Blog do Geraldo José - Ministério do Meio Ambiente dará maior eficiência à prevenção e ao combate à corrupção em sua esfera de atuação
Vale do São Francisco - 18 de Outubro de 2018
|
Redação: (74) 3613-3479
publicado em 16 de Maio / 2018 às 07:30

Ministério do Meio Ambiente dará maior eficiência à prevenção e ao combate à corrupção em sua esfera de atuação

O ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, assinou ontem (15)  a Portaria n° 137, designando o o Departamento de Gestão Estratégica como responsável pela coordenação da implementação da Política de Integridade da pasta. A medida atende ao decreto presidencial que determina a criação das Unidades de Integridade nos órgãos públicos. A solenidade contou com a presença dos dirigentes do MMA e suas vinculadas, autoridades da Controladoria Geral da União (CGU) e da subchefe adjunta de Gestão Pública da Casa Civil, Érika Nassar.

O ministério terá até novembro para apresentar um Plano de Integridade. É ele que vai definir de que forma pretende dar maior eficiência e eficácia à prevenção e ao combate à corrupção em sua esfera de atuação. “Os nossos instrumentos terão pouco valor, ou valor nenhum, se não tivermos a boa intenção de melhorar a qualidade dos serviços prestados à sociedade”, salientou Edson Duarte. Segundo ele, o país vem passando por mudanças profundas, sem que isso abale as instituições ou afete sua vocação democrática.  “É um dos períodos mais ricos da história do Brasil”, avaliou.

A Política de Integridade é um conjunto de medidas e ações institucionais voltadas para a prevenção, detecção, punição e remediação de fraudes e atos de corrupção. “Sendo bem direto, nada mais é do que um programa anticorrupção, definiu o diretor de Promoção da Integridade, Acordos e Cooperação Internacional da CGU, Renato de Oliveira Capanema. Segundo ele, cerca de 52 órgãos públicos e nove ministérios já instituíram suas unidades de gestão da integridade.

José Marcelo Carvalho, secretário-executivo da CGU, enfatizou que o ministério contará com todo o apoio da Controladoria na elaboração do plano de integridade. Ele destacou a importância do comprometimento de toda a administração do MMA com a unidade. “Só é possível (a gestão da integridade) com a participação de todos, governo e sociedade”, defendeu. 

A portaria determina que os agentes públicos, gestores, dirigentes e unidades organizacionais do Ministério do Meio Ambiente prestem, dentro das suas atribuições e competências, apoio à Unidade de Gestão da Integridade.  Ela terá, também, o papel de propor estratégias para que o programa seja levado aos fornecedores e terceiros que se relacionam com o órgão.

O chefe da Assessoria Especial de Controle Interno, Marcos de Mesquita, reforçou que o tema Integridade é prioritário na gestão do ministro Edson Duarte. "É altamente estratégico e, para alcançar seus objetivos, é fundamental o apoio e o comprometimento da alta administração", afirmou Mesquita.

Ascom Meio Ambiente
POSTAR
nenhum comentário
Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do blog. Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído por nossa equipe.

É proibido inserir links (urls) dentro do comentário, caso contrário o mesmo será deletado por nossa equipe.
Voltar ao topo
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2018. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.