Blog do Geraldo José - Pernambucano é eleito presidente da Câmara Setorial do Açúcar e do Álcool do Ministério de Agricultura
Vale do São Francisco - 17 de Dezembro de 2018
|
Redação: (74) 3613-3479
publicado em 06 de Dezembro / 2018 às 19:30

Pernambucano é eleito presidente da Câmara Setorial do Açúcar e do Álcool do Ministério de Agricultura

A Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Açúcar e do Álcool, colegiado de órgãos e entidades sucroenergéticas ligado ao Ministério de Agricultura e Pecuária (Mapa), elegeu, ontem 5, o líder da Federação dos Plantadores de Cana do Brasil (Feplana), Alexandre Andrade Lima, como o novo presidente do segmento na pasta. Esta é a primeira vez que um pernambucano e do setor de fornecedores independentes de cana do Nordeste ocupa este cargo desde a criação desta câmara no ano de 2003.

É a primeira vez também que a função é ocupada pela Feplana. A Câmara é formada por 47 entidades da cadeia produtiva do açúcar e do álcool. Portanto, é composta por órgãos e entidades vinculadas aos setores de industriais e fornecedores de cana no Brasil. Andrade Lima terá mandato de dois anos, como seus antecessores, a exemplo do atual presidente da Câmara, André Rocha, que lidera o Fórum Nacional Sucroenergético. O nome de Alexandre será publicado em breve no Diário Oficial da União, quando ele passará a assumir oficialmente as tarefas de novo presidente.

A Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Açúcar e do Álcool do Mapa tem a missão de debater os temas relacionados ao setor sucroenergético do Brasil, um dos segmentos importantes para o PIB brasileiro. Ao longo do ano, o grupo realiza quatro reuniões. Portanto, Lima só conduzirá sua primeira reunião em março de 2019, já sob o comando da nova ministra do Mapa, Teresa Cristina, no governo Bolsonaro, presidente eleito no qual Alexandre foi defensor antes mesmo do excelente desempenho e vitória do novo presidente do Brasil. A Feplana inclusive promoveu uma reunião na entidade em Brasília, em 2017, em apoio ao presidenciável Bolsonaro.

À frente da referida câmara, o líder da Feplana terá a missão de conciliar os interesses de toda a cadeia produtiva sucroenergética, composta pelos segmentos de industriais e agricultores. Mas ainda terá de defender todos nas reuniões do ConseAgro do Ministério da Agricultura, instância que reúne os presidentes de Câmaras Setoriais do Mapa vinculados a setores do Agronegócio. Lima agradece a confiança dos membros da sua câmara setorial, a exemplo de José Inácio, presidente da União Nordestina dos Produtores de Cana (Unida), que tem assento permanente neste coletivo.

Ascom Feplana
POSTAR
nenhum comentário
Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do blog. Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído por nossa equipe.

É proibido inserir links (urls) dentro do comentário, caso contrário o mesmo será deletado por nossa equipe.
Voltar ao topo
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2018. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.