Blog do Geraldo José - Espaço do Leitor
Vale do São Francisco - 16 de Agosto de 2017
|
Redação: (74) 3613-3479

Espaço do Leitor

publicado em 16 de Agosto / 2017 às 19:48

ESCRITOR JUAZEIRENSE CONTESTA DISCURSO DE VEREADOR SOBRE OS DIREITOS HUMANOS

Na manhã desta quarta-feira (16) o Blog postou pronunciamento do policial civil e vereador Aníbal Araújo que protestava contra a Comissão dos Direitos Humanos que sempre sai em defesa de “bandidos”. Indignado, o poeta e escritor João Gilberto Guimarães Sobrinho enviou e-mail expressando seu descontentamento. Confira:

Nunca vi uma declaração tão infeliz, discurso pronto e conservador. As comissões de direitos humanos existem para preservar os direitos das minorias miseráveis, que são massacradas diariamente pelo estado. A criminalidade vem da desigualdade que o estado não consegue reverter, e existem várias associações que protegem os direitos dos policiais, como a Aspra na Bahia. Aí eu pergunto: Se não for as instituições que defendem os direitos humanos quem vai defender? Quem morre pelas balas perdidas? Quem vai diferenciar quem é bandido e quem, não é? Quantos policiais mataram inocentes e hoje respondem em liberdade? Quem foi que matou a juíza Patrícia Aciolli com centenas de tiros?

 "O inquérito mostra que na noite de 11 de julho, um mês antes da morte de Patrícia, os acusados estiveram em frente à residência da juíza, no bairro de Piratininga. Eles teriam, nesse dia, feito um reconhecimento do local para planejar o crime. Nesta data foi feito o pedido de prisão temporária dos acusados, pela Polícia Civil. Um fato estranho ainda precisa ser explicado pela investigação: neste dia, os policiais acusados usavam uma viatura do 12º BPM (Niterói). Este é um indício de que mais policiais podem estar envolvidos no caso. O veículo não foi escolhido por acaso: os acusados usaram uma viatura não equipada com GPS, que atualmente é um padrão na PM. Com isso, fica mais difícil estabelecer os locais por onde passou o carro."  Veja.com 2011.

"O Brasil aparece como o país que tem o maior número geral de homicídios no mundo inteiro. Só em 2012, foram 56 mil homicídios. Em 2014, 15,6% dos homicídios tinham um policial no gatilho. Segundo o relatório da Anistia Internacional, eles atiram em pessoas que já se renderam, que já estão feridas e sem uma advertência que permitisse que o suspeito se entregue." G1 globonews 2015.

Sugiro ao vereador que procure ler e entender o contexto social e histórico do Brasil, antes de sair fazendo declarações infelizes como esta, e aproveito para parabenizar o vereador Agnaldo Meira que me representou neste momento. É inadmissível que pessoas que dizem ser de esquerda fiquem caladas diante de uma declaração dessas.                       

Para quem não sabe a Juíza Patrícia Accioli foi executada com 21 tiros, antes de morrer a juíza foi responsável pela prisão de cerca de 60 policiais ligados a milícias e a grupos de extermínio, no Rio de Janeiro.

João Gilberto Guimarães Sobrinho

Veja o Pronunciamento de Aníbal Araújo:

publicado em 16 de Agosto / 2017 às 16:54

JUAZEIRENSE PREOCUPADO COM ABANDONO DO PRÉDIO DA SO BABY, ANTIGO HOSPITAL DA CRIANÇA

Em e-mail ao Blog, um leitor que pediu para não ser identificado, expressa indignação com os prédios abandonados no centro de Juazeiro. Confira:

Ao Blog Geraldo José,

Venho através desta denunciar o abandono do Prédio da Antiga Só Baby e depois Hospital da Criança de Juazeiro.

Não sei quem é o dono do local, mas sei que deve ter alguém que seja responsável legalmente por aquele espaço, que no momento está servindo de hospedeiros para lixo, pragas, marginalidade e pessoas que são moradores de rua que é o que se ver por lá.

Quero deixar bem claro que não tenho nada contra os moradores de rua, eu sinto muito por essas pessoas estarem vulneráveis a essa situação que é de risco.

A Solução para esse problema está previsto na Constituição Federal, no artigo 182 da norma maior do país inaugura o capítulo dedicado à Política Urbana, impõe-se aos Municípios o dever de imprimir políticas públicas de ordenação dos espaços urbanos.

Precisamos de uma atitude do poder público junto aos donos desses locais, pois a nossa cidade está passando a imagem de cidade abandonada com tantas edificações no centro nesse estado de abandono.

É uma vergonha para Juazeiro estar virando a cidade dos prédios abandonados.

Atenciosamente,

Juazeirense preocupado

publicado em 16 de Agosto / 2017 às 15:41

HOMENAGEM: 16 DE AGOSTO, DIA DO FILÓSOFO.

