Blog do Geraldo José - Espaço do Leitor
Vale do São Francisco - 17 de Outubro de 2017
|
Redação: (74) 3613-3479

Espaço do Leitor

publicado em 17 de Outubro / 2017 às 07:30

Coragem e lealdade para uma boa comunicação pública

O bom gestor não é identificado como tal apenas pelo conhecimento administrativo e senso de liderança. Possuir outras qualidades é essencial para o desempenho aceitável da função a que se submeteu ou que venha a submeter-se. Coragem e lealdade talvez sejam as principais e mais importantes das propriedades de um administrador que em diversos momentos necessitam de firmeza de espírito para enfrentar situações emocionais ou moralmente difíceis.

Muitos administradores municipais confundem o real com o irreal e em consequência disto comprometem serviços e o desenvolvimento de ações em benefício de toda a população. Agradar a gregos e troianos é uma prática a não se aplicar na administração pública. Coerência sim, seria, no mínimo, uma qualidade a ser observada e seguida no momento das decisões. Ao vender o almoço para comprar a janta o gestor está fadado ao fracasso. Chega a ser imoral ter atitudes contrárias à razão. O supérfluo não pode e não deve proceder às prioridades. Nada melhor do que uma conversa franca e participativa com os munícipes para identificar, corrigir ou construir ações que venham a ser reconhecidas pelos benefícios oferecidos ao coletivo.

Ler Matéria Completa
publicado em 16 de Outubro / 2017 às 23:00

ESPAÇO DO LEITOR: RÉSTIAS DE SOL...

Não são poucas as vezes que tenho dúvidas se vou conseguir desenvolver um tema, principalmente, para quem junta as palavras de forma simples e trivial, com a boa vontade de deixar rolar o que existe, vejo, e ouço por aí, e assim, sempre chegar ao final dos meus escritos...

Esta semana vamos passar aqui por diversos assuntos ao mesmo tempo, na esperança de que as réstias de sol entrem em cada um, transformando ou simplesmente passando mansamente de acordo com aquilo que venha a ser abordado...

Para começar vamos lembrar-nos da tragédia naquela cidade mineira, onde um empregado responsável para cuidar das crianças, provocou aquela situação de horror que nem precisa mais aqui relembrar. Como aquele satânico foi admitido?

Vamos apenas lembrar a vocês, e tenho certeza ninguém vai discordar, que vá um jovem decente, concorrer a uma vaga de emprego e, logo se vê diante de no mínimo quatro ou cinco pessoas, numa verdadeira inquisição que muitas vezes chega à humilhação de tantas perguntas, chacoalhadas, balançadas que só faltam virar o avesso da pessoa. Sabe para que tudo isso? Para ganhar UM salário mínimo! Que réstias de semancol entre nessas figuras, que usam do poder de selecionar alguém, ainda imaturo, com uma forma antiga de dialogo, ultrapassada e muitas vezes humilhante...

Ler Matéria Completa
Acord@dinho – Apaixonado por Juazeiro e leitor assíduo do blog.
publicado em 16 de Outubro / 2017 às 10:30

ESPAÇO DO LEITOR: PREFEITURA DE JUAZEIRO ATRASA PAGAMENTO DE BOLSA ATLETA.

Em e-mail ao Blog o leitor Marcos Walgrenio de Oliveira Ribeiro relata a situação de atraso no pagamento da verba do Programa Bolsa Atleta em Juazeiro. Confira: “Beneficiários do Bolsa Atleta da Prefeitura Municipal de Juazeiro, estão com o pagamento atrasado. Segundo eles, já está atrasado há quase dois meses, o que pode implicar em resultados negativos nas competições, já que a bolsa os ajuda a se manter e custear suas participações nas competições. Após a ajuda da Prefeitura, através da bolsa, pude competir com melhor desempenho nesse ano e sigo como líder do ranking da minha categoria, enfatiza um atleta que não quis se identificar. Ele ainda fala que liga no financeiro da prefeitura e uma funcionária chamada Maria Luiza informa que o secretário de esporte não autorizou o pagamento. Liga para secretaria de esportes e ninguém atende” lamentou.

publicado em 15 de Outubro / 2017 às 23:00

ARTIGO – O BRASIL PRECISA DE UM “GPS”!

São tantas e tão velozes as conquistas oferecidas ao homem pelo desenvolvimento tecnológico ao longo das últimas décadas, que, às vezes, por instantes foge até à percepção humana o valor intrínseco de cada avanço à sua disposição. Para quem conviveu feliz com a época da pujança do rádio, a rapidez das mensagens chegadas pelo telégrafo, as ligações telefônicas que dependiam do giro de uma manivela que acionava a chamada à telefonista para que essa completasse um interurbano...! O leitor mais jovem vai dizer: “mas isso era coisa antiga e de cidadezinha do interior...”; e eu lhe respondo como testemunha presencial: ledo engano; a cidade era Feira de Santana, no final da década de 1950 e quando, como adolescente, era aprendiz de gráfico no Jornal “Folha do Norte”, e assim era a telefonia de então! E o Telex, cujo equipamento simplesmente começava a funcionar rápido e sozinho, a datilografar a mensagem enviada por alguém!!! Certamente faz parte do folclore, mas contam que um vigilante da noite, no interior de uma agência bancária, saiu correndo aos gritos pensando ser uma assombração, ao ouvir o som das teclas funcionando sozinhas!... 

