Blog do Geraldo José - ARTIGO: Uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade
Vale do São Francisco - 26 de Junho de 2019
|
Redação: (74) 3613-3479
publicado em 29 de Agosto / 2018 às 23:00

ARTIGO: Uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade

A demora por tomadas de decisões afeta consideravelmente governos que possuem todas as prerrogativas para serem considerados de excelência. Já criar expectativa para outrem é uma falta séria de compromisso com a dignidade e o sentimento alheio. Não se promete o que não pode ser cumprido, isto é fato e, infelizmente, uma prerrogativa usada por poucos.

O Brasil que os brasileiros querem é utópico por conta do comportamento dos próprios brasileiros. Corruptores criticam corruptos e o que deveria ser uma obrigação é caracterizado de virtude, com a moral e a ética não sendo mais valores intrínsecos, passando a serem 'princípios em extinção'.

Não basta apenas achar que o erro se encontra no outro sem antes se auto-avaliar. Ao descobrir e corrigir suas falhas inevitavelmente mudará suas, até então, atitudes equivocadas. Enquanto isso não acontecer não será possível cobrar o que não contribuiu para se tornar realidade. É bom sempre lembrar que o bem é fruto de um conjunto de ações positivas e do envolvimento de todos que almejam o mesmo objetivo.

Nas gestões públicas a palavra 'errar' não deve se quer ser pronunciada, até porque, parafraseando o ditado popular, 'errar é para humanos'. Conforme Paulo Daniel Barreto Lima, especialista em gestão pública, em seu livro "Gestão é a capacidade de fazer o que precisa ser feito" (2006), em uma gestão pública não se pode esquecer a capacidade de se atentar e permanecer no posicionamento da organização planejada, para que assim, a missão possa ser cumprida, que neste caso primordial é o desenvolvimento da cidade em benefício ao povo que nela reside. Lima ainda acredita que uma boa organização na gestão pública está relacionada à uma alta capacidade de gestão, que por sua vez, relaciona-se com a "melhor relação entre recurso, ação e resultado".

Em uma infeliz, mas real e cotidiana, inversão de valores, a crítica sobrepõe o elogio ao correto, principalmente quando se refere à política e aos políticos, assuntos na moda atualmente. Nunca na história deste país o provérbio, 'o sujo falando do mal lavado' esteve tão presente, sendo inclusive a frase mais coerente para o momento. É fácil condenar o outro pelos erros que também se comete.

Hipocrisias e falsos moralismos andam de mãos dadas e, o pior, são seguidos por uma legião que torce pelo quanto pior melhor. A mentira não é mais antagônica da verdade. Já dizia Joseph Goebbels, que foi ministro da Propaganda de Adolf Hitler na Alemanha Nazista, exercendo severo controle sobre as instituições educacionais e os meios de comunicação: "Uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade".

Por Gervásio Lima 

Jornalista e historiador.

POSTAR
3 comentários
Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do blog. Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído por nossa equipe.

É proibido inserir links (urls) dentro do comentário, caso contrário o mesmo será deletado por nossa equipe.
publicado em 30 de Agosto / 2018 às 02:40
Laura /// INJUSTIÇAS Direita MATARAM ATE TIRADENTES

Bom texto Doutor Gervásio. O meu voto para presidente , é para quem governou com 35,5 milhões de pessoas que saíram da pobreza, criou 18 universidades, tirou o País do mapa fome, salvou 380 crianças que morria de fome, 26,5 MILHÕES DE EMPREGOS DIRETO. QUEM FOI ESSE? LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA, OU HADDAD.

publicado em 30 de Agosto / 2018 às 02:47
Suely

So o Taliban não respeita a ONU. A ONU e o Papa e o povo ja pediram para soltar Lula porque não deve prender sem provas. Jesus Cristo foi perseguido e condenado sem provas. Gosto do texto porque falta da mentiras da TV e de parte do JudasTemirAlquimi.

publicado em 30 de Agosto / 2018 às 08:07
QUIM

HADDAD,O PAI DO KIT GAY !

Voltar ao topo
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.