Blog do Geraldo José - Política
Vale do São Francisco - 22 de Outubro de 2018
|
Redação: (74) 3613-3479

Política

publicado em 21 de Outubro / 2018 às 21:00

Voto branco x voto nulo: saiba a diferença e para 'onde vão'

Apesar de o voto no Brasil ser obrigatório, o eleitor, de acordo com a legislação vigente, é livre para escolher o seu candidato ou não escolher candidato algum. Ou seja: o cidadão é obrigado a comparecer ao local de votação, ou a justificar sua ausência, mas pode optar por votar em branco ou anular o seu voto.

Mas qual é a diferença entre o voto em branco e o voto nulo?

Voto em branco

De acordo com o Glossário Eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o voto em branco é aquele em que o eleitor não manifesta preferência por nenhum dos candidatos. Antes do aparecimento da urna eletrônica, para votar em branco bastava não assinalar a cédula de votação, deixando-a em branco. Hoje em dia, para votar em branco é necessário que o eleitor pressione a tecla “branco” na urna e, em seguida, a tecla “confirma”.

Voto nulo

O TSE considera como voto nulo aquele em que o eleitor manifesta sua vontade de anular o voto. Para votar nulo, o eleitor precisa digitar um número de candidato inexistente, como por exemplo, “00”, e depois a tecla “confirma”.

Ler Matéria Completa
Fonte: NMB
publicado em 21 de Outubro / 2018 às 17:00

Documento confirma oferta de disparo ilegal de mensagens na eleição

Troca de e-mail e envio de orçamento comprovam a oferta do serviço de disparo em massa de mensagens por meio do WhatsApp. É o que diz a Folha de S. Paulo, neste sábado (20), diante de documentos a que teve acesso. Um das agências digitais envolvidas, a Croc Services, formalizou proposta de R$ 8,7 milhões à campanha de Geraldo Alckmin (PSDB) à Presidência da República.

A empresa, ainda conforme o jornal, usaria base de dados própria. A legislação eleitoral proíbe a compra de base de terceiros - muitas vezes feita a empresas de cobrança ou a funcionários de empresas telefônicas. Só é permitindo o uso das listas de apoiadores do próprio político - números cedidos de forma voluntária. A opção de contrato conseguida pela Folha cita opções diversas de disparos de mensagens por WhatsApp, com pagamento a ser feito até três dias antes da ação.

Ler Matéria Completa
Fonte: NMB
publicado em 21 de Outubro / 2018 às 12:30

Ato pró Haddad (PT) reúne movimentos e partidários em Juazeiro e Petrolina

Partidários, movimentos sociais e simpatizantes do candidato Fernando Haddad (PT) se reuniram ontem em Juazeiro (Ba) e Petrolina (Pe) num ato de apoio ao petista, que disputa o segundo turno das eleições presidenciais.

O ato “Semiárido pela Democracia” foi convocado pela Articulação do Semiárido Brasileiro (ASA), Confederação Nacional dos Trabalhadores em Agricultura (CONTAG) e movimentos populares ligados a Via Campesina e, segundo os organizadores, teria reunido cerca de 30 mil pessoas.

O movimento, que começou com shows musicais, em Petrolina, foi encerrado em Juazeiro, no início da noite deste domingo (20).

Da redação Blog Geraldo José/Foto Chico Egídio
publicado em 20 de Outubro / 2018 às 23:30

DEM denuncia Rui à Justiça Eleitoral por captação ilegal de votos para Haddad

O diretório do Democratas na Bahia vai entrar com uma ação no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) contra o governador Rui Costa por abuso de poder econômico e captação ilícita de votos para o candidato Fernando Haddad (PT). A medida foi tomada após começar a circular no WhatsApp um áudio em que Rui sugeriria a prefeitos garantir transporte aos eleitores, para evitar abstenções, como forma de beneficiar Haddad. Neste sábado (20), a equipe de comunicação do governador negou que ele tenha violado a lei eleitoral e disse que a mensagem foi adulterada. O áudio ainda foi classificado como fake news. 

“Nesta segunda-feira (22), logo cedo, estaremos dando entrada em ação no TRE para impedir essa ilegalidade na Bahia”, afirmou o presidente estadual do DEM, deputado federal José Carlos Aleluia. Para Aleluia, a justificativa de que o áudio foi adulterado é “desculpa”. “O que ele quer dizer, quando convoca os prefeitos e fala em ‘reforçar a eleição do dia 28, garantir transporte para todos os eleitores, reduzir a abstenção'? Mais grave ainda é usar a desculpa de que o áudio teria sido 'adulterado'. Cadê a versão original então? O governador se tocou da besteira que fez e agora tenta abafar que praticou crime eleitoral".

