessa vez no banheiro do quarto dos meus filhos o que se torna pior e muito preocupante.

Tomo todos os cuidados possíveis para combatê-los, mas não sei dizer de onde estão vindo, pois, todos os ralos já estão fechados, mas ainda assim apareceram. A sorte é que depois do aparecimento desses bichos eu tirei meus filhos de casa e percebi que não sou a única a reclamar e o bairro Novo Encontro também não é o único lugar que esses bichos estão aparecendo.

Ler Matéria Completa
publicado em 14 de Janeiro / 2019 às 23:00

Espaço do Leitor: Crítica de um cidadão indignado com a omissão da Câmara de vereadores de Juazeiro (BA)

Um fato que merece destaque na vida política da nossa cidade e que a população juazeirensse na sua maioria não percebe, é o nível de descompromisso que ainda existe na Câmara Municipal de Vereadores quando o assunto é discutir e debater os grandes temas relacionados à vida política, econômica e social do município.

Tenho presenciado, ao longo dos últimos anos, algumas ruas intrafegáveis, a saúde funcionando precariamente, a exemplo da Clise (Maternidade Municipal), atendimento de péssima qualidade, transporte coletivo um verdadeiro descaso com a população, obras inacabadas ou maquiada pelo o marketing do toda Sexta-feira tem Obra e fico me perguntando qual é de fato o papel do vereador que pacificamente observa tudo como se tivesse tudo às mil maravilhas?

Onde estão aqueles candidatos que esbravejavam nos palanques dizendo que a razão da sua candidatura era o povo? Quem já levantou uma bandeira se quer, contrário a todos esses problemas?

Ler Matéria Completa
publicado em 14 de Janeiro / 2019 às 18:00

ESPAÇO DO LEITOR: LEITORA RECLAMA DE ESGOTO ESTOURADO EM BAIRRO DE PETROLINA

A leitora Flor de Lins enviou mensagem ao Blog GJ relatando uma situação incômoda na Cohab 6, em Petrolina. Confira “Geraldo quero fazer uma reclamação sobre a Compesa em Petrolina, liguei várias vezes solicitando atendimento para o esgoto que está transbordando aqui e já vieram três carros da empresa e nada foi solucionado. Ficou foi pior! Como se já não bastasse moro do lado de um canal e em frente a lagoa de estabilização agora o esgoto é no pé da porta, mau cheiro, inseto etc... Parece que esse lado da Cohab 6 (rua 28) não pertence a Petrolina, rua que já deveria ter sido asfaltada e ficou só na promessa. De vez em quando mandam uma máquina pra fazer limpeza nesse canal que é mesmo que nada. Vamos ver até onde vão arrebentar esse buraco, fazem limpeza nessa lagoa de estabilização jogam a sujeira do lado de fora que tem dia que ninguém suporta o mau cheiro” declarou Flor de Lins.

publicado em 14 de Janeiro / 2019 às 10:00

Espaço do Leitor: Lixão bairro Piranga II

Caro Geraldo,

Quero utilizar o seu meio de comunicação para colocar em pauta um descaso que vem acontecendo no bairro Piranga II. Existe uma área que não sei se é particular ou pertence à Diocese de Juazeiro, essa área está servindo como lixão, e alguns moradores ateiam fogo nessa área para acabar com o lixo, o que acaba causando problemas de saúde, pois na rua que moro tem pessoas que sofrem com falta de ar.

Peço que a SESP ou algum órgão responsável realize a limpeza dessa área, afastando os lixos que já estão próximo às ruas, a área esta servindo só para jogarem lixo, animais mortos e quem sabe até um campo de "desova". Seria interessante também que fossem colocados aqueles papa-entulhos para que a população pudesse jogar o lixo nele e de 3 em 3 dias viessem recolher.

A área fica próximo aos caminhos 01,02 e 03.

Lucas Emanuel

publicado em 14 de Janeiro / 2019 às 09:00

ESPAÇO DO LEITOR: A ONDE HÁ FUMAÇA HÁ FOGO, JÁ DIZIAM OS MAIS VELHOS.

Na qualidade de morador do Conjunto Minha Casa Minha Vida, Residencial Praia do Rodeadouro acompanhei uma ação social do Saae, em que a comunidade era insuflada, estimulada a conduzir materiais recicláveis do tipo ferro velho, plásticos, alumínio, garrafas pets e etc...

O movimento foi grande e as montanhas de recicláveis se avantajavam, a gurizada especialmente  entrou em ebulição, no alto falante alguém estimulava a competição entre eles os guris e a noticia correu, ‘’célere e alguns adultos entraram na onda dos promotores da ação ‘’social’’ chegava à tardinha e aumentava na criançada a expectativa de serem beneficiados, eu ouvi claramente porque me aproximei, e ouvi uma moça dizer: quem vai ganhar mais ai são os meninos que se desdobravam levando reciclagem, aquilo me chamou atenção porque eu sei o valor de reciclável atualmente, chegou a grande hora da remuneração, a moça disse: fulano de tal 67, beltrano 50, os meninos pensando que iam receber em numerário e as próprias mães esperando que assim o fossem se surpreenderam quando a moça anunciou 67, um prêmio de consolação e ofertou uma espécie de caneca ou copo, a moça gritou novamente: 50 e a criança recebeu outro prêmio de consolação e saíram todas tristonhas porque foram enganadas, usadas sem nenhum escrúpulo.

