Blog do Geraldo José - Reminiscências
Vale do São Francisco - 17 de Outubro de 2017
|
Redação: (74) 3613-3479

Reminiscências

publicado em 28 de Setembro / 2017 às 15:16

REMINISCÊNCIAS..."28 de Setembro faria hoje 120 anos", lembra leitor e ex-diretor do clube social

O leitor e colaborador do Blog Geraldo José, Gilmar Vitor Guimarães, relembrou hoje (28/09),  data em que o Clube social 28 de Setembro completaria 120 anos, alguns registros fotográficos ha história da setembrina.

“Hoje a Sociedade 28 de Setembro faria "120" anos. Para relembrar um pouco da belíssima história da querida setembrina, coloquei (02) fotos para ilustrar um pouco a história.

Festa Destaque (1986) - Diretores: Gilmar Guimarães e Lula Cordeiro com Carlinhos da Banda Ouro, Hugo Harnavato, organizador do evento, e Egiza Dantas, in memoria. Na foto constam ainda: Ator Global Lauro Corona e o empresário e ex diretor da 28 e Country Club, Miguel Silva.

Na outra foto uma lembrança da puxada de Carnaval na festa do Centenário do clube”, anotou.

Muitos Juazeirenses retribuíram o carinho da lembrança revivendo momentos vididos na 28 de setembro. Wilma Rosa escreveu: “Eita Setembrina, que saudade danada dos bailes grandiosos no dia do seu aniversário e os grandes carnavais com o saudoso Amado”. 

“ Muita saudades, eita festas maravilhosas, festas de debutantes, carnaval, por isso pergunto: Onde estão os políticos de Juazeiro, estão cegos?", questionou Isa Amorim.

Carmem Lúcia Amorim relembrou: “Com que saudades estou de cá,ouvindo os cantos, sentindo os delírios que rolam por lá, quanta alegria tão jovial , eis VINTE OITO pendão glorioso de dois carnavais...”

“Quantas lembranças BOAS deste anos Gloriosos”, disse Leuza Galdino...”.

Fotos arquivo Gilmar Vitor
publicado em 11 de Setembro / 2017 às 23:00

Vídeo com apresentação rara de João Gilberto é lançado nas redes socias, veja:

Um dos ícones da bossa nova, o juazeirense João Gilberto lançou, através de sua assessoria, em suas redes sociais, um vídeo em que se apresentava no Teatro Castro Alves em Salvador no ano de 1978.

Num vídeo que dura pouco mais de um hora, João canta vários de seus sucessos. Nos comentários da postagem na sua rede, vários fãs se manifestaram: "gênio inigualável", "Não aceita menos do que a perfeição...". disseram alguns dos internautas.

De acordo com informações, neste período, João morava nos Estados Unidos e veio a capital baiana para esta apresentação. Vale a pena relembrar, veja o vídeo abaixo:

Portal Zap
publicado em 17 de Agosto / 2017 às 23:30

Reminiscências...

A Fotografia, do arquivo de Mauro Coelho, circulou por esses dias nas redes sociais e homenageia duas figuras que subiram ao andar de cima recentemente, em Juazeiro.

Na imagem, João Martins, ou simplismente "João Doido", faz pouse para a fotografia no balcão do Bar de "Tio Nininho", um tradicional dono de bar na Orla da cidade.

Foto:Mauro Coelho
publicado em 23 de Julho / 2017 às 15:00

Reminiscências...

A foto, do arquivo de Murilo Som, publicada na sua página no Facebook, relembra um tempo, nem tão distante, em que o Vinil e a Fita Cassete ainda reinavam em tempos de glória...

publicado em 06 de Julho / 2017 às 23:00

REMINISCÊNCIAS... BAILE DO HAVAI 2005 - EU E O CORONEL JOSÉ ANSELMO

Geraldo segue foto em que estamos eu (Samuel Dantas Duarte), minha esposa Lourdes Queiroz, o Coronel José Anselmo e a esposa Mônica. Observação: O Coronel ainda tinha muito cabelo. Um abraço, meu primo, e muita determinação nessa nova empreitada (Comando do CPRN). Foto tirada no Baile do Havai em 2005 - Country Club.

