Blog do Geraldo José - Reminiscências... Cauby Peixoto em Juazeiro
23 de Novembro de 2017
publicado em 16 de Maio / 2016 às 23:00

Reminiscências... Cauby Peixoto em Juazeiro

Em 23 de novembro de 1961, Gilbrás em  meio  aos seus inúmeros empreendimentos artísticos, traz à Juazeiro o considerado "Príncipes dos Cantores" do Rádio Brasileiro, Cauby Peixoto. A apresentação aconteceu no Cine São Francisco para deleite do povo desta terra, em pleno sucesso da música Conceição.  Da Esquerda/Direita: Cauby Peixoto, Antônio Assunção (locutor da Marabá Publicidade), Seu Galo, Adalberto Santos (músico de Petrolina), Marcy Ramos (filha de Antônio Sorvetão) e a empresária do cantor.

(Acervo de Eurípedes Alves Lima - Seu Galo)

Enviado por Rosi Costa Diretora do Museu Regional do São Francisco
POSTAR
4 comentários
Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do blog. Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído por nossa equipe.

É proibido inserir links (urls) dentro do comentário, caso contrário o mesmo será deletado por nossa equipe.
publicado em 17 de Maio / 2016 às 00:14
ACORD@DINHO - *_*@*_*

Belíssima reminiscência... Gostei demais...!!!

publicado em 17 de Maio / 2016 às 06:04
jua.petro

Quanta diferença, há 55 anos, Juazeiro trazia cantores da qualidade de do grande Cauby, hoje, vamos de Rei da Cacimbinha, Wesley Safadão e Pablo do Arrocha. Imagine se não tivessemos evoluidos?

publicado em 17 de Maio / 2016 às 13:06
Professor Edi Santana

Sem querer criar polêmicas, essa foto retrata que regredimos muito culturalmente. Há 50 anos trazíamos personalidades da estirpe de Cauby Peixoto na sua melhor fase. Hoje não vejo shows em nossa cidade com artistas dessa envergadura.

publicado em 17 de Maio / 2016 às 19:44
DAVID LIMA

Que saudade me dá eu tinha 14 anos ,belos tempos belos dias Seu Galo e sua radio cultural de Juazeiro

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2017. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.