Ler Matéria Completa
publicado em 13 de Janeiro / 2019 às 23:00

ARTIGO – ENTRE TOLOS OU SÁBIOS?

Tanto pelo que se vê nas redes sociais, como o que se ouve dos amigos em desabafos diversos, está em crescente desenvolvimento uma tendência de açodada cobrança por medidas mais urgentes e conclusivas à equipe que assumiu o governo, há nada mais que 13 dias corridos. Esse número, seria mera coincidência obsessiva? Não, apenas uma coincidência normal, sem fanatismo! 

Embora seja visível a ansiedade por soluções mais rápidas para os muitos problemas que inquietam uma boa parte da população, não se pode pretender que nesse curto prazo, milagrosamente tudo se resolva. Tudo bem quando a preocupação é justa e pertinente, mas, é preciso ter a clareza de que o derrotismo e o negativismo querem ocupar o seu espaço. Nada mais atual que o provérbio português que nos ensina que “cautela e caldo de galinha, nunca fizeram mal a ninguém”. É preciso raciocinar com equilíbrio e falar com moderação, o que nos induz, também, à lembrança do que disse o grande sábio e Rei Salomão: “que até o tolo quando se cala é considerado sábio” (Provérbios 17:28). E todos sabem que, matematicamente e logicamente, 13 dias não são 16 anos... E nem estou aqui a dizer que é preciso esperar tanto para cobrar aquilo que o povo precisa.

Ler Matéria Completa
publicado em 12 de Janeiro / 2019 às 23:00

DIVAGAÇÕES SOBRE LITERATURA por EDVAN CAJUHY

Começo este texto citando Carlos Drummond de Andrade: "Lutar com as palavras é a luta mais vã". Lutarei com as palavras, tentando usá-las da melhor forma, na esperança de conceituar ou discorrer sobre o que é LITERATURA, um conceito sucinto, talvez não o esperado pelo o (instrutor) que me fez o desafio, mas um conceito, diria de uma pessoa que se encanta com as palavras, um amante daquilo que é bom e belo, a arte (a literatura).

Poder-se-ia dizer que o conceito de literatura é muito amplo, é um conjunto de obras escritas com uma estética artística, onde o escritor, o literato, o criador da obra, está numa luta com as palavras, articulando-as da melhor maneira, transformando-as em versos e prosas, contos e fábulas, poemas-poesias, estórias, romances, obras.

Obras que além de retratar estilos de uma época, retrata a vida de um povo, uma estória, bem como nos apresenta arte escrita, nos revelando mundos e personagens, reais ou imaginários, alegorias e imagéticas com um estilo próprio de cada autor e o seu fazer com as palavras.

Ler Matéria Completa
publicado em 11 de Janeiro / 2019 às 23:00

Artigo - Quem conversa demais dá bom dia a cavalo

Vergonha não é assumir que não sabe fazer e sim querer fazer o que não sabe, assim como é inaceitável do ponto de vista ético e moral demonstrar ser aquilo que verdadeiramente não o é. Mudar o comportamento de acordo o lugar, o dia e a hora para satisfazer o público do momento beira ao cúmulo da demagogia e da  hipocrisia. Vender aquilo que não possui ou que não pode entregar é um ato abominável e irresponsável, característico dos que, mesmo que encubados, se acham acima de tudo e de todos.

Lobos em peles de cordeiros, 'mordendo e assoprando' durante todo o tempo, sem selecionar suas potenciais vítimas, estão espalhados discriminatoriamente por todo o mundo. Judas, falso profeta, romãozinho, são expressões usadas habitual e popularmente para definir aquilo ou aquele que não presta; que faz o mal travestido do bem (acende uma vela para Deus e outra para o satanás).

Conforme um antigo provérbio, 'a corda sempre arrebenta do lado do mais fraco, sem explicar quem seria o mais fraco e se o arrebente seria positivo ou negativo para este está em desuso e. Nos tempos atuais tal frase não se aplica por diversos motivos, entre eles o fato de não se aceitar o preconceito e a discriminação impregnados em expressões escravocratas e burocratas. 

Ler Matéria Completa
publicado em 11 de Janeiro / 2019 às 17:30

RESIDENCIAL JUAZEIRO III ENALTECE EVENTO E RECLAMA DA ESCURIDÃO NA ENTRADA DO BAIRRO

Moradores do Residencial Juazeiro III, bairro Itaberaba, foram surpreendidos esta semana com a iluminação da entrada da comunidade, para entrega de presentes às crianças carentes do bairro.

Em contato com o Blog GJ João Marcos/ Profissão Repositor expressou o seu descontentamento não com o evento em si, mas com a colocação de refletores que serão retirados posteriormente deixando a população às escuras novamente.