Samuel Dantas Duarte

publicado em 11 de Abril / 2017 às 23:00

Reminiscências...

O leitor Victor Augusto colaborou com nosso quadro de "Reminiscências" e trouxe uma foto de um grupo de policiais da década de 70/80, dentre eles seu saudoso avô, Antonio Borges. Ele ainda pede ajuda aos leitores, que identifiquem os demais da referida foto, veja abaixo:

publicado em 09 de Fevereiro / 2017 às 23:00

Reminiscências... Há 25 anos!

Em pé: Cebola, Charles, Edésio Santos, Amarildo, Neto, Baé, Silva, Julito, Lira, Bertinho, Valdeci, Mazinho, Capitão Du, Dr. Carlos Augusto e Geraldo José.

Agachados: Xanxa, Taladinho, Brasília, Celso Maravilha, Gilmar Ranzinha, Carlos Humberto, Feijão, Benitez, Diógenes e Zica. Crianças: Michel, Sidarta, Ciro, Álisson e Bocão. 

Segundo relata o radialista e cronista esportivo Charles Gray, hoje, 09 de fevereiro de 2017, faz exatamente 25 anos de um jogo memorável no Estádio Adauto Moraes que envolveu a Seleção Brasileira de Master e a Seleção Juazeirense de Veteranos, cujo fato ao longo da partida ecoou nacionalmente e até internacionalmente.

A partida contava com a presença de grandes craques do futebol brasileiro e regional, entre eles, o zagueiro Luís Pereira (Chevrolet), que é natural de Juazeiro e depois de passagens por grandes clubes, a exemplo do Palmeiras, seleção brasileira e futebol espanhol, Luiz Pereira participava de amistoso na cidade quando foi expulso.

O FATO

A imprensa à época fez um relato do ocorrido em campo: Dezoito anos depois de ser o primeiro jogador brasileiro a receber o vermelho em Mundial, Luís Pereira se viu envolvido em mais uma situação polêmica com uma expulsão. Em fevereiro de 1992, ele voltou a Juazeiro junto com a Seleção Brasileira máster para fazer um jogo festivo contra o time que leva o nome da cidade. A partida seria uma das homenagens ao jogador, que ganhou até um museu com seu nome no município.

O árbitro escolhido para comandar o jogo foi o funcionário público José Francisco Bastos. Apelidado de Zé Tarzan na região de Juazeiro, ele estava acostumado a trabalhar em jogos amadores da região e, também, em alguns amistosos. Seja de times locais ou nacionais, como quando o Vasco e o Atlético-MG estiveram por lá.

 É muito pior marcar jogo de veterano ou festivo. Eles pensam que todo mundo do interior é besta

Zé Tarzan

Antes da partida começar, Zé Tarzan ouviu a orientação de que aquele era um jogo festivo e que não deveria expulsar ninguém. O correto seria pedir a substituição do atleta que fosse receber o cartão vermelho.

Tudo transcorria bem, o Brasil vencia por 3 a 0 mas, entre os 20 e 25 minutos, Luis Pereira perdeu a cabeça mais uma vez. Após chegar atrasado em uma disputa de bola, cometer a falta e receber o cartão amarelo, o zagueiro partiu para cima do árbitro.

- É muito pior marcar jogo de veterano ou festivo. É tudo cobra criada, passam a noite na farra e não têm condição física. Eles pensam que todo mundo do interior é besta. Dei o cartão amarelo, e ele disse umas agressividades. Ele deveria ser exemplo, mas queria brigar. Aí expulsei – lembra Zé Tarzan nos seus 70 anos de vida.

Ao ver o cartão vermelho, Luis Pereira se exaltou ainda mais. O árbitro, por sua vez, decidiu correr da briga. Sem querer entrar em disputa, Zé Tarzan só parou quando avistou o prefeito da cidade, Joseph Bandeira. Trajando um paletó impecável, o político foi em direção ao árbitro para convencê-lo a manter o filho da terra em campo.

- Eu já sei o que fazer – respondeu Zé Tarzan ao se lembrar da orientação que lhe foi dada antes do jogo.

