Blog do Geraldo José - Moradores de Massaroca recebem capacitações da segunda etapa do Projeto Fortalecendo o Semiárido
Vale do São Francisco - 19 de Outubro de 2019
|
Redação: (74) 3613-3479
publicado em 13 de Agosto / 2019 às 14:00

Moradores de Massaroca recebem capacitações da segunda etapa do Projeto Fortalecendo o Semiárido

O projeto Fortalecendo o Semiárido continua a todo vapor na zona rural de Juazeiro e no último fim de semana (09 e 10), vinte e dois moradores do distrito de Massaroca participaram de capacitações para beneficiamento da carne caprina e da palma - Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANCs). Uma realização da Prefeitura de Juazeiro através da Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária (ADEAP).

Marineide Carolina, moradora da comunidade de Canoa de Oliveira, falou das vantagens que a capacitação trará para a comunidade. “Esse curso foi muito importante para nós, pois aprendemos a reaproveitar a palma entre outros alimentos. Estamos muito agradecidos e espero que mais cursos como esse voltem acontecer aqui em Massaroca”, declarou.

Já Luciana que vende lanches no distrito, falou da felicidade em aprender novas técnicas. “Tenho meu próprio espaço em que comercializo lanches variados e hoje fico imensamente feliz em aprender boas práticas de produção, qualidade da matéria prima e o beneficiamento do produto. Quero agregar ao meu trabalho tudo que aprendi aqui e agradecer à ADEAP por essa oportunidade”, ressaltou.  

O projeto consiste na capacitação de empreendedores do setor alimentício da zona rural do município e tem como objetivo promover o desenvolvimento econômico dos produtores oriundos da agricultura familiar, bem como qualificar, valorizar e padronizar a cadeia produtiva de forma sistemática e continuada, sustentável, participativa e descentralizada.

“A utilização dos alimentos PANCs é uma forma de mostrar ao agricultor as possibilidades existentes de uma alimentação alternativa. É de suma importância dar ênfase a essa inovação, pois em Juazeiro é difícil encontrar profissionais que trabalhem com plantas não convencionais para alimentação humana como a palma. Além disso, também trabalhamos o beneficiamento da carne caprina e o processo de aproveitamento”, explicou a tecnóloga em alimentos e instrutora do curso, Ataildes Pinheiro.

O titular da ADEAP, Tiano Felix mais uma vez enalteceu o projeto. “As capacitações vieram para somar ainda mais às nossas ações. Estamos trabalhando na valorização e capacitação das comunidades da sede e do interior. O projeto tem oportunizado conhecimento e qualificação profissional a todas as famílias, fortalecendo assim, a geração de emprego e renda”, disse o secretário.

Lene Radina/ ASCOM ADEAP
POSTAR
nenhum comentário
Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do blog. Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído por nossa equipe.

É proibido inserir links (urls) dentro do comentário, caso contrário o mesmo será deletado por nossa equipe.
Voltar ao topo
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.