Blog do Geraldo José - Espaço do Leitor
Vale do São Francisco - 18 de Dezembro de 2017
|
Redação: (74) 3613-3479

Espaço do Leitor

publicado em 17 de Dezembro / 2017 às 23:00

ARTIGO 270 – AGULHA NO PALHEIRO

Diante da proximidade do importante pleito eleitoral de 2018, em que cada vez mais se robustece a convicção de que será a decisiva oportunidade que o eleitor terá de determinar as necessárias e imperiosas mudanças de que o país tanto reclama, através do voto livre, tenho recebido mensagens de alguns leitores, questionando se identifico entre os prováveis candidatos algum nome com esse potencial para a grande virada. Não só tenho expressado a minha opinião de que os nomes ora em evidência não passam essa confiança, seja da Esquerda, Direita ou Centro, como tenho dito que a busca do nome ideal é como procurar uma AGULHA NO PALHEIRO! Será que é uma tarefa difícil? E como...!

Obviamente que para aqueles vinculados ideologicamente com esse ou aquele nome ou presos por razões de sectarismos partidários, a visão da análise está comprometida para enxergar com clareza as enormes mazelas que envolvem alguns candidatos e suas corrompidas siglas partidárias. E, como dizem, tudo e todos juntos e misturados, em muito dificulta um posicionamento do eleitor.

Se de um lado há nomes “mais sujos que pau de galinheiro”, objetos de investigações, processos em andamento ou com condenações já sentenciadas, de outra parte há nomes incipientes e que não inspiram qualquer confiança ou segurança, o que piora em muito a solução alternativa!

O texto pode ser entendido como um complemento à minha crônica “Esquerda → BRASIL ← Direita”, de 19/11/2017, que tratou, também, desse assunto, mas é que o tema é complexo e não se esgota num só texto.

Ler Matéria Completa
AUTOR: Adm. Agenor Santos
publicado em 17 de Dezembro / 2017 às 16:14

Espaço do Leitor: Homenagem a Venina.

1 9 1 7 - 1997 - 2017

Conheci uma pessoa muito importante que se estivesse entre nós,

Exatamente hoje, comemoraríamos seu centenário de existência. Estou falando da

Matriarca da família Dantas, mamãe Venina. Nasceu na Fazenda Mina, no dia 17 de dezembro de 1917.

Agora vivo de lembranças passadas, não posso mais te tocar mamãe, sentir teu afago, pois cá entre

Nós, não existe mais. A saudade é imensa. Mamãe? Você não sabe a falta que me faz, mas, 

O que me faz feliz, é saber que seus conselhos substanciais

Serviram para intitular minha identificação pessoal.

Ler Matéria Completa
publicado em 16 de Dezembro / 2017 às 23:00

ESPAÇO DO LEITOR: UM DIA A JUSTIÇA CHEGA EM NOSSA CIDADE.

Estamos vivendo tempos de agruras parece que a nuvem negra estacionou sobre Juazeiro, a imposição absurda de impostos, taxas e mais taxas.

Taxa de cemitério, taxa de esgoto, taxa de lixo, trezentos por cento de aumento de IPTU, venda casada de serviços, se não pagar a taxa de lixo fica sem a água, bem indispensável a vida, tempos bicudos, estranho comunismo esse que se abateu sobre a nossa cidade que parece não ser mais nossa.

Agora vem a tal famigerada zona azul, escorchando a bolsa popular, tirando a paz dos moradores porque agora a tal zona azul se estende para os bairros, agora se preparem vai atingir o interior porque vai para o Mercado do Produtor, até quando os filhos de Juazeiro suportaram tanta infâmia, tanta maldade. O tempo dirá, alguém diz: está tudo dominado...

Davi Lima Comunitário Juazeirense

publicado em 16 de Dezembro / 2017 às 08:00

Espaço do Leitor: Sobre Zona Azul em Juazeiro.

Geraldo, bom dia!