O juiz quis agitar o ambiente e quis me expulsar. Mas você vê que eu estava com moral com o prefeito, não é?

Luís Pereira

- Então está bom, porque eu ainda tenho um negócio para resolver – agradeceu o prefeito.

Zé Tarzan manteve Luís Pereira em campo, mas, com menos de um minuto de jogo reiniciado, ele passou pelo banco da Seleção Brasileira e revelou a solução:

- Professor Rivelino, entre e substitua Luís Pereira – disse o árbitro, que pode colocar no currículo um pitaco como técnico da seleção máster.

Pouco mais de duas décadas depois, Pereira não gosta de se alongar muito no assunto. Mas ainda consegue uma forma de se sair bem em toda a história.

- O juiz quis agitar o ambiente e quis me expulsar. Mas você vê que eu estava com moral com o prefeito, não é? Isso é uma coisa boa (risos).

Informações e foto: Chalres Gray e Globo Esporte
publicado em 31 de Janeiro / 2017 às 23:00

Reminiscências...

Já se passaram 32 anos, desde que o Veneza Futebol Clube conquistou o título de Campeão Juazeirense de Futebol Amador de 1985. Na foto, o atacante Marcelo Passos e o Professor de Educação Física, Gilmar Nery, hoje, presidente da APLB-Sindicato.

publicado em 02 de Janeiro / 2017 às 23:00

Reminiscências...

Em julho de 1982, amigos de Juazeiro realizaram encontro de confraternização na Ilha de Curaçá. A foto enviada ao blog pelo leitor Paulo Coelho relembra este momento. Da esquerda para direita: Carlos, Pedro Bezerra, Wilson Duarte (Brocoió), Valter Galego, Paulo Coelho, Romildo (Boneco) e Orlando (Orlando de Teodomiro).

publicado em 31 de Dezembro / 2016 às 23:00

Reminiscências...

Em homenagem a este vapor Venceslau braz e todos aqueles que fizeram parte da Cia. de Navegaçao do São Francisco/Franave.

Josemar Barbalho Gonzaga

publicado em 29 de Dezembro / 2016 às 23:00

Reminiscências...

Tempo bom não volta mais... já cantava o humorista Lilico. Na foto Valtinho, Targino Gondim e o ator Fabrício Fatel (Bambam).

Por Wilson Duarte.

publicado em 24 de Outubro / 2016 às 09:30

AGU diz que poderá cobrar Enem dos estudantes em escolas ocupadas

A  Advocacia-Geral da União (AGU) diz que poderá cobrar os prejuízos aos cofres públicos causados pela ocupação de unidades de ensino programadas para receber a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), de acordo com nota divulgada pelo órgão.

De acordo com o último balaço do Ministério da Educação (MEC), 182 locais de prova estão ocupados por estudantes em protesto contra a Medida Provisória do Novo Ensino Médio e a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241/2016, que estabelece um limite de gastos para a União para os próximos 20 anos.

O MEC deu prazo até 31 de outubro para os estudantes deixarem os locais. Caso isso não ocorra, o exame será cancelado nessas escolas e institutos federais. Segundo a pasta, cerca de 95 mil candidatos poderão ser afetados.

De acordo com a AGU, a maior preocupação é com a própria realização do Enem, marcada para os dias 5 e 6 de novembro. A ideia é cobrar dos responsáveis o valor pago por cada nova prova aplicada. O Enem tem um custo de R$ 90 por participante.

A AGU também estuda o ajuizamento de ações por eventual prejuízo ao patrimônio, caso seja constatada depredação das instituições de ensino. O órgão diz que, em conjunto com outros órgãos, vai trabalhar para identificar os responsáveis. Equipes de advogados públicos estarão de plantão até a realização do exame.

