Blog do Geraldo José - Artigo - A violência e suas prováveis causas
Vale do São Francisco - 22 de Setembro de 2019
|
Redação: (74) 3613-3479
publicado em 13 de Dezembro / 2018 às 23:00

Artigo - A violência e suas prováveis causas

A banalização da violência está intimamente ligada à extinção de pudores e à falta de respeito com os semelhantes. Conceitos pregados como verdadeiros, no intuito de fortalecer determinados discursos, têm contribuído para o aumento de casos de antipatias e consequentemente à intolerâncias fúteis. A sociedade tem sido vítima da má interpretação daquilo que lhe é oferecido como informação.

Os valores estão a cada dia perdendo espaços para o 'politicamente incorreto'. A ausência da família, as más amizades, a falta de diálogo nas salas de aula, a ociosidade e o uso indiscriminado e exacerbado de certas tecnologias (jogos eletrônicos, internet, televisão...), continuam sendo um dos principais fatores para o aumento de desavenças das mais diversas espécies.

Os vários tipos de intolerância, inversões de valores e tantas outras ignorâncias morais não deixarão de existir por conta da complexidade de atitudes e pensamentos intrínsecos do ser humano, principalmente os desprovidos de amor e compaixão; mas com um esforço mútuo e responsável é possível afirmar que o bem continuará vencendo o mau.

Educação de qualidade, atendimento médico humanizado e a prática de esportes são elementos primordiais para uma boa formação moral de crianças, jovens e adultos, isso é fato, mas infelizmente não são prioridades para os governos, principalmente os municipais. Preocupação em tirar proveito pessoal à custa do erário público é maior que trabalhar para melhorar a vida das pessoas. Em muitos municípios investimentos em festas e decorações chegam a ser maiores que em áreas essenciais. Talvez isso explique o parágrafo.

O desenvolvimento de uma cidade passa pelo bem estar de seus habitantes. Nenhum lugar do mundo conseguiu unir desenvolvimento e qualidade de vida sem investir em seus cidadãos. A alegria proporcionada por eventos esporádicos não substitui a felicidade duradoura de uma obra física que beneficie o coletivo.

A violência não diminui exclusivamente com a aplicação de recursos em segurança pública, também. Como já foram citados, diversos fatores contribuem para o aumento de ocorrências negativas, e quando o cuidado não existe mais facilmente acontece o indesejado. Por tanto, para uma boa convivência e uma vida saudável, em todos os seus aspectos, é preciso gostar de si e aprender a gostar do outro.

Que a família comece e termine sabendo onde vai

E que o homem carregue nos ombros a graça de um pai

Que a mulher seja um céu de ternura, aconchego e calor

E que os filhos conheçam a força que brota do amor

Oração pela Família – Padre Zezinho

Por Gervásio Lima

Jornalista e historiador

POSTAR
8 comentários
Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do blog. Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído por nossa equipe.

É proibido inserir links (urls) dentro do comentário, caso contrário o mesmo será deletado por nossa equipe.
publicado em 13 de Dezembro / 2018 às 23:17
Suely - To preocupado com o Nordestino.

Maravilha de texto. Mas Bosanaro falou em matar e ou metralhar os adversários e mandou os nordestinos comer capim. Ate agora Bostanaro não convidou um para trabalhar porque nordestinos sao burros??

publicado em 13 de Dezembro / 2018 às 23:22
ruty

Se o exemplo hoje de Brasília eh colocar 1.200.000.00 na conta do motorista. Se o exemplo hoje que vem de Brasília eh em ricar os filhos com dinheiro público. Bozonaro e filhos milionários e o povo lascados e ele fala em lascar mais. Porque Moru não prende os filhos de Boso?A justiça so de Deus

publicado em 13 de Dezembro / 2018 às 23:26
Madalena

Leandro Fortes: "Imagina o sujeito Moru largar um empregão de juiz, com auxílio-moradia e tudo, para ser ministro e salvar o planeta da corrupção do PT e, de repente, perceber que foi contratado apenas para ser leão-de-chácara da gangue Boso que ajudou a eleger."

publicado em 13 de Dezembro / 2018 às 23:30
ruty

SAIU NO JORNAL "O ESTADO DE SÃO PAULO". Motorista e segurança do filho do capitão truculento tinha um milhão e duzentos mil reais em sua conta, tendo depositado grande quantia na conta da atual esposa do capitão. Eles disseram que nada sabem sobre isto ... Com a palavra, o Ministério Público. Ele vai aguardar uma "denúncia robusta" ??? Mesmo com a confissão pública do Onyx, ela continua "raquítica"???... Ainda bem que o COAF ainda não está no Ministério da Justiça ... E agora, bacharel Sérgio Moro, acho melhor começar a estudar para fazer um novo concurso para magistratura.

publicado em 14 de Dezembro / 2018 às 02:51
Luciano Oliveira

Concordo plenamente com Gervásio,hj em dia,o pai é chamado e aí coroa,velho, não tem mais respeito, não sentam mais na mesa para conversar ,prefere a internet, televisão trancado no quarto, honestidade é sinônimo de otário, etc,as pessoas dão valor, pelo vc tem e não pelo que vc é, estamos sentando no fundo do poço batendo com a mão no chão.

publicado em 14 de Dezembro / 2018 às 05:42
tadeu

A causa da violência eh a impunidade. Boso e os filhos fica com 80% do salário dos empregados tudo provado e não são punidos? imagine agora chefe vai mamar nos salários de todos brasileiros?

publicado em 14 de Dezembro / 2018 às 07:12
QUIM

O PT FOI TÃO BOM PARA O TRABALHADOR,MAS,TÃO BOM,QUE O SALARIO MINIMO É MENOR QUE O AUXILIO RECLUSÃO ! NOS GOVERNOS PETISTAS,LADRÃO SEMPRE GANHA MAIS !

publicado em 14 de Dezembro / 2018 às 07:14
QUIM

É O CUMULO DA HIPOCRISIA,VOTAR NO PT E COBRAR HONESTIDADE DE BOLSONARO.

Voltar ao topo
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.