Minha singela homenagem a todos aqueles que nos ajudam a pensar... Escolhi citar a amizade e fazer recorte do filosofo Martin Buber, Eu e Tu filosofia do diálogo...

A vida é mais bonita quando compartilhamos tanto as alegrias quanto as tristezas. São realidades que não foram feitas para serem vividas na solidão. É compartilhando do que é triste que nos preparamos para superação e é compartilhando da alegria que nos tornamos capazes de prolongá-los no tempo. Nós sempre precisaremos de amigos; gente que seja capaz de indicar direções, despertar o que temos de melhor e ajudar a retirar os excessos que nos tornam pesados.

E bom ter amigos. Eles são pontes que nos fazem chegar aos lugares mais distantes de nós mesmos, Porquê Martin Buber, grande nome da Filosofia Personalista, dizia que do encontro entre duas pessoas sempre nasce uma terceira.

A terceira pessoa é uma forma de derramamento de tudo o que nos sobra, o que pela força do encontro fazemos aflorar. Esse é o princípio simples por meio do qual podemos explicar as regras de nossos amores. O que gostamos uns nos outros é tudo aquilo que antes era solidão em nós e que depois, pela força do encontro, é iluminado, multiplicado e maravilha, somente compartilhando. Amigos são assim, sãos os que multiplicam, assim deixo meu carinho a toda turma.

Saudações feminista e antirracistas.

Katússia Almeida, graduanda em Filosofia pela UFPI Universidade Federal do Piauí, extensão UAB.

"Toda a verdadeira vida é encontro" Martin Buber

Juazeiro 16 de agosto 2017

publicado em 16 de Agosto / 2017 às 12:00

CENTRO DE ESTUDOS AGRÁRIOS AUXILIA NO CONHECIMENTO SOBRE A VIDA NO CAMPO

Desde o nascimento do CEA (Centro de Estudos Agrários)  em 2015, vinculado ao componente curricular Geografia Agrária e ao GPVASF (Grupo de Pesquisa em Sociedade e Natureza do Vale do São Francisco), a questão agrária do vale do São Francisco, presente na concentração de terra para produção de cultivos como por exemplo, uva e manga destinadas ao mercado externo, em detrimento da produção voltada para alimentação direta da população  - como é o caso de feijão e milho - vem ganhando notoriedade, por meio do ensino, pesquisa e extensão desenvolvidos por este Centro. 

O trabalho realizado tornou o CEA uma referência na questão agrária e tudo que ela ocasiona: agronegócio; disseminação de agrotóxicos na agricultura; transgenia; agricultura familiar e camponesa; movimentos sociais; conflitos por terra, dentre outros. Por essa razão, passou a estreitar laços com as licenciaturas e os cursos de saúde da UPE/Petrolina (graduação, pós-graduação Lato sensu e Stricto sensu), outras universidades em escala local, nacional e internacional, educação básica, movimentos sociais do campo e comunidade em geral - tanto para conhecer o espaço do Centro localizado na UPE/Petrolina, que dispõe de diversos tipos de sementes crioulas, plantas medicinais, objetos utilizados pelos camponeses, símbolos e instrumentos de luta dos movimentos sociais do campo, sementes transgênicas - como também para proferir palestra ou mesmo para apresentar e divulgar os produtos pedagógicos produzidos.

Ler Matéria Completa
publicado em 16 de Agosto / 2017 às 09:25

ESPAÇO DO LEITOR: PERIGO QUE VEM DE CIMA.

Geraldo alertei pelo seu programa o perigo que correm os pedestres que transitam ou aguardam parentes na porta do Hospital da Criança, situado ao lado do SAF, no bairro Santo Antônio. Ocorre Geraldo que o velho coqueiro, por sinal muito alto e fino, com mais de quinze metros de altura, bastante carregado, podendo a qualquer momento vitimar alguém como já aconteceu com um transitante. Nosso apelo as autoridades é no sentido de providências antes que o côco possa cair na cabeça de alguém despercebido e dessa vez chegar a óbito.

David Lima - Comunitário

publicado em 15 de Agosto / 2017 às 23:00

ATENÇÃO JUAZEIRO PARA ESTA CHAMADA!

Lá estava eu do outro lado do rio, conversando com um amigo que no passado pegava carona no Trem, e vinha jogar bola do lado de cá, sem aquele bairrismo tolo e infame que um dia existiu. E o mesmo ainda me disse que o povo do lado de lá vinha comprar quase tudo aqui em nossa cidade, citando, inclusive, a Sapataria Cearense onde ele era cliente fiel... Naquele momento lembrei nosso potencial de outrora, e resolvi promover a seguinte chamada, para ver o que ainda se faz presente.  Confiram o resultado:

Laura Novidades? Ausente; Bazar Royal? Ausente; Armarinho Meirelles? Ausente; Armarinho Drubi? Ausente; Lojas Os Gonçalves? Ausente; Lojas Silva? Ausente; Sorveteria Glacial? Ausente; Bar Primavera? Ausente; Ki-Sabor? Ausente; Cine Teatro São Francisco? Ausente; Quadra do Franvale? Ausente; Tiro de Guerra 06/129? Ausente; CNSF - Companhia de Navegação do São Francisco? Ausente; Estaleiro da Ilha do Fogo? Ausente.