Os registros acima chegam a ser hilários diante do que veio depois, nas décadas seguintes e até os dias atuais. Os computadores, no princípio de tudo, eram equipamentos que ocupavam salas inteiras das grandes empresas (vide foto), e hoje os arquivos com milhões de informações estão constritos a minúsculos chips...! A Era da informação ou Era Digital veio para transformar e impactar o mundo!

E o que dizer de um pequeno aparelho celular multifuncional, que hoje nos faculta acesso à Internet, ouvir rádio e música no formato MP3, enviar e-mails, fotos, vídeos, mensagens diversas, além do acesso ao movimento da conta bancária em todas as suas particularidades! Hoje é um equipamento que passou a integrar o cotidiano das pessoas (vide foto da fila em Banco). Falando nele, chego ao foco do tema dessa crônica, e que permitiu uma reflexão mais ampla sobre o nosso momento político e institucional da atualidade.

Ler Matéria Completa
publicado em 15 de Outubro / 2017 às 16:00

SALVE 15 DE OUTUBRO, DIA DO PROFESSOR

Quem educa formata mentes para a vida, eleva o pensar humano e gera transformadores do mundo. Educador é herói anônimo na construção de sonhadores elevados à condição de realizadores.

Todos que educam lançam as bases construtoras dos pilares formadores do pensamento de uma civilização. Logo, não há civilidade sem educação. É daí que procede o compreender, o ser e o agir comunitário de forma racional e equilibrada.

Enquanto na família recebemos os valores e princípios norteadores do caráter, é pela educação formal que somos apresentados à sociedade real e não mais conceitual. Daí a importância de lutarmos por um modo no qual quem educa não induza ou conduza à quebra dos princípios e valores fundamentais do caráter recebidos em casa e na Igreja.

Neste dia do Professor minha solidariedade a cada um destes que nos ensinaram a pensar e que agora, mais do que nunca, são aliados desejados e imprescindíveis para que a sociedade não desmorone sob um ato de demolição intelectual com o discurso político de que isso é avanço social.

Parabéns, professores.

Teobaldo Pedro de Jesus, Pastor, teólogo, educador, radialista e psicanalista.

publicado em 15 de Outubro / 2017 às 12:00

DIA DO PROFESSOR

Hoje 15 de Outubro, é um dia para refletir o papel do PROFESSOR para sua vida, a mais importante de todas as outras profissões, pois é através dela que se forma todas as outras.

Nesse dia a reflexão não é por melhores salários (sabemos que deveriam ser os maiores), mas a condição de trabalho, o respeito, a segurança e a valorização pelas famílias.

A cada dia está mais difícil ser PROFESSOR, somos agredidos verbalmente, fisicamente e intelectualmente, se reagirmos, estamos errados porque somos o exemplo e existe uma série de leis e benefícios a favor dos agressores.

Não podemos generalizar, porque existe uma pequena parcela da população que reconhece o trabalho dos MESTRES.

Acredito em dias melhores, faça a sua parte que tudo pode ficar melhor um dia.

#SOU PROFESSOR

#EU SOU ENOOC

PROFESSOR: ENOOC EVANGELISTA - LECIONO AS DISCIPLINAS DE MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO PARA ESCOLAS E CURSOS PREPARATÓRIOS DE JUAZEIRO, PETROLINA E PILAR.

publicado em 15 de Outubro / 2017 às 11:00

Homenagem: Ao Mestre com protesto

Qual profissional é referência de cada ser?

Qual profissional abdica de sua própria vida para cuidar da vida de outros?

Qual profissional se camufla de outras tantas profissões em prol da aprendizagem?

Qual profissional se vê refletido na história de vida de seus seguidores?

Porém...

Qual profissional com nível superior possui menores salários?

Qual profissional tem uma trajetória histórica de desvalorização?

Qual profissional precisa passar 115 dias de greve pra ser percebido pela sociedade?

Qual profissional precisa de 115 dias de greve para desencadear a raiva do governo?

Dessa forma...

Este profissional vai formando opiniões...

Este profissional vai retirando a venda do analfabetismo...

Este profissional vai ajudando pessoas a alcançar objetivos...

Este profissional vai moldando vidas...

Parabéns a todos os professores que são mais do que profissionais. Professores são anjos que espalham altruísmo e conhecimento em um mundo carregado de violência e ignorância. O professor tem o dom de ser lume, cada palavra proferida lança faíscas. A nobreza do professor está justamente no horizonte que ele apresenta ao seu aluno. Ele é espelho, é reflexo, é exemplo a ser seguido é o manual de instruções do aluno. Sem ele o mundo será sempre uma carta enigmática cheia de armadilhas e abismos.

Não façamos como o MEC e os governos que sem criatividade e sem reconhecer o valor do professor repetem as campanhas alusivas aos docentes e não renovam as propagandas que homenageiam os mestres.