Noticias da Bahia
publicado em 20 de Outubro / 2018 às 12:29

SUB-PROCURADOR DA REPÚBLICA EMITE PARECER CONTRÁRIO A ISAAC CARVALHO, EX-PREFEITO DIZ QUE DECISÃO SÓ FINAL DO MÊS

Nesta sexta-feira, dia 19, o Sub-Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, emitiu parecer contra o agravo apresentado pelos advogados do ex-prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho (PCdoB). Esta foi mais uma tentativa do ex-prefeito de Juazeiro que concorreu para Deputado Federal, obteve os votos necessários para a sua eleição, mas tem a candidatura questionada na Justiça Eleitoral por conta de um processo no Tribunal de Justiça da Bahia.

Em seu parecer, Janort afirma que “não é possível reconhecer o recurso especial baseado na legislação diante da apresentação de dois recursos simultâneos pela mesma parte contra a mesma decisão, uma vez que vigora em nosso ordenamento jurídico da unirrecorribilidade das decisões judiciais, conforme orientação do STJ”.

O Sub-Procurador alega que no recurso apresentado pela vítima não houve fundamentação. “No mérito, não merece prosperar, ante a inviabilidade do recurso especial (…) sendo que a parte apresentou duas petições, em datas distintas, com as razões de seu inconformismo contra o acórdão do TJBA (…) Antes o exposto, o Ministério Público Federal, opina pelo desprovimento do agravo”.

Veja o parecer AQUI

Confira nota envia assessoria Isaac Carvalho:

A Assessoria Jurídica de Isaac Carvalho informa que essa notícia do parecer do Ministério Público Federal, contrário ao agravo dos advogados de defesa, já era esperada visto o referido órgão ser o autor do pedido de impugnação da candidatura. 

A decisão final será tomada pelo Colegiado do Superior Tribunal de Justiça (STJ), provavelmente na próxima quinta-feira, dia 25.

A Assessoria Jurídica de Isaac Carvalho mantém o otimismo na confirmação da candidatura, respaldada pelas urnas por mais de 100 mil eleitores, porque conforme consta nos próprios autos, não houve dolo ao erário público.

Da Redação Foto Geraldo José
publicado em 20 de Outubro / 2018 às 10:09

Eleições 2018: PGR requisita inquérito para apurar uso de empresas na disseminação de fake news em redes sociais

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, requisitou à Polícia Federal (PF) a instauração de inquérito para apurar se empresas de tecnologia da informação têm disseminado, de forma estruturada, mensagens em redes sociais referentes aos dois candidatos que disputam o segundo turno das eleições para presidente da República. O pedido foi em ofício enviado na noite desta sexta-feira (19) ao ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann.

No documento, Raquel Dodge informa que os fatos mencionados em reportagens jornalísticas já motivaram a abertura de procedimento apuratório pela Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE). Destaca ainda que o objetivo é verificar a existência de eventual utilização de esquema profissional por parte das campanhas, com o propósito de propagar notícias falsas.

Ler Matéria Completa
PGR/Foto divulgação
publicado em 20 de Outubro / 2018 às 07:29

CARREATA EM FAVOR DE BOLSONARO NESTE SÁBADO EM JUAZEIRO TEM LOCAL DE CONCENTRAÇÃO ALTERADO

Neste sábado, dia 20, os líderes do MBL Brasil estarão em Juazeiro quando participarão da carreata de Bolsonaro Presidente 17 em Juazeiro e darão uma coletiva de imprensa.

Kim Kataguiri - presidente do MBL Brasil e deputado federal eleito pelo DEM de São Paulo.

Arthur Moledo do Val - youtuber político e deputado estadual eleito pelo DEM de São Paulo.

Fernando Holiday = vereador do DEM de São Paulo.

A coletiva ocorrerá neste sábado (20/10), às 11 horas, na Sociedade XV de Novembro, antigo Clube dos Caçadores.

O local da concentração da carreata foi alterado. Será na Lagoa do Calu, próximo ao Mercantil, neste sábado, a partir das 16 horas.