Aqui é Eugênia Lourenço de Souza, sou moradora do São Geraldo aqui em Juazeiro-BA. Passei para compartilhar uma experiência com o atendimento dos profissionais que atuam na Zona Azul de Juazeiro.

No dia 15/12 procurei a agência da rua 7 de Setembro, após tentativa frustrada de diálogo com uma atendente itinerante responsável por notificar o cidadão.

Situação: estacionei a moto na vaga de carro por engano, lapso mesmo, pois carecia de parar por 5 minutos na loja e não atentei para esse detalhe no momento de compra do bilhete e também não fui orientada pela pessoa que me vendeu o bilhete e que estava ao lado do local que estacionei a moto. Aproximadamente 4 minutos depois que retornei ao lugar encontrei outra atendente tirando foto para notificar. Expliquei que em virtude da urgência não atentei para o detalhe e mostrei que nem tinha 5 minutos ainda do tempo de parada e pedi para que reconsiderasse. Nada, nem diálogo obtive! Com os dedos na maquineta já operando minha multinha de R$ 7,50 ela concluiu o procedimento e só depois disso se certificou que só tinham passado 5 minutos. Deu-me o papel e disse não poder fazer nada e que se tivesse me visto com o capacete na mão dentro da loja teria me abonado da notificação por escrito.

No local de atendimento na rua 7 de Setembro fui recebida com carão. Até parecia que era uma criminosa. Com cara amarrada a pessoa que me atendeu disse que não havia ouvidoria ou outro órgão que pudesse receber a minha reclamação sobre eles, a agência; que tudo se resolvia por ali mesmo. Só depois de encontrar um agente de trânsito e de já ter pagado os R$7,50 (nesta altura já não confiava em como resolver as coisas) fui orientada a procurar o CSTT para direcionar minha reclamação sobre o atendimento e falta de flexibilidade do pessoal do Zona Azul. Como contribuinte senti-me lesada pela ausência de orientação-lembrete sobre não estacionar em zona de carro e, pior, ser ouvida somente depois de notificada; ser ouvida somente depois de percorrer 3 espaços e ainda assim pedir para não ficarem com raiva de mim, pelo fato de estar reclamando do atendimento. Mesmo na última instância de reclamação tive de pedir a quem me atendeu para não ficar com raiva de mim a fim de fazer a pessoa diminuir o tom de voz para comigo e enxergar uma pessoa frustrada e triste com a prestação de serviço em lugar de ver uma notificação a ser paga somente.

Sem mais, e deixo aqui minha experiência para sensibilizar as pessoas sobre atender gente/humano e não multas. Somos humanos e podemos esquecer, nos enganar sobre onde devo estacionar. Meu erro foi um lapso. Não coloquei a vida de ninguém em risco, não atentei contra o bem-estar e direito de ninguém. Só queria dialogar e explicar meu lapso, mas...

Que este R$ 7,50 não passe em branco no tocante ao atendimento mais respeitoso e humanizado ao contribuinte juazeirense!

Abraços e fique em paz!

Eugênia Souza

Graduanda em Psicologia

Foto Ilustrativa
publicado em 15 de Dezembro / 2017 às 23:00

ESPAÇO DO LEITOR: INSEGURANÇA JURÍDICA NA SELEÇÃO PUBLICA DOS SERVIDORES DE JUAZEIRO.

A Prefeitura de Juazeiro Bahia promoveu um certame para contratação temporária de excepcional interesse público de funcionários e deu início as contratações dos mesmos em meados de julho deste ano.