Ler Matéria Completa
Acord@dinho – Apaixonado por Juazeiro e leitor assíduo do blog.
publicado em 14 de Agosto / 2017 às 13:00

OS GALHOS BALANÇAM, MAS A ÁRVORE ESTÁ DE PÉ

A mídia faz estardalhaço, grande parte da sociedade ecoa e com exigência de mais repressão e mais violência contra a violência, vai se encurralando e sonhando com uma proteção que nunca chega.  O aprofundamento da repressão pelos aparelhos do estado encabeça o rol das ações exigidas por grande segmento da sociedade para enfrentar o narcotráfico e a violência. Essa é uma visão simplista, que por desconhecimento, comodidade ou conivência, exclui várias outras vertentes geradoras da violência, ignora o cerne do problema e despreza o efetivo enfrentamento da questão em toda a sua extensa profundidade. Não se discute, por exemplo, a responsabilidade da justiça, se minora os efeitos da desagregação social, o desprezo de valores éticos e morais  e a submissão da sociedade a um modelo consumista, individualista e hedonista.

O foco na repressão exclui várias outras concepções de combates às drogas e a violência vivenciadas por países que produziram e produzem resultados dignos de análises críticas e considerações.

Ler Matéria Completa
Omar Babá Torres
publicado em 14 de Agosto / 2017 às 12:32

ESPAÇO DO LEITOR: AS MURIÇOCAS DE PAULO BOMFIM.

Geraldo,

Em apenas 30 minutos tentando assistir o Jornal na TV veja o que consegui, matar dezenas de muriçocas e prestar atenção no jornal que é bom naaaada. Juazeiro capital das muriçocas e as autoridades não fazem naaada para reverter essa situação. 

Moro no alto da Maravilha Travessa do Chafariz que na realidade devia se chamar Alto das Muriçocas. Saio de Juazeiro às terças para pedalar em Petrolina com uma turma e depois de semanas de muita insistência conseguir trazer o pessoal para dar uma pedalada noturna aqui na cidade, mais se arrempedimento matece eu estaria morto, fui inventar de trazer o pessoal logo pra onde: Lagoa de Calu.

Ao pararmos para uma hidratação normal de qualquer passeio ciclístico, quem estava lá? "As famosas muriçocas" picando incessantemente os ciclistas e como era de se esperar um reclamava de um lado, outro se batia do outro e fomos embora e eu com aquela vergonha.

Porque tantas? Porque o poder público não faz nada? Porque o Juazeirense tem que sofrer dessa forma?

Com a palavra o Sr. Prefeito Paulo Bomfim.

Cleverson da Costa Rocha

Morador do Bairro Alto da Maravilha, travessa do Chafariz em Juazeiro Bahia - Capital da muriçocas.

publicado em 14 de Agosto / 2017 às 12:00

Leitora reivindica melhoria em bairro de Petrolina

Geraldo,

Há muito tempo os moradores vem sofrendo vários transtornos e queremos uma providência por parte da prefeitura para melhoria da Avenida 15 (quinze), no bairro Jardim Guararapes, que dá acesso aos condomínios Valle Petrolina, Valle dos coqueiros, residencial Brasil e nova Petrolina e Encontro das Águas, está um caos. Na passagem do canal, o asfalto está todo esburacado, causando transtornos nos dois sentidos.

Sem falar na falta de segurança. Os assaltos são constantes nessa passagem, pois na medida que os motoristas reduzem por conta dos buracos, os meliantes aproveitam para atacar.

Edilene Nascimento

 

publicado em 13 de Agosto / 2017 às 23:00

ARTIGO – O DISCURSO QUE ENGANA A MUITOS!

Como se não bastassem as preocupações com a instabilidade política interna e as incertezas econômicas e sociais ora vivenciadas pelo nosso Brasil, somos, naturalmente, induzidos ao sentimento de solidariedade com os nossos irmãos venezuelanos, pela convulsão social instalada naquele país latino, com o rompimento total das regras de respeito democrático, onde as milícias constituídas pelo governo, além das forças militares oficiais, implantam a violência e a morte aos contrários à ditadura chavista/madurista, atualmente sem nenhum disfarce.

As imagens que correm o mundo são de muita brutalidade com os que se opõem ao governo, vítimas de uma inflação acima de 700% ao ano, uma economia estrangulada e total escassez de alimentos nos mercados. Através de uma eleição viciada e manobrada pela ditadura bolivariana foi eleita uma Assembleia Constituinte, cujo primeiro ato foi desconhecer o Poder Legislativo existente e outras medidas absolutistas já anunciadas, com a ampliação dos poderes ao Ditador Nicolás Maduro.

