Blog do Geraldo José - Plano de educação básica do MEC prevê 108 escolas militares até 2023
Vale do São Francisco - 21 de Julho de 2019
|
Redação: (74) 3613-3479
publicado em 11 de Julho / 2019 às 12:45

Plano de educação básica do MEC prevê 108 escolas militares até 2023

O MEC (Ministério da Educação) pretende implementar 108 escolas militares até 2023. A ideia é que, a cada ano, haja 27 novas unidades do modelo, uma por unidade da federação. Chamadas de escolas cívico-militares pelo ministério, o modelo prevê a atuação de equipe de militares da reserva no papel de tutores. "Pressuposto é que sejam em locais carentes para não [aumentar a desigualdade]", disse o secretário de educação básica do MEC, Janio Macedo. As escolas militares agradam o presidente Jair Bolsonaro (PSL).

O MEC lançou na manhã desta quinta-feira (11) o chamado Compromisso Nacional pela Educação Básica, que é um plano estratégico para a etapa. O planejamento foi construído com conversas com o Consed e Undime, entidades que representam os secretários estaduais e municipais de educação.

No documento, estão previstas a continuidade de políticas de governo anteriores e que estavam esvaziadas desde o começo do ano, como o apoio às escolas de tempo integral e ao reforço de conectividade de internet de escolas ,além do investimentos em creches.

O governo promete reestruturar o Proinfância, que prevê recursos federais para construção de creches municipais, de forma a acelerar a conclusão de 4.000 creches até 2022. O MEC não informou o orçamento da iniciativa. Em apoio ao ensino médio integral, o órgão vai transferir aos estados R$ 230 milhões ainda neste ano.

A iniciativa busca a adequação das escolas ao novo ensino médio, que flexibiliza a grade curricular, e à Base Nacional Comum Curricular (que prevê o que os alunos devem aprender). Está previsto um projeto-piloto de 3,5 mil instituições para 2020. O plano é chegar a 17 mil escolas, em prazo indefinido.

O plano prevê a retomada do programa Novo Mais Educação, de ampliação de horas de aula no ensino fundamental. O orçamento e número de escolas não foram detalhados. O MEC pretende investir R$ 120 milhões para conectar à internet banda larga 6,5 mil escolas rurais até o fim do ano. Outros R$ 114 milhões serão indicados. A pasta promete finalizar até 2020 reformular a formação de professores. O plano é estabelecer linhas de formação para docentes por meio de cursos à distância. 

Folha Press
POSTAR
4 comentários
Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do blog. Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído por nossa equipe.

É proibido inserir links (urls) dentro do comentário, caso contrário o mesmo será deletado por nossa equipe.
publicado em 11 de Julho / 2019 às 19:09
ANTONIO CONSELHEIRO

Como é lindo... ver Filhinhos de Papai que nunca tomaram café com farinha exaltando...

publicado em 11 de Julho / 2019 às 20:18
Fernando Costa

Seu “ANTÔNIO” é melhor como está na foto do que ver fumando erva... além de tomar o lugar de outra pessoa que precisa estudar. Nas escolas militares, meninos viram homens.

publicado em 11 de Julho / 2019 às 20:29
ERRY JUSTO -"DOCE DIALÉTICA"

Como é lindo... Né Antônio Conselheiro? É lindo ver aqui em Juazeiro uma fila quilométrica de pais querendo matricular alunos no colégio Militar que vocês petistas tanto condena e não conseguem por falta de vagas...

publicado em 12 de Julho / 2019 às 02:41
Leoni Moreira

Os velhos lobos e a política... Se você alimentar um cachorro durante três dias ele vai lhe ser grato por trinta anos... se você alimentar esses políticos profissionais por trinta anos, em três dias eles vão esquecer do eleitor! Cansado de circo e pingue-pongue? AVANTE! LIMPE Juazeiro com: L egalidade. I mpessoallidade M oralidade. P ublicidade. E ficiência. AVANTE 70! Capitão MOREIRA

Voltar ao topo
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2019. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.