Queremos destacar que ontem, dia 14, a Secretaria de Educação e Juventude do Município baixou a Portaria/GAB/SEDUC nº 294/2017 suspendendo temporariamente os contratos desses servidores no período de 21/12/2017 a 14/02/2018, isso com fundamento no § 4º do Art 4º da Lei nº 2017/2009, mas aí é onde reside o problema, vejamos então: A contratação temporária de excepcional interesse público se dá nas seguintes condições:

A Lei nº 8.745/93, apesar de não apresentar o conceito de necessidade temporária de excepcional interesse público, exemplifica em seu artigo 2º situações, em consonância com o mandamento constitucional, que podem ser consideradas aptas a ensejar a contratação de pessoal por tempo determinado:

Ler Matéria Completa
publicado em 13 de Dezembro / 2017 às 23:07

ESPAÇO LEITOR: MAUS TRATOS AOS ANIMAIS EM JUAZEIRO

Olá equipe do Programa e Blog Geraldo José! 
Sou Milena, moradora do Residencial Mairi, e estou aqui para relatar um cenário de extremo descaso...Recentemente, tive desgosto de presenciar uma agressão à um cão, aqui onde moro. Outro dia, me levantei pela manhã e percebi que havia um outro cão na porta da minha casa. Ele estava agonizando e estava extremamente debilitado, com várias úlceras. Eu sei que eu poderia denunciar esse caso de agressão na delegacia, mas pouco adiantaria, pois existem inúmeros cachorros abandonados aqui no meu bairro e em toda a cidade.

Além de presenciar a negligência por todas as partes (tanto por conta dos moradores quanto do poder público), ainda somos obrigados a conviver com os animais portadores de doenças e úlceras, podendo facilmente serem transmitida para nós moradores.

O meu apelo é por programas sociais que auxiliem esses animais, até mesmo com a utilização da Eutanásia.. Gostaria de saber por qual motivo a carrocinha da cidade está desativada! Será mesmo que está faltando verba para tal? Gostaria que reparassem nesse cenário de extremo descaso e que realmente investissem onde  precisa.

Ouvi falar que o meu residencial oferece um serviço com a carrocinha, mas nunca a vi. Se ela existe, gostaria muito de saber como entrar em contado. 

Tenho certeza que os nossos políticos nunca vivenciaram a cena hedionda de ter um animal agonizando em sua própria porta. E o pior é não saber o que fazer, pois não há nenhum serviço público que nos auxilie nesse momento!

Obrigada pela atenção!!

Espaço do Leitor
publicado em 12 de Dezembro / 2017 às 11:42

ESPAÇO DO LEITOR: LINHAS CRUZADAS DAS IDEIAS FUNDAMENTALISTAS

Nesse mundinho pirado em que nós vivemos, está cada dia mais difícil se conviver com as pessoas que nele habitam. É muita conversa cruzada, é muito "mi mi mí", enfim, é muito mal entendido! E confesso que uma das coisas mais desagradáveis que ocorrem nesse plano inferior é sermos mal interpretados. Isso fica ainda mais cruel quando alguém deturpa nossas palavras ou nossas atitudes, descontextualizando-as e utilizando-as em proveito próprio, enquanto nos coloca como "o vilão da história." A gente acaba até ficando sem saber se fomos nós mesmos quem não soubemos nos colocar, ou, se o outro é quem não soube interpretar o que escrevemos.

Infelizmente, quanto mais tentarmos apresentar o nosso ponto de vista, quanto mais nos explicarmos, pior ficaremos, porque quem não entende da primeira vez raramente compreenderá dali em diante (risos...). Quem se faz de bobo e de vítima jamais será capaz de assumir seus erros, de se responsabilizar por seus atos, de se colocar no lugar de alguém. Tentar fazê-los enxergar além de seu umbigo é inútil. Não conseguem compreender o significado da palavra empatia.

Ler Matéria Completa
ERRY JUSTO. Radialista e Jornalista.
publicado em 11 de Dezembro / 2017 às 23:00

ESPAÇO DO LEITOR: A QUEM SERVE A ZONA AZUL?

Instalada na primeira quinzena de julho de 2016, a Zona Azul tem causado descontentamento e  prejuízo financeiro à população que tem o seu direito de ir e vir, cerceado. Quando imaginamos que 88% do dinheiro  arrecadado com a Zona Azul vai para uma empresa privada, chamada Sinal Park e apenas 12% para Prefeitura, conforme já noticiado nos blogs e redes sociais, perguntamos: A quem serve a Zona Azul? Posso te afirmar que a população é que não é.