Agência Brasil
publicado em 12 de Setembro / 2016 às 12:30

Reminiscências - Vicente Celestino em Juazeiro

Antonio Vicente Felippe Celestino, o imortal Vicente Celestino, se vivo, completaria hoje, 12 de setembro, 122 anos. “Filho de italianos da Calábria, aos 08 anos iniciou a carreira artística sendo o marco profissional aos 18 anos. Casou-se, em 1933, com Gilda de Abreu - atriz, escritora, compositora, cantora lírica, diretora de cinema e roteirista. O casamento foi realizado na manhã do dia 25/9/1932 e, à noite, Gilda usou o mesmo vestido em uma cena do espetáculo "A canção brasileira" repetindo, com uma revoada de pombos e ao som da marcha nupcial, a emoção do casamento, para o público do teatro. No total, gravou em 78 RPM cerca de 137 discos com 265 músicas, mais dez compactos e 31 LPs. Faleceu em 23/08/1968 em consequência de um problema no coração." (Memorial da fama/Wikipedia).
.
Há quase 50 anos, no dia 26/10/1966, Juazeiro da Bahia recebia, com festa e ansiedade, Vicente Celestino para uma única apresentação no Cine Teatro São Francisco; O jornal da época diz que duas mil pessoas foram aplaudi-lo; Entre elas, Zélia Lino, fã incondicional do artista, que teve a oportunidade de entregar-lhe uma faixa, confeccionada por ela mesma, com a frase "Só os insensíveis não o admiram". Petrolina também teve a oportunidade de vê-lo, também em única apresentação.

Fotos e recorte do jornal - acervo de Zélia Lino/família.

Postado em: www.facebook.com/reminiscenciasdejuazeiro

Laís Lino

publicado em 16 de Agosto / 2016 às 23:00

REMINISCÊNCIAS... JOÃO HAVELANGE EM JUAZEIRO

Como já postado no Blog o ex-presidente da Federação Internacional de Futebol (Fifa) João Havelange, que também presidiu a CBF quando ela se chamava CBD, morreu na manhã desta terça-feira (16), no Hospital Samaritano, em Botafogo, Zona Sul do Rio. Ele estava internado para tratamento de uma pneumonia desde julho. O corpo foi enterrado à tarde, no cemitério São João Batista.

João Havelange já esteve em Juazeiro no ano de 1972 oportunidade em que foi recebido por políticos, dirigentes da LDJ (Liga Desportiva Juazeirense) e por membros da crônica esportiva local. O professor José Raimundo dos Santos, popular Negão do Edson encaminhou fotos ao Blog relembrando esta passagem de Havelange por nossa cidade.

publicado em 25 de Julho / 2016 às 23:01

Reminiscências... Pulando da Ponte Presidente Dutra

No ano de 1981, Paulo Vianna (Paico) e Du Vianna lideravam a Equipa Raça com Cabo Chico, Tony Jardas, Bigodinho, Paulo Marcos Amorim e Welson Benevides.

Eles promoveram esse evento para pular do carretel da Ponte Presidente Dutra. As imagens foram feitas pelo Empresário Antônio Drubi, já falecido, e estas relíquias da memória juazeirense foram cedidas agora pelo seu filho Rogério Drubi para postagem no Blog.

Esse pulando mortal de costas era Dú Vianna.

No segundo vídeo, é Paulo Vianna (Paico) pulando do carretel da Ponte Presidente Dutra.

Reminiscências...
publicado em 06 de Julho / 2016 às 22:00

Reminiscências...ENCONTRO INESQUECÍVEL 

Foi em Goiânia (GO), numa CONVENÇÃO NACIONAL do LIONS CLUBE, que a CaL. Natália teve o prazer de conhecer e conversar com a saudosa Zélia Gattai, que se consagrou na vida, pela arte de escrever, entre outras atividades.  Em 2 de Julho deste ano, Zélia, completaria 100 anos de existência. Foi realmente um encontro inesquecível.

Por Herbert Mouze

publicado em 23 de Junho / 2016 às 23:00

REMINISCÊNCIAS... VISITA DO EX-MINISTRO JARBAS PASSARINHO À JUAZEIRO

O ex-Ministro Jarbas Passarinho que faleceu no último dia 05, aos 96 anos, já esteve visitando Juazeiro quando ocupava a pasta da Previdência durante governo militar, e era prefeito da cidade Américo Tanuri.

