Blog do Geraldo José - Beijo forçado e qualquer outro tipo assédio será considerado estupro, avisa chefe de polícia
22 de Outubro de 2018
publicado em 09 de Fevereiro / 2018 às 22:45

Beijo forçado e qualquer outro tipo assédio será considerado estupro, avisa chefe de polícia

No Carnaval de Pernambuco, Bahia não haverá espaço para passada de mão, puxões no braço e no cabelo e beijos forçados. O chefe da Polícia Civil, Joselito Kehrle do Amaral, avisou, que não será tolerado nenhum tipo de assédio e que atos deste tipo resultarão em prisão em flagrante. “O beijo forçado ou qualquer tipo de assédio, será classificado como estupro”, reforçou, em coletiva de imprensa sobre o esquema de segurança para o Carnaval.

De acordo com a Secretaria de Defesa Social (SDS), as polícias Civil e Militar estarão atentas a possíveis abusos contra mulheres. Também serão disponibilizados pontos de atendimento especializado no Recife e em Olinda para uma resposta mais eficiente contra os crimes.

Kehrle destacou que os policiais estarão preparados e atentos para autuar em flagrante quem cometer qualquer tipo de abuso. “As equipes já estão orientadas nesse sentido. Os autores desses crimes serão presos e autuados em flagrante”, frisou.

 

SDS
POSTAR
3 comentários
Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do blog. Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído por nossa equipe.

É proibido inserir links (urls) dentro do comentário, caso contrário o mesmo será deletado por nossa equipe.
publicado em 10 de Fevereiro / 2018 às 05:49
QUIM

POIS É,FALTA UMA VIRGULA NESTA FRASE ! COMO ESTA ESCRITO,SUBENTENDE-SE,QUE O 'NÃO' É 'SIM'. O CERTO É : 'NÃO,É NÃO !'.OU ESTAREI ENGANADO ?

publicado em 10 de Fevereiro / 2018 às 14:12
Nonato dos santos

Será que não seria melhor, NÃO, E NÃO, pra que o acento agudo no "É" se a palavra NÃO, em si, já é sinônimo de negatividade.

publicado em 14 de Fevereiro / 2018 às 09:50
Sincero

Eu acho válido no sentido de que é horrível quando o cara agarra à força, puxa os cabelos e passa mão. Mas tá ficando chato essas coisas pois intimida quem é adepto daquela paquera saudável, tradição de carnaval. E no caso de quando a menina, quase nua, bêbada, se esfrega nos homens? Não deveria haver também alguma campanha não? Porque, quem é homem mesmo não resiste.

© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2018. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.