Da Redação
publicado em 19 de Outubro / 2018 às 20:36

Pequenas movimentações na justiça e muita expectativa no campo político, são a tônica em relação ao candidato Isaac Carvalho


Continua a expectativa, na Bahia e no Vale do São Francisco, em relação ao julgamento dos recursos da defesa do ex-prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho (PCdoB), referente a processo no TJ-BA, que o mantém inelegível e com os votos considerados nulos.

Em Juazeiro e região a expectativa se dá em função da possível inclusão de Isaac na lista de eleitos. Na Bahia uma decisão favorável ao ex-prefeito modifica o cálculo eleitoral e a relação dos vitoriosos no último dia 07 de outubro, gerando intranquilidade em outras coligações.

O ex-prefeito manteve a candidatura a deputado federal mesmo com a decisão desfavorável do TRE-BA, que o considerou inelegível com recurso, garantiu o nome nas urnas, recebeu uma expressiva votação, de mais de 100 mil votos, mas os sufrágios não foram validados em virtude de condenação em órgão colegiado da Justiça.

De acordo com as anotações do TJ-BA as últimas movimentações, protocolares, se deram nos dias 04, 08, 17 e 18 de outubro. No dia 04, um dia após a eleição, atendendo a um pedido da defesa, o TJ-BA encaminhou agravo de recursos regimental para o Superior Tribunal Federal, com pedido de urgência no julgamento: “considerando o requerimento expresso formulado pela parte, defiro e determino à Secretaria da Seção de Recursos que, com urgência, processe o Agravo em Recurso Especial, adotando as providências de praxe, remetendo os autos, em via digital, ao Superior Tribunal de Justiça. Após, que os autos retornem conclusos, posto que o feito se encontra pautado para julgamento de Agravo Interno, no Recurso Extraordinário, bem como para análise de eventuais pendências”, anotou.

Um pedido de reconsideração feito pela defesa chegou a entrar na pauta de julgamento do TJ-BA, no último dia 10, mas não chegou a ser julgado e foi pautado para o mês de novembro.

Da redação Blog Geraldo José
publicado em 19 de Outubro / 2018 às 16:30

TSE adia para domingo anúncio de medidas contra notícias falsas

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) adiou para domingo (21), às 14h, a entrevista coletiva marcada para esta tarde para anunciar medidas de combate à disseminação de notícias falsas (fake news) nas redes sociais. A entrevista foi adiada por causa de  incompatibilidades nas agendas dos participantes.  

A coletiva foi anunciada ontem (18) após o TSE receber cobranças sobre as medidas efetivas para impedir candidatos e partidos de compartilhar conteúdo falso durante a campanha eleitoral.

Nesta quinta-feira (18), a coligação que sustenta a candidatura de Fernando Haddad (PT) à Presidência da República e o PSOL entraram com pedidos no TSE para que a candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) seja investigada em razão das suspeitas de uso de sistemas de envio de mensagens em massa na plataforma WhatsApp custeados por empresas de apoiadores do candidato.

Pelo Twitter, Bolsonaro afirmou que não tem controle sobre apoios voluntários e que o PT não está sendo prejudicado por fake news, e sim pela “verdade”.

Deverão participar da coletiva prevista no próximo domingo a presidente do TSE, ministra Rosa Weber, os ministros Raul Jungmann, da Segurança Pública, e Sérgio Etchegoyen, do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, a advogada-geral da União, Grace Mendonça, e o diretor-geral da Polícia Federal, Rogério Galloro.

Agencia Brasil
publicado em 19 de Outubro / 2018 às 14:42

'Não preciso de Fake News para derrotar Haddad', diz Bolsonaro na Rádio Folha FM

O candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi o entrevistado do Programa Folha Política, na Rádio Folha FM, desta sexta-feira (19). O presidenciável falou com o apresentador Jota Batista e os jornalistas Renato Raposo, da editoria de política da Folha de Pernambuco, e Jairo Lima, editor do Blog da Folha.

Ele começou agradecendo ao Nordeste por sua votação e ressaltou que venceu em cinco capitais da Região. "O PT inventa que eu não gosto do Nordeste, mas isso é mentira. Eu sou apaixonado por uma nordestina, minha esposa é oriunda do Ceará. Portanto, tenho a maior consideração por esta Região e pretendo livrar o povo nordestino do PT", disse.