O ministro foi recebido pelos assessores municipais Orlando Pontes e Ermi Ferrari. O leitor que enviou a foto Francisco Lopes não soube precisar a data da foto, mas o ocorrido fará parte do quadro “Reminiscências” do Blog.

publicado em 20 de Junho / 2016 às 22:00

Reminiscência... Um singelo registro e homenagem a Durval Barbosa da Cunha

Nascido em 18/08/1922 no Distrito de Rancharia em Juazeiro - BA. Filho do Sr. Bernardino Barbosa da Cunha e de D. Maria da Cunha Barbosa. Estudou  na Escola Professor Aristóteles Pires de Carvalho (primário), Escola Técnica e Comércio e Colégio Dom Bosco em Petrolina PE. Eleito vereador pelo Partido Trabalhista Brasileiro-PTB, 1947-1951. Deputado estadual, pelo Partido de Representação Popular-PRP, 1963-1967. Tabelião do Cartório de Notas do 2º Ofício, 1954-1979. Prefeito Municipal de 1973 a 1977, sendo um dos marcos de sua gestão a fundação do Colégio Municipal Paulo VI (1976).  Membro da Loja Maçônica Segredo, Força e União, sócio da Sociedade Apolo Juazeirense e Círculo Operário de Juazeiro e do Clube dos Caçadores de Juazeiro.

Casado com a Professora Jandyra Borges da Cunha e pai de Dirley Cunha, Lourival Cunha, Dirlene Borges Lima, Delma Borges Barros, Dione Borges Gonçalves, Diney Borges, Deane Borges, Daise Borges, Deisimar Borges (in memoriam) e Durjandy Borges.

Faleceu em 18/06/1979

Fonte: Assembléia Legislativa da Bahia. Sr. Durjandy Borges. foto acervo do Círculo Operário (ficha de inscrição à entidade em 1952).

Publicado em https://www.facebook.com/Reminisc%C3%AAncias-de-Juazeiro-545239552252944/

No ano em que se comemora os 40 anos de fundação do Colégio Municipal Paulo VI, trazemos um trecho do livro "Memória Histórica de Juazeiro" de João Fernandes da Cunha lançado em comemoração ao Centenário da cidade (1978).

Foto sem data nem identificação de autor.

"COLÉGIO MUNICIPAL PAULO VI"

Construído e inaugurado em 25 de janeiro de 1976, na gestão do Prefeito DURVAL BARBOSA DA CUNHA, obra de vulto e que, por si só, consagra uma administração municipal.
Dispõe o Colégio de sessenta e cinco dependências, inclusive, amplo auditório e quadras de esportes. É um estabelecimento modelar e a sua construção custou à Prefeitura Municipal quantia superior a 2 milhões de cruzeiros.
O Colégio Municipal Paulo VI foi inaugurado com grandes festividades, por se tratar de uma iniciativa arrojada, sem paralelo em todos os municípios da região sanfranciscana, e que veio suprir as necessidades atuais do ensino, em Juazeiro, no plano municipal.
Funciona em turnos matutino - em convênio com o Governo do
Estado -, vespertino e noturno, para alunos do 29 grau, com capacidade para 640 alunos, em cada turno. Ao ser inaugurado, imediatamente instituiu o Colégio Paulo VI os cursos profissionalizantes de SECRETARIADO e de ASSISTENTE DE ADMINISTRAÇÃO.
Com a iniciativa da construção desse estabelecimento foi aumentada, extraordinariamente, a capacidade escolar, em nossa cidade, e no ano letivo de 1977 estavam matriculados, em Juazeiro, nos colégios públicos :
No 1º grau - Nível 1 - 3.939 alunos
No 2º grau - Nível 2 - 1.969 alunos
Não estão aí incluídas as matrículas no 1º e 2º graus nos colégios
da rede particular de ensino, cuja contribuição é, também, bastante expressiva.
Existiam em Juazeiro, no ano de 1977, regendo classes, 502
professores, além de 33 que se encontravam em funções de  direção, e 241 salas de aula.
O Colégio Pau lo VI , portanto, veio contribuir, decisivamente, para a demarragem da instru ção, facultando maior larguesa na preparação de recursos humanos, para as grandes metas do nosso desenvolvimento econômico-social."