Como se trata de mais uma ditadura de inspiração esquerdista, não é surpresa para ninguém que a esquerda brasileira esteja a manifestar a aprovação incondicional a tudo que está acontecendo na Venezuela porque, como sempre, revelam de forma explícita que o objetivo é chegar ao poder, não importa os meios. O que surpreende diante deste cenário é ver que por aqui existe um patético discurso da esquerda contra a ditadura e governos militares, mas apoiam, incentivam e se solidarizam com iguais regimes existentes pelo resto do mundo. E todos que se opõem, obviamente, são tachados como da direita.

Uma tese que esteve em moda durante um bom tempo e que hoje pouco se fala nela, foi objeto de um artigo nosso sob o título A AUTODETERMINAÇÃO DOS POVOS, publicado neste Blog, em 25/01/2015. Conceitualmente, significa dizer que "todos os povos têm o direito de autodeterminação. Em virtude desse direito, determinam livremente sua condição política e perseguem livremente seu desenvolvimento econômico, social e cultural. (...) É a capacidade, direito ou ação (de um indivíduo, grupo, uma instituição etc.) de decidir, por si mesmo, as questões que afetam a sua própria vida e de lutar, perseverar para atingir seus objetivos e realizar seus próprios projetos".

Em toda essa definição, amplamente está enaltecido o princípio da liberdade e essa responsabilidade não cabe apenas ao cidadão, mas, sobretudo, ao exemplo que deve emanar do Estado. No que tange à Venezuela, a violência e a ditadura implantada pelo chavismo, e hoje glorificada e mantida pelo despreparado Maduro (que está mais para podre), está extrapolando todos os limites imagináveis, o que tem provocado uma reação indignada de todos os países democráticos do Ocidente. É um povo vitimado pelo personalismo exacerbado de um indivíduo, perfil comum a todos os ditadores.

Quem conhece e convive num regime democrático de direito, não pode, em absoluto, aprovar um regime ditatorial no país, seja ele de direita ou de esquerda. E se repudiamos a supressão das liberdades impostas pela força e vontade de um Ditador todo poderoso, determina a coerência humana e política que, igualmente, não se estimule e aprove tal condição para um país coirmão do Continente. E no que a esquerda brasileira mais investiu nos últimos anos, usando o dinheiro oficial, foi no fortalecimento das ditaduras de esquerda na América Latina e na África! Prove o contrário quem for capaz, e esta verdade nunca foi por eles contestada.

A Nação clama angustiada pelo surgimento urgente para 2018, de uma liderança que pense no Brasil e nos brasileiros, e não somente na forma como vão se dar bem. Chega de discursos falsos, mentirosos e enganadores, porque a verdade foi sentenciada por Abraham Lincoln: “Pode-se enganar a todos por algum tempo; pode-se enganar alguns por todo o tempo; mas não se pode enganar a todos todo o tempo”. Portanto, muito cuidado Brasil!

AUTOR: Adm. Agenor Santos, Pós-Graduação Lato Sensu em Controle, Monitoramento e Avaliação no Setor Público (Salvador-BA).

publicado em 13 de Agosto / 2017 às 12:24

Espaço do Leitor: Degradação ambiental nas margens do São Francisco.

Amigo Geraldo,

É inconcebível a incompetência, a falta de  conhecimento,  comprometimento,  e sensibilidade ambiental,  das pessoas que cuidam do setor de Meio Ambiente da Prefeitura de Petrolina. No sábado (12.08),  fui a Petrolina fazendo a travessia pelo rio, e fiquei surpreso ao chegar na outra margem,  onde  um trator fazia o desmatamento  a partir do circulo militar em direção a Orla 2 daquela cidade. O que me fez protestar contra aquela operação, é que no momento em  que se discute o vida do velho Chico, inclui-se no contexto,  o não desmatamento das suas margens como proteção às suas águas. 

Solo descoberto produz, calor, poeira - a propósito, era o que tinha muito naquele momento, com as partículas de solo sendo levantadas pelo vento  gerando poluição do ar  -  e para o rio,  erosão provocada pela chuva  e posterior assoreamento. O que Petrolina já deveria ter feito para evitar tudo isso, seria a cobertura de toda aquela área que é visível a todos nós, com uma vegetação rasteira.

Uma leitura interessante deve ser feita por todos que usam as barcas como meio de transporte. Ao descer as escadas para pegar a barca no sentido contrário, tem um grande painel, com uma mensagem de S O S, onde o rio pede entre outras coisas para que ele possa sobreviver,  que "não desmatem as suas margens". Nem assim eles respeitam. 

Por que não fazer apenas uma roçagem? Onde estão os órgãos de fiscalização?  

Obrigado.

