Blog do Geraldo José - Credibilidade e imparcialidade
 

publicidade

Enquete

Carregando...

Pesquisar
Newsletter
cadastre seu e-mail e receba nossas notícias diariamente.
19,6%
Atualizado em: 09/02/2016
Esporte
10 de Fevereiro / 2016 às 23:00 | Nenhum Comentário

Nesta 5ª feira, 11, será aberta a 2ª rodada do campeonato baiano da 1ª divisão, com três jogos. Até domingo, 21, serão efetuadas mais três partidas, complementando essa segunda rodada.

Nosso representante, a JUAZEIRENSE, estreou dia 31/01, numa partida de placar discutível, 3x2 para o E.C.Bahia, jogando no estádio Roberto Santos, em Salvador. Embora não se convencendo da validade do placar, mesmo apertado, fora de casa e ainda jogando com dez jogadores alguns minutos do primeiro tempo até o final do jogo, o técnico Sérgio Araújo considera que esse jogo serviu de uma boa preparação e estímulo para o segundo compromisso em Riachão do Jacuípe contra o FLUMINENSE de Feira de Santana que estreou fora, em Ilhéus, contra o COLO-COLO, arrancando um empate de 0x0. A comissão técnica não se descuidou do time, realizando vários treinamentos e até jogos-treinos antes da viagem para enfrentar o Fluminense, fez treinamento com sua equipe.

Sérgio nos adiantou que "aquele jogo com o Bahia nos serviu como exemplo, a gente observou bem o desenvolvimento do time e as devidas correções estamos procurando executar para que não tenhamos algum tipo de dificuldade", disse o treinador do "CANCÃO DE FOGO".

Em sendo assim, esperamos que a JUAZEIRENSE consiga os seus primeiros três pontos contra o FLU de Feira.

EU PENSO ASSIM, E VOCÊ?

Por Herbet Mouze

Variadas
10 de Fevereiro / 2016 às 22:29 | Nenhum Comentário

O presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Sérgio da Rocha, voltou a criticar hoje (10) o aborto em casos de microcefalia de bebês, causada pelo vírus Zika.  “O aborto não é resposta para o vírus Zika, nós precisamos valorizar a vida em qualquer situação ou condição que ela esteja. Menos qualidade de vida não significa menor direito a viver ou menos dignidade humana”, disse.

O combate ao vírus Zika, para dom Sérgio, deve ser feito ao mesmo tempo, combatendo outras enfermidades provocadas pelo Aedes Aegypti, como dengue e Chikungunya. “E que isso seja feito mobilizando a população com medidas preventivas e campanhas educativas, mas sobretudo com o empenho do poder público”.

A intensa circulação do vírus no Brasil e a possível associação da infecção em gestantes com casos de microcefalia reacendeu o debate sobre o aborto no país.

Dom Sérgio da Rocha participou hoje do lançamento da Campanha da Fraternidade Ecumênica 2016. Com o tema “Casa comum, nossa responsabilidade” e o lema “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca”, a campanha tem foco no saneamento básico, no desenvolvimento, na saúde integral e na qualidade de vida.

“Infelizmente, a nossa casa comum está sendo assolada pelo mosquito transmissor de doenças e nossa família comum está sofrendo e morrendo por causa das enfermidades. A falta de saneamento básico está ligado à proliferação do mosquito [Aedes aegypt]”, disse dom Sérgio.

Na semana passada, a CNBB já havia se manifestado sobre o tema, lamentando que “alguns julguem que a solução para esses casos seja o aborto de bebês com microcefalia” e que isso representa total desrespeito ao dom da vida e às pessoas com algum tipo de limitação, apesar de entender a extrema gravidade da situação vivida por gestantes em todo o país.

Por outro lado, no Brasil, um grupo composto por advogados, acadêmicos e ativistas prepara uma ação, a ser entregue ao Supremo Tribunal Federal (STF), que cobra o direito de interromper a gravidez em casos em que a síndrome for diagnosticada nos bebês.

O Alto-Comissariado de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) também defendeu que países com surto do vírus Zika autorizem o direito ao aborto em casos de infecção em gestantes. “Claramente, conter a epidemia de Zika é um grande desafio para os governos na América Latina”, disse o alto-comissário da ONU, Zeid Ra’ad Al Hussein, em coletiva de imprensa em Genebra no último dia 5. “Entretanto, a orientação de alguns governos para que mulheres adiem a gravidez ignora a realidade de que muitas delas simplesmente não podem exercer controle sobre quando e em que circunstâncias ficar grávida.”

Agência Brasil
Variadas
10 de Fevereiro / 2016 às 22:00 | Nenhum Comentário

Promovido nos últimos três anos pela Prefeitura, o modelo de patrocínio para o Carnaval de Salvador já garantiu nesse período R$100 milhões de retorno à cidade para investimento dentro e fora da folia e deverá permanecer em 2017. A informação foi anunciada pelo prefeito ACM Neto durante coletiva de balanço final da festa, realizada na manhã desta quarta-feira (10), no Camarote Oficial da Prefeitura, no Campo Grande. O gestor também salientou que, com o fim do contrato com a maior patrocinadora, a cervejaria Schin, que destinou R$25 milhões ao Carnaval de 2016, a Prefeitura vai abrir concorrência pública para novas empresas interessadas em investir na folia e na cidade. 

"Muitas pessoas criticaram a Schin e no modelo que adotamos, mas ela foi parceira da cidade ao acreditar na festa e investir R$25 milhões em 2016", pontuou ACM Neto, ao salientar que os recursos possibilitaram a viabilização da folia, que tem sido melhor a cada ano, e o que seria aplicado pela Prefeitura será destinado a ações como a construção primeiro Hospital Municipal, que ficará na região de Cajazeiras. "Com a abertura de nova concorrência, qualquer empresa interessada em participar do Carnaval vai ter essa possibilidade, sabendo que terá que investir na cidade para isso. Estamos todos publicamente convidados, inclusive as cervejarias. O que não pode é querer faturar milhões com uma festa desse porte e não querer investir nada em troca. Isso não vamos aceitar", enfatizou ACM Neto. 
O prefeito destacou que, mesmo num momento de crise na economia nacional, a Schin, banco Itaú, Air Europa e a água de Coco Obrigado apostaram no Carnaval de Salvador, destinando, no total, R$35 milhões - toda a festa custou R$50 milhões. "Temos que ressaltar isso. Não adianta querer tirar proveito político fazendo críticas sem fundamento. O modelo do patrocínio do Carnaval será mantido. Salvador não pode abrir mão disso. Quem investiu teve o retorno desejado porque fizemos a melhor festa de todos os tempos e quero agradecer a quem apostou nisso e convidar futuros interessados para fazerem o mesmo". 
 
Turistas e planejamento - Além da arrecadação com patrocínio, o Carnaval proporcionou à cidade retorno também para o setor de serviços. No ramo de hotelaria, por exemplo, a ocupação de leitos nos estabelecimentos próximos aos circuitos da folia foi de 100% e, no geral, a média ficou em 97% no período da festa. Os camarotes privados investiram R$200 milhões durante a folia. "Isso só demonstra que Salvador voltou à moda. Os turistas estão voltando porque estamos investindo na cidade. Quem quiser ser parceiro vai lucrar com isso também, como lucra toda população de Salvador, pois a Prefeitura garante mais recursos para as áreas essenciais e para novos projetos". 
 
ACM Neto também destacou que o planejamento para a maior festa popular de rua do planeta em 2017 será iniciado já nesta quarta-feira (10), independentemente de quem será o novo gestor da cidade no próximo ano. Para isso, além do modelo de patrocínio, que garante as ações de proteção de marca, também deverá ser ampliado o Expresso Carnaval, que transportou em 2016 cerca de 50 mil pessoas contra 27 mil em relação a 2015, além da melhoria do tráfego da Avenida Centenário – considerado o maior "gargalo" durante a folia. Este ano, mais de um milhão de pessoas curtiram a festa mais perto de casa. O prefeito reforçou ainda o aumento de 10% do número de foliões que utilizaram o transporte público para ir e voltar dos circuitos. 