Para tomarmos alguns exemplos das dificuldades que o estacionamento rotativo tem causado, falarei sobre a Praça da Bandeira ou Imaculada Conceição ou simplesmente a Praça onde abriga o Santuário de Nossa Senhora das Grotas e onde eu resido. Para vocês terem uma ideia, somente nesse trecho foram destinados 180 (cento e oitenta) estacionamento de motos, levando em consideração que os fieis que frequentam a Igreja, vem com suas famílias utilizando carros como transporte. A maioria destes estacionamentos, destinados a motos, ficam subutilizados e até mesmo ocupados por carros que não encontram onde estacionar os seus veículos nos horários em que ocorrem as missas.

Fiquei imaginando: por que tanto estacionamento para motos? É que 1 estacionamento de carro que custa R$0,75(setenta e cinco centavos) por 30 minutos,  daria lugar a seis estacionamentos de motos que custam R$0,34 (trinta e quatro centavos) cada uma. Ou seja, é vantajoso estacionar seis motos que pagará pelo mesmo tempo do carro - R$2,04 (dois reais e quatro centavos).

Entre outras situações, moradores de outras ruas no centro da cidade, também sofrem com o novo modelo de estacionamento, pois aqueles que não encontram vagas na zona azul, abarrotam as outras ruas residenciais que ainda não possui a controversa Zona, impedindo que seus moradores estacionem os seus veículos ou até mesmo possam parar em frente as suas residências. 

Outro fato absurdo foi verificado na frente da Unidade de Saúde – Unimed, localizado aqui na Praça. Há estacionamento para motos e uma ladeira de acessibilidade para cadeirantes. Pergunto: Se o cadeirante pode se equilibrar em cima de uma moto, certamente ele não terá qualquer dificuldade para subir uma calçada. Ao revés, quando chega alguém com real necessidade de usar a ladeira, não pode estacionar em frente a unidade médica, pois estaria com seu estacionamento irregular.  Gostaria mesmo de saber: De onde importaram esse modelo de estacionamento para Juazeiro? Como podem instalar essa Zona sem antes cadastrarem os seus moradores, principalmente os que possuem veículos e que tipo de estacionamento seria destinado a frente de sua residência? Porque quando os moradores vem adquirir o seu cartão, ele já pagou vários estacionamentos ou mesmo recebeu várias notificações. Pois as exigências para recebimento desse cartão são absurdas, como o de não possuir qualquer dívida para com o município. O que tem a ver alho com bugalhos?

Não meus senhores! Eu não estou aqui para implorar favores a quem quer que seja, mas apenas exigir mais respeito e bom senso para com a população e moradores desta cidade. Pois na hora da cobrança, os agentes já estão pontualmente as 08 horas notificando os carros, cujos condutores ainda nem chegaram ao parquímetro para comprarem os seus bilhetes.  E parece que a chacota já tomou conta da cidade, pois hoje me deparei com a placa de estacionamento regulamentado “Zona Azul” ao lado da Imagem da Santa que fica no meio da Praça.

Será que teremos que pagar para sentar na praça?  A Praça está abandonada, sem limpeza, conservação  e iluminação, porque as luzes que enfeitam as arvores para o Natal não chegam por aqui, param na Praça da Misericórdia. Será que é porque aqui reside um ex prefeito da cidade? Vamos mostrar  que temos Juazeiranidade - cuidando, respeitando e promovendo o bem da população. 

E aqui vou terminando este mini protesto com as  palavras de Gabriel o pensador: “Até quando você vai ficar levando porrada. Até quando vai ficar sem fazer nada.” Acorda Juazeiro!!!