Manoel Delmir

Foto Ilustrativa (Foto: Reprodução/ TV Grande Rio )
publicado em 12 de Agosto / 2017 às 23:00

Artigo - Toda imposição é burra

Em se tratando de serviço público, nada mais justo e lógico é ouvir as opiniões dos que serão beneficiados e as dos que poderão ser afetados negativamente, principalmente no que se refere a intervenções físicas, seja através de uma nova construção, uma reforma, uma ampliação ou implantação de algo. A imposição é egoísta e vai de encontro aos princípios da coletividade e o da boa convivência em sociedade.

Aquilo que vai de encontro ao que a maioria decide, dificilmente conseguirá sucesso. O agrado público tem de contemplar o plural e nunca o singular. Os benefícios oriundos do Poder Executivo, seja ele municipal, estadual ou federal, precisam necessariamente ser apresentados e discutidos pela população, principalmente aquela que será contemplada. A vontade de uma pessoa ou de um grupo específico não pode determinar e servir de base para uma decisão e a definição de alguma coisa.

Ler Matéria Completa
Foto Ilustrativa da Internet
publicado em 12 de Agosto / 2017 às 09:00

ESPAÇO DO LEITOR: JUAZEIRO HUMANIZA, MENOS NA SAÚDE.

Em Juazeiro temos um forte agravo na área da saúde pública, aquela que não é utilizada no dia-a-dia dos senhores vereadores e secretários de Juazeiro. Mas que é necessária para minha vida e a de muitos.

Nossos líderes políticos não poupam belos textos quando vão tecer promessas para a saúde, porém... Esse quadro lastimável na história de Juazeiro continua sem alteração nenhuma! Temos uma vice-prefeita Médica! Temos uma Secretária de Saúde Médica! Mãe e filha! E em contrapartida temos um caos instalado e inalterado.

Trabalhadores da saúde em greve, paralisados de suas funções e nas ruas em manifestações. Recentemente os Agentes de Endemias vieram a público para externar coisas drásticas que ocorrem naquele segmento e a secretaria de saúde emite notas vazias, sem conteúdo legítimo.

 Sou morador do bairro Alagadiço, proximidades do Terminal de Ônibus e do Estádio e sabe uma realidade que me assola dia a dia? Meu PSF do Alagadiço está sem Médico para atender há 3 meses! Já notifiquei a Ouvidoria, já enviei nota às mídias e nada é feito. O PSF continua sem Médico para atender, lá está um Enfermeiro que me prescreveu exames básicos de laboratório e me disse que quando eu receber os resultados leve que ele vai olhar para mim! Pergunto: Isso é legítimo? Um Enfermeiro pode avaliar exames de laboratório e prescrever medicação? Ou ele vai apenas olhar e me dizer: Está tudo bem, pois não temos médico aqui.

O Enfermeiro com boa vontade tem feito ali o papel do médico, porém chamo atenção do COFEN, pois isso não é legítimo!

PSF em Juazeiro voltou a ser Posto de Saúde (local físico apenas), Hospital Regional não recebe mais o SAMU com urgências, porque está sem orçamento administrado bem. UPA virou piada ser atendido ali. Maternidade municipal falta até copo descartável, imagina recursos técnicos.

Ora, estamos vivendo assim em Juazeiro! Esses dias a prefeitura veiculou uma matéria onde a secretária Fabíola Ribeiro estava extremamente sorridente em reunião com a secretária de saúde de Petrolina... Resolvendo situação da hemodiálise em Petrolina que não vai nada bem, e estão buscando o apoio de Juazeiro! Levante seu sorriso para outras realidades Fabíola Ribeiro.

É ridículo trabalhar tão mal. Juazeiro extremamente mal servida de secretários! Ponto final.

Joaquim Afonso dos Santos

publicado em 11 de Agosto / 2017 às 23:00

MENSAGEM DE ANIVERSÁRIO DE LAURENÇO AGUIAR, O MILITANTE SOCIALISTA

Em 09 de agosto Laurenço Aguiar fez 60 anos! Um lutador social em estado natural!

Ainda me lembro do jovem desajeitado que em 1988 conheci em Senhor do Bonfim, e já carregava consigo o apelido “Grampão” desde a década de 70... Tinha pouco mais de 20 anos e já se integrava ao quadro de sindicalistas que dirigiam o combativo Sindimina-Bahia. Naquele tempo ele era notável por enfiar os nomes de Sento-Sé e Riacho dos Paes em qualquer conversa. Que importava, se ninguém conhecia a cidade e menos ainda o povoado? Mesmo nas falas informais, ele estava sempre a colocar de forma sutil ou desafiante, sua terra em primeiro lugar. Tem como identidade a bandeira de suas origens. O quê? Sento-Sé? “É por onde passa 350 km do Velho Chico”. “É onde tem as Serras mais deslumbrantes do país”. E de tanto repetir aos seus amigos, seja em Belém do Pará, Brasília, Minas Gerais, Espirito Santo, São Paulo, Maranhão, Rio de Janeiro, Pernambuco, Santa Catarina, ainda que duvidassem um pouquinho, terminavam acreditando. É que ele fala com tanta sinceridade que até eu passei a acreditar.           

