Blog do Geraldo José - Estudante de Ciências Biológicas da Univasf recebeu prêmio em congresso internacional de Genética
Vale do São Francisco - 23 de Novembro de 2017
|
Redação: (74) 3613-3479
publicado em 14 de Novembro / 2017 às 20:33

Estudante de Ciências Biológicas da Univasf recebeu prêmio em congresso internacional de Genética

A estudante da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) Ingrid Giovana Vieira, do curso de Ciências Biológicas, recebeu menção honrosa por um trabalho apresentado no Brazilian–International Congress of Genetics 2017. O evento, que aconteceu na cidade de Águas de Lindóia, interior de São Paulo, em setembro, reuniu, em sua 63ª edição, pesquisadores renomados no assunto em nível nacional e internacional. Seu objetivo foi divulgar e discutir temáticas atuais na área de Genética.

Ingrid apresentou o trabalho em formato de pôster na área de genética vegetal. Sua pesquisa consistiu em avaliar a ação tóxica das vagens de umburana de cheiro sobre células de cebola a fim de entender os efeitos adversos que o uso indiscriminado desta planta pode provocar. No Congresso, a estudante apresentou os resultados, segundo os quais o extrato de vagens de umburana causa alterações no ciclo celular e até danos no nível do DNA nos organismos testados.

Este projeto foi desenvolvido por Ingrid sob a orientação da professora do Colegiado de Ciências Biológicas (CCBIO) Kyria Bortoleti, no laboratório de Citogenética, em parceria com o professor do CCBIO Dráulio Costa. Segundo Kyria a pesquisa foi motivada pelo fato da umburana de cheiro apresentar atividade anti-inflamatória, analgésica, antiespasmódica, isto é, previne espasmos e é broncodilatadora, que aumenta a passagem de ar pelos brônquios, melhorando a respiração.

A professora ressalta que premiações como esta motivam os discentes e os estimulam a produzir e a publicar as pesquisas científicas de qualidade. “Premiações como a de Ingrid são importantes, porque contribuem para a difusão de conhecimento das pesquisas realizadas na Univasf e reafirmam que, mesmo diante do difícil cenário econômico que estamos vivenciando, continuamos a desenvolver pesquisas científicas de qualidade no semiárido nordestino”, afirma Kyria.

Ascom-Univasf
POSTAR
1 comentário
Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do blog. Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído por nossa equipe.

É proibido inserir links (urls) dentro do comentário, caso contrário o mesmo será deletado por nossa equipe.
publicado em 15 de Novembro / 2017 às 10:34
PROFESSOR ENOOC EVANGELISTA

FOI MINHA ALUNA, JÁ SABIA DO SUCESSO, ESSA MENINA VAI LONGE.

Voltar ao topo
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2017. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.