Suely Almeida-Servidora Pública


 

Espaço Leitor - Suely Almeida-servidora pública
publicado em 11 de Dezembro / 2017 às 17:02

ESPAÇO DO LEITOR: ANJOS EXISTEM? EXISTEM SIM...!!!

Entramos naquela época, onde nossa solidariedade é aflorada de uma forma um pouco mais intensa, inspirada no simbolismo deixado pelo nascimento de quem só fez o bem sem se importar a quem...

Na Palavra Maior encontramos exemplos e gestos os mais profundos. Que o digam o cego Bartimeu ao ser perguntado o que queria, e dissera: “Mestre, eu quero ver!” (Marcos 10:51). E imediatamente foi curado. A mulher do fluxo de sangue reclusa por 12 anos tinha uma certeza de que se tocasse a roupa do Mestre, seria curada... (Mateus 9:21). E isso veio a acontecer! Aquela outra que dissera só ter um pouco de azeite e um punhado de farinha e tinha convicção de que quando aquilo acabasse ela e seu filho morreriam de fome, viu sua vida totalmente restaurada e transformada conforme I Reis 17:12-16.

Ler Matéria Completa
Acord@dinho – Apaixonado por Juazeiro e leitor assíduo do blog.
publicado em 11 de Dezembro / 2017 às 14:44

Artigo: A importância da água para vida, por Gonzaga Patriota

A água é um recurso natural de valor inestimável. É essencial para a vida, por isso é necessário preservá-la. Todos os seres vivos dependem dela para sobreviver e garantir a permanência da espécie – a água sustenta a vida. Entretanto, apesar de toda a sua importância, a água é um recurso que pode acabar, portanto, exige cuidados em relação à quantidade de uso, a sua qualidade, as suas fontes, à sua distribuição desigual pelo planeta, além de planejamento e custeio de tratamento, de conservação e proteção.

Aproximadamente 70% da superfície terrestre encontram-se coberta por água. No entanto, menos de 3% deste volume é de água doce, cuja maior parte está concentrada em geleiras (geleiras polares e neves das montanhas), restando uma pequena porcentagem de águas superficiais para as atividades humanas.

Ler Matéria Completa
Ascom
publicado em 11 de Dezembro / 2017 às 13:00

ESPAÇO DO LEITOR: VIVA O POVO BRASILEIRO!

A capacidade do ser humano nordestino em apelidar as coisas, foge do "modus operandi" da formalidade erudita. E, a propósito, caminhando por Petrolina em frente ao Monumento dos Pracinhas, me pus a conversar com uma senhora simpática, antiga moradora do local, que batizou esta escultura de: "MONUMENTO DOS BEBINHOS". O que chamou a minha atenção foi o fato de que as pessoas tendem a colocar apelidos, nem sempre simpáticos, aos monumentos mais significativos da cidade, denotando uma afeição natural do homem pelas obras de arte. O exemplo mais saliente é o "MONUMENTO DA BESTEIRA" (da Integração), cheio de simbolismos em sua arquitetura e a sua homenagem à integração dos bairros pela Avenida da Integração. Entretanto, vemos que a importância dos monumentos artísticos para a composição paisagística e urbanística das grandes metrópoles, prevalece desde a antiguidade, causando uma pantomima que me faz dizer: viva o povo brasileiro!

João Gauberto Andrada – cidadão petrolinense

Monumento dos Pracinhas - escultor Lêdo Ivo.

publicado em 11 de Dezembro / 2017 às 10:00

UMA OPOSIÇÃO FRACA E DESFACELADA É PINTO NAS MÃOS DO COMUNISMO

Sei que o título acima é forte, desonroso e até mesmo uma provocação. Mas, foi isso mesmo que intencionei ao escrevê-lo: chamar sua atenção! É preciso que o povo brasileiro acorde desse nosso letárgico sono promovido pelas "fakenews" e principalmente por um senso comum que insiste em dizer: nada podemos fazer.