Suas virtudes são incontáveis: bom pai, bom amigo, razoável analista de conjuntura... E aí prevalece sempre a inteireza de sua boa-fé. No mais, confesso que até me acostumei a ouvir avaliações – a bem da verdade, boas, ponderadas e racionais. Por conta disso é que ele goza de bom conceito entre os comunicadores da mídia regional. Matérias e entrevistas com Laurenço Aguiar geram ibope, repercutem e dificilmente há alguma séria contestação. Suas informações sempre procedem. Desde quando era o antigo “Louro Veio”, já evitava usar palavrão e sabe ser respeitoso no trato com os “outros”. Confessa sempre gostar “do que é bom” e com orgulho afirma ser “um socialista/consumista.

Ler Matéria Completa
Por Antônio Britto - Jornalista/Camaçari-BA.
publicado em 10 de Agosto / 2017 às 23:00

ENTENDA O QUE É E A IMPORTÂNCIA DE “COMPLIANCE”

*Josemar Santana

Nos últimos anos muito se tem falado no meio empresarial em “COMPLIANCE” como meio de tornar as empresas mais eficientes e confiáveis, pela garantia de qualidade dos seus produtos e serviços e pela proteção contra atos de corrupção.

O termo tem origem na língua inglesa e deriva do verbo “to comply”, significando a existência de esforço corporativo para estar de acordo com regras, especificações, instruções e regulamentos, ganhando corpo “cada vez mais” nas empresas atuais “ao se deparar com intensas questões burocráticas, legais e sociais”, como afirma Henrique Rebello, especialista no assunto e Diretor Vertical de Gestão na empresa Alterdata Software.

Ler Matéria Completa
publicado em 09 de Agosto / 2017 às 20:00

ESPAÇO DO LEITOR: Morador do Monte Castelo em Juazeiro reclama de entulho na praça da Barra; Veja na íntegra:

"Desde janeiro quando começou a fazer as calçadas da avenida própria no bairro Monte Castelo que a empresa responsável colocou este entulho na Praça da rua da Barra, com isso está juntando bastante lixo e poeira, pois com o vento, a terra entra nas residências. Além disso, a própria empresa coloca sacos vazios de cimento. Gostaria de algum posição da prefeitura, pois já fazem 8 meses"

Por Matheus Alencar morador do bairro Monte castelo
publicado em 09 de Agosto / 2017 às 15:00

Agente de endemias diz porque está nas ruas

Geraldo José,

Sou Agente de Combate as Endemias na cidade de Juazeiro Bahia, e gostaria de usar esse meio de comunicação para esclarecer o verdadeiro motivo que nós agentes estamos na paralisação junto ao SINTRAB/SAÚDE.

Eu e alguns colegas de trabalho resolvemos aderir a paralisação em manifesto a falta de fardamento e condições de trabalho. Só para lembrar: no dia 24 de maio de 2017, a Comissão dos Agentes de Endemias enviou nota a esse blog cobrando material diário para realização dos trabalhos e também fardamento, logo em seguida tivemos uma resposta da SESAU informando que a aquisição de novo fardamento estaria em andamento e que deveria chegar em até 40 dias, está ai nos arquivo do blog pra quem quiser ver. Fardamento esse que é cobrado muitas vezes por esse meio de comunicação desde de 2015, e só o que ouvimos falar é que o processo de licitação vai ser concluído. até quando? já se passaram dois anos e nada.

Os materiais diário de trabalho estão sendo comprados pelos Supervisores de equipe (cargo comissionado). Abaixo são os verdadeiro motivo para que eu e meus colegas estejamos na praça:

Falta de Fardamento
Falta de Material Diário para realização dos Trabalhos
Pagamento de Insalubridade calculado no salario base conforme  LEI Nº 13.342, DE 3 DE OUTUBRO DE 2016. 
Pagamento do Prêmio dos Agentes conforme Decreto Municipal 11.858/2009
Melhores condições de trabalho, pois muito de nós não temos um PA (Ponto de Apoio) para fechamentos da visitas domiciliares realizadas durante o dia.

Será que não temos motivos suficientes para estarmos parados? será que devemos sentar e assistir tudo isso de camarote?

Desde já agradeço pelo espaço, gostaria que meu nome não fosse publicado para que eu não sofra perseguição.

Agente de Endemias

publicado em 09 de Agosto / 2017 às 09:27

MORADORA DO CENTENÁRIO E O INCÔMODO DAS MURIÇOCAS

Ananda Gonçalves foi mais uma leitora a enviar mensagem ao Blog Geraldo José reclamando do incômodo das muriçocas em Juazeiro. Ela é moradora do bairro Centenário e explica que está difícil conviver com tamanho incômodo. Confira:

Querido... 

Preciso falar com você sobre a questão dos mosquitos aqui no Bairro Centenário. Todas as noites é uma agonia para consegui dormir, matamos milhares todos os dias, mas nada adianta. 