Colaboração da leitora Lais Lino
publicado em 16 de Maio / 2016 às 23:00

Reminiscências... Cauby Peixoto em Juazeiro

Em 23 de novembro de 1961, Gilbrás em  meio  aos seus inúmeros empreendimentos artísticos, traz à Juazeiro o considerado "Príncipes dos Cantores" do Rádio Brasileiro, Cauby Peixoto. A apresentação aconteceu no Cine São Francisco para deleite do povo desta terra, em pleno sucesso da música Conceição.  Da Esquerda/Direita: Cauby Peixoto, Antônio Assunção (locutor da Marabá Publicidade), Seu Galo, Adalberto Santos (músico de Petrolina), Marcy Ramos (filha de Antônio Sorvetão) e a empresária do cantor.

(Acervo de Eurípedes Alves Lima - Seu Galo)

Enviado por Rosi Costa Diretora do Museu Regional do São Francisco
publicado em 02 de Maio / 2016 às 23:00

Reminiscências...

Geraldo,

João Martins de Souza, nosso querido João Doido, ao lado de Luís Galvão dos Novos Baianos na década de 70 na praça Aprígio Duarte, a popular Praça do Jacaré.

Walter (Mac Beto)

publicado em 25 de Abril / 2016 às 23:00

Reminiscências...

Grande Geraldo.

Não sei, mormente agora que o grande William Shakespeare completa 400 anos de falecimento e a humanidade teima repetindo a célebre citação: "Só sei que nada sei!". Se já divulgou esta foto, vai de novo. De rombo 70, setenta anos desta inundação. Posteação de madeira, energia de 110, o "campo de bola" Adauto Moraes e um pedacinho de rabada de arraia preso no fio, dentre outros.

José Raimundo dos Santos (Negão do Edson)

publicado em 24 de Abril / 2016 às 22:00

Reminiscências... Será que alguém identifica esta Batucada?

Em e–e-mail ao Blog a diretora do Museu Regional do São Francisco Rosi Costa pede a ajuda dos internautas no sentido de identificar uma batucada que participou dos carnavais de Juazeiro. Confira a mensagem:

“O ano é 1978, e a fato ressalta também as presenças dos radialistas Washington Luiz (Chupetinha conduzindo o fio) e José Raimundo Neves (Tigrão). Por favor alguém sabe o nome da batucada?” concluiu.

publicado em 21 de Abril / 2016 às 23:00

Reminiscências... Visita de Paulo Souto ao João Paulo II

Amigo Geraldo,

O ex-vereador Neilson Alves de Lima (Biriba), é meu vizinho aqui no bairro Castelo Branco. O mesmo me pediu para entrar em contato com você através do zap para que se possível o amigo poste no seu blog no quadro reminiscências, a visita do ex-governador Paulo Souto ao bairro João Paulo II, conhecido Juazeiro 8, quando Biriba era o presidente da associação de moradores, exatamente no dia 15 de julho de 1995.

Atenciosamente,

Carlos Augusto

publicado em 11 de Fevereiro / 2016 às 23:00

Reminiscências...

Turma de estudantes de Agronomia na quadra de futebol de salão da antiga FAMESF (Faculdade de Agronomia do Médio São Francisco), Juazeiro/BA, no período de 1970 a 1973. Da direita para esquerda (acima): Euzebio Medrado, Solange Borges, Osvaldo Galdino (Xuréu), Dirlene Borges, Clésia dos Santos, Maria Auxiliadora Cerqueira e (abaixo) Walny Souza (já falecido).  Bons tempos!

Por Euzebio Medrado

publicado em 01 de Fevereiro / 2016 às 09:00

INICIADA A OBRA DE DESVIO NA BR-235

O Deputado Estadual Crisóstomo Lima (Zó do PCdoB) manteve contato neste domingo (31) com o Blog informando que já foi iniciada a obra do desvio na BR-235, cujo trecho rompeu em razão da força da água das chuvas na região.

“A obra do desvio já está em andamento e sendo feita pelo lado direito sentido Casa Nova/Remanso. A previsão de liberação para o tráfego é terça-feira (02), ou no máximo, quarta-feira (03)” destacou Zó que ainda esclareceu que as fotos foram encaminhadas pelo Engenheiro Alisson da Empresa Jurema, que está executando os serviços.

Voltar ao topo
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2017. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.