Ao assistir uma série jornalística do GRUPO BANDEIRANTES intitulada VENEZUELA PEDE SOCORRO, comecei a pensar nesse domingo chuvoso aqui no nordeste sobre o que Lula e seus asseclas petistas estavam (e ainda estão) tramando em fazer com o Brasil, caso estes sejam reeleitos. A série apresenta, dentre várias questões que englobam a situação social e econômica do povo venezuelano, o real motivo que levou a o país que já foi o mais rico da América do sul a hoje viver dias de total descontrole, fome e caos.

Na terceira exibição, podemos concluir que o que causou toda queda da economia venezuelana foi simplesmente a falta de conhecimento, organização e planejamento do Ministro da Economia "marionetado" pelo Presidente HUGO CHÁVES. Sem sombra de dúvidas a Venezuela tempos antes dos erros de Chaves, já era um país de contradições, o que é solo fértil para se semear uma ideologia socialista de esquerda. Para entendermos melhor tudo isso, precisamos voltar no tempo.

Ler Matéria Completa
ERRY JUSTO - Radialista e Jornalista.
publicado em 10 de Dezembro / 2017 às 23:00

ARTIGO – “A GERAÇÃO DE CRISTAL”

Esta semana estou acometido por uma dúvida atroz: se dou uma folga ou não aos nossos políticos e a corrupção que o acompanha como uma inseparável amante apaixonada, para, então, derivar na direção de outro tema...! Ainda que o faça, abandonando-os como o tema central do artigo, acredito que, certamente, ao final concluirei que eles têm uma parcela de culpa nas consequências que marcam os fatos aqui analisados, e que estão ligados às fortes imagens da ilustração acima. E não é pouca a culpa!

Como os tempos mudaram, caro leitor! Faz bem recordar um tempo vivido em que a tecnologia avançada de hoje ainda dava os primeiros passos; quando as geladeiras eram à querosene; o rádio era à bateria Rayovac ou Eveready; o fogão era à lenha e o telefone pendurado na parede tinha uma manivela para produzir a chamada; quanta coisa mudou! Faz-me rir a lembrança de quando estive fazendo um curso na Itália em 1973 e, surpreso, via as pessoas com um grande aparelho telefônico nas mãos falando pelas ruas; era o Motorola Dynatac 8000X, que media 25 cm de comprimento, 7 cm de largura, pesava um quilo e a bateria só durava 20 minutos! O equivalente brasileiro foi aqui lançado em 1990, o Motorola PT-550, que muitos apelidaram de “tijolão”. Hoje, o celular adquiriu um aperfeiçoamento fantástico e tudo se faz através dele, até mesmo operações bancárias! 

Mas, o tema de hoje não é falar do avanço tecnológico, mas recordar que houve mudanças desastrosas no conjunto das coisas que envolvem a vida da nossa sociedade. Quero me referir, em especial, ao tempo em que o aluno RESPEITAVA quase chegando à veneração aos seus Professores, diferentemente do retrocesso que atingiu a Educação nos dias atuais, principalmente na forma aviltante, brutal e até criminosa como os nossos Professores passaram a ser tratados. É chocante a imagem acima do estado em que ficou o rosto dessa Professora Márcia Friggi, agredida dentro de uma escola em Indaial-SC, de maneira covarde por um aluno adolescente de 15 anos. Vejam o desenrolar do vergonhoso episódio:

"Estou dilacerada. Aconteceu assim: Ele estava com o livro sobre as pernas e eu pedi:
– Coloque seu livro sobre a mesa, por favor.
– Eu coloco o livro onde eu bem quiser.
– As coisas não são assim.
– Ahhh, vai se f...
– Retire-se por favor.

Na direção eu contei o que tinha acontecido. Ele retrucou que menti. [...] Ele, um menino forte de 15 anos, começou a me agredir. Foi muito rápido, não tive tempo ou possibilidade de defesa. Estou dilacerada por ter sido agredida fisicamente. [...] Estou dilacerada porque me sinto em desamparo, como estão desamparados todos os professores brasileiros”. E ela disse mais uma verdade: “Esta é a geração de cristal: de quem não se pode cobrar nada, que não tem noção de nada”.