Minha casa passa o dia inteiro fechada e mesmo assim, uma hora dessas já está lotada de mosquitos, como te envio na foto agora. Isso em um dos cômodos, se juntar com os outros, fica um número fora do comum. 

Precisa passar o carro da fumaça nesse bairro, não estamos aguentando mais. A prefeitura precisa tomar uma providência urgente. 

Muito obrigada. Me perdoe pelo desabafo, mas quando temos filhos pequenos, sabemos o sofrimento que é. 

Deus te abençoe.

Ananda Gonçalves

publicado em 08 de Agosto / 2017 às 23:00

ESPAÇO DO LEITOR: “JOÃO DOIDO”, JUAZEIRO MAIS POBRE

Ele era apenas alguns anos mais velho que eu;  seu nome  de Batismo: João Ferreira Martins, viveu icógnito por trás de um apelido que lhe tornou muito mais famoso que o seu próprio nome mas, será o seu apelido que ficará gravado nos corações dos juazeirenses, principalmente no daqueles do seu tempo. Melhor dizendo: do nosso tempo, pois desde quando eu me entendi por gente, já o conheci como “João Doido”, não tenham dúvidas que sempre será o “doido” mais querido de Juazeiro e, é com este nome, que eu rogo às autoridades que não deixem se perder a memória de “João Doido”, patrimônio da loucura amável, em Juazeiro.

Incapaz de fazer mal a quem quer que fosse. De um cuidado extraordinário com objetos alheios e pessoas; não podia ver um carro estacionado com a porta aberta que logo interrogava:

-“Eu fecho, eu fecho???” E saía a recolher tudo o que tivesse no interior do veículo, antes de fechar-lhe as portas, a seguir, entregava tudo na casa do proprietário.
Quando éramos crianças, senão de idade mas em espírito, gostávamos de tirar o sossego de João e de outros nossos irmãos fracos de juízo, daquele tempo, como é o caso de “Amassa Barro”, “Galo Choco”, “Bico Doce”, etc. João sempre foi o mais espirituoso de todos eles.

Ler Matéria Completa
Carlos Augusto Cruz - Médico/Advogado
publicado em 08 de Agosto / 2017 às 09:20

MUNÍCIPE RECLAMA DO ATENDIMENTO DO BANCO DO BRASIL EM SOBRADINHO

Geraldo,

A agência do Banco do Brasil em Sobradinho há muitos anos não presta um bom serviço à nossa população, ou a quem precisa.

Caixas eletrônicos sempre sem dinheiro.

Serviço de telefonia deficiente, você liga e ninguém atende.

Alguns funcionários com mau humor, ou seja, com a cara fechada como se não dependesse dos clientes para manter seus empregos.

E pasmem, o banco abri suas portas para atendimento as 10:00hs, mas meio-dia o caixa colocava uma placa de fechado para o funcionário ir almoçar, nesse intervalo, os clientes ficavam sem atendimento nos caixas retornando bem depois.

Agora mostra uma fraqueza imensa, no primeiro assalto sofrido recentemente, desde a sua implantação, quer transformar formalmente a agência em posto de serviço. Ora, com essa deficiência, já não é posto?

Parabéns ao Bradesco de Sobradinho, mesmo tendo passado por vários assaltos, nunca cogitou fechar ou transformar a agência em posto.

Há ainda uma informação de que vai passar uns três messes fechado para reforma e quando retornar será posto. A informação é do gerente ao vereador Cleiyvinho, que posteriormente passou a informação aos demais vereadores na quinta-feira passada na abertura dos trabalhos da câmara.

Alexandro Nunes – Sandro Neguinho

publicado em 07 de Agosto / 2017 às 20:23

Espaço do leitor: Onde está a Mobilização Social da Praça CEU do Bairro Tabuleiro?

Caro Geraldo José e população juazeirense,

Sou Tânia Cristina da Silva, moradora do Bairro Tabuleiro há 27 anos. Gostaria de utilizar esse importante veículo de comunicação da região para publicizar uma situação que é do interesse de toda a população juazeirense, principalmente os moradores do Bairro Tabuleiro.

Ressalto que antes de tornar pública essa situação já foi feito contato com a Prefeitura Municipal de Juazeiro, por meio do SIC - Sistema de Informação ao Cidadão, a Equipe de Gestão de Equipamentos - Departamento de Obras e Gestão de Equipamentos Culturais (CGGEQ / DOGEC / SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA CULTURAL / MINISTÉRIO DA CULTURA) e outras pessoas que atuam na gestão municipal, porém ainda não obtive uma resposta satisfatória.

