Blog do Geraldo José - ESPAÇO DO LEITOR: QUEM COM MUITAS PEDRAS BOLE, UMA LHE DÁ NA CABEÇA!
21 de Novembro de 2017
publicado em 08 de Novembro / 2017 às 11:44

ESPAÇO DO LEITOR: QUEM COM MUITAS PEDRAS BOLE, UMA LHE DÁ NA CABEÇA!

Não há a menor dúvida de que a sabedoria popular tem uma parcela de ensinamento incontestável nesta vida que, ao longo da história, vem servindo para “abrir os olhos” dos desprevenidos e desastrados, notadamente, daqueles que, apossando-se de determinados cargos ou funções, fazem deles uma extensão de si mesmos e das suas próprias casas, onde cada um faz o que quer.

Malgrado pensem assim esses caudilhos, pois, na sua confusão entre o que é seu e o que é do Estado, portanto do povo, eles se enrolam, misturam as tintas e terminam por se apoderarem do público, confundindo-o com o privado.

Assim é que o Presidente Temer, segundo matéria divulgada no “Blog spot.com.br/2017/03/a guerra civil acaba de ser declarada.htlm/m=”, teve o seu mandato questionado pela Ordem dos Advogados do Brasil, no que diz respeito aos desmandos nele havidos, tais como: Reforma da Previdência Social; Pecs (Projetos de Emenda Constitucionais) editadas de maneira aviltantes; vinte anos de gastos públicos congelados; venda desmedida e sem critério de estradas, aeroportos, hidrelétricas, ferrovias, petróleo, àgua potável e tudo mais, como bem entende, como que se tais patrimônios fossem seus e não da Nação Brasileira. Tudo isso como se já não tivessem destruído o Brasil nos últimos trinta anos em que estiveram no governo, permitindo, inclusive, a tal “Carne fraca” no maior pais exportador e produtor de proteína animal do mundo. Tudo isso sem falar no rombo da Petrobrás e no jogo das propinas.

Assim se conduzem os caudilhos quando estão nos governos. E o povo? O povo não tem importância!  O povo estará sempre em segundo plano. O povo só é acariciado em épocas de eleição; porque basta um aceno de mão de um homem desses e, tudo estará esquecido.

Naquilo que diz respeito à Reforma da Previdência Social, uma Comissão Mista do Senado e da Câmara terminou um levantamento onde encontrou uma Previdência superavitária em muitos milhões de reais, sendo que o grande responsável pelo rombo da mesma são as grandes empresas nacionais, e a Previdencia não tem raça e nam força para cobrar das mesmas.  Simplesmente porque quem as dirige são homens indicados por políticos, e a Previdência Social não tem nenhuma intenção de peitá-los, fazendo-as pagar os bilhões e bilhões de reais que devem à Previdência Social.

Então, ao invés de cobrar de quem realmente deve, vamos cobrar de quem não deve  e de quem não tem bons Advogados à sua disposição para embargar tais pagamentos: os operários, os trabalhadores, aqueles que ganham o pão de cada dia com maior dificuldade.  

Casualmente seja verídico o que esse blog está anunciando, do caso do estremecimento das relações entre o Alvorada e a OAB (Brasil), novamente voltamos a sentir orgulho de fazer parte de uma instituição que não se deixa dobrar e que não se amedronta diante de qualquer que seja a situação política do Brasil, pois assim ela foi idealizada pelo Advogado Francisco Acayaba de Montezuma, (Barão de Jequitinhonha), nos idos de l843, para, em sendo a Casa de Montezuma, voltar-se contra tudo que tenciona, pelo menos, arranhar o direito neste país.

Eu, embora não sobreviva do Instituto da Advocacia, porém, tenho perfeitamente em dia, todas as minhas obrigações para com o meu órgão de classe. Posso ser um advogado a qualquer momento, assim eu o deseje, ou assim a necessidade requeira.

Pertencer a uma classe Profissional que é, ao mesmo tempo, os olhos e o coração da Pátria, é gratificante para qualquer cidadão. Por isso que em vinte anos de formado na Advocacia, jamais deixei um ano sequer, sem pagar a anuidade da OAB Juazeiro, Secção Bahia, onde com muito orgulho detenho a inscrição nº 733-B.

Em uma instituição como esta, onde grande vultos nacionais nela fizeram morada emprestaram sua inteligência, ergueram a sua voz nos momentos mais difíceis pelos quais passou a Nação Brasileira, qualquer um brasileiro teria e terá orgulho em pertencer aos seus quadros.

Quanto ao Presidente Temer eu continuo a dizer: Quem com muitas pedras bole, uma lhe dá na cabeça!

Dr. Carlos Augusto Cruz Médico/Advogado
POSTAR
nenhum comentário
Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do blog. Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído por nossa equipe.

É proibido inserir links (urls) dentro do comentário, caso contrário o mesmo será deletado por nossa equipe.
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2017. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.