Em Ceilândia, no Distrito Federal, a Professora Edielza Figueiredo, grávida de 8 meses, foi agredida por um aluno de 16 anos, que arremessou uma mesa escolar sobre a sua barriga. No último dia 06/12, em Teresina-PI, as televisões exibiram as imagens de uma aluna ensandecida agredindo a Professora/Diretora da escola.

Pesquisa realizada em 2013, pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), organismo da ONU, registra que 12,5% dos professores ouvidos no Brasil disseram ser vítimas de agressões verbais ou de intimidação de alunos pelo menos uma vez POR SEMANA. Trata-se do índice mais alto entre os 34 países pesquisados - a média entre eles é de 3,4%. Depois do Brasil, vem a Estônia, com 11%, e a Austrália com 9,7%. Na Coreia do Sul, na Malásia e na Romênia, o índice é zero. É deplorável, mas ocupamos o primeiro lugar no ranking mundial da violência contra o professor!

Afirmo que somente através da Educação e da valorização da família esse país poderá recompor o seu destino. Daí que, impõe-se um comprometimento responsável da classe política, seja na elaboração das leis de proteção e valorização dessa honrada classe de educadores, seja no investir mais nos programas de fortalecimento da Educação. Menos corrupção e desvios da verba pública – e aí está a maior culpa deles!

AUTOR: Adm. Agenor Santos, Pós-Graduação Lato Sensu em Controle, Monitoramento e Avaliação no Setor Público (Salvador-BA).

publicado em 10 de Dezembro / 2017 às 11:00

BEATRIZ VÍTIMA DE HERODES

Estamos vivendo o mês de dezembro, tempo de advento no qual nos preparamos para a celebração do Natal de Cristo. 

Tempo que também lembramos a figura de um monstro que viveu a dois mil anos atrás. Refiro-me a Herodes que num gesto de maior crueldade mandou assassinar inocentes. 

Nos nossos dias Herodes continua mantando inocentes.

Há dois anos, justamente em dezembro, a inocente Beatriz foi morta com requintes de crueldade. 

O Herodes de dois mil anos atrás tinha a cobertura do sistema opressor e o que parece que o Herodes assassino de Beatriz tem igual proteção.

Somos pais e mães de família que sentimos, nos nossos corações, a dor de Lucinha e Sandro (pais de Beatriz), por isso somamos com aqueles que exigem a verdade, doa a quem doer, e justiça já.

Beatriz, mártir inocente. Seu sangue clama por justiça e o clamor já chegou aos ouvidos de Deus. Beatriz hoje está entre os anjos de Deus e intercede por nós. 

Pelo esclarecimento da verdade e por justiça, subscrevo-me.

José Alves de Sena (Zelinho) - Juazeiro-BA

Foto Ney Vital
publicado em 09 de Dezembro / 2017 às 23:00

QUEM É O VERDADEIRO CULPADO DA ASCENSÃO DE JAYR BOLSONARO?

Nesse pequeno artigo, venho na tentativa de trazer à luz algumas ideias e conceitos que escondidos ficam perante esse turbilhão de informações falsas e tendenciosas. Se formos analisar a política brasileira desde o governo Sarney (de 21 de abril de 1985 a 15 de março de 1990) até o Impeachment de Dilma Rousseff no dia 31 de agosto de 2016, observou-se que muito pouco o Brasil evoluiu. E não estou falando de economia, poder aquisitivo do cidadão, ciência e tecnologia ou tão pouco educação. Eu estou falando da mentalidade do povo brasileiro em saber identificar, analisar, avaliar e finalmente fazer a escolha certa em relação a seus representantes nas três esferas. Governos conservadores abriram a nova era após o Regime Militar como foi o caso do ex-presidente José Sarney.