Folha Pernambuco
publicado em 19 de Outubro / 2018 às 13:18

Polícia Federal faz batida em comitê de Doria para apurar denúncia

Por ordem da Justiça Eleitoral, agentes da Polícia Federal fizeram uma operação de busca e apreensão nesta sexta-feira (19) no comitê de campanha do PSD e do PSDB no centro de São Paulo, no Edifício Joelma, para apurar denúncia de produção irregular de material de campanha de João Doria (PSDB), candidato a governador do estado. 
 
Segundo a reportagem apurou, a ação já foi encerrada e os policiais levaram diversas amostras de propaganda do tucano. A assessoria de Doria confirmou que houve uma ação. Em nota, informou que a coligação havia identificado uma pequena parcela de material produzido sem CNPJ.

Ler Matéria Completa
Com informações da Folhapress
publicado em 18 de Outubro / 2018 às 19:21

Louri da Barrinha declara apoio a administração do atual prefeito de Jaguarari, Fabrício D'Agostino

Um dos vereadores mais atuantes de Jaguarari, Louri da Barrinha, que já garantiu importantes obras para o município, com o apoio do seu deputado estadual Roberto Carlos, bem como a ampliação do Sistema de Energia Elétrica nas comunidades de Alagadiço, Lage Grande, Saco e Lagoa dos Umbus, a Ampliação do Sistema de Tratamento de Água no Flamengo e a perfuração de Poço Artesiano, possibilitando que o poço atual seja disponibilizado apenas para o consumo animal, Ambulância e muito mais, afirmou que passará a apoiar a administração do atual prefeito, Fabrício D'Agostino.

Na oportunidade, o vereador Louri, solicitou ao prefeito mais benefícios para o Flamengo e comunidades vizinhas, como a conclusão de um Posto de Saúde da Família – PSF – com novos equipamentos, carro para o transporte de pacientes, o funcionamento do poço da Rocinha e Fazendinha, a ampliação do Sistema de Abastecimento de Água no Morro Branco e Conceição, além do apoio ao homem do campo, através da doação do bagaço da cana para a ração de animais e transporte gratuito para os agricultores.

Ler Matéria Completa
Ascom
publicado em 18 de Outubro / 2018 às 17:16

Vereador Reinaldo Sabino se manifesta sobre desabamento de forro em UBS de Maniçoba

O Vereador Reinaldo Sabino, lamenta profundamente, o ocorrido ontem com o forro da UBS de Maniçoba recém inaugurada. "Imediatamente ao saber do incidente, me desloquei para tomar ciência do desabamento do forro, após inspeção do equipamento público, foi detectado que houve um entupimento na calha que impedia a saída d'água provocando o sinistro. A Secretaria de Saúde foi mobilizada e em tempo recorde os trabalhadores iniciaram a desobstrução e recolocação do forro e possivelmente será entregue ainda hoje. Este é nosso serviço e obrigação".

Da Redação
publicado em 18 de Outubro / 2018 às 13:46

Advogado e mais dois homens são presos por tentar extorquir Roberto Carlos, deputado através de nota afirma que vai aguardar apuração

A Polícia Civil prendeu na noite desta quarta-feira (18) o advogado do deputado estadual Roberto Carlos (PDT), Idenilton dos Santos, e outras duas pessoas suspeitas de tentar extorquir o parlamentar. Segundo informações da RecordTV Bahia, os homens, identificados como André Paulo Soledade Dias e Felipe de Jesus Menezes, foram presos no Salvador Shopping.

De acordo com a emissora, os três tentaram extorquir R$ 300 mil do pedetista. O advogado usava André e Felipe, que trabalharam na campanha eleitoral de reeleição do deputado, para coagi-lo. Inicialmente, eles pediram os R$ 300 mil, mas depois reduziram o valor para R$ 7 mil. O montante seria entregue nesta quarta, no shopping, onde os dois foram presos. Eles ameaçavam denunciar supostas irregularidades em contratos realizados pelo deputado.

Ainda conforme a emissora, os dois homens estão na 1ª Delegacia, enquanto o advogado está na Coordenadoria de Polícia Interestadual (Polinter).

Em nota o deputado Roberto Carlos (PDT), lamentou o fato ocorrido, envolvendo, suspostamente, um membro do seu gabinete e mais duas pessoas. Roberto Carlos vai aguardar a apuração dos fatos pela Polícia Civil da Bahia.

Fonte: Bahia Notícias
publicado em 18 de Outubro / 2018 às 12:30

Eleições 2018: 2º turno em Juazeiro. Haddad aumenta a diferença ou Bolsonaro cresce? Alguém arrisca um palpite?

