Blog do Geraldo José - TRE-BA e prefeitura celebram acordo para recadastrar mais de 110 mil eleitores em Juazeiro
20 de Novembro de 2017
publicado em 12 de Junho / 2017 às 17:25

TRE-BA e prefeitura celebram acordo para recadastrar mais de 110 mil eleitores em Juazeiro

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) e a Prefeitura de Juazeiro assinaram nesta segunda-feira (12/6) termo de parceria e cooperação técnica para possibilitar o recadastramento biométrico dos eleitores do município. Segundo o presidente do TRE-BA, desembargador José Edivaldo Rocha Rontondano, o objetivo é biometrizar os 118.544 restantes até 19 de dezembro deste ano. 

“Dos quase 150 mil eleitores em Juazeiro, apenas 19% se encontram biometrizados. O eleitor que não fizer o recadastramento biométrico dentro do prazo estipulado pelo TSE terá o título cancelado. Minha preocupação maior é que muitos, além de não poderem votar, deixarão de ter acesso a benefícios sociais, como o bolsa-família, sem mencionar a impossibilidade de matrícula em instituições de ensino, requisição de CPF e passaporte”, afirmou o desembargador Rotondano. 

Com a parceria, caberá à prefeitura cessão de servidores, mobiliário e espaço para a instalação de um posto avançado de atendimento nos distritos. "Forneceremos pessoal e equipamentos para o recadastramento nos distritos mais distantes. A prefeitura de Juazeiro se coloca à disposição no que for necessário para facilitar a biometria em todo município", declarou o prefeito Paulo Bomfim. 

Em Juazeiro, o recadastramento biométrico deve ser realizado no Fórum Eleitoral (Rua dos Bandeirantes, S/N, João XXIII), de segunda a sexta-feira, das 7h às 14h.  Dúvidas e informações podem ser obtidas por meio dos números (74) 3611-5505 ou (74) 3611-5219. 

Além do presidente do TRE-BA e do prefeito de Juazeiro, a cerimônia contou com a participação do juiz da 48ª Zona Eleitoral, José Carlos Nascimento; do presidente da Câmara Municipal, Alex Tanuri; da Secretária de Educação e Juventude, Lucinete Alves Silva; do promotor eleitoral, Rildo Menezes Carvalho; procurador-geral do município, Eduardo José Fernandes dos Santos e da coordenadora do Projeto Eleitor do Futuro, Adriana Passos. 

Eleitor do Futuro em Juazeiro  

Na ocasião, foi assinado também um termo de parceria entre a Secretaria de Educação Municipal da cidade e a Escola Judiciária Eleitoral da Bahia (EJE-BA) para ampliação do ‘Projeto Eleitor do Futuro’ pelo interior do estado. A ideia de levar o projeto aos colégios dos municípios baianos segue determinação da diretora da EJE-BA, juíza Patrícia Cerqueira. Na cerimônia, a EJE/BA foi representada pela servidora Adriana Passos, coordenadora do Projeto Eleitor do Futuro. Antes disso, durante a manhã, estudantes e educadores do Colégio Municipal Paulo VI, em Juazeiro, tiveram a oportunidade de participa das diversas ações integrantes do projeto. 

Ascom/Justiça Eleitoral
POSTAR
3 comentários
Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do blog. Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído por nossa equipe.

É proibido inserir links (urls) dentro do comentário, caso contrário o mesmo será deletado por nossa equipe.
publicado em 12 de Junho / 2017 às 21:09
#2020PRECISASERDIFERENTE

43734+23212+1494=68440 contra 46183... Fora os votos nulos e que não foram votar. 68.440 juazeirenses disseram NÃO e nessa eleição mais injusta que houve... Juazeiro quer é 2° TURNO, JÁ!

publicado em 12 de Junho / 2017 às 21:20
Juazeirense

Espero que coloquem um posto de atendimento no centro facilitaria muito para quem trabalha pois na atual situação não tá valendo todo este sacrifício .

publicado em 13 de Junho / 2017 às 07:49
o bem observado

JUAZEIRENSE, se brincar vao por o posto no shoppen pra o povo ter que gastar passagem pra ir até lá se regularizar, tudo agora não converge pra lá? enquanto isso, o acesso continua ruim para quem não tem carro nem carona

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2017. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.