Finalmente LULA ganha a eleição de 2002 e com isso nascem boas esperanças para uma nação machucada e desacreditada com políticas fracas e inúteis. Lula lança o Bolsa Família e outros "Bolsas" mais para dar dinheiro as classes mais pobres. Com ele no governo o "pobre" podia viajar de avião, ter televisão de led, fazer faculdade enfim, fazer tudo o que (em tese furada dele...) um "rico" podia fazer. Depois, Lula se envolve em seu primeiro escândalo, o mensalão! Isso não foi muito destrutivo, pois o larápio naquela época ainda tinha 75% de aprovação e popularidade da nação brasileira. Se reelegeu e depois de mais 4 anos colocou um poste que até então o Brasil não conhecia. Era uma mineirinha pouco simpática e de luz tão apagada que mal sabia formar numa oração um sujeito ligado a um verbo e por fim um predicado. Era péssima nas palavras e sofrível nos relacionamentos com outros políticos. Surge então o poste DILMA ROUSSEF. Daí a sujeira petista que estava por debaixo do tapete começa a aparecer e feder. O seu primeiro mandato foi até meio que regular. Mas, o segundo... Denúncia após denúncia, escândalo após escândalo e por fim IMPEACHMENT. Sim! Dilma foi a primeira mulher presidente e também a primeira mulher "impichada!" A REDE GLOBO que antes apoiava de pés juntos o "serviço" do PT agora já não via com bons olhos as atitudes da Ex. Guerrilheira que virou presidente e resolveu boicotar seu governo com notícias vexatórias, denúncias de corrupção e gafes da "presidenta!"

Aí, a população começa a ter total descrédito por esse modelo "salvador da pátria" de se fazer política do PT. É escândalo atrás de escândalo, desculpas cínicas, histerismos, explicações sem fundamentos e muita cara de pau. O povo foi se enchendo tanto das falácias petistas e de seus partidos puxadinhos que orbitam entorno este que resolveu partir para o mais radical antagonismo. O povo resolveu querer votar no ex. capitão do Exército JAYR BOLSONARO. Um homem com mais de 50 anos, com formação militar, de fala pesada, de respostas curtas e grossas quando questionado por repórteres e suas perguntas idiotas. Bolsonaro é tudo o que o PT não é. Ele é o verdadeiro Anti-Lula. É o único que (segundo seus seguidores) tem o poder de aniquilar com tudo que o PT deixou de ruim durante seus quase 13 anos de poder.

Concluo que se o PT não tivesse feito tanta besteira, tanta corrupção, tanta roubalheira, certamente Jayr Bolsonaro nunca teria aparecido na cena política como o segundo com mais intenção de votos e o primeiro com menos rejeição! Sim, foi o PT quem provocou a ascensão de Bolsonaro. Se Bolsonaro tem a real chance de ganhar essa eleição em 2018, contrariando as pesquisas fakes e as anti-propagandas da Rede Globo que o odeia, tudo isso se deve as imbecilidades da cúpula do PT. O próprio LULA em suas caravanas e com suas bravatas não se cansa de dar tiros no próprio pé. Quanto mais o PT bate no Bolsonaro, mais o povo se revolta e apoia-o. Realmente, o maior culpado da ascensão de Jayr Bolsonaro é sem sombra de dúvidas o PT, seus partidos-puxadinhos e todos os seus asseclas. Segue o fluxo gente amiga!

ERRY JUSTO - Radialista e Jornalista.

publicado em 07 de Dezembro / 2017 às 23:00

ARTIGO - O SINDICALISMO DUVIDOSO

Fiz um pacto comigo mesmo que nada do que vem acontecendo no cenário político poderia abalar minha paz interior, mas, hoje cedo como de costume, comecei o dia vendo as principais notícias do Brasil e do mundo e uma coisa me chamou a atenção, quando de repente percebi que eu estava falando sozinho.... Dando soco na mesa, era a notícia divulgada pela folha que dizia: R$