Os numeros relativos ao primeiro turno das eleições 2018 continuam disponíveis no Blog Geraldo José

O dia “D” da eleição no segundo turno vai se aproximando e em Juazeiro, como em todo o País, as atenções se voltam para a decisão presidencial, com Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando haddad (PT) disputando os votos dos brasileiros. No primeiro turno, em Juazeiro, Haddad teve 57,39% dos votos, contra 27,53% de Bolsonaro. Os demais candidatos, somados, não chegaram a 15% dos votos dos juazeirenses.

Neste segundo turno, em Juazeiro, alguém apostaria num crescimento ainda maior de Haddad? Bolsonaro cresce porque essa é uma tendência nacional, como apontam as pesquisas? Os eleitores de Ciro, do PDT, mesmo partido do deputado Roberto Carlos migram majoritariamente para Haddad? Estas são perguntas que só as urnas poderão revelar.

No primeiro turno Haddad foi majoritário, com pouco mais de 60 mil votos, seguido por Bolsonaro com 30 mil; Ciro Gomes teve pouco mais de 10 mil votos e os demais, somados, alcançaram aproximadamente 6 mil votos. Brancos e nulos giraram em torno de 8% e a abstenção ficou na casa dos 13%. Há quem aposte que o percentual de nulos, brancos e abstenções aumentem, pela ausencia de interesses locais na disputa, mas tem quem pense o contrário em virtude do acirramento da disputa nacional. 

Quem arrisca um palpite?

Da redação Blog Geraldo José
publicado em 18 de Outubro / 2018 às 09:03

Gonzaga Patriota recebe visita de prefeitos pernambucanos em Brasília

O deputado federal Gonzaga Patriota (PSB) recebeu a visita dos prefeitos Adelmo Moura (Itapetim); Tânia Maria (Brejinho) e Ângelo Ferreira (Sertânia) no seu gabinete, em Brasília.

Durante a conversa, os prefeitos e o deputado debateram diversos assuntos em prol desses municípios, inclusive, algumas das demandas existentes e outros investimentos para Itapetim; Brejinho e Sertânia.

Ainda, na ocasião, Patriota agradeceu, mais uma vez, o apoio dos prefeitos durante o período eleitoral e frisou que continuará contribuindo com recursos e ações para o desenvolvimento dessas localidades.

Ascom Dep. Gonzaga Patriota
publicado em 18 de Outubro / 2018 às 07:00

Eleições 2018: 2º turno na Bahia. Haddad aumenta a diferença ou Bolsonaro cresce? Alguém arrisca um palpite?

Todos os números relativos ao primeiro turno continuam disponíveis no Blog Geraldo José

O dia “D” da eleição no segundo turno vai se aproximando e na Bahia, onde todos os cargos majoritários e proporcionais já foram decididos, as atenções se voltam exclusivamente para a decisão presidencial, com Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando haddad (PT) disputando os votos dos baianos. No primeiro turno o petista teve 60,28% dos votos, contra apenas 23% do candidato do PSL.

No segundo turno, na Bahia, é possível que os números mudem radicalmente, uma vez que votos creditados aos demais candidatos na disputa vão migrar para os dois candidatos que avançaram na disputa. Há dúvida é: Os votos do candidato Ciro Gomes, que declarou apoio crítico ao PT, aumentam o percentual de Haddad no estado? O PSDB de Alkmin na Bahia acrescenta alguma soma nos votos de Bolsonaro? O percentual de evangélicos que votaram em Cabo Daciolo e Marina Silva, na sua maioria, migram em que direção? Estas são perguntas que só as urnas poderão revelar.

No primeiro turno Haddad, com apoio do Governador Rui Costa, eleito, foi majoritário, com quase 4,5 milhões de votos no estado, enquanto Bolsonaro ficou na casa dos 1,7 milhões. Ciro chegou próximo dos 700 mil votos, seguido por Alkmin, com aproximadamente 173 mil; Daciolo com 138 mil; Marina com 61 mil e Amoedo com 43 mil votos aproximadamente.

Quem arrisca um palpite?

Da redação Blog Geraldo José
publicado em 17 de Outubro / 2018 às 10:06

Juazeiro: Alex vai à tribuna e parabeniza Isaac, Zó e Roberto Carlos

O presidente da Câmara de Juazeiro, Alex Tanuri, utilizou a Tribuna nesta terça-feira (16), e parabenizou o grupo liderado pelo ex-prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho, pelo excelente resultado nas eleições de 2018. O vereador também ressaltou as reeleições de Zó e Roberto Carlos.