 Conforme já divulgado no Blog, o Bairro Tabuleiro está sendo contemplado com a construção de um equipamento público viabilizado com recursos do Governo Federal com a participação da gestão do município, o Centro de Artes e Esportes Unificado, popularmente conhecido como Praça CEU. O equipamento é muito importante para nosso município, principalmente para a comunidade do Bairro Tabuleiro que contará com um espaço estruturado que integra atividades e serviços culturais, práticas esportivas e de lazer, formação e qualificação para o mercado de trabalho, serviços socioassistenciais, políticas de prevenção à violência e inclusão digital de lazer (CARTILHA DE ORIENTAÇÃO PARA AÇÕES DE MOBILIZAÇÃO SOCIAL NOS CEUs, 2014).

Ler Matéria Completa
publicado em 07 de Agosto / 2017 às 19:53

História: Caetano Veloso - 75 anos hoje!

Caetano Veloso - 75 anos!

Na foto, com o grupo Êxodus em 1973,quadra do "franvale" Festival Sanfranciscano da canção - Troféu João Gilberto Juazeiro-Ba. Tempos do "ciúme". (Zeinha, Eu, Satinho+, Itazir, Julhão, Caetano, Coelhão, Zé Mario Luna).

Caetano veio com o disco de João Gilberto gravado no México em uma fita cassete (o lendário albúm branco da bossa nova)

Disse que Juazeiro tinha  céu demais, demasiadamente azul, viu a bossa nova nas águas barrentas, o angary e o curtume no cenário do "ciúme". 

Carlos Maurício Dias Cordeiro (Mauriçola)

publicado em 07 de Agosto / 2017 às 17:02

ESPAÇO DO LEITOR: Leitora de blog rebate secretária de saúde de Juazeiro e relata situação de agentes de saúde

Por Iolanda Nogueira

"Geraldo José, vendo seu blog dia 05/08 me deparei com uma Nota postada pela Secretária de Saúde FABÍOLA RIBEIRO, onde ela esclarece alguns motivos de alguns funcionários estarem na paralisação junto ao SINTRAB/SAÚDE. Ela só esqueceu de mencionar o fardamento dos Agentes de Endemias, o pagamento do prêmio por baixo índice de infestação de Dengue, Zika e Chikungunya, que sempre foi pago na folha de julho, material diário como: lápis, borracha, caneta, a insalubridade dos Agentes de Endemias e Comunitário de Saúde que desde 2006 e garantido por lei o pagamento calculado no salario base ou vencimento.

Sou Agente de Combate as Endemias, não tenho farda, não tenho material diário para trabalhar".

publicado em 07 de Agosto / 2017 às 16:30

A NAU DOS INSENSATOS MATANDO A GALINHA DOS OVOS DE OURO

Caro Geraldo,

A famosa fábula de Esopo, A Galinha dos Ovos de Ouro, que ouvia/lia quando era criança, está em pleno curso em nosso país, pois a nau dos insensatos, os governos Federal, Estadual e Municipal estão, literalmente, matando sua "galinha dos ovos de ouro", que é o povo brasileiro, especialmente a classe média, senão vejamos:

No âmbito geral, temos umas das mais altas cargas tributárias do mundo, escorchante mesmo, com retorno pífio, insignificante, o que fez os economistas denominarem nosso país de "Belíndia", com carga tributária da Bélgica, país desenvolvido, e serviços da Índia, sub-desenvolvido, ou em desenvolvimento.

Por causa da asfixiante tributação, e a liberação das margens de lucro e preços praticados pelos fabricantes e prestadores de serviço, pagamos pelos automóveis mais caros do mundo (o mesmo Honda City, fabricado em Sumaré/SP, é vendido no México por menos da metade do preço daqui);  juros mais altos do mundo,  tarifas de energia elétrica, telefonia móvel, internet banda larga, também são maiores aqui.

Ler Matéria Completa
Zoroastro Cedro - Zoró - Químico, aposentado, farto de ser espoliado pelo poder público.
publicado em 07 de Agosto / 2017 às 16:00

LEITOR REIVINDICA DESENTUPIMENTO DA REDE DE ESGOTO NO ALTO DA MARAVILHA

O leitor Marcos Dias Ribeiro enviou mensagem ao Blog solicitando a postagem de reivindicação ao SAAE (Serviço de Água e Saneamento Ambiental) no sentido de desentupir a rede de esgotamento sanitário na rua 02, do bairro Alto da Maravilha. Confira: “Por favor, queria pedir a você para colocar no Blog e também dar uma força no programa Geraldo José sobre a situação desse esgoto estourado aqui na rua 02, do bairro alto da maravilha,próximo à Cesta do Povo. Há vários dias estamos vivendo entre as "fezes" literalmente. A equipe do SAAE quando vem nos atender faz um serviço de péssima qualidade e que logo em pouco tempo a situação volta a piorar. Durante o dia está irrespirável ficar nas lojas e nas residências devido ao mau cheiro e depois das 17:00h são as muriçocas. Sei que o assessor de imprensa deve ler a matéria ou ouvir o programa e pedir a ele para encaminhar minha reivindicação ao SAAE, e não tentar colocar a culpa na população,coisa que é praxe do órgão”.

Veja o vídeo:

Voltar ao topo
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2017. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.