Que tipo de mestre é o professor que é agredido e maltratado pelos seus discípulos? Que tipo de mestre é o professor que sempre é culpado do fracasso de seus seguidores? Que tipo de mestre é o professor que é sujeito apático no sucesso de seus alunos? Cansamos do jargão “ao mestre com carinho”, queremos agora “ao mestre com reconhecimento”. Enquanto o reconhecimento não vem ficamos somente com “Ao mestre com protesto”.

Que possamos resistir aos grandes desmandos governamentais, aos desmantelos sociais, à baixa remuneração, ao cansaço diário, à impaciência persistente, às provocações discentes e principalmente à desvalorização geral. Ser professor é também ser guerreiro e A cada dia vencido é uma batalha a mais conquistada.

Parabéns a todos aos professores e de modo especial aos professores do Colégio da Polícia Militar Alfredo Vianna que a cada dia nos dão prova de bravura, responsabilidade, criatividade, zelo e principalmente de amor ao que faz.

Parabéns! Vocês são verdadeiros mestres!

Afetuosamente,

Jailson Rêgo Braz - Diretor Pedagógico

publicado em 14 de Outubro / 2017 às 23:00

SOBRE UMA TRETA ENTRE UM MÉDICO E AS ENFERMEIRAS NUMA REDE SOCIAL

A BOSTA PRECISA SER LIMPA SIM, DOUTOR

(Por ERRY JUSTO) 

Qual é o resultado de uma organização cujo os membros não cultivam o Respeito e a Ética entre eles? A resposta só poderia ser essa: um desastre! Nenhuma empresa, instituição, organização,clero, família ou qualquer ambiente profissional consegue produzir bons resultados se seus pares não tiverem Respeito e Ética. A pergunta que aparece agora é: o que é o Respeito?

Ora, A palavra respeito, na sua origem em latim possui o significado de "olhar outra vez", assim sendo, tudo aquilo que merece um segundo olhar, será respeitado. Um dos valores mais importantes do ser humano é o respeito, e possui uma imensa importância para uma interação social saudável e harmoniosa. O respeito permite que as pessoas tomem suas decisões de maneira coerente sem prejudicar a vida de outras pessoas. O respeito ajuda as pessoas a impedir certas atitudes que podem ser reprováveis por uma certo alguém. É através do respeito, que indivíduos conseguem obedecer e cumprir determinadas normas, como as leis por exemplo. Mas, agora você deve está se perguntando: e a Ética?

A ética está ligada com as Leis e Normas. A ética pode ser apreendida como um pensamento sobre a moral, de modo a fazer parte de um conjunto de conhecimentos partidos através da observação da conduta humana, ao buscar explicar as regras morais de maneira racional, científica, teórica, fundamentada e científica.

Ler Matéria Completa
publicado em 13 de Outubro / 2017 às 23:00

SALVE-SE... QUEM QUISER!!!

(O DIA EM QUE JESUS CRISTO VOLTOU À TERRA, PASSANDO POR JUAZEIRO-BA)

Careca de ver na Terra tanta atrocidade, turbulência, esculhambação,  desraciocínio, mentalização barata, espetinho de gato, arrogância, palito de fósforo no chão, guerra, míssil nuclear, bromato de potássio no pãozinho, meleca de olho, alarme falso pro SAMU, doença venérea, zuinhada de gato preto, ambulância enguiçada, diabetes, caganeira vocabular, parada gay, ficada  homofóbica, violência doméstica, notícia de favela, corrupção em banda de lata, pedofilia até eclesiástica, supremacismo,  muriçoca, aedis, livro de autoajuda, internediota, ataque de ptibull,  serial killer, pobreza, arrocho salarial, fruta gogóia, Faustão, Huck, aniversário e cãominhada de cachorro, unha encravada, sequestro, frasal tomar no c... e filho de uma p..., filme pornô, mau hálito, tecnologia de ponta, luta de boxe, ejaculação pré-coce e pós-coce, concurso fraudado, num sei o quê play, morte de PM por pobre, morte de pobre por PM, rico solto, vitamina sem leite, adultério,  barba mal feita, sexo sem gozada, umbigo de fora de gordas, filosofia sem metafísica, música brega, axé, sertanejo, forró estilizado, caspa, burguesia, bufa em público, bebedeira sem boemia, vômito, apego ruim de vazar, calo no pé, elevador enguiçado, procrastinação, cagada na calça, centro de recuperação evangélico, seita anti e religiosa, extrovertimento alcoólico, ressaca moral, impotência, conselho cômodo, professor aloprado, aluno desempaisado, novela de TV, game, perda de pênaltis, recaída de resiliente, jogatina, tatuagem, verdade mentirosa e mentira verdadeira, menopausa duradoura,  banguelismo, desafino calado, imposto, condomínio fechado, ONU, UNESCO, NASA, UNICEF ,etc e três pontin em fim de parágrafos, Deus resolveu, após uma eternidade descansando,  dar  um tiro de doze no pandemônio terrestre.. Como gabola-se de não precisar nunca e nem para nada de assessores e conselheiros, fez sozinho estudos minuciosos ao fim dos quais elaborou projetos e planejou o desfecho para acabar de uma vez por todas com a putaria que empestiou o planeta.