“Juazeiro mais uma vez saiu vitoriosa através do projeto político liderado pelo nosso ex-prefeito Isaac Carvalho e o atual prefeito, Paulo Bomfim. Um projeto que vem dando certo desde 2009 e a cidade mais uma vez reconheceu”, destacou Tanuri.

Ler Matéria Completa
Ascom
publicado em 16 de Outubro / 2018 às 20:57

Ex-prefeito de Sento Sé tem contas rejeitadas

Na sessão desta terça-feira (16/10), o Tribunal de Contas dos Municípios rejeitou as contas do ex-prefeito de Sento Sé, Ednaldo dos Santos Barros, relativas ao exercício de 2016. Essas contas foram tomadas pelo TCM, vez que o gestor não as prestou voluntariamente, nem as colocou em disponibilidade pública. O relator do parecer, conselheiro Raimundo Moreira, determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual para que sejam adotadas as providências judiciais pelo descumprimento de norma da Lei de Responsabilidade Fiscal.

O ex-prefeito foi multado em R$57.600,00, que corresponde a 30% dos seus subsídios anuais, em virtude da não divulgação do relatório de gestão fiscal e por não ter reduzido a despesa total com pessoal, que excedeu o limite previsto na LRF. E, ainda, sofreu multa de R$8 mil pelas irregularidades encontradas durante a análise técnica das contas.

Ler Matéria Completa
Fonte TCM
publicado em 16 de Outubro / 2018 às 18:30

Deputado do PCdoB da Bahia avalia que a Câmara continua com perfil conservador

“Na minha opinião não teve surpresas nas eleições na Bahia”, disse o reeleito para ocupar uma vaga na Câmara Federal, Daniel Almeida (PCdoB-BA). Segundo ele, o estado é “especialista em quebrar os Institutos de Pesquisas em todas as eleições” e  era esperado que a chapa do petista Rui Costa conseguisse eleger seus dois candidatos ao Senado Federal, como o fez.

No parlamento, mesmo com a tão discutida renovação que se alcançou com essas eleições, Almeida avalia que a Câmara continua com perfil conservador. “Talvez até mais conservador do que se está encerrando agora, do ponto de vista ideológico”, opinou.

Para Daniel Almeida, independente do eleito no dia 28 de outubro em segundo turno  para assumir a Presidência da República a partir de 2019, a polarização no Brasil entre direita e esquerda se manterá. “Isso não vai desaparecer de uma hora para outra, porque não começou agora”, disse o deputado, que avalia, no entanto, que o perfil do eleito afetará a relação do Palácio do Planalto com o Congresso Nacional.

“Se o Executivo for liderado por alguém com característica democrática, vai favorecer a pactuação do Congresso. Se não for isso, o Congresso, ao invés de ser um espaço da moderação, poderá ser um espaço do aprofundamento da crise institucional”, afirmou.

publicado em 16 de Outubro / 2018 às 08:54

Cid Gomes, irmão de Ciro, faz críticas ao PT durante ato de apoio a Haddad. Veja o vídeo

O senador eleito pelo Ceará, Cid Gomes, (PDT), ex-governador e irmão de Ciro Gomes deixou militantes petistas num encontro de reforço à candidatura de Haddad numa verdadeira saia justa ao dizer em discurso que o PT deveria fazer um “mea culpa".

Durante o discurso, que recebeu aplausos e vaias, Cid Gomes que foi o PT que criou Jair Bolsonaro, candidato do PSL que segue à frente nas pesquisas.

De acordo com Cid Gomes “alguns integrantes do partido, se acham "donos da verdade" e acreditam que "os fins justificam os meios".

O vídeo viralizou rapidamente na internet causando desconforto na campanha de Haddad.

O irmão de Cid, Ciro Gomes, terceiro colocado no primeiro turno, após manifestação de apoio crítico n Haddad neste segundo turno, viajou para o exterior e não tem se manifestado nos últimos dias.

Da Redação Blog Geraldo José
publicado em 15 de Outubro / 2018 às 21:02

Guilherme de Pádua, assassino de Daniella Perez, sai em defesa de Bolsonaro

O ex-ator Guilherme de Pádua Thomaz, condenado a 19 anos e seis meses pelo assassinato da atriz Daniela Perez, filha da autora de novelas Glória Perez, usou as redes sociais para defender o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL). Hoje pastor, Pádua postou um vídeo na quinta-feira (11/10) que avabou ganhando repercussão a partir do domingo(14/).

