Blog do Geraldo José - OBRA DE DEMOLIÇÃO DE PATRIMÔNIO HISTÓRICO VOLTA A SER EMBARGADA PELA SEMAURB. CONFIRA NOTA DA PMJ
Vale do São Francisco - 19 de Outubro de 2018
|
Redação: (74) 3613-3479
publicado em 12 de Fevereiro / 2018 às 13:27

OBRA DE DEMOLIÇÃO DE PATRIMÔNIO HISTÓRICO VOLTA A SER EMBARGADA PELA SEMAURB. CONFIRA NOTA DA PMJ

Prepostos da Semaurb (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano) com apoio da Guarda Municipal voltaram a interditar a obra de demolição do imóvel tombado por integrar o patrimônio histórico da cidade, localizado na Avenida Dr. Juvêncio Alves, nº 100, na manhã desta segunda-feira (12)

Neste domingo (11) o Blog informou que o processo de demolição do prédio estava em andamento e sem a interferência de qualquer preposto da prefeitura de Juazeiro.

A Assessoria da Semaurb confirmou ao Blog que a fiscalização municipal esteve no local nesta segunda-feira e constatou que estavam continuando com a demolição mesmo com a obra embargada. Foi aplicado novamente o auto de embargo e os maquinários foram retirados do local. A Fiscalização e a Guarda Civil Municipal estão acompanhando todos os atos e as medidas cabíveis quanto ao descumprimento dos autos serão adotadas.

NOTA OFICIAL DA SEMAURB

A Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (SEMAURB) afirma que a demolição do prédio localizado na Rua Juvêncio Alves, Nº 100, estava embargada sim, porém o proprietário desobedeceu ao embargo. Na manhã desta segunda-feira (12) a equipe de fiscalização da SEMAURB esteve no local e recolheu todo o maquinário e manteve o embargo. O proprietário irá sofrer sanções administrativas, entre elas, multas, por ter descumprido o embargo e realizado uma demolição sem ter licenciamento para tal ato. 

Da Redação
POSTAR
24 comentários
Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do blog. Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído por nossa equipe.

É proibido inserir links (urls) dentro do comentário, caso contrário o mesmo será deletado por nossa equipe.
publicado em 12 de Fevereiro / 2018 às 14:04
Propina

Depois que derrubam....!?

publicado em 12 de Fevereiro / 2018 às 14:30
Cidadão Juazeirense

Depois que o prédio já foi demolido a Semaurb aparece. kkkkkkkkkkkkkkkkk. Por que será. kkkkkkkkkkkk.

publicado em 12 de Fevereiro / 2018 às 15:36
Cicero

juazeiro É UMA CIDADE ATRASADA MESMO. GOSTA DE FOFOCA, NUNCA CRESCE.

publicado em 12 de Fevereiro / 2018 às 15:51
Carlao

embargar agora depois de derrubado? kkkkkkkk

publicado em 12 de Fevereiro / 2018 às 16:09
Depois que a escavadeira rapou até o chão.

Eis que chega eles, depois do serviço feito 100%. Parece até combinado.

publicado em 12 de Fevereiro / 2018 às 16:55
Vasconcelos

Absurdo desses do em Juazeiro cidade sem comando as autoridades não está nem ai

publicado em 12 de Fevereiro / 2018 às 17:35
ISAIAS PEREIRA DA SILVA

PENSE NUMA PIADA DE SALÃO, POBRE. DEPOIS DE DERRUBADO E MORTO, O CHORORO É GRANDE, TENTANDO JUSTIFICAR O INJUSTIFICAVEL.

publicado em 12 de Fevereiro / 2018 às 17:49
em lutas tamem

agora ja era , depois que derrubou vai fiscalizar , estão na historia dos cegos do patrimônio histórico Juazeirense .

publicado em 12 de Fevereiro / 2018 às 18:44
Ave Maria

Cícero, sua opinião é a minha. Que tanto burburinho é esse. Demoliu, tá demolido. Agora é aguardar o que vão fazer.

publicado em 12 de Fevereiro / 2018 às 18:45
Ave Maria

Cícero, sua opinião é a minha. Que tanto burburinho é esse. Demoliu, tá demolido. Agora é aguardar o que vão fazer.

publicado em 12 de Fevereiro / 2018 às 19:00
Juazeirense desacreditado.