Ler Matéria Completa
publicado em 13 de Outubro / 2017 às 16:30

MORADOR DO SANTO ANTÔNIO VOLTA A RECLAMAR DE ESGOTO A CÉU ABERTO

Geraldo,

Semana passada o leitor Felipe Silva Costa, morador do bairro Santo Antônio, enviou ao blog, uma reclamação sobre o esgoto a céu aberto que escorria no bairro ao lado do Posto de Saúde do bairro Maringá.

Hoje, sexta-feira, dia 13, Felipe voltou a manter contato com este veículo de comunicação relatando novo problema. Confira: “Geraldo, entrei em contato com você na semana passada, reclamando do esgoto a céu aberto, ao lado do Posto de Saúde da Maringá, proximidades do campo primeiro de maio, porém o SAAE fez o serviço e continua a mesma situação, ontem (12), ninguém aguentou o mau-cheiro.

Obrigado pela atenção

Felipe Silva Costa

publicado em 13 de Outubro / 2017 às 10:00

ESPAÇO DO LEITOR: CONTORNO CRIMINOSO TEM SOLUÇÃO!

Em e-mail ao Blog Geraldo José o Engenheiro Taurino Fernandes aponta soluções para a rotatória nas imediações do Mercado do Produtor onde já foram registrados inúmeros acidentes, inclusive, com mortes. Confira:

Já estamos acostumados em ver tombamentos de caminhões neste contorno próximo ao Batalhão da Polícia Militar. Solucionar o problema é puramente falta de atenção dos ORGÃOS responsáveis pela BR?  Ou falta de interesse em resolver o problema esperando talvez um acidente com vítimas fatais. Tudo se diz: “ O problema é a imprudência dos motoristas, o problema é a falta de placas de sinalizações, etc, etc. A solução é simples: Construir um redutor de velocidade antes do início do contorno aproximadamente a 50 (cinquenta metros) da primeira curva. Colocar placas informando que existe uma lombada para reduzir a velocidade. Estas placas deverão serem colocadas logo no fim do primeiro contorno ao chegar no Mercado do Produtor, e informando a distância: Obstáculo a 100 metros e mais próximo a 50 metros. Fim de problema, fim de prejuízos, antes de um fim de uma vida. Senhores Deputados e demais autoridades constituídas pelo povo. Mais atenção por esta Cidade. Ou querem que haja uma INTERVENÇÃO POPULAR?

Taurino Fernandes de Souza.

E-mail: taurinoengenheiro@hotmail.com

E-mai: taurinoengo@gmail.com

publicado em 12 de Outubro / 2017 às 23:00

Artigo - Meu mundo caiu

Já não bastasse a batalha perdida dos anúncios publicitários que implicou na redução do jornal diário, que ficou tão murcho como as redações que tiveram que se adaptar ao novo modelo de negócio, agora um novo susto fez com que muitos jornalistas caíssem da cadeira: circula a notícia de que um robô já consegue fazer 30 mil matérias por mês. Aí já é injustiça demais!

Agora, caro leitor, cabe a você decidir o que estará por trás das notícias que lemos. Em tempos em que o ofício jornalístico tem sido tão massacrado, afinal, nossos diplomas já não são exigidos e hoje basta saber escrever o mínimo e manipular ferramentas digitais para disputar espaço com jornalistas graduados em coletivas e afins, esse texto é um apelo e, por isso, vou contar o que significa o ato de escrever para os jornalistas.

Sentar-se à frente de um computador (caderno ou máquina de escrever, se você for mais retrô) é quase sempre um ritual. Não! As palavras não são tiradas de uma gaveta ou do bolso da calça. Elas são fruto de vivências, conversas, pesquisas e muito faro. É um processo prazerosamente construído com o intuito de proporcionar a você, caro leitor, um momento único de absorção de informação.

Conversar com pessoas nos corredores, ouvir, mesmo sem fazer parte da roda, uma opinião no metrô, ler as sugestões de pautas enviadas pelas assessorias de imprensa e, claro, contar com o que sempre deu uma forcinha extra: o valioso "feeling". Entender as entrelinhas é uma arte. É isso que invocamos ao escrever.

Ler Matéria Completa
publicado em 12 de Outubro / 2017 às 08:00

MORADOR RECLAMA DO ESTADO DE CONSERVAÇÃO DO PARQUE INFANTIL NO RESIDENCIAL JUAZEIRO III

Morador do Residencial Juazeiro III, bairro Itaberaba, João Marcos dos Santos Melo, escreveu ao Blog Geraldo José reclamando da atual situação do parque infantil naquela comunidade. Veja o que ele expressou:

“Geraldo, o tão aguardado Dia das Crianças chegou e ao que tudo indica, a diversão será improvisada aqui nos residenciais. Veja a realidade do parque, até a areia é muito suja. As pessoas entram lá com cachorros, muitos deles vivem lá, passam a maior parte do tempo deitados e dormindo nos parquinhos e as crianças correm o risco de pegar doenças por causa das fezes. Dejetos de cavalo atrapalham a entrada do parquinho da quadra principal do Residencial Juazeiro III que ficam localizado a cerca de 800m de distância do outro. Entulhos se espalham entre as marcas das pisadas na areia, dos pequenos que correm por lá. Dá para encontrar até sacolas de lixo, fraldas descartáveis, chinelos, pedras, escova de cabelo e embalagens de comida. É uma vergonha dizer que isso é um parque. O pior é que, quebrado ou não, outras crianças brincam nele. Elas não têm opção. Está tudo sujo e enferrujado. Lixo e muita sujeira cobrem a areia. Os galhos secos tornam-se risco de furar os pés. Além do famoso balanço, várias gangorras quebradas – com barulho que indica falta de óleo – ficam de lado, à espera de conserto. Queria pedir uma solicitação de manutenção à prefeitura de Juazeiro, ou até mesmo uma reforma geral! Preservar para não acabar, as áreas de lazer precisam de revisão periódica. A preservação evita a deterioração. É natural que os objetos sofram desgaste, mas estudar o clima local é uma forma de diminuí-lo. Geraldo outra alternativa é a constante regulação dos materiais, como limpeza para evitar acúmulo de folhas, sacos de lixos e dejetos de animais, pintura e reparos em fixações de modo a impedir que as crianças se machuquem! Sujeira e ferrugem compõem o cenário dos parquinhos das quadras dos Residenciais 1, 2 e 3 aqui no Bairro Itaberaba! Situação essa que inibe o direito das crianças especialmente em seu dia comemorado no calendário e decretado feriado, o dia 12 de outubro a fazerem o uso do bem público”.

publicado em 11 de Outubro / 2017 às 23:00

A OMO AMARGA SUA MANCHA QUE NÃO SAI

Dentro da imprensa em geral, o OMBUDSMAN é um profissional que faz a intermediação entre a editoria do jornal e seus leitores. Nos Estados Unidos, a função de ombudsman surgiu nos anos 60. No Brasil, o cargo existe desde 1989, quando o jornal FOLHA DE S. PAULO publicou a primeira editoria do seu ombudsman, que ficaria responsável em ser o porta-voz dos leitores, solucionando e transmitindo as suas reclamações para a Diretoria. Entretanto as grandes empresas privadas também contratam seus OMBUDSMANS! E no caso da fabricante do sabão em pó OMO o telefone desse simpático senhor que faz o elo entre consumidores com o departamento de publicidade não parou de tocar. Tudo isso aconteceu  porque essa antiga marca de sabão em pó lançou esta semana um "comunicado urgente" em sua propaganda de TV convocando pais e mães a fazerem uma espécie de "recall de todas as brincadeiras que reforcem clichês sobre gênero". Teve, até ontem, 130 mil reações negativas e apenas 12 mil positivas. É claro que há nisso tudo uma obviedade e ao mesmo tempo uma maluquice sem precedentes. Fica muito longe de se imaginar que o sujeito não será o melhor pai do mundo se surrar o filho depois de vê-lo brincar com bonecas ou censurar a garota que se diverte com carrinhos. Mas é loucura acreditar que crianças são uma folha em branco, uma massa totalmente moldável por palavras, imagens e brinquedos, enfim, pela famigerada "cultura da arte."

O ser humano nasce como um livro cujos capítulos foram parcialmente escritos. A natureza humana apenas escreve uma parte e o ambiente se encarrega do resto. Alguns capítulos vieram mais preenchidos que outros. Não há educação ou patrulha ideológica que consiga mudar certas inscrições da natureza. Digo isso porque qualquer avó sabe que existem brincadeiras de meninos e brincadeiras de meninas. Eles, em geral, preferem armas; elas, bonecas. Meninos têm fascínio por competições e jogos que envolvem violência; meninas preferem simular a maternidade. Isso é imutável! Como acontece com outros primatas e diversas espécies de mamíferos, filhotes machos brincam de brigar com mais frequência que as fêmeas. É engraçado ver pais cegados pela fantasia de gênero se "assustarem' ao perceberem essa obviedade. O resultado da campanha do sabão que usa o clichê: "porque se sujar faz bem" acabou saindo como um tiro no pé de seus publicitários que queriam deixar uma marca que causasse um buxicho na roda de conversas casuais entre mães no playground do condomínio. Certamente a campanha acabou se tornando uma "mancha indelével" que vai precisar de tempo ( e de muito sabão ) para se limpar da péssima imagem de liberalismo apelativo.

Tenho pena do OMBUDSMAN, que certamente agora deve estar com a cabeça doendo de tanto ouvir reclamações e asneiras. Há muita gente que postou nas redes sociais que de agora em diante vai fazer abertamente "boicote" a marca ideológica de gênero e movimentos sociais já ensaiam um tom de mobilização a nível de protestos nas ruas contra esse estopim que acendeu uma chama no barril de pólvora da opinião pública! Certamente a natureza não define o que é certo ou errado, mas explica um bocado de comportamentos no sentido antro-sociológico. Pra terminar esse meu raciocínio, eu fico pensando na cabeça dos intelectuais e editores do "Fantástico" que se iludem com a ideia de que é possível moldar os filhos conforme a ideologia da moda! O povão prefere se apegar à realidade. Funciona, assim, como uma âncora de sensatez diante de tantas esquisitices intelectuais que nos dias de hoje estão em pé de guerra com a moral e os bons costumes.

