Blog do Geraldo José - Secretária da Saúde de Juazeiro se reúne com representantes do Hospital Universitário, superlotação foi um dos temas discutidos
Vale do São Francisco - 22 de Julho de 2019
|
Redação: (74) 3613-3479
publicado em 12 de Julho / 2019 às 18:00

Secretária da Saúde de Juazeiro se reúne com representantes do Hospital Universitário, superlotação foi um dos temas discutidos

A Secretária da Saúde de Juazeiro, Fabíola Ribeiro, participou de uma reunião nesta sexta-feira, 12, com o gerente de Atenção à Saúde do Hospital Universitário de Petrolina, Luís Otávio, e a Gestora de Regulação da IV Macrorregião de Saúde de Pernambuco, Cláudia Galindo. O encontro teve como finalidade o alinhamento de serviços e conhecimento das necessidades pontuais das unidades de saúde instaladas nas duas cidades.

Durante a reunião foram discutidas as necessidades e casos relacionados à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), a superlotação e as fragilidades para uma assistência de qualidade também no Hospital Universitário (HU) – que encontra-se com mais pacientes que a capacidade de atendimento.

“Este foi um momento de ajustes para discutir as enfrentadas pelo hospital e o município de Juazeiro diante de uma rede com poucas opções de atendimento e com poucos leitos disponíveis para dar o tratamento necessário aos seus cidadãos. Juazeiro participa desta rede acumulando, muitas vezes, pacientes de fora e que impacta na atenção geral no município” descreveu Luis Otávio, Gerente de Atenção à Saúde do Hospital Universitário em Petrolina.

O Gerente ainda ressaltou a importância desta primeira conversa e o que ficou acertado na busca de melhor assistência para as cidades de Juazeiro e Petrolina. “Devemos juntar forças para elaboração de estratégias e documentos conjuntos para tentarmos sensibilizar o Ministério da Saúde, para terem um olhar mais direcionado à nossa situação. O objetivo é buscar soluções partindo de um âmbito mais amplo do que simplesmente o município resolver porque foge um pouco da capacidade administrativa dele”, concluiu Luis Otávio.

De acordo Fabíola Ribeiro, o momento é de união para que seja oferecida uma melhor assistência à população que necessita de atendimento especializado. “Esse encontro com a equipe do HU foi a primeira de muitas que virão e, unidos, vamos buscar apoio do Estado da Bahia, Pernambuco e do Ministério da Saúde. Não podemos permanecer como estamos. Nossa rede de saúde pública municipal e regional vive um estado de superlotação, a UPA está passando dos 350 atendimentos diários, a maternidade está realizando mais de 450 partos por mês, assistência hospitalar comprometida, trabalhando mais de 100% de sua capacidade. Tudo isso compromete o acolhimento ao paciente e o profissional. Mas estamos em busca de uma solução”, finalizou.

Ascom PMJ Debora Souza/Sesau
POSTAR
5 comentários
Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do blog. Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído por nossa equipe.

É proibido inserir links (urls) dentro do comentário, caso contrário o mesmo será deletado por nossa equipe.
publicado em 12 de Julho / 2019 às 18:30
Getúlio

Bosonaro ta acabando com tudo. Acabou mais médicos. Acabou com as escolas. Gás 65. Desemprego aumenta

publicado em 12 de Julho / 2019 às 18:37
Prof.Taciano Medrado - SEM MEIAS VERDADES

Em breve , essas poltronas e cadeiras serão VERDE E AMARELAS! Aguardem! 2020 vem ai!!

publicado em 13 de Julho / 2019 às 06:49
Otaviano Alves Cajui Conselheiro Municipal de saúde- Suplente

Não sei como comentar este comentário inusitado, mas para a tristeza de todos tornou-se fato recorrente, a superlotação dos hospitais em todo país. Só não me deixe pensar ou reviver cenas da minha meninice, onde o cidadão ou cidadã adoecia, ia para a cama e os vizinhos, parentes e amigos, faziam a vigíia à beira do leito, a famigerada sentinela até a morte ser consumada. Morte fora de hora à mingua, desnecessária, vergonhosa sem assistência.

publicado em 13 de Julho / 2019 às 13:52
ERRY JUSTO -"ISSO É NORMAL OTAVIANO?"

Respeitosamente eu faço uma pergunta aqui ao conselhiero OTAVIANO ALVES CAJU: o que se pode fazer de "prático" para se reverter essa situação da falta de leitos nos hospitais?

publicado em 14 de Julho / 2019 às 00:11
Leoni MOREIRA

Os velhos lobos e a política... Se você alimentar um cachorro durante três dias ele vai lhe ser grato por trinta anos... se você alimentar esses políticos profissionais por trinta anos, em três dias eles vão esquecer do eleitor! Cansado de circo e pingue-pongue? AVANTE! LIMPE Juazeiro com: L egalidade. I mpessoallidade M oralidade. P ublicidade. E ficiência. AVANTE 70! Capitão MOREIRA

Voltar ao topo
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.