Agora que eles aparecem?? Kkkkk. Essa Semaurb só funciona para coibir os fracos, aí mais uma prova... Pense numa palhaçada kkkkk. Infelizmente nossa cidade nas mãos dessas pessoas despreparadas só dá nisso...

publicado em 12 de Fevereiro / 2018 às 19:15
Marcio

Queria saber onde é que derrubar um prédio antigo p fazer mais um galpão significa crescimento, se fossem construir um prédio diferenciado menos mal, mas se formos ver a historia a maioria dos casarões da orla se transformaram nesses galpões horríveis que abrigam as lojas de móveis.

publicado em 12 de Fevereiro / 2018 às 19:49
RAIMUNDO FERNANDO VALVERDE DA SILVA

Como perguntar não ofende, quem é o real proprietário que autorizou a demolição do imóvel?

publicado em 12 de Fevereiro / 2018 às 20:10
Micael

A administração dos discursos e propagandas furadas. Toda vez que a população critica, mostra erros da administração sempre vem um dizer uma falácia. O textos são os mesmos, prestem atenção: se é uma rua que não foi pavimentada ou está esburacada, o "secretariozinho" diz que espera um repasse do governo, que a obra está no calendário, etc. Embargou depois que derrubou? Pelo amor de Deus, os secretários precisam estudar mais pouco para aprender a dar novas "desculpas", o discurso de vocês parece CD ralado.

publicado em 12 de Fevereiro / 2018 às 20:32
Joaquim - Amo PT, Amo Lula e os blog

Nada é mais revelador da "escravidão do jornalismo brasileiro" do que o silêncio no momento em que a última ala da Paraíso do Tuiuti entrou na Sapucaí; "Ninguém no estúdio da Globo se atreveu a narrar o que via. Uma cena patética e constrangedora. Durante longos minutos as imagens mostravam uma plateia vibrando com o carro alegórico que trazia em destaque um Temer Vampirizado", retrata Florestan; "Só faltou a Tuiuti mostrar os repórteres escravos dos senhores da comunicação que não têm liberdade sequer para dizer o que todos viram em cores e ao vivo",

publicado em 12 de Fevereiro / 2018 às 21:18
Carlos Martins

Quem é o proprietário da obra mesmo.?

publicado em 12 de Fevereiro / 2018 às 21:41
Coxinha O tá rio - Bozonaro mamador

Nos meus mais de 70 anos nunca pensei ver o meu Pais submetido a uma palhaçada politica com apoio de alguns brasileiros alienados e frívolos. Pensar que o Brasil FOI um dos BRICS em um certo momento, um dos países lideres entre os grandes emergentes. Hoje Russia, China e Índia devem estar rindo de nós, deixamos de ser um Pais para ser um circo mambembe”.

publicado em 13 de Fevereiro / 2018 às 06:42
o bem observado

oxe, tá um pouco atrasado não?!?! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk essa prefeitura do melhor prefeito de todos os tempos só faz trapalhada kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

publicado em 13 de Fevereiro / 2018 às 08:18
Wellington Torres

Que vire mais uma mega-loja que usa a mega infraestrutura urbana centenária da orla da cidade... Que atraia mais gente, mais carros, mais esgoto, mais lixo descartado no entorno do rio, etc... Depois a gente vai reclamando de cada problema individualmente, e bota a culpa na prefeitura!!! Isso é fichinha... Já nos acostumamos!

publicado em 13 de Fevereiro / 2018 às 08:45
ligado

A 28 de setembro que e da prefeitura esta caindo e ela não reforma . Tem mais abandonados no centro. semec , santa casa , um que fica na frente desse ai que demoliram, um ao lado da receita federal e etc.

publicado em 13 de Fevereiro / 2018 às 09:34
O verdadeiro

O dono atual é filho de Raimundo da belo horizonte

publicado em 13 de Fevereiro / 2018 às 10:15
ACORD@DINHO - *_*@*_*

COMO SEMPRE DIGO: OLHEM BEM ESSAS FOTOS E ME DIGAM O QUE AINDA EXISTE AÍ PARA SER EMBARGADO? NESSE RACIOCÍNIO, BOAS PERGUNTAS AQUI FORAM FEITAS! PIOR QUE ISSO SÃO AS COBRANÇAS EXTORSIVAS DE TAXAS E SOBRETAXAS IMPOSTAS, E TODOS FICAM CALADINHOS.

publicado em 13 de Fevereiro / 2018 às 12:33
Ismael almeida

Termina de derrubar, ja começou, polêmica desnecessária. Deveria-se questionar ao proprietario o que vai ser construído no lugar, é preciso ouvir as partes envolvidas.

publicado em 13 de Fevereiro / 2018 às 14:39
OBRAS

AGORA VÁ NA SECRETARIA COM UM PROJETO DE UMA CASA ONDE NA REPRESENTAÇÃO GRÁFICA (PLANTA) NÃO MOSTRE UNS QUADRADINHOS MOSTRANDO QUE VAI SER COLOCADO REVESTIMENTO CERÂMICO NA PAREDE PRA VOCÊ VER SE O PROJETO NÃO VOLTA NA HORA..... " DIZENDO ELES QUE TÁ ERRADO", AGORA NA HORA DE MEXER COM GENTE GRANDE A ESTÓRIA É OUTRA.....

Voltar ao topo
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2018. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.