Segue o fluxo minha gente!

Erry Justo - Radialista e Jornalista. 

publicado em 11 de Outubro / 2017 às 21:27

Leitora acusa Compesa de falta de compromisso em Petrolina

A leitora, professora e jornalista Emaísa Lima enviou ao blog denúncia e solicita providências por parte da Compesa. Leia na integra texto de Emaísa:

"Venho a público falar da falta de atendimento da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), aqui em Petrolina, por mais que você entre em contato com eles, seguindo os números telefônicos que vem na conta, terminamos a ficar vendo navios e a água limpa-já escassa-escorrendo pela rua e a conta de água no final do mês vem caríssima.

Torno comum a todos o vazamento de água limpa, no registro, com um vazamento no hidrômetro (onde se faz a leitura da água, para pagarmos, mensalmente) que se encontra na parte externa desta residência, localizada na Rua Ana Nery 126, Centro, Petrolina (Que temos todas as contas pagas). Seguem fotos do que anda acontecendo (e já legendadas). 

Vale o destaque que isolamos a região, de maneira simples, com o objetivo de não prejudicar mais e torcer para que nada aconteça de sério e mais grave ocorra. A história é esta:  num primeiro momento, entramos em contato dia 06/10, pela manhã cedo, o serviço deveria ter sido feito até dia 09/10, conforme a atendente afirmou que seria realizado a minha mãe. Mas segundo uma outra servidora da Compesa, já no dia 10/10, o serviço fora cancelado com a justificativa de que existia várias outras demandas no município.

Aí eu vos pergunto: Se eles mesmos colocam os telefones a que temos direito (Vazamentos e Extravasamentos 0800 081 0185, vem na página da própria conta de água) o porquê não cumprir o que fala? Deus nos abençoe e Maria nos proteja!

Emaísa Lima-Graduada em Comunicação Social- Hab. Jornalismo em Multimeios pela UNEB-Campus Juazeiro-BA.
Pós-Graduada no Curso de Especialização: Assessoria de Comunicação e Novas Tecnologias da Informação na FACAPE-Petrolina-PE
Mestranda em Ciências da Educação e Multidisciplinaridade-Instituto Superior de Educação Getsemane-IG-Petrolina-PE. Jornalista em Multimeios.

Jornalista Emaisa Lima
publicado em 10 de Outubro / 2017 às 23:00

ARTIGO - OS PERIGOSOS DISFARCES DA MÍDIA

Um renomado jornal divulgou recente matéria onde se lia: "A televisão aberta brasileira foi, durante anos, referência dentro e fora do país. Aos mais novos, nas décadas de 80 e 90, a TV aberta era tida como um veículo de aprendizagem, visto que trazia muita informação aos telespectadores. Hoje, diferentemente de outrora, o que temos são os big brothers da vida e os excessos. Excessos de cenas de violência e apologia ao crime, excessos de apelo sexual e brincadeiras que expõem os participantes ao ridículo. Tudo isso em programas que antes deveriam servir para informação e distração do público."

Gostaria de relembrar algumas novelas que mascaram época em nossa literatura televisiva. Em 1973, Dias Gomes escreveu "O Bem Amado" com Toquinho e Vinícius enriquecendo a trilha sonora; Bernardo Guimarães nos deixou a obra "Escrava Isaura", indo para televisão em 1977 com Dorival Caymmi cantando suas belas canções; em 1986, Benedito Ruy Barbosa escreveu "Pantanal" com participação de João Bosco, Ivan Lins e Almir Sater interpretando um rico repertório musical. Que saudade de uma mensagem rica em dramaturgia e cultura regional!

Infelizmente, hoje os autores abordam temas que, além de insultar a família cristã, nada trazem de útil aos seus míopes telespectadores.

A professora da Universidade Federal de Minas Gerais, Ivana Guimarães, questionou em um debate sobre "Como conviver com esse bombardeio de imagens, sons, mensagens, formas sedutoras de nos vender sonhos, que entram em nossas vidas sem pedir licença, sem medir conseqüências, sem passar por uma análise prévia?"

Avôs, avós, pais, mães, tias, tios, enfim, todos os membros da família têm, antes de qualquer coisa, de se reeducar e repensar os próprios pensamentos, para uma leitura crítica do que a televisão e similares nos mostram. Caso contrário, sem nos preparar, não podemos instruir nossos dependentes de como identificar os heróis disfarçados de monstros e enfrentar os monstros disfarçados de heróis.

Carlos Moura Gomes – Gravatá/PE out/2017

publicado em 10 de Outubro / 2017 às 08:25

SENTO-SÉ: MILITANTE SOCIALISTA É ATACADO POLÍTICA E SOCIALMENTE!

Adversários ideológicos, com personagens diferentes de outras vezes passadas, me atacam, ou contra-atacam do jeito da natureza deles!... “Recortaram” e adulteraram uma conversa que tive debatendo política numa matéria crítica ao Governo do Estado da Bahia na Página do Facebook do dono de um Blog local, antes da vinda do companheiro Governador Rui Costa do PT, a Sento-Sé em 16 de setembro passado.