Agecom
Espaço do Leitor
10 de Fevereiro / 2016 às 21:30 | 1 Comentário

Caro Geraldo,

Gostaria de, novamente, agradecer e ressaltar o alcance do nosso Blog, pois foi publicado o artigo sobre o esgoto, em nossa rua, num dia, no seguinte o SAAE tomou providências a respeito, e hoje já providenciaram a limpeza, só ficou faltando capinar, pois há capim em toda extensão da rua.

Gostaria de agradecer, e parabenizar, aos responsáveis pela presteza na execução dos serviços, prova de que estão atentos às reclamações da população.

Não posso deixar de me referir a certo elemento (não lhe vou dar o cartaz de publicar seu nome, por não valer a pena), que não conheçonem quero conhecer, que fez três comentários a meu respeito, por sinal, mal escritos (não sabe o que significa gramática, deve ter “matado” aulas de português), mentirosos, com ofensas pessoais e apontando erros, que não cometo, com seus dedos sujos.

Com referência a suas sugestões, gostaria de dizer-lhe:

Não meça minha estatura de cidadão, pela sua, porque estou num nível muito acima do seu; basta ver pelos termos do seu texto incorretos, grosseiros, ofensivos. Mas ninguém pode dar aquilo não tem, afinal, educação “vem de berço”; uns a desenvolvem, outras a tratam como as unhas: cortam-na, semanalmente, para que não cresçam.

Não faço serviço pesado, porque estudei muito, exatamente para não faze-lo. Não sei se o Sr. fez o mesmo.

Se reivindico que a Prefeitura faça o serviço, é porque tenho direitos, é para isso que ela existe e porque pago meu IPTU, absolutamente, em dia. Será que o seu também está em dia?

O Sr. pode mandar a foto da rampa, sem passagem de água, para o pessoal da Postura, porque é do vizinho, um oficial da Polícia Militar; a minha rampa tem, mas o Sr. acusa, sem conhecimento de causa.

Zoroastro Cedro – Zoró.

Químico, aposentado, que nunca se acostumou, não se acostuma, nem se acostumará com esgoto a céu aberto, em pleno Século XXI.

Variadas
10 de Fevereiro / 2016 às 21:00 | Nenhum Comentário

O vazamento pontual no canal do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco, em Cabrobó (PE), já foi controlado. O rompimento ocorreu no canal de transição que recebe água do Aqueduto Mari, localizado entre os reservatórios de Tucutu e de Terra Nova. Por ter sido um acontecimento pontual, o vazamento não terá impacto no cronograma das obras do Projeto São Francisco.

Desde o último sábado (06/02), início do vazamento, o Ministério da Integração Nacional acompanhou de perto a situação. Atualmente, o consórcio responsável pelo trecho da obra realiza a limpeza do canal para finalizar o diagnóstico sobre a origem do vazamento e assim iniciar imediatamente os reparos. As medidas não trarão custos adicionais ao Governo Federal.

O consórcio responsável pelo trecho é formado pelas empresas Carioca Engenharia, Serveng Civilsan e S.A. Paulista. Com 477 quilômetros de extensão em dois eixos (Leste e Norte), o Projeto vai garantir a segurança hídrica de 12 milhões de pessoas em 390 municípios nos estados de Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba.

Fonte: Ascom Ministério da Integração Nacional
Espaço do Leitor
10 de Fevereiro / 2016 às 20:30 | Nenhum Comentário

A redação do Blog Geraldo José postou na manhã desta quarta-feira (10) uma denúncia do leitor Acácio referente aos buracos na BR-210 no trecho entre o bairro Itaberada e o Mercado do Produtor. (Confira Aqui). A Secretaria de Serviços Públicos de Juazeiro entrou em contato com o Blog e deu mais esclarecimentos sobre o assunto. Leia a seguir!

A Secretaria de Serviços Públicos (Sesp) informa que sua equipe de engenharia já esteve no local verificando a demanda e destaca ainda que já comunicou a Superintendência de Infraestrutura de Transporte(SIT) do Governo do Estado para que as providências sejam tomadas no sentido de recuperação dessa importante via.

Informativos
10 de Fevereiro / 2016 às 20:00 | Nenhum Comentário

Durante os quatro dias de festa a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) Petrolina reforçou a estrutura do carnaval.Com uma Unidade de Suporte Básica (USB), situada em local de fácil acesso na Orla, o SAMU realizou as ocorrências.

"No geral, a festa foi tranquila com alguns casos clínico como alcoolemia, enjoos, vômitos e outros. Tivemos também 21 acidentes de trânsito nesse período, a maioria envolvendo moto e, para isso, peço que a população tenha mais cuidado no trânsito", pontuou o coordenador-geral do serviço, Tiago Acioli.

Todos os anos a Secretaria de Saúde atua no carnaval de Petrolina buscando garantir, se necessário, pronto atendimento do SAMU. "Nosso objetivo é incentivar os foliões a comemorar o carnaval com alegria e este ano muitas crianças, famílias e jovens puderam desfrutar com alegria nos dias de folia. O que mais nos preocupa é a combinação de bebida e direção, gerando um número importante de acidentes", enfatizou a secretária de Saúde, Lúcia Giesta.

Ascom/Petrolina
Variadas
10 de Fevereiro / 2016 às 19:30 | Nenhum Comentário

O servidor público municipal de Petrolina caiu na folia de carnaval no último domingo (07). A Banda Os Plays Boys Elétricos foi do Axé ao Frevo e ainda tempo espaço para Marchinhas de carnaval no Clube do Servidor. Quem foi pode aproveitar também o espaço do Clube e desfrutou de um agradável dia de lazer. O servidor que compareceu à festa também foi premiado com o sorteio de dois tablets. A primeira ganhadora foi Edileuza Nunes, servidora da Secretaria de Saúde, lotada no SAMU.

"Essa nova gestão melhorou e muito a relação com o servidor. Está mais participativa, oferecendo mais diversão no Clube e tem demonstrado mais responsabilidade com o servidor. O tablet eu vou presentear a minha neta, foi um presente de Deus. A diretoria do Sindsemp está de parabéns, sempre tem uma festinha aqui, tem sorteios com brindes. O sindicato está poderoso", avaliou. O segundo ganhador foi eleito com a melhor fantasia. A mãe do pequeno Daniel, vestido de pirata, agradeceu a iniciativa do Sindsemp. "Ele ficou muito feliz. A diretoria está de parabéns por promover esses encontros num espaço tão agradável que é o Clube do Servidor", disse Juliana Damires Ribeiro. A festa momesca do servidor transcorreu durante todo o dia.

Ascom/Sindsemp
Variadas
10 de Fevereiro / 2016 às 19:18 | 11 Comentários

Entre lágrimas, a jovem Kedma Vitória Gomes de Oliveira, filha do vice-prefeito de Juazeiro Francisco Oliveira, acaba de manter contato com o Blog para contestar o seu pedido de inscrição no Programa Federal Bolsa Família por intermédio da Secretaria de Desenvolvimento e Igualdade Social.

“Eu compareci com minha cunhada para fazer o NIS (Número de Identificação Social), que é um direito de todo cidadão, e posteriormente a gente recebeu o cartão do Bolsa Família, mas não que tivéssemos solicitado. Acho que houve má fé por parte de alguém e agora espalharam nas redes sociais a minha foto que foi retirada sem a minha permissão do facebook me condenando como seu eu tivesse praticado algo” expressou inicialmente Kedma Vitória.

“Tenho minha consciência tranquila e também sou ciente que o bolsa família, já fala tudo, família. Eu sou uma menina solteira que não teria necessidade de recorrer ao bolsa. Por esta razão vou buscar meus direitos na justiça para reparar esses danos que estão sendo causados à minha imagem e da minha família”. Confira a nota enviada por Kedma Vitória ao Blog:

Variadas
10 de Fevereiro / 2016 às 19:00 | Nenhum Comentário

O espaço e a estrutura eram os mesmos dos últimos três dias. Mas havia algo de diferente no ar: ontem(0'9) era a última noite de Carnaval de Petrolina, organizado pela Prefeitura Municipal, com apoio do governo do Estado. O desejo visível do público era aproveitar a festa até os últimos minutos. E para atender as expectativas, um verdadeiro espetáculo musical foi apresentado aos foliões.

Enquanto na Praça da 21 as famílias ainda brincavam de frevo com as últimas serpentinas e sprays de espuma, mais abaixo, no palco principal, cada artista que subiu trouxe uma explosão em performance e musicalidade. A primeira foi a cantora Ana Costa. Acompanhada de sua banda e bailarinos, a artista gravava o seu primeiro DVD e transformou o palco com a magia do frevo e os sucessos do Axé.

Já aquecidos, o público pode curtir a segunda atração, o grupo Voa Voa, cujo vocalista faz a versão cover do cantor Bell Marques, consagrado na banda Chiclete com Banana. "Pra mim é como ter o privilégio de assistir um show de Chiclete", disse Elsa Lina, uma foliã na avenida.

O final não poderia ser mais apoteótico. Alan Cléber, que já havia aberto a festividade no sábado (06), ressurgiu como o cavaleiro São Jorge para fechar o Carnaval, em amplos sentidos. Com cenário e alegorias especiais, o cantor, sua banda e seus dançarinos fizeram um espetáculo a parte, exaltando a cultura afro e baiana, especialmente com o Axé Music.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Agrário, Jorge Assunção, que acompanhou de perto a festa até o final, não escondeu a satisfação. "Penso que o Prefeito Julio Lossio acertou mais uma vez em promover este Carnaval. É uma festa já esperada pela população, é uma alternativa válida como roteiro turístico. A aprovação e sucesso estão visíveis a todos", destaca o secretário.

Desta forma, a Prefeitura de Petrolina conclui mais um Carnaval na cidade, e agora prepara as informações para fazer um balanço do evento, que deve ser divulgado o mais breve possível.

Ascom/Petrolina
Espaço do Leitor
10 de Fevereiro / 2016 às 19:00 | 4 Comentários

Em relato enviado ao blog, o leitor Ivo Araújo mostra esgoto a céu aberto no bairro Dom José Rodrigues, veja abaixo:

Aqui no Bairro Dom José Rodrigues principalmente nas mediações após a palhoça da caixa, está impossível de conviver com tanta imundice! Pedimos socorro as autoridades para que esse problema seja brevemente resolvido, pois já vimos fezes boiando por essas águas.

Contando que água parada traz mosquito dengue, e com isso outras doenças da qual não preciso citar, a comunidade espera que o nosso desespero com isso, venha logo acabar! 

Espaço do Leitor
10 de Fevereiro / 2016 às 18:25 | 5 Comentários

Sou moradora do Ed. Clube Primavera, situado na Rua Carlos Drumond de Andrade, Country Clube, Juazeiro. Os prédios são novos, a torre que nos foi entregue em maio/2015,  foi entregue sem subestação de energia e de água,  devido ao problema da energia o elevador social do prédio torre I teve problemas, queimou uma placa há cerca de 06 meses e desde de então está sem funcionar. 

Só estamos com o elevador de serviço, o qual apresenta problemas desde de novembro/2015. O mesmo já pela terceira vez deixou moradores presos, já teve idoso preso no elevador e o corpo de bombeiros foi acionado a vir ao prédio para socorrer a pessoa. 

A construtora do prédio é a Campus 10, já foi acionada diversas vezes, por último no dia 16/01/2016, onde se teve reunião com o dono da construtora, foram relatados os diversos problemas da parte elétrica do prédio que por não ter subestação ocasiona quedas de energia e fez com que a placa do elevador social queimasse. 

Ele não dá respostas nem soluções,  diz que o problema dos elevadores é da Otis, empresa responsável pela manutenção dos mesmos, que afirma que essas peças custam cerca de 40 mil reais e não estão na garantia, que a responsabilidade é da construtora já que a mesma não fez entrega do prédio com as devidas redes elétricas. 

Nós moradores estamos em dilema com a Campus 10 já há 03 meses, sem resoluções. Já foi apresentado relatório da companhia de rede elétrica provando que os problemas são da construtora, o dono faz descaso com os problemas, nunca apresentou resoluções e definições. 

Ontem novamente uma pessoa ficou presa no elevador, a qual teve que forçar a abertura das portas com as próprias mãos após tentativa de 30minitos de socorro, pois não existe contato dentro do elevador com a portaria, nem sistema de alarme de socorro. 

Nós moradores estamos reféns nas nossas casas, sem poder cumprir com nossas atividades diárias, pois é inviável subir e descer tantas escadas, o técnico responsável pela manutenção afirma que não pode vir ao prédio pois não há pagamento da Campus 10 para a empresa Otis de manutenção de elevadores.

Eu sou moradora do 20 andar,  gestante, no sétimo mês de gestação, como tantos outros moradores já passei mal ao subir e descer escadas, hoje não posso sair da minha casa pois não tenho meios para isso.

O prédio que a Campus 10 entregou hoje tornasse inabitável!!! 

Peço a ajuda da impressa para denunciar o problema e a construtora, pois nós moradores já estamos exaustos de tentar resolver o problema,  de vivermos reféns nas nossas casas, sem termos providências nenhuma por parte da construtora ou da empresa de manutenção. 

Desde de já agradeço e me coloco a disposição para maiores esclarecimentos.

Marília Brito

Ainda sobre o caso

O médico e morador do Edifício Clube Primavera, Franclen Carvalho, participou do programa Geraldo José, na tarde desta quarta-feira (10), e também relatou os problemas que os moradores vem sofrendo com a falta de elevadores no prédio. "Moro no último andar. Temos 2 elevadores no prédio. O elevador social está há 5 meses sem funcionar e o de serviço desde ontem não funciona. Já tentamos contato com a Construtora para resolução do caso por diversas vezes e até agora não tivemos solução. Desde ontem estamos subindo e descendo os 22 andares de escada. Minha esposa estar gestante de 6 meses, hj não pode ir trabalhar, pois ao tentar descer passou muito mal e teve que voltar ao nosso apartamento. A construtora relata que o problema é da empresa OTIS responsável pela fabricação dos elevadores, porém a OTIS alega que não fará concerto nos elevadores devido o prédio ter sido entregue sem a subestação de energia elétrica ter sido construída, o que causa quedas frequentes de energia danificando os aparelhos. Já tivemos que acionar o corpo de bombeiros para resgatar idosos e crianças presas no elevador", disse.

O Blog Geraldo José entrou em contato com o diretor da Construtora Campus 10, Carlos Alberto Santos, que, por telefone, deu mais esclarecimentos sobre a situação dos elevadores. "Não é a campus 10 que instala os elevadores. A empresa OTIS instalou os elevadores e com dois meses a peça quebrou. Nós entramos em contato com a OTIS para ela repor a peça, que tem um valor aproximado de R$ 40 mil. Eles me responderam que estavam com muitos problemas em 2015, mas que em 04 de janeiro de 2016 iriam repor a peça. Fiz uma reunião com o sindico e moradores e expliquei a situação. A OTIS disse que era queda de energia e eu passei a responsabilidade do problema para a Coelba. A Coelba fez uma vistoria e foi visto que não era problema de queda de energia. Chamei uma outra empresa terceirizada que também deu o mesmo laudo da Coelba. Então, entramos na justiça contra a OTIS. Sobre o segundo elevador que quebrou isso aconteceu porque o pagamento da manutenção não estava sendo feito pelo condomínio. Em relação a subestação, a mesma não é responsável pela queda de energia, mas em 30 dias será entregue aos moradores", declarou.

Em nova nota ao Blog, a empresa esclarece:

Nota de esclarecimento da Construtora Campus 10

Venho por meio deste e-mail esclarecer sobre os questionamentos feitos por um dos moradores do "Condomínio Club Primavera" obra construída e entregue pela Construtora e Incorporadora Campus 10, no Programa de Rádio do Geraldo José. Segue em anexo Laudo da COELBA e da Empresa Terceirizada ELETROVASF (demonstrando que a energia está apta), Protocolo de Processo Judicial contra a empresa OTIS Elevadores e Contrato e comprovante de pagamento referente a Sub estação, demostrando que a empresa não encontra- se inerte aos problemas mencionados. 

Atenciosamente,

Willa Tarcianne

Encarregada Dept° Contabil/RH

Construtora e Incorporadora Campus 10

PS: Confira os documentos enviados pela Campus 10

LAUDO

PROTOCOLO PODER JUDICIÁRIO

SUB ESTAÇÃO

Política
10 de Fevereiro / 2016 às 18:00 | 20 Comentários

Repercutiu bastante nas redes sociais nesta quarta-feira de cinzas (10), a informação de que a filha do vice-prefeito de Juazeiro, Francisco Oliveira (PT), Kedma Vitória Oliveira integraria uma lista de beneficiários do programa federal Bolsa Família no município. A reação foi imediata e provocou enorme insatisfação porque o benefício é voltado para famílias carentes.

Em razão da reação popular a Sedis – Secretaria de Desenvolvimento e Igualdade Social imediatamente anunciou a suspensão do benefício, mas o estrago já estava feito. Confira a Nota da Sedis:

SEDIS INFORMA QUE CANCELOU CADASTRO DE KEDMA OLIVEIRA

A Secretária de Desenvolvimento e Igualdade Social de Juazeiro, Lindsay Amaral, informa que já mandou cancelar o cadastro de Kedma Oliveira do Bolsa Família. Foi o vice-prefeito Irmão Francisco quem informou à Secretária que a filha dele havia feito o cadastro. Tão logo soube, Irmão Francisco ligou para a secretária e comunicou a atitude errada da filha.

Imediatamente a Secretária determinou a exclusão de Kedma e mandou realizar uma auditoria geral nos mais de 3 mil nomes cadastrados.

Ascom SEDIS

Variadas
10 de Fevereiro / 2016 às 17:30 | 2 Comentários

A escola de samba Estação Primeira de Mangueira é a grande campeã do carnaval do Rio de Janeiro. Com Maria Bethânia como enredo, a agremiação ganhou o título nesta quarta-feira (10). A escola quebrou jejum de 14 anos sem vitória. A última vez que ganhou foi em 2002, com o tema Brazil com 'Z' é para Cabra da Peste, Brasil com 'S' é a Nação do Nordeste.

A ordem da divulgação das notas foi: samba-enredo, enredo, comissão de frente, fantasia, mestre-sala e porta-bandeira, harmonia, evolução, bateria e alegorias e adereços. Até a contagem das notas do quesito bateria, a Mangueira estava empatada com Salgueiro. Os desfiles foram realizados no domingo (7) e na segunda-feira (8).

A Mangueira entrou na avenida com uma homenagem à cantora baiana. A apresentação da escola contou com referências à religiosidade da artista e com participação de amigos. Já a segunda colocada, Salgueiro teve como tema o malandro carioca. 

G1 (Foto: Reprodução/ TV Globo)
Variadas
10 de Fevereiro / 2016 às 17:00 | Nenhum Comentário

As autoridades sanitárias chinesas confirmaram o primeiro caso de infeção pelo vírus Zika no país, em um homem de 34 anos que esteve na Venezuela e regressou à China em 5 de fevereiro, informou hoje (10) a imprensa oficial. O infectado está hospitalizado e em quarentena, mas já em recuperação, segundo as autoridades. O homem, natural da província de Jiangxi, no Sudeste da China, apresentou sintomas como febre, tonturas e dores de cabeça no dia 28 de janeiro, quando ainda estava na Venezuela, e regressou à China em 5 de fevereiro, depois de ter feito escala em Hong Kong. O risco de difusão do vírus é “extremamente baixo” devido às temperaturas frias nesta época do ano na região, garantem as autoridades de Saúde chinesas.

Variadas
10 de Fevereiro / 2016 às 16:30 | 1 Comentário

Dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde aponta que as mulheres lideram os atendimentos por alcoolemia no Carnaval de Salvador. De acordo com a pasta, do total de 545 ocorrência registradas até esta terça-feira (9), 57% dos pacientes atendidos foram do sexo feminino. Segundo o G1, no geral, houve um decréscimo de 12% do número total desse tipo de ocorrência quando comparado ao mesmo período do ano passado. Uma das razões para isso, segundo a secretaria, foi a intensificação da fiscalização sobre bebidas que são proibidas pela presença de alucinógenos nas fórmulas (substâncias capazes de provocar alucinações).

Informativos
10 de Fevereiro / 2016 às 16:00 | 3 Comentários

Na manhã desta quarta-feira (10), o Blog Geraldo José postou uma matéria em que relatava a situação crítica que os moradores do bairro Itaberaba e dos residenciais Juazeiro I e II vem enfrentando, nos últimos dias, com a falta de coleta de lixo. (Veja Aqui).

Nesta tarde, a secretaria de Serviços Públicos do município enviou uma nota a nossa redação explicando que o atraso da coleta de lixo aconteceu devido as chuvas que caíram na cidade, provocando danos em algumas ruas. Confira a nota na íntegra!

A Secretaria de Serviços Públicos (Sesp) esclarece que as fortes chuvas que caíram na região em Janeiro, provocaram transtornos no trabalho da coleta de lixo em alguns bairros, dificultando o acesso dos caminhões compactadores em algumas ruas. Essa situação também se agravou diante da paralisação na semana passada dos funcionários da empresa ART, contratada pelo município para prestação do serviço de coleta, mesmo a Prefeitura de Juazeiro estando absolutamente em dia com pagamento da referida empresa.

A Secretaria informa que vem regularizando o serviço de coleta e comunica que esta semana os trabalhos voltarão a sua normalidade. A Sesp ressalta ainda que como já estava programado, as equipes trabalham no recolhimento de lixo desde o início da manhã desta quarta-feira (10) nos Residenciais Juazeiro I e II no Itaberaba. Já na Rua Princesa Isabel os serviços serão executados ainda hoje.

Variadas
10 de Fevereiro / 2016 às 15:30 | Nenhum Comentário

As forças de segurança estaduais deram por mais um ano a prova de que talvez seja a única polícia no mundo capaz de controlar dois milhões de foliões por dia nos três circuitos do Carnaval de Salvador - Dodô, Osmar e Batatinha -, além das festas em bairros e em cidades de grande porte do interior da Bahia.

O esquema de segurança pública para o Carnaval deste ano registrou diminuições de 16,7% nas tentativas de homicídios (cinco em 2016 e seis em 2015), de 6,9% nas lesões corporais (176 registros neste ano contra 189 em 2015) e de 3,5% nos roubos numa comparação com a festa de 2015 (110 casos em 2016, contra 114 no ano anterior). Os dados são relativos ao período das 19h de quinta-feira (4) às 7h desta quarta (10). 

Os homicídios ficaram sem variação, sendo dois registros em 2016 e a mesma quantidade no ano passado. No Carnaval encerrado na manhã desta quarta-feira (10) foram computados dois casos envolvendo catadores de lata. As duas vítimas tinham passagens pela polícia e, em menos de 24 horas, a polícia identificou e prendeu os autores. O número de furtos teve aumento de 9%.

A produtividade policial é outro índice que traduz o êxito do trabalho das forças de segurança do estado no Carnaval. Nos seis dias de festa foram conduzidas 3.309 pessoas (aumento de 44,7%), entre elas, algumas por uso ou tráfico de drogas. No total, foram autuados em flagrante 110 criminosos, alguns com mandados de prisão expedidos pela Justiça.

A presença de cerca de 26 mil policiais e o uso da tecnologia, além da utilização de 48 portais de abordagem, garantiram mais segurança para baianos e turistas que aproveitaram a nossa festa. O Governo do Estado investiu mais de R$ 42 milhões para garantir tranquilidade aos foliões. 

Portais de segurança

Com a inovação dos portais de segurança, cerca de 20 mil pessoas foram abordadas por hora, número expressivo para a quantidade destas estruturas instaladas e de pessoas que participaram da festa. Nos portais, a PM apreendeu duas armas de fogo, 64 armas brancas (ocorrências que configuram intenção de cometimento de crime) e 354 objetos recolhidos com potencial de arma branca. Também foram conduzidas 42 pessoas às delegacias, sendo 13 presas em flagrante. Os policiais apreenderam ainda cinco adolescentes e registraram 24 crimes de menor potencial ofensivo, além de 55 ocorrências com drogas.

Outra novidade foi a Operação Ronda Maria da Penha que atuou pela primeira vez no Carnaval de Salvador em parceria com a Secretaria de Política para as Mulheres do Estado (SPM) com atenção especial às ocorrências de violência contra a mulher. Ao todo, a Ronda atendeu 39 ocorrências e prendeu duas pessoas em flagrante que foram conduzidas para a delegacia. Neste período, a Ronda realizou ainda 98 visitas e 93 palestras.

Folia e Paz

A Operação Folia e Paz intensificou o policiamento no entorno dos grandes circuitos, estações de transbordo e principais corredores de tráfego, oferecendo mais segurança ao folião na ida para a festa e na volta para casa. Desde o início do Carnaval foram abordadas 32.198 pessoas e 3.735 veículos (carros e motos), 778 taxis, 826 coletivos e 1.234 pontos de ônibus, resultando na condução de 45 pessoas às delegacias, 11 flagrantes lavrados e cinco adolescentes apreendidos. Ao todo, 1.249 policiais atuaram com o apoio de 346 viaturas.

Para oferecer mais segurança ao visitante, a Polícia Militar disponibilizou um serviço 24 horas de acompanhamento de turistas. Ao todo, 941 acompanhamentos foram realizados do aeroporto aos hotéis instalados nos circuitos e aos que ficam situados no litoral norte, resultando no acompanhamento de 697 grupos nacionais e 244 grupos estrangeiros.

Secom Bahia Foto: Pedro Moraes/GOVBA
Espaço do Leitor
10 de Fevereiro / 2016 às 15:00 | 3 Comentários

A leitora Maria Silva enviou para o blog, uma nota falando do descaso com a praça da Misericórida em Juazeiro, veja:

Passando pela Praça da Misericórdia no dia 09, e me chamou a atenção o total descaso da praça, cheia de água suja, e abandonada, ainda com águas de chuvas, acredito eu, porque a grama ainda verde, então prefeito como fica?

Variadas
10 de Fevereiro / 2016 às 14:30 | Nenhum Comentário

A Campanha da Fraternidade Ecumênica (CFE) 2016 será lançada, oficialmente, nesta quarta-feira (10). O tema da Campanha é "Casa Comum, nossa responsabilidade". O lema bíblico é "Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca".

O objetivo é chamar atenção para a questão do direito ao saneamento básico para todas as pessoas, buscando fortalecer o empenho, à luz da fé, por políticas públicas e atitudes responsáveis que garantam a integridade e o futuro da Casa Comum, ou seja, do planeta Terra.

Na Diocese de Juazeiro, os católicos celebram a "Quarta-feira de Cinzas", que dá início ao período da Quaresmal. Como de costume, haverá missas especiais nas paróquias e comunidades da Diocese e no Santuário Catedral Nossa Senhora das Grotas, a missa acontece às 19h30.

Durante as celebrações do dia, será feita a tradicional imposição das cinzas sobre a cabeça dos fiéis.

O que é a Quarta-feira de Cinzas?

É o primeiro dia da Quaresma, ou seja, dos 40 dias nos quais a Igreja chama os fiéis a converter-se e a preparar-se verdadeiramente para viver os mistérios da Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo durante a Semana Santa.

A tradição de impor a cinza é da Igreja primitiva. Naquela época, as pessoas colocavam as cinzas na cabeça e se apresentavam ante a comunidade com um "hábito penitencial" para receber o Sacramento da Reconciliação na Quinta-feira Santa.

A Quaresma adquiriu um sentido penitencial para todos os cristãos quase 400 anos d.C. e, a partir do século XI, a Igreja de Roma impõe as cinzas no início deste tempo.

Para o vigário geral da Diocese de Juazeiro, Josemar Mota, "Quaresma é tempo de graça, tempo de conversão, tempo de escuta da Palavra de Deus, onde somos interpelados a vivermos o testemunho da fé.  Este tempo nos é propicio para nos deixarmos ser questionados pela palavra de Deus, diante de tantos acontecimentos que contradizem a vontade do Senhor".

Asscom
Espaço do Leitor
10 de Fevereiro / 2016 às 14:00 | Nenhum Comentário

Por Gonzaga Patriota

Em agradecimento aos deuses pelas chuvas e fertilidade do solo que lhes davam os produtos alimentícios oriundos da terra, os gregos realizavam seus cultos que originaram o carnaval, 600 anos a.C. Essa comemoração somente passou a ser adotada pela Igreja Católica em 590 depois de Cristo. Durante o período do carnaval havia uma grande concentração de festejos populares. Cada cidade brincava a seu modo, de acordo com seus costumes. Essa festa carnavalesca a partir da implantação, no século XI, da Semana Santa pela Igreja Católica, antecedida por quarenta dias de jejum, a Quaresma. Esse longo período de privações acabaria por incentivar a reunião de diversas festividades nos dias que antecediam a Quarta-feira de Cinzas, o primeiro dia da Quaresma. A palavra “carnaval” está, desse modo, relacionada com a ideia de deleite dos prazeres da carne, marcado pela expressão “carnis valles”, que, acabou por formar a palavra “carnaval”, sendo que “carnis” em latim significa carne e “valles” significa prazeres.

O carnaval moderno, feito de desfiles e fantasias, é produto da sociedade vitoriana do século XIX. A cidade de Paris foi o principal modelo exportador da festa carnavalesca para o mundo, inspirando essa cultura para cidades como Nice, Nova Orlean, Toronto e a nossa Capital do samba, o Rio de Janeiro, que criou e exportou o estilo de fazer carnaval com desfiles de escolas de samba para outras importantes cidades do mundo, como Tóquio e Helsinque, capital da Filândia, além da nossa São Paulo, hoje sua concorrente nos grandes desfiles. Em geral, o carnaval tem a duração de três dias, os dias que antecedem a Quarta–feira de Cinzas. Em contraste com a Quaresma, tempo de penitência e privação. Estes dias são chamados “gordos”, em especial a terça-feira (terça-feira gorda). O carnaval da Antiguidade era marcado por grandes festas, onde se comia, bebia e participava de alegres celebrações e busca incessanta dos prazeres. O Carnaval prolongava-se por sete dias, de 17 a 23 de dezembro, nas ruas, praças e casas da Antiga Roma.

 O entrudo está na origem do português, onde, no passado, as pessoas jogavam umas nas outras, água, ovos e farinha. O entrudo acontecia num período anterior à quaresma e, portanto, tinha um significado ligado à liberdade. Este sentido permanece até os dias de hoje no Carnaval. O entrudo chegou ao Brasil por volta do século XVII e foi influenciado pelas festas carnavalescas que aconteciam na Europa. Em países como Itália e França, o carnaval ocorria em formas de desfiles urbanos, onde os carnavalescos usavam máscaras e fantasias. Personagens como a colombina, o pierrô e o Rei Momo também foram incorporados ao carnaval brasileiro, embora sejam de origem europeia.

No Brasil, o primeiro carnaval surgiu em 1641, promovido pelo governador Salvador Correia de Sá e Benevides, em homenagem ao rei Dom João IV, restaurador do trono de Portugal, mas, somente no final do século XIX é que começam a aparecer os primeiros blocos carnavalescos, cordões e os famosos “corsos”. Estes últimos tornaram-se mais populares no começo do século XX. As pessoas se fantasiavam, decoravam seus carros e, em grupos, desfilavam pelas ruas das cidades. Está ai a origem dos carros alegóricos, típicos das escolas de samba atuais. No século XX, o carnaval foi crescendo e tornando-se cada vez mais uma festa popular. Esse crescimento ocorreu com a ajuda das marchinhas carnavalescas. As músicas deixavam o carnaval cada vez mais animado. A primeira escola de samba surgiu no Rio de Janeiro e chamava-se Deixa Falar, criada pelo sambista carioca Ismael Silva. Deixa Falar transformou-se depois na escola de samba Estácio de Sá. A partir dai o carnaval de rua começa a ganhar um novo formato, com o surgimento de novas escolas de samba no Rio de Janeiro e em São Paulo. Organizadas em Ligas de Escolas de Samba, começam os primeiros campeonatos para verificar qual escola de samba era mais bonita e animada. O carnaval do Rio de Janeiro está no Guinness Book como o melhor carnaval do mundo e Galo da Madrugada, do Recife, o maior bloco de carnaval  do mundo, também no Guinness.

 O carnaval de rua manteve suas tradições originais na região Nordeste do Brasil. Em cidades como Recife e Olinda, as pessoas saem às ruas durante o carnaval no ritmo do frevo e do maracatu. Os desfiles de bonecos gigantes, em Olinda e Recife, são uma das principais atrações dessas cidades durante o carnaval. Já em Salvador, também no Nordeste, existem os trios elétricos, embalados por músicas dançantes de cantores e grupos típicos da região. Na cidade destacam-se também os blocos negros como o Olodum e o Ileyaê, além dos blocos de rua e do Afoxé Filhos de Gandhi. Em que pese não ser mais uma festa popular como era no século XIX, que envolvia mais da metade da população do país na folia, hoje envolvendo menos de 10% dos brasileiros, o carnaval no Brasil ainda é considerado um dos melhores do mundo, seja pelos turistas estrangeiros, como por boa parte dos brasileiros, principalmente o público jovem que não alcançou a glória do carnaval verdadeiramente popular.

 O carnaval de hoje é de desfile, carnaval assistido, paga-se para ver. O carnaval, digamos, do início do século XX era compartilhado, dançado, pulado, gritado, catucado, quando se usava fantasias e máscaras, em todo o Brasil, isso ficou nos anos setenta. Agora não tem mais nada disso. O confete e a serpentina jogados pelos ocupantes dos carros alegóricos.  O lança-perfume também era usado em profusão, enquanto a confraternização com os pedestres se ampliava não só através dos jatos de lança-perfume — o que abria caminho para conhecimentos mais íntimos, beijocas, namoricos e mais coisas, etc.

 Com a oficialização dos desfiles carnavalescos, a partir de 1935, as escolas de samba do Rio de janeiro passam a receber subsídios da prefeitura da capital carioca, transformando-se, a partir de 1952, em sociedades civis, com regulamento e diretoria. Até 1935, quando foi organizado o primeiro desfile, as escolas de samba do Rio de Janeiro se limitavam a percorrer livremente as ruas da Capital. Esse modelo se estendeu a quase todas as capitais brasileiras, excetuando-se duas: Salvador na Bahia, que contagia outros estados e cidades, com seus belíssimos trios elétricos equipados com poderosos alto-falantes que reproduzem continuamente as composições carnavalescas gravadas e o conjunto Recife/Olinda, em Pernambuco. O carnaval nessas duas cidades pernambucanas é um dos mais animados do país, e essa característica cresceu paralelamente à extinção do carnaval de rua na maior parte das cidades brasileiras, por causa dos desfiles das escolas de samba. As principais atrações do carnaval pernambucano — cujos bailes também são os mais animados — são, na rua, o frevo, agora patrimônio da humanidade, o maracatu, as agremiações de caboclinhos, a imensa participação popular nos blocos (reminiscências modernizadas dos antigos “cordões”) e os clubes de frevo. Em Recife e Olinda os foliões cantam e dançam, às vezes mesmo sem uniformes ou fantasias, só ao som das orquestras e bandas que fazem a festa. Os conjuntos de frevo mais animados são os: Vassourinhas, Toureiros, Lenhadores dentre outros, sem contar com o Galo da Madrugada, o maior bloco carnavalesco do mundo.

Muitas outras cidades pernambucanas promovem seus carnavais á sua moda. Bezerros, com os tradicionais papangús. Arcoverde com o seu carnaval moderno, organizado e à moda carioca. Sertânia e Afogados da Ingazeira, com as virgens e blocos de ruas à moda antiga. Triunfo com os caretas. Salgueiro o melhor carnaval do sertão, também à moda antiga, com carros alegóricos, blocos fantasiados e a bicharada do Mestre Jaime, com seus quase 100 anos de idade, ainda desfilando pelas principais ruas da Encruzilhada do Progresso. Belém do São Francisco, cidade que inventou os bonecos gigantes, adotados depois por Olinda e Recife, dentre muitas outras.

Gonzaga Patriota é Contador, Advogado, Administrador de Empresas e jornalista. Pós-graduado em Ciência Política e Mestre em Ciência Política e Políticas Públicas e Governo e Doutor em Direito Civil, pela Universidade Federal de Buenos Aires – Argentina. É Deputado desde 1982.

Política
10 de Fevereiro / 2016 às 13:30 | 1 Comentário

O governador Rui Costa enfatizou o clima de paz do Carnaval baiano ao participar, nesta terça-feira (9), do desfile de entidades culturais e trios elétricos em Porto Seguro, na Costa do Descobrimento. "O excelente trabalho da polícia e a aposta nas atrações sem cordas devolvem o Carnaval ao povo que, afinal, foi quem inventou esta festa maravilhosa", disse, do alto do trio de Amanda Santiago, um dos mais animados do circuito. Ele estava acompanhado da primeira dama Aline Peixoto.

Rui lembrou que o Governo do Estado não investiu apenas no Carnaval de Salvador. "Estivemos presentes em diversas regiões da Bahia, como aqui em Porto Seguro. É bom observar o crescimento da festa na cidade e ver que, juntos aos baianos, brincam em paz foliões vindos de São Paulo, Rio, Minas e muitos outros estados, gerando renda e empregos na nossa terra".

"No ano que vem faremos uma festa ainda melhor, sempre incentivando a participação popular", explicou.

Política
10 de Fevereiro / 2016 às 13:00 | 1 Comentário

“Combinando alegria e ordem, o prefeito ACM Neto dá a receita do sucesso do Carnaval de Salvador 2016”, diz o deputado federal José Carlos Aleluia sobre a organização da folia, que repercutiu além das fronteiras brasileiras. “Por onde estive, as notícias que chegavam sempre foram positivas sobre a grande festa de nossa capital”, afirma o presidente estadual do Democratas, que viaja com a família pelo exterior.

Segundo Aleluia, o prefeito ACM Neto é um folião desde garoto e tem paixão pela festa carnavalesca. “Quando se faz o que gosta, o resultado é sempre o melhor. Ninguém mais do que Neto está capacitado para realizar o Carnaval de Salvador. Sob a sua liderança, a folia está passando por um necessário e bem-sucedido processo de inovações”.

O líder democrata destaca novidades como o “Furdunço” e o “Fuzuê” que deram ainda mais espontaneidade à festa, novos espaços criados como o “Terreiro do Samba”, além dos “Carnavais nos Bairros” com grandes atrações. “ACM Neto e sua equipe, da qual tive a honra de fazer parte, não estão só promovendo grandes carnavais, eles estão fazendo uma Salvador cada vez melhor para todos. Não é por outro motivo que a sua gestão é a mais bem avaliada do Brasil”.

Asscom
Espaço do Leitor
10 de Fevereiro / 2016 às 12:30 | 29 Comentários

Caro Geraldo,

Tenho sido acusado de arrogância, prepotência, e outras bobagens, que não respondo; primeiro porque os que me acusam não respondem aos fatos que relato sobre a roubalheira de que somos vítimas, pelos PeTralhas e os demais partidos, que se locupletam, e os apoiam, e para não dar vez a quem não tem, afinal como dizia Ibrahim Sued: “Os cães ladram e a caravana passa”.

Mas agora, tenho que “carregar a mão”, contra esse Sr., que se diz professor, Otoniel Gondim, com seu artigo Salve-se quem puder, publicado no Blog. Poucas vezes vi tantas heresias, sandices, idiotices e o auto elogio, o ode ao alter ego, que lhe é peculiar, e não podia faltar.

Já disse, repito, e repetirei sempre: sou evangélico há 50 anos, sem ser teólogo, apenas consagrado Presbítero, pela Conframadeb (http://www.conframadeb.com.br/ ), congrego, com muito orgulho, na 2ª Igreja Evangélica Congregacional, em Juazeiro, e nunca admiti, não admito, e não admitirei que ninguém diga, da Trindade Santa, coisas como esse Sr., que dizendo-se professor (profissão das mais nobres e edificantes), dever-se-ia dar ao respeito, falou usando os nomes de DEUS e JESUS CRISTO.

Todos têm o direito de professar a religião que quiser, ou nenhuma; afinal, como ele mesmo afirma, citando a Bíblia, DEUS deu o livre arbítrio a todos, permitindo a cada um acreditar, ou não, no próprio e único DEUS, ou na entidade que quiser, mas todos têm que respeitar a religião alheia, pensar duas vezes antes de falar e, principalmente, escrever a respeito de algo que toca tão profundamente o ser humano, como é a religião.

Há pouco tempo, os terroristas muçulmanos do Estado Islâmico atacaram o jornal humorístico francês Charlie Hebdo, matando 12 pessoas e ferindo outras 11, por causa de charges detratoras de Maomé. Não apoio o terrorismo, muito menos a morte de um semelhante, mas eles plantaram o que colheram. Há trilhões de motivos para se fazer troças, charges, piadas e crônicas, mesmo as péssimas (não é, Sr. Otávio Gondim,?), mas por que tem que ser com o Sagrado?

O referido Sr. coloca em cheque a Onisciência, Onipotência e Onipresença de DEUS, ao citar: “Estava às voltas, repetidamente, com incomensuráveis perguntas a si mesmo e aos seus borbotões” (quando “se pergunta”, é ao seus botões, porque borbotões significa golfadas, jorros) e “Meu Deus que sou Eu, tomara que dê certo”, resmungou reticente.; ou seja, estava com dúvidas... E quem é o “sapiente” Sr. Otávio Gondim, para afirmar que DEUS,  o Todo-Poderoso estava com dúvidas?

Heresias, sandices e idiotices..!

Para seu conhecimento, professor, Isaías viveu quase 150 anos antes de Daniel, daí esse último não poder ter vindo antes do “Profeta maior”... Leia a Bíblia, antes de escrever a respeito, Sr. Gondim. Além disso, não teria sentido Daniel, profeta de DEUS, que enfrentou o poderoso rei Nabucodonosor, não se curvou diante dele, procurar “Lulababá”, o ladrão dos pobres.

JESUS CRISTO, Sr. Gondim, foi, é, e sempre será Perfeito! Nunca pecou, embora tenha sido tentado, e deu a vida por nós, todos, inclusive o Sr., que se presta a escrever tamanhas asneiras a Seu respeito: “ Frequentou oráculos, terreiros”;  Assim foi que surgiu o gosto pelo chope gelado, que o apresentou à senhora cachacinha”; “Um empolgado Jesus Cristo conheceu a cultura baiana, os baianos e os passinhos afoitos atrás dos trios elétricos”e, asneiras das asneiras, heresia: “Jesus Cristo se achou em casa”. A casa de JESUS CRISTO é o Reino de DEUS, (Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. - Colossenses 3:1 ), nada parecida com esse mundo, “que jaz no maligno” (I João 5:19b), especialmente no carnaval, quando se entregam as chaves das cidades ao rei Momo (Mamom, divindade pagã, demoníaca) e tudo fica “como o diabo gosta”. Definitivamente, o reino de DEUS não é nada parecido com isso, professor, e JESUS “não se sentiria em casa”, mas repudiaria tudo, veementemente.

Quanto à “cachacinha e ao chope gelado”, creio que não foi Ele que tomou gosto e se apegou a ambos, mas quem, talvez sob o efeito dos mesmos, deu-se ao desfrute de escrever tanta bobagem junta, sem nexo e sem plexo, característicos da “inspiração etílica”.

Ah, professor! Bíblia, escreve-se com B, maiúsculo, quanto aos inúmeros outros erros de grafia e gramática, volto a recomendar-lhe: procure escrever sóbrio, e um professor de português para revisar seus textos, tão auto elogiados, antes de publicá-los, pois o vernáculo, eu já disse, e reafirmo peremptoriamente, não é seu forte.

Ademais, Sr. Gondim, se o Sr. nunca leu o livro do Êxodo, aí vai o 7º mandamento: Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão; porque o Senhor não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão. - Êxodo 20:7.

Mas, para seu consolo, JESUS CRISTO, de quem o Sr. tripudiou, disse: E dizia Jesus: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazemLucas 23:34a.

Zoroastro Cedro – Zoró.

Químico, aposentado, evangélico, pronto a repreender as heresias.

Espaço do Leitor
10 de Fevereiro / 2016 às 12:00 | 6 Comentários

Bom dia Geraldo,

Sou um seguidor do seu blog que leva informações sérias a todos. Gostaria de fazer um apelo para que nos ajude a cobrar da Prefeitura uma limpeza e planear as ruas nos bairros Monte Castelo/Barranqueiro, Alto dos Mulungus e adjacência. A situação aqui é precária

Grato,

Josivaldo - Funcionário da Coelba

Variadas
10 de Fevereiro / 2016 às 11:25 | 2 Comentários

A Chesf, mesmo com toda precipitação de janeiro, está mantendo a operação defluente de 150 m3/s (Três Marias-MG) e 800 m3/s (Sobradinho-BA). As chuvas que caíram em janeiro por toda a bacia hidrográfica vão garantir que a barragem mineira alcance nos próximos dias 38% do seu volume útil e a usina baiana chegará a 27% da sua capacidade hídrica, segundo indicam especialistas do NOS (Operador Nacional do Sistema Elétrico). Confira:

Espaço do Leitor
10 de Fevereiro / 2016 às 11:00 | 16 Comentários

Geraldo José,

Venho através desta nota pedir a sua ajuda e a divulgação neste que é o veículo de comunicação mais acessado no Vale do São Francisco. Meus apelos que também são de muitos moradores de alugueis em Juazeiro e que no momento veem o sonho da casa própria distante devido uma lei que não permite a construção de casas com frente de 5 metros e assim não emite as certidões para que o proprietário possa da entrada no seu banco financiador.

No meu caso foi dado entrada e protocolado junto a Secretaria de Meio Ambiente e Ordem Pública - SEMAOP desde de dezembro e até o momento não foi obtido êxito. O secretario ao ser procurado comunicou que aguarda a aprovação do projeto de lei que tramita no legislativo da câmara de vereadores, ou seja para que muitas vidas se resolva, estamos na mão de nosso vereadores, espero encarecidamente conscientiza-los que a aprovação deste projeto de lei gera receita R$ a sociedade, pois com o embargo destas obras os construtores ficam limitados de pagar aos seus fornecedores de matérias primas para a construção das casas, e de seus operários que trabalharam na construção.

Constantemente ouvimos falar que Petrolina o desenvolvimento é muito maior do que Juazeiro, principalmente na área de construção civil, de fato seus políticos trabalham e contribuem para isso, enquanto aqui em Juazeiro são impostas leis que nos impossibilitam ao crescimento, consequentemente a cidade.

Adevaldo Rodrigues

Informativos
10 de Fevereiro / 2016 às 10:30 | 1 Comentário

Por orientação da presidente Dilma Rousseff, o ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, receberá colegas de outras pastas nesta Quarta-feira de Cinzas (10) para debater novas medidas que o governo pode tomar no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, do zika vírus e do chikungunya. A reunião terá a participação dos ministros peemedebistas Marcelo Castro (Saúde) e Celso Pansera (Ciência e Tecnologia da Saúde). Em conjunto, as duas pastas desenvolveram um projeto que será apresentado com uma série de medidas relacionadas ao surto da doença. Além de estudos que tratam de possíveis vacinas, o projeto prevê, por exemplo, propostas de assistência para as famílias com crianças com microcefalia. 

A presidente Dilma não deve participar da reunião. A ideia é que os ministros acertem os detalhes do projeto antes de apresentá-lo a Dilma. Durante o feriado de carnaval, a presidente pediu que todos os ministros ficassem de sobreaviso para possíveis reuniões. Ela foi a Porto Alegre, mas retornou no domingo e manteve sua rotina de exercícios diários. Nesta quarta (10), a previsão é que a presidente mantenha uma agenda com compromissos ligados ao combate da doença. À tarde, Dilma vai receber representante do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (Conic). Assim como tem feito com órgãos federais, como os Correios, Dilma tem apelado para que entidades ajudem na campanha de prevenção e erradicação do mosquito. Na semana passada, ela recebeu em seu gabinete o presidente da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Sérgio da Rocha. Em uma demonstração de como está atenta à questão, Dilma deve participar pessoalmente da campanha de conscientização das Forças Armadas no próximo dia 13. A ideia é que a presidente vá a algumas casas conversar com moradores sobre as medidas que devem ser tomadas para eliminar o mosquito. Ela deverá participar da visita a residências no Rio, cidade que está no centro das preocupações do governo por causa das Olimpíadas.

Policial
10 de Fevereiro / 2016 às 10:23 | Nenhum Comentário

Um jovem, de 21 anos, morreu após ser atingido com um golpe de faca no abdômen na madrugada desta quarta-feira (10) no bairro Jardim Amazonas, na Zona Norte de Petrolina, Sertão pernambucano. Ele entrou na casa de seu pai pedindo socorro, mas não resistiu aos ferimentos.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado e fez os primeiros socorros na vítima, que morreu em seguida. O pai não soube informar quem teria matado seu filho. O corpo foi removido para o Instituto de Medicina Legal (IML).

Com informações do G1 Petrolina Foto Whatsapp
Espaço do Leitor
10 de Fevereiro / 2016 às 10:00 | 3 Comentários

Quarta de cinzas começa a Quaresma. Vem de quarenta, isto é, o povo de Deus 40 anos no deserto, Jesus 40 dias no deserto antes de começar sua pregação.

O deserto é o lugar do nada, onde você está só com você e você só. Então, pode ser que aí, absolutamente desamparado, você se lembre de Deus. Portanto, biblicamente, deserto não é só um lugar geográfico, mas um lugar teológico. Você pode estar no meio de uma multidão e se sentir no deserto.

As Campanhas da Fraternidade sempre nos trazem temáticas de interesse maior do que a Igreja Católica ou outras Igrejas. Essa campanha é ecumênica (várias Igrejas), macro ecumênica (outras religiões) e para todas as pessoas de boa vontade (toda sociedade, mesmo os ateus com fome e sede de justiça). Para as Igrejas está no contexto maior do cuidado com a criação.

A proposta fundamental está no saneamento básico, que segundo a legislação brasileira compreende: abastecimento de água; coleta e tratamento de esgotos; manejo dos resíduos sólidos e drenagem das águas de chuva.

Só a Bahia tem um item a mais, que agora se revela fundamental, isto é, o controle de vetores, esses bichinhos que espalham doenças como mosquitos, baratas, ratos, helmintos, etc.

O Brasil já teve a SUCAM. Brincávamos que nos lugares mais remotos só íamos nós – pastorais sociais – e a SUCAM. Com esse organismo de saúde pública, tínhamos posto sob controle grande parte das doenças transmitidas por vetores como chagas, dengue, malária, etc. Foi só abandonar o campo de luta que elas voltaram com toda intensidade.

O Prof. Moraes, da UFBA, que esteve conosco na elaboração dos fundamentos do texto base da Campanha, escreveu em outro livro que há um século 45% de nossas mortes eram por doenças infectocontagiosas como varíola, malária, etc. Hoje correspondem a apenas 5%. Mas, se o descuido e descaso continuarem, sabemos que voltarão a ser de grande porte. Afinal, àquela época éramos 40 milhões de brasileiros, 80% vivendo no meio rural e nossa média de vida era de 35 anos de idade. Hoje somos 200 milhões, 80% nas cidades e nossa média de vida está em torno de 75 anos da idade.

O bom é que hoje temos um Plano Nacional de Saneamento Básico (PLANSAB), uma legislação e uma política de saneamento, além do que cada município deve elaborar seu Plano Municipal de Saneamento (PMSB) se quiser receber dinheiro público para aplicar em seu território. A proposta federal é investir aproximadamente 500 bilhões de reais em 20 anos e, nesse prazo, sanearmos o Brasil. Será que dessa vez sairemos da insalubridade?

O plano deve ser integral (todas as dimensões) e universal (meio urbano e rural).

Pergunta chave: seu município elaborou esse plano municipal? O prazo de entrega era o final de 2015, agora prorrogado para final de 2017. Portanto, chamem os vereadores, os prefeitos, o Ministério Público, mobilizem as comunidades, a mídia, façam o plano municipal acontecer.

Essa é a tarefa básica das pessoas, comunidades e do país inteiro. Não adianta ficarmos nos problemas, temos que avançar nas soluções.

Um país sem saneamento não é civilizado, multiplica as doenças e passa vergonha internacional. Os Estados Unidos liberaram os atletas olímpicos que não quiserem vir ao Brasil por medo do Zika vírus.

Roberto Malvezzi (Gogó)
Variadas
10 de Fevereiro / 2016 às 09:29 | 8 Comentários

Há cerca de uma semana o Secretário de Governo da Prefeitura de Juazeiro Paulo Bonfim anunciou em contato com o Blog de que o problema entre os trabalhadores da ART tinha sido sanado pela direção da empresa e com isso o serviço de coleta de lixo seria imediatamente regularizado na cidade.

Não é o que relatam os moradores dos diversos bairros de Juazeiro que tem mantido contato com a redação deste noticioso dando conta de que o problema persiste.

Na rua Princesa Isabel, bairro Itaberaba, a população alega que a coleta não é feita desde sábado, dia 30 de janeiro, e por isso as portas das residências estão tomadas pelo lixo.  

Em frente aos residenciais Juazeiro I e II, a situação é semelhante comom revelam as fotos encaminhadas ao Blog.

Policial
10 de Fevereiro / 2016 às 09:00 | Nenhum Comentário

Segunda-feira (08/02), por volta das 17h, após cometimento de ato infracional do menor de inicias H.L.R., 17 anos, residente no bairro João de Deus de ter colidido com o carro em uma residência a equipe da MALHAS DA LEI/5° BPM, cumpriu Mandado de Busca e Apreensão em aberto pela comarca de Afrânio em desfavor do menor citado, mandado este relacionado a dano qualificado realizado pelo imputado.

ASSESSORIA DE IMPRENSA DO 5º BPM - PETROLINA - PE
Informativos
10 de Fevereiro / 2016 às 08:30 | Nenhum Comentário

A congregação da Assembléia de Deus, na pessoa do seu Pastor – Presidente Wolmar Alcântara, representada pelo presbítero Isaías Alves, dirigente da Congregação do Juazeiro Velho, convida toda a comunidade do bairro São Geraldo e bairros vizinhos a participarem do 3º aniversário da congregação à rua São Francisco, bairro São Geraldo, a realizar-se dia 13, a partir das 19hs.

Confira a programação:

Policial
10 de Fevereiro / 2016 às 08:27 | Nenhum Comentário

O Governo do Estado apresenta o balanço do Carnaval 2016 no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, no Largo dos Aflitos, às 10h desta quarta-feira (10). Participam da reunião destinada à imprensa, os secretários e gestores dos órgãos estaduais envolvidos na operação da festa, incluindo a cúpula da segurança pública. Os gestores estarão à disposição para entrevista ao final da breve apresentação dos números do Carnaval.

Secom Bahia Foto: Mateus Pereira/GOVBA
Variadas
10 de Fevereiro / 2016 às 08:00 | 6 Comentários

O leitor Acácio que reside no Projeto Mandacaru enviou mensagem via whatsapp ao Blog solicitando a recuperação da BA-210, proximidades do bairro Itaberaba. Segundo o leitor desde as chuvas no final de janeiro que houve um afundamento na pista e nunca foi registrada uma movimentação da prefeitura no sentido de recuperá-la, ou de solicitar do órgão competente do governo do Estado para promover a sua recuperação.

Para Acácio o buraco enorme, mesmo que sinalizado, permanece oferecendo riscos aos condutores de veículos naquela área. Ele esclarece também que a mesma rodovia, só que no sentido Juazeiro/Sobradinho, está bastante esburacada e os produtores do Salitre já estão se mobilizando para fazer uma grande manifestação. Ainda não tem data marcada.


publicidade

51 anos de vida, 33 destes dedicados à informação com credibilidade. Este é Geraldo José um dos funcionários mais antigos da pioneira Rádio Juazeiro
Blog do Geraldo José. © 2009 - Todos os direitos reservados.
Curta nossa fanpage