Blog do Geraldo José - Julio Lóssio se coloca como terceira via na polarização aberta entre o governador Paulo Câmara (PSB) e Fernando Bezerra Coelho
24 de Outubro de 2018
publicado em 19 de Janeiro / 2018 às 21:00

Julio Lóssio se coloca como terceira via na polarização aberta entre o governador Paulo Câmara (PSB) e Fernando Bezerra Coelho

Ex-prefeito de Petrolina, Julio Lóssio participou do primeiro encontro realizado pela Rede, ontem, para discutir sua filiação partidária e se apresentar como pré-candidato ao governo do estado. Ele será o primeiro postulante da legenda ao Palácio das Princesas e defenderá o palanque presidencial da ex-ministra Marina Silva. Após se licenciar do MDB, partido que recebeu em seus quadros o senador Fernando Bezerra Coelho, seu principal adversário político, Lóssio defendeu a apresentação de uma agenda pós-Eduardo Campos que seja capaz de discutir o futuro e as mudanças necessárias para o estado.

Lóssio se colocou como terceira via na polarização aberta entre o governador Paulo Câmara (PSB) e Fernando Bezerra Coelho. “Eu tenho até uma relação boa com o governador, ele é uma pessoa do bem, diferente de alguns adversários dele, mas penso que esse ciclo do PSB está se esgotando. Por outro lado, esse grupo de oposição que se uniu agora governou Pernambuco muitas vezes, esteve no poder e todos comiam na cartilha de Eduardo, o único que não fez isso fui eu. Então, penso que a gente pode olhar para frente e não ficar discutindo se o projeto de Eduardo acabou ou não. FBC agora quer ser filho de Eduardo, veja que coisa” provocou.

Com 46 anos e dois mandatos de prefeito pela principal cidade do Sertão do São Francisco, Lóssio ironizou o fato de o PSB considerar que sua candidatura vai ajudar Paulo Câmara no embate contra Fernando Bezerra, também pré-candidato. Ele contou que, ainda menino, quando chegou ao Recife aos 14 anos, duvidaram que ele conseguiria passar no vestibular de medicina, por estudar num colégio público. Depois, continuou o ex-prefeito, disseram que seria “difícil” montar um banco de olhos para fazer transplante de córnea em Petrolina e, em seguida, duvidaram que ele fosse se eleger prefeito do mesmo município. “Na época, Gonzaga Patriota (hoje deputado federal) teve o apoio de Lula e Eduardo e eu ganhei. Então, estou acostumado com esse comentário. Eu nasci na descrença e isso não me desanima. Me estimula”.  

No encontro organizado pela Rede para apresentá-lo, o ex-prefeito falou sobre educação sustentável. Indagado porque estava iniciando uma campanha com o tema, considerado menina dos olhos de Paulo Câmara, ele respondeu que o assunto tem relação direta com a violência. “Digamos que há 150 mil meninos no ensino fundamental e apenas 95 mil chegam ao ensino médio. Onde estão os outros 55 mil que saíram do sistema? Temos que ir atrás desses meninos. Se você pensar num horizonte de dez anos, há meio milhão de pessoas que foi tirada do sistema e muitas podem se transformar em matéria-prima para a violência”, declarou.

Lóssio afirmou que o programa educacional implantado em Pernambuco foi ideia do ex-presidente da Philips Marcos Magalhães e tem sucesso por causa da continuidade. Ele lembrou que a educação integral começou no governo Jarbas Vasconcelos, manteve-se na gestão de Eduardo Campos e de Paulo Câmara. “Não vamos descontinuar políticas públicas que deram certo, vamos melhorar”, declarou.

Diário Pernambuco
POSTAR
1 comentário
Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do blog. Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído por nossa equipe.

É proibido inserir links (urls) dentro do comentário, caso contrário o mesmo será deletado por nossa equipe.
publicado em 22 de Janeiro / 2018 às 12:13
antenado

LÓSSIO FOI UM PÉSSIMO PREFEITO PARA PETROLINA QUE PAROU NO TEMPO POR 08 ANOS. IMAGINA SE FOR GOVERNADOR. ME DEIXE.

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2018. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.