"Eu vi pessoas formadas, até com mestrado, sabe, pessoas assim que poderiam ter doutorado, acreditando que o Bolsonaro vai perseguir os negros e os gays como Hitler perseguiu os judeus. É impressionante como os radicais conseguem colocar loucuras na cabeça das pessoas", diz Pádua no vídeo, que dura cerca de 1 minuto.

O ex-ator prossegue afirmando que quem for eleito vai ter que governar para os brasileiros. "Ou daqui a quatro anos, ou antes disso, o povo escolhe outro. Mas olha, é importante lembrar: quem está decidindo as eleições não são os radicais, nem de direita nem de esquerda. São os moderados, aqueles que querem um Brasil melhor, que querem um Brasil pacificado. Então, seja quem ganhar… Parece que a chance é maior do Bolsonaro", afirma.

As afirmações geraram críticas e apoio nas redes sociais. Apoiadores de Haddad compartilharam o vídeo como uma forma de desqualificar Bolsonaro. E houve eleitores do capitão reformado afirmando que o apoio de Pádua era uma estratégia da camapanha petista. 

Ler Matéria Completa
Estado de Minas
publicado em 15 de Outubro / 2018 às 19:53

Pedido para retirada de postagens de Olavo de Carvalho contra Haddad é negada por Ministro do TSE


O ministro substituto no TSE, Luís Felipe Salomão, negou nesta quinta-feira(15) um pedido para retirar postagens do escritor Olavo de Carvalho de redes sociais. O pedido foi feito pela campanha do candidato à presidência Fernando Haddad (PT) que acusa o filósofo de mentir quando diz que o candidato defende o incesto em um livro: “Estou lendo um livrinho do Haddad, onde ele defende a tese encantadora de que para implantar o socialismo é preciso derrubar primeiro o tabu do incesto. Kit gay é fichinha. Haddad quer que os meninos comam suas mães”, escreveu Olavo.

O Ministro Salomão, na sua decisão, afirmou que a publicação, apesar de apresentar teor ofensivo ou negativo, exterioriza o pensamento crítico do representado acerca de uma obra de autoria do candidato. “A liberdade de expressão no campo político-eleitoral abrange não só manifestações, opiniões e ideias majoritárias, socialmente aceitas, elogiosas, concordantes ou neutras, mas também aquelas minoritárias, contrárias às crenças estabelecidas, discordantes, críticas e incômodas”, destacou.

Na ação o candidato do PT considera a atitude do escritor de “irresponsável diante da popularidade que possui nas redes sociais para circulação de afirmações infundadas, injuriosas e difamatórias que visam, única e exclusivamente, manipular a opinião pública por meio de ilações vazias”.

Da redação Blog Geraldo José/ Foto reprodução
publicado em 15 de Outubro / 2018 às 19:34

Eleições 2018: Ibope aponta Bolsonaro com 18% à frente de Haddad, neste segundo turno

A primeira pesquisa do Ibope para este segundo turno, divulgada nesta segunda-feira (15), manteve Bolsonaro na frente com diferença de 18% das intenções de voto. De acordo com o instituto, se a eleição fosse hoje o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, teria 59% dos votos válidos, contra 41% de Fernando Haddad, do PT.

O levantamento foi feito no sábado (13) e domingo (14) com 2.506 entrevistados, em 176 municípios e o nível de confiança é de 95%. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. Para o cálculo dos votos válidos são desconsiderados os votos brancos, nulos e os indecisos. A pesquisa foi registrada no TSE sob o Número BR-01112/2018.

Considerando todos os números colhidos na pesquisa o Ibope aponta os seguintes números:

  • Jair Bolsonaro  52%
  • Fernando Haddad 37%
  • Brancos e nulos  9%
  • Não sabe 2% 

No quesito rejeição Haddad (PT) chegou aos 47%, contra 35% de Bolsonaro (PSL).

Da redação Blog Geraldo José/Com informações do G1
publicado em 15 de Outubro / 2018 às 11:00

Manuela e General Mourão: dois vices com perfis muito diferentes

A história da política brasileira mostra que a figura do vice-presidente é importante no governo do país. Desde a redemocratização, três “número 2” assumiram a vaga do presidente. O primeiro deles, José Sarney, substituiu Tancredo Neves (PDS), eleito indiretamente pelo Congresso em 1984.

