Blog do Geraldo José - Credibilidade e imparcialidade
25 de Junho de 2018

FORAM ENCONTRADOS 4 REGISTROS PARA A PALAVRA: João Gilberto Guimarães Sobrinho

publicado em 06 de Março / 2018 às 23:00

Com a licença do leitor

“O índice de leitura, indica que o brasileiro lê apenas 4,96 livros por ano – desses, 0,94 são indicados pela escola e 2,88 lidos por vontade própria. Do total de livros lidos, 2,43 foram terminados e 2,53 lidos em partes. A média anterior era de 4 livros lidos por ano. Os dados foram revelados na tarde desta quarta-feira, 18, e integram a quarta edição da Pesquisa Retratos da Leitura no Brasil” (Estadão2016). Considerando que a leitura é...

publicado em 27 de Julho / 2017 às 10:00

Artigo - A permanência no poder é a ferrugem da política

A crise política brasileira já se transforma num mal irremediável, como numa montanha russa de grandes decepções temos assistido a derrocada de todos os princípios éticos na política, que em sua gênese deveria proteger os interesses da comunidade, mas transmutou-se num grande engodo, um farto instrumento da injustiça, da concentração de renda e da permanência no poder. Se antes chamava-se de teoria da conspiração o fato obscuro...

publicado em 24 de Março / 2017 às 12:00

Espaço do Leitor: Pela Cultura de juazeiro (2)

Da margem pra dentro, uma breve reflexão. A cultura de um povo é antes de tudo a sua maior referência, o reflexo de sua identidade, e em juazeiro não é diferente, são muitas identidades. Se considerarmos o fator histórico e geográfico não é difícil entender que Juazeiro é estrategicamente um polo difusor no norte da Bahia, berço de grandes talentos artísticos, esta cidade emana uma aura mística, uma espécie de ideia...

publicado em 02 de Março / 2017 às 13:30

Março é o mês da poesia

Geraldo, como estamos entrando no mês da poesia, envio este poema sobre a nossa querida Juazeiro, que apesar dos pesares, fica mais bonita até quando chove. Segue também, para ilustrar, um trabalho  do artista e parceiro Iehoshua Iahueh. Grande abraço! Até sem o sol seremos Juazeiro é tão deveras como toda via foge o sol descansa o dia nubla o tempo a rubra cor. até o cinza é poesia. Verde era um rio sob nuvens de antes de ontem, era...

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2018. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.