Ler Matéria Completa
publicado em 11 de Janeiro / 2019 às 08:30

QUEIMA DE LIXO ATORMENTA NOITE DE MORADORES NO BAIRRO SANTO ANTÔNIO

Moradores da rua Paula Souza, no bairro Santo Antônio, praticamente passaram à noite insone por conta da queima de um lixão em área restrita do SAAE (Serviço de Água e Saneamento Ambiental).

Jean Carlos e outros moradores encaminharam um vídeo na madrugada relatando o sofrimento de crianças, idosos, adultos doentes com a queima constante do lixo na referida área.

Confira o vídeo:

publicado em 10 de Janeiro / 2019 às 23:00

XÔ... INFELIZ ANO VÉI! QUE VENHA FELIZ O NOVO...

Passo que passo aqui pelo grandioso Blog Geraldo José, não tão solamente para otimistas e respeitosas saudações e beijin beijin nos ombros. Mas, todavia, porém, trazer irrefutáveis verdades e regozijos esperançosos de melhorias que sempre me cercarão posto que eternamente o humanismo terá meu crédito. O seu tomém, querido Leitor? Tão, tá.

É doloroso e difícil ‘guentar’ na surdina desumanos travestidos de diabinhos todo-dia-dia-todo aventando de forma incessante e diabolicamente infernizando e martelando a ideologia igualitária-socialista equânime a todos. Que o diga o Paulo Freirianismo e que mal o diga o bolsonarismo... Que diferença, pai!

O Infeliz Ano Véi largado pra trás lambujou ao Novo um repertório de frustações, arrepios, interrogações, desesperos, medos, seja em avanços sociais, culturais e políticos. Se preparem seguidores de teosofias fascistas, pois, como vociferou mestre Gil (Lembram e já ouviram com afinco e afeto o mais genial neguin dos neguin?):

Ler Matéria Completa
POR OTONIEL GONDIM
publicado em 10 de Janeiro / 2019 às 12:30

ESPAÇO DO LEITOR: VELHO CHICO E SUAS SUCATAS

Geraldo eu li no seu Blog uma matéria sobre uma embarcação que se encontra às margens do rio, que por sinal está atrapalhando o termino da obra do Parque Fluvial.

Andando pela Orla de Juazeiro vi que existem outras embarcações abandonadas dentro e fora do rio, formando um cemitério de embarcações. A nossa Orla fica feia com tantas embarcações abandonadas às margens do Velho Chico, logo no local onde turista se reúne para fazer fotos do Rio e da ponte Presidente Dutra.

A Marinha ou a Prefeitura deveria procurar um local para colocar essas barcas ou sucatas e deixar essa parte da Orla livre para banhistas e turistas fazerem suas selfies.

Onildo Batista

publicado em 09 de Janeiro / 2019 às 23:00

POLÍCIA ADMINISTRATIVA OU PREVENTIVA! (POLICIAMENTO OSTENSIVO)

Atua ostensivamente em áreas estratégicas, evitando assim que o crime venha a se acentuar. Entra em ação o Estado através de policiamento fardado, viaturas caracterizadas, observações tecnológicas com câmaras instaladas em locais levantados pelo serviço de inteligência.

Apesar do conjunto dos preparos preventivos projetados para a finalidade, crimes não deixam de existir, face planejamento falho – onde está o homem está o crime -, ousadia dos que recalcitram, resistindo obstinadamente, desafiando o Estado, deleitando-se na confiança da impunidade e fragilidade da lei penal. Julgam, portanto, ditadores de suas próprias leis, o que tem sido comum, bandidos incendiarem patrimônio público e privado, viaturas policiais; dinamitam quartéis, matam policiais como se mata uma barata e furtam armas e munições de dentro de paiol militar.

Como se vê, a medida preventiva é salutar, todavia, seu efeito é proporcional a certas circunstâncias, em momentos dados: formação educacional, social e espiritual da área vigiada. Onde já existe a sincronização anormal, desrespeitosa à tranquilidade pública, em que a criminalidade impera de modo absoluto, sem temer o caráter intimidativo da pena, só o direito da força para manter a ordem social.

Ler Matéria Completa
publicado em 09 de Janeiro / 2019 às 12:30

JUAZEIRO: INSENSIBILIDADE COMUNISTA NA EDUCAÇÃO

As fotos acima ilustram claramente o sentimento de partilha do comunismo em nossa cidade. As fotos mostram centenas e centenas de carteiras escolares, birôs, arquivos, estantes etc... expostos as intempéries se degradando a cada dia, dinheiro público lançado ao ralo da maldade desse governo comunista que se instalou em Juazeiro.

Se houvesse o mínimo de sensibilidade humana e política esses equipamentos que ainda podem ser aproveitados por entidades que cuidam de amparo as crianças adolescentes seriam distribuídos para as mesmas por meio de comodatos e não deixariam de pertencer ao patrimônio público, vai a sugestão aí prefeito Paulo Bomfim. As próprias associações de moradores poderiam, por que são de utilidade pública, ser beneficiadas oferecendo maior conforto aos seus associados.

Ler Matéria Completa
Voltar ao topo
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.