Blog do Geraldo José - Mais Futuro oferece estágio e auxílio permanência para estudantes
Vale do São Francisco - 16 de Agosto de 2017
|
Redação: (74) 3613-3479
publicado em 20 de Março / 2017 às 10:24

Mais Futuro oferece estágio e auxílio permanência para estudantes

Com o objetivo de promover a permanência e melhorar o desempenho de estudantes das universidades estaduais baianas, as inscrições para o Programa Mais Futuro seguem abertas até o dia 31 de março. A iniciativa garante vagas de estágio e auxílio para que universitários de baixa renda possam concluir os cursos. Para participar, o as alunos devem se cadastrar através do site do Programa Mais Futuro. Em caso de dúvidas, o estudante pode ligar para 0800 071 8956, inclusive por celular.

Fabrício Filgueira, estudante de comunicação social da Universidade do Estado da Bahia, pensou em desistir do curso algumas vezes. “Eu vim de Teolândia para estudar aqui em Salvador e os gastos com transporte, alimentação e material de estudo fazem com que minha permanência aqui fique complicada. Esse programa vai ser uma salvação, eu tenho certeza que com esse apoio eu vou ficar no curso até o fim e realizar meu sonho de trabalhar com assessoria de comunicação e relações públicas”. 

O valor da bolsa é de trezentos reais para quem estuda a até cem quilômetros de onde mora, ou de R$600 para os que vivem a uma distância maior. Estando dentro do perfil do programa, o estudante poderá receber o auxílio desde o primeiro semestre até completar dois terços do curso. No terço final da graduação, os beneficiários terão a opção e prioridade para ingressar em vagas de estágio de nível superior ofertadas por órgãos e secretarias do Governo do Estado.

O pagamento das bolsas será feito diretamente ao próprio estudante, através de cartão, em conta bancária criada exclusivamente com essa finalidade. Entre os critérios para participar do Programa Mais Futuro estão: ter registro atualizado no Cadastro Centralizado de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico); não possuir vínculo empregatício e não ter concluído qualquer outro curso de nível superior. 

Até o fim de 2018, cerca de R$ 50 milhões serão investidos pelo governo de estado no programa. Para o secretário da Educação, Walter Pinheiro, investimento dialoga com outras políticas do governo do estado. “É um investimento nas pessoas. Nosso objetivo é preparar os estudantes para o futuro. Queremos dar suporte para que eles não abandonem a universidade e também possam evoluir profissionalmente através de estágios e até mesmo contribuir com a outra parte da rede na educação básica, no ensino e na educação profissional”.

Secom Bahia
POSTAR
nenhum comentário
Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do blog. Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído por nossa equipe.

É proibido inserir links (urls) dentro do comentário, caso contrário o mesmo será deletado por nossa equipe.
Voltar ao topo
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2017. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.