Blog do Geraldo José - Deputado Roberto Carlos quer justiça para os familiares das vítimas do naufrágio da lancha Cavalo Marinho I
Vale do São Francisco - 24 de Setembro de 2017
|
Redação: (74) 3613-3479
publicado em 13 de Setembro / 2017 às 10:00

Deputado Roberto Carlos quer justiça para os familiares das vítimas do naufrágio da lancha Cavalo Marinho I

O deputado Roberto Carlos (PDT) participou da Audiência Pública para ouvir os familiares das vítimas do naufrágio da lancha Cavalo Marinho I, que faziam a travessia Salvador/Mar Grande, no Plenarinho da Assembleia Legislativa da Bahia, nesta terça-feira (12). Depois de ouvir os relatos emocionantes dos sobreviventes e dos que perderam familiares e amigos na tragédia, o parlamentar foi enfático e disse que os culpados devem ser responsabilizados. “Em primeiro lugar, quero deixar registrada a minha solidariedade e respeito aos familiares e amigos vítimas desta tragédia e dizer que, como representante do povo, vou lutar para assegurar que a justiça seja feita. Este episódio não vai ficar impune. Tenho certeza de que contarei com o apoio dos meus pares nesta causa que sensibilizou, não apenas o nosso Estado, mas todo o país, disse o deputado Roberto Carlos.  

Ascom Dep. Roberto Carlos
POSTAR
2 comentários
Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do blog. Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído por nossa equipe.

É proibido inserir links (urls) dentro do comentário, caso contrário o mesmo será deletado por nossa equipe.
publicado em 13 de Setembro / 2017 às 16:00
José Paulo

Vergonha é o nome disso. Vá cobrar do seu Governo que Privatizou o transporte Maritímo.

publicado em 13 de Setembro / 2017 às 23:31
Maria do Socorro - a legítima

Promoção em cima do sofrimento dos outros. Enquanto isso a operação DETALHES submergiu nas poeiras das gavetas da PF em Juazeiro.

Voltar ao topo
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2017. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.