Blog do Geraldo José - Flávio Bolsonaro não responde a convite do MP para prestar depoimento
Vale do São Francisco - 23 de Janeiro de 2019
|
Redação: (74) 3613-3479
publicado em 07 de Janeiro / 2019 às 21:00

Flávio Bolsonaro não responde a convite do MP para prestar depoimento

Apesar de ter afirmado que está “à disposição das autoridades” para contribuir com a investigação sobre o ex-assessor Fabrício Queiroz, o senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) ainda não respondeu ao convite do Ministério Público do Estado do Rio (MP-RJ) para prestar depoimento na quinta-feira. Por ser parlamentar, Flávio Bolsonaro pode indicar a data em que deseja ser ouvido, o que também não fez, segundo o MP-RJ informou domingo.

A solicitação foi encaminhada em 21 de dezembro, quando Queiroz faltou pela segunda vez à oitiva marcada pelo MP-RJ, alegando razões de saúde. Dias depois, o ex-assessor disse em entrevista ao SBT ser um “homem de negócios”, o que explicaria a movimentação em sua conta, classificada pelo Coaf de “atípica”.

A assessoria do senador eleito disse que não conseguiu localizá-lo para responder se ele compareceria ao MP-RJ. De acordo com o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), foi registrada movimentação financeira de R$ 1,2 milhão, considerada atípica, nas contas do ex-assessor de Flávio Bolsonaro. Queiroz recebeu sistematicamente em suas contas bancárias transferências e depósitos feitos por oito funcionários que foram ou estão lotados no gabinete parlamentar de Flávio na Alerj. A suspeita é que o caso constitua desvio dos salários dos assessores, mas até agora não há provas que envolvam Flávio Bolsonaro em irregularidade.

Entre as movimentações atípicas registradas pelo Coaf, há também a compensação de um cheque de R$ 24 mil pago à futura primeira-dama, Michelle Bolsonaro, além de saques fracionados em espécie. O presidente eleito afirma que o cheque é parte do pagamento de uma dívida de R$ 40 mil. O ex-assessor faltou duas vezes a depoimento marcado no Ministério Público Federal, alegando problema de saúde. Em entrevista ao SBT, Queiroz disse que o valor em dinheiro que movimentou em suas contas é fruto da compra e venda de veículos usados e que um câncer o impossibilitou de prestar depoimento.

Ele não explicou por que recebeu tantos depósitos de assessores de Flávio em sua conta e nem a origem do dinheiro. Limitou-se a dizer que vai esclarecer o assunto para o Ministério Público.Na entrevista, o ex-assessor também procurou eximir de responsabilidade Jair Bolsonaro.

O Globo
POSTAR
4 comentários
Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do blog. Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído por nossa equipe.

É proibido inserir links (urls) dentro do comentário, caso contrário o mesmo será deletado por nossa equipe.
publicado em 07 de Janeiro / 2019 às 21:08
Fernando Costa

O dinheiro é de um amigo dele. Simples. Essa explicação os comunistas corruPTos entendem.

publicado em 07 de Janeiro / 2019 às 21:12
Maria do Socorro - a legítima

Quem é culpado tem que pagar http://www.geraldojose.com.br/index.php?sessao=noticia&cod_noticia=101186

publicado em 08 de Janeiro / 2019 às 05:02
QUIM

TA COM MEDO É ? MEDO DE QUE ? VAI LA,DEPOR,FICA MAIS BONITO,SE FEZ BOBAGEM,CONFESSE,ERRAR FAZ PARTE ! AFINAL,QUEM NUNCA ERROU,QUE ATIRE A PRIMEIRA PEDRA !

publicado em 08 de Janeiro / 2019 às 08:11
ANTONIO CONSELHEIRO

Tá com medo de que Rapaz ? Você é filho do "MITO" Quem vai lhe prender ?

Voltar ao topo
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.