Blog do Geraldo José - Curaçá promove evento contra abuso e exploração sexual
Vale do São Francisco - 21 de Agosto de 2017
|
Redação: (74) 3613-3479
publicado em 20 de Maio / 2013 às 21:30

Curaçá promove evento contra abuso e exploração sexual

 

Sábado, 18 de maio, aconteceu um evento de reflexão ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes realizado pela Prefeitura Municipal de Curaçá, por meio da Secretaria Municipal de Ação Social e Cidadania – SMASC. O evento começou com uma grande caminhada pelas principais ruas de Curaçá, saindo da Praça José G. Luna indo até o Teatro Raul Coelho, a qual teve participação de vários estudantes de escolas municipais e estaduais da Cidade, e também participaram membros do PETI, grupos de capoeira e fanfarras locais. No Teatro Raul Coelho houve apresentações de danças, fantoches e grupo de capoeira, todos passando mensagens de incentivo às denuncias contra o Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

O “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, instituído pela Lei Federal 9.970/00, no dia 18 de Maio, é uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no território brasileiro. Esse dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune (http://saojoaquimonline.com.br).

Em Curaçá, Mobilização do 18 de Maio se estendeu até essa segunda, 20, com uma blitz na feira, em que veículos foram abordados com o objetivo de deixar o adesivo com a logomarca do Movimento. Muitos condutores aderiram. Além disso, houve um ato público. “Precisamos denunciar, só a denúncia aos órgãos públicos vai acabar com esse problema que se mantém presente justamente devido o silêncio das vítimas e das pessoas que veem e não denunciam”, frisou Emerson Leitão, Conselheiro Tutelar. A Mobilização contou com a colaboração de toda rede sócio assistencial, CREAS, CRAS, Conselho Tutelar, CMDCA, CMAS, SAÚDE, EDUCAÇÃO E CAPS. As Secretarias Municipais de Governo, Administração e Finanças, Desenvolvimento Rural, Infraestrutura, Saúde e Educação fizeram parte da parceria junto com o Ministério Público, Policia Militar, SAAE, Igrejas, Teatro Raul Coelho, Ejucc, Mercadinho Varjão, Supermercado Pague Menos e Câmara de Vereadores, e Cras II das Agrovilas.

Informações de Maurízio Bim e Victor Santos, Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Curaçá
POSTAR
nenhum comentário
Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do blog. Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído por nossa equipe.

É proibido inserir links (urls) dentro do comentário, caso contrário o mesmo será deletado por nossa equipe.
Voltar ao topo
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2017. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.