O segundo foi Itamar Franco, que assumiu o cargo após o impeachment de Fernando Collor de Melo. Hoje, o presidente da República é Michel Temer (MDB), eleito como vice de Dilma Rousseff (PT) em dois mandatos. Escanteados nas campanhas do PT e do PSL ao Planalto, o general Hamilton Mourão (PSL), presente na chapa puro-sangue de Jair Bolsonaro, e a deputada estadual Manuela D’Ávila (PCdoB), aliada a Fernando Haddad, aparecem como simples figurantes às vésperas de uma eleição extremamente radicalizada e ainda imprevisível.

Hamilton Mourão e Manuela D’Ávila tiveram poucas aparições nos últimos tempos. Uma das polêmicas envolvendo o militar ocorreu quando ele deu declarações sobre o fim do 13º salário no Brasil. Na sequência, Mourão defendeu um “branqueamento da raça” ao comentar sobre a aparência do neto.

A parlamentar gaúcha foi citada em toda a imprensa durante a impugnação da candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à Presidência. Dias antes, ela teria concordado em se aliar ao partido se fosse considerada como vice de Haddad numa eventual chapa de unificação da esquerda.

Na ocasião, Manuela ficou conhecida como “a vice do vice”. A aparente falta de prestígio não condiz com a responsabilidade do cargo, cuja falta cria uma necessidade de os Três Poderes se entrelaçarem. Sem o vice, quem assume o Planalto são os presidentes do Senado e da Câmara. Depois deles, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF).

No Brasil, mesmo sem uma missão especial, o vice-presidente eleito tem residência oficial no Palácio do Jaburu e despacha num anexo do Palácio do Planalto. Para o professor de ciência política da Universidade Estadual de Goiás (UEG) Felippo Cerqueira, as previsões sobre as dificuldades orçamentárias e a impopularidade dos dois candidatos ao Planalto tornam a figura do vice ainda mais importante. “É ele que vai precisar resolver as pendências, fazer as articulações com o Congresso para um a pauta minimamente comum, buscar a união entre os partidos e combater a oposição. Sem vice, Michel Temer precisou fazer o trabalho sozinho. Não é o melhor dos mundos.”

A perspectiva de uma volta dos militares ao poder fez com que o cientista político Ivan Ervolino recapitulasse a importância da democracia e de sua composição. “A principal mensagem deste momento é que as escolhas democráticas vivem em evolução. Há coisas boas e ruins, mas a via eletiva é a melhor maneira para resolvermos os problemas”, afirma o criador da start-up de monitoramento legislativo SigaLei.

Apesar dos erros e acertos, o Congresso optou por não fazer eleições diretas após a saída de Dilma Rousseff. Michel Temer foi instituído presidente. “Quem ganhar a Presidência tem agendas muito difíceis pela frente e que não vai poder se furtar, por exemplo, de discutir reformas. No fim, o vice é o marcador da composição de chapa”, explica o analista político Creomar de Souza.


Durante a pré-campanha, o desafio de encontrar um vice-presidente chacoalhou as alianças dos atuais candidatos ao Planalto. Manuela foi a primeira opção de Haddad, mas, antes das definições sobre a saída de Lula, aceitou o convite informal do partido. Bolsonaro teve três convites recusados até fechar às pressas o acordo de uma chapa única. Um príncipe da Casa Imperial do Brasil e um astronauta foram sondados para o cargo, mas ninguém aceitou. A advogada do impeachment, Janaína Paschoal (PSL), também não foi a escolhida — e alega nunca ter sido chamada formalmente. Acabou eleita como a deputada estadual mais votada de São Paulo.

Embora o vice tenha a importância reconhecida, não é a figura central de nenhum sistema presidencialista. “Quem é eleito é o presidente. O vice vai junto. Teve um período em que o vice era votado independentemente. Jânio Quadros (PTB) foi eleito presidente e, João Goulart (PCB), vice. Não tinha uma chapa. Os candidatos ficavam isolados. Abre-se também um precedente para que o vice, em caso de desgaste do presidente eleito, faça articulações para tomar o poder. Isso acontece”, detalha Sérgio Praça, professor de ciência política da Fundação Getulio Vargas (FGV). “Todos os candidatos tiveram dificuldade em costurar o nome do vice”, conclui. 

AE Foto: Montagem
Voltar ao topo
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2018. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.