Blog do Geraldo José - Trabalhadoras rurais participam de homenagem ao dia Internacional da Mulher
25 de Junho de 2018
publicado em 08 de Março / 2018 às 21:30

Trabalhadoras rurais participam de homenagem ao dia Internacional da Mulher

Jaqueline Ferreira é trabalhadora rural e reside em Lagoa das Pedras, distrito de Pinhões, em Juazeiro-BA. Assim como muitas mulheres sertanejas, Jaqueline trabalha com a criação de caprinos e ovinos e com a plantação de produtos da agricultura familiar. Na manhã desta quinta-feira (08), Jaqueline e outras 80 mulheres rurais participaram de um evento alusivo ao dia Internacional da Mulher, realizado no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Juazeiro (STRJ).

O encontro foi animado pela diretoria do STRJ que debateu sobre os direitos das mulheres, trabalhadoras rurais. Ainda durante o evento, Dalva Evangelista da Silva, diretora de Mulheres do STRJ, fez a leitura do Manifesto da Marcha das Margaridas.

 "Nós mulheres, infelizmente, temos sido muito desvalorizadas. Lutamos pela igualdade, pois ainda convivemos com os baixos salários, diversos tipos de violência. E não estamos sozinhas. O STRJ, a Fetag-BA, a Contag-BA e a CTB tem realizado um trabalho importante de apoio e empoderamento das mulheres rurais",  pontuou Dalva Evangelista.

"O oito de março representa a luta e a resistência das mulheres. Precisamos resistir e  ocupar os nosso espaços na sociedade.", afirmou Quitèria Lima, Secretária de Mulheres da Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDIS).

Na ocasião, foi lançada a Marcha das Margaridas 2019, que terá como tema "Margaridas na luta por democracia e garantia de direitos". 

O vereador Agnaldo Meira (PCdoB), participou do encontro e reiterou a história da Marcha das Margaridas. A marcha teve início em 2000, organizada pela Confederação da Nacional dos Trabalhadores da Agricultura no Brasil (Contag), em homenagem a Margarida Maria Alves, líder sindical paraibana, assassinada na porta de casa, em 1983. Trabalhadoras rurais, extrativistas, indígenas, quilombolas tomam as ruas da capital federal, com o objetivo de dialogar com o governo, apresentando suas principais reivindicações. É considerada a maior mobilização de mulheres da América Latina.

Ainda durante o debate, Agnaldo Meira falou sobre o projeto de lei, aprovado na ultima segunda-feira (05), na Câmara de Vereadores de Juazeiro, que autoriza o poder executivo Municipal a doar um terreno ao Governo do Estado da Bahia, para seja construída a sede da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM). "A mulher precisa ter um porto seguro quando se trata da violência. E essa é uma conquista grande", afirmou o a Voz dos Trabalhadores.

 O evento em homenagem ao dia da mulher foi promovido pelo STRJ,  em parceria com a Fetag-BA, Contag-BA, CTB.

Ascom - Vereador Agnaldo Meira
POSTAR
nenhum comentário
Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do blog. Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído por nossa equipe.

É proibido inserir links (urls) dentro do comentário, caso contrário o mesmo será deletado por nossa equipe.
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2018. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.