O pior foi colocar perguntas maliciosas e de xingamento, do tipo (você quer dizer que o povo de Sento-Sé é ladrão”?) buscando manipular e induzir as pessoas, usando grupos sociais do aplicativo Whatzapp – onde na verdade o mais que incomoda é uma análise social crítica, preocupante e responsável que faço com base em três coisas: 1, a definição dada pelo Ministério Público aos comportamentos pessoais, mesmos os mais simples, relacionados com a corrupção; como a Lei Eleitoral trata o pedido em troca de voto; e conhecendo profundamente o que diz e faz às pessoas no nosso cotidiano, contrariando a lei, a ética e a lógica – que 90% (noventa por cento) da nossa população está lamentavelmente envolvida e denunciada nesse preocupante contexto!

Ler Matéria Completa
publicado em 09 de Outubro / 2017 às 23:00

ESPAÇO DO LEITOR: O QUE DINHEIRO NÃO COMPRA...

Jogo Internacional x Náutico pelo Campeonato Brasileiro Serie B, dia 23 de Setembro de 2017, realizado no interior de Pernambuco... O que tem a ver? Tem algumas considerações que serão discorridas aqui nesse texto, onde vou tentar mostrar uma serie de exemplos, que dinheiro nenhum no mundo pode comprar...

Vamos começar pelos protagonistas do final daquele jogo, onde um garoto se dirigiu ao centroavante do Inter que, inclusive, marcou o gol da vitória, e lhe pediu o meião vindo a receber a própria camisa do jogador, e um abraço, levando aquela criança às lagrimas, e o atacante, a um misto de alegria que assim se expressou: “Ele só queria o meião. Pediu, mas eu falei que daria a camisa. Ele nem conseguia colocar de tanta emoção. Nada paga isso. Já fui criança. Não há dinheiro que pague – declarou Damião na saída do campo”.

Dinheiro compra a simples e feliz atitude daquele atleta? Não.

Ler Matéria Completa
Acord@dinho – Apaixonado por Juazeiro e leitor assíduo do blog.
publicado em 09 de Outubro / 2017 às 12:01

ESPAÇO DO LEITOR: Agentes de endemias se manifestam contra secretárias de saúde e de gestão em Pessoa em Juazeiro; Veja na íntegra:

Nós Agentes de Endemias recorremos mais uma vez a esse espaço, para expressar o nosso sentimento de repúdio com a Gestão Municipal, à Secretária de Saúde Fabíola Ribeiro e à Secretária de gestão em Pessoa Angelita Carvalho.

O motivo de nossa indignação foi a forma arbitrária, desrespeitosa, vingativa  e exagerada, cortando valores absurdos dos salários dos Agentes que aderiram a paralisação encabeçada pelo SINTRAB. Os descontos variam de R$ 252,00  a 466,30 deixando assim os servidores impossibilitados de cumprir com suas obrigações financeiras.

Ao contrario do que a Srª Fabíola relata, nós temos sim vários motivos para estar paralisados, e os principais deles são:  

Ler Matéria Completa
publicado em 09 de Outubro / 2017 às 06:00

ESGOTO ENTUPIDO GERA ENORME LAGOA DE DEJETOS FECAIS NO LOTEAMENTO MONTE SERRAT EM JUAZEIRO

Em contato com a redação do Blog Geraldo José moradores da rua Pernambués, Loteamento Monte Serrat, em Juazeiro, reclamaram da desatenção do SAAE (Serviço de Água e Saneamento Ambiental) para com um problema que está ocorrendo desde a última quinta-feira, dia 05. Confira a mensagem dos moradores: “Amigo Geraldo estamos com um PV (Poço de Visita) jorrando água de esgoto desde da última quinta-feira (05/10). Pedimos que você divulgue o mais breve possível em seu conceituado Blog. Temos muitas crianças, idosos e algumas gestantes que residem nessas imediações. Endereço: loteamento Monte Serrat, rua Pernambués, próximo à casa de dona Conceição, costureira. Não gostaria de ser identificado”.

publicado em 08 de Outubro / 2017 às 23:00

ARTIGO 260 – BRINCANDO COM FOGO!

As redes sociais como fruto da avançada modernidade tecnológica, vêm ocupando nos últimos tempos as atenções gerais das pessoas, seja para a comunicação informal, o humor divertido de piadas próprias e impróprias, a maior aproximação entre pessoas e grupos, ou mesmo como eficiente instrumento de propagação de verdades e mentiras de toda natureza. Obviamente, os políticos e seus marqueteiros não iriam desprezar um canal tão eficaz como esse para a propagação de suas ideias legítimas ou ilegítimas, mas que atingem o alvo pretendido, visto que o compartilhamento se multiplica com uma incrível velocidade. E tudo isso do jeito que eles mais gostam: 0800!

Ao longo da última semana, o WhatsApp ou Zap-Zap, como se popularizou, foi infestado por mensagens gravadas em vídeo, em que o General Mourão, do Exército Brasileiro, fez duras manifestações de repúdio ao cenário atual de bandidagem, corrupção e bandalheira que domina o país e que suscitaria a possibilidade até de intervenção militar se a limpeza geral não for providenciada por quem de direito dos Poderes Institucionais vigentes. Verdade seja dita, todos vulneráveis.

É de se lamentar que isto esteja acontecendo, uma vez que tanto se protestou e reivindicou a volta da Democracia ao nosso Sistema Político, depois de 21 anos de domínio militar (1964/1985), e a grande maioria daqueles que foram os alvos das ações repressivas naquele período, por questões políticas e ideológicas, assumiu o poder da República durante tantos anos e não foi competente para administrar o estado de liberdade reconquistado, abusando de forma exacerbada e irresponsável do direito de praticar a democracia no país. Aliás, eles souberam sim usar como nenhum país do mundo o principal componente do sistema democrático que é a LIBERDADE. Mas, a liberdade para praticar o crime, para manipular os cofres públicos ao bel prazer, usar a Nação para enriquecimento próprio da quadrilha organizada e seus familiares, jogar na lama as grandes estatais brasileiras, distribuir fortunas pelos bancos dos paraísos fiscais e arremessar na sarjeta da indecência os valores morais que deveriam passar ao seu povo! Tudo ao contrário daquilo apregoado, enquanto estavam na Estação esperando o bonde da desfaçatez passar.

Ler Matéria Completa
Por Agenor Santos
publicado em 08 de Outubro / 2017 às 19:00

ALGUÉM AQUI TEM ESPERANÇA EM MUDANÇAS?

(Crônica de ERRY JUSTO)

Sinceramente, ultimamente eu não tenho confiado em urnas eletrônicas da smartmatic, nem no nosso processo eleitoral e nem no TSE que absolveu a chapa Dilma e Temer por "excesso de provas." Pensar em 2018? Fica muito difícil até para se prognosticar. A maioria dos partidos políticos que estão com seus nomes e reputações sujas pela "lista de Fachin," que é o relator da Operação Lava Jato, agora está mudando de cores, logos e até seus nomes! Tudo isso só para enganar o povo!

Certa feita um escritor italiano de nome Giuseppe Tomasi Di Lampedusa escreveu um célebre romance intitulado "O Leopardo." Esta obra que tratava sobre a decadência da Aristocracia Siciliana durante o Ressurgimento, movimento na história italiana que buscou entre 1815 e 1870 unificar o país, que era uma coleção de pequenos estados submetidos a potências estrangeiras, fala sobre o Príncipe Falconeri que diz essa grande pérola:"ALGO DEVE MUDAR PARA QUE TUDO FIQUE COMO ESTÁ..."

Ler Matéria Completa
publicado em 07 de Outubro / 2017 às 23:00

Os três "E"s do século 21

Não é novidade que o mundo está caminhando para uma era de maiores desigualdades sociais, colapsos econômicos e disrupções em praticamente 90% das indústrias e negócios que conhecemos. Dados recentes demonstram que, ao menos dos Estados Unidos, mais de 65% dos americanos, nos próximos anos, irão perder seus empregos e terão de migrar para os chamados "servicos freelancers". Mas e no Brasil, o que podemos esperar dessa reviravolta do século 21?

Uma das forças inevitáveis dessas mudanças é a tecnologia aliada a inteligência artificial e a mecanização avançada de praticamente todas as atividades repetitivas e mecânicas desenvolvidas pelo homem. Afinal, um robô pode fazer muito mais e melhor, com menos custo, do que um ser humano. Pode ser cruel, mas é efetivo. E o mercado busca efetividade!

A grande questão surge quando começamos a analisar o impacto dessas mudanças no meio social. A desigualdade ficou escancarada no mais recente estudo feito no Brasil, onde os 6 brasileiros mais ricos concentram a renda dos 100 milhões mais pobres... um choque óbvio! Mas um choque...

Ler Matéria Completa
publicado em 07 de Outubro / 2017 às 16:00

Vândalos arrancam pedestal com placa na praça da Mônica recém reconstruída

As plantas foram substituídas, os bancos da praça foram postos para dar o descanso merecido, o parque, para dar a alegria às crianças, tudo isso era para deixar claro que a única intenção do Prefeito e equipe era o de resgatar o patrimônio público de nossa cidade que fora destruído anteriormente.

A Praça da Mônica foi reconstruída com muito carinho e dedicação para dar uma beleza a mais em nossa cidade. Após alguns dias de reinaugurada eis que surge outra "equipe de trabalho" a dos vândalos para depredá-la. Hoje ao passar pela praça, deparei-me com esta cena de vandalismo - QUEBRARAM O PEDESTAL EM MÁRMORE E ARRACARAM A PLACA DA PRAÇA (vejam os destroços no gramado á sua direita na cor cinza) que marca que a reforma da fora feita.

Toda vez que algo assim ocorre é necessário gastar tempo dos funcionários da prefeitura e dinheiro dos contribuintes do município para refazer ou concertar o que foi estragado. Dinheiro e tempo que poderiam estar sendo usados na realização de outras obras na nossa cidade.

Pedimos que haja segurança pelos guardas e a população juazeirense que não seja conivente com esse tipo de atitude e zele pela preservação de nossas praças, jardins e prédios públicos. Eles estão aqui para o bem comum e preservá-los é dever de todos.

Por Valterlino Pimentel (Pinguim)

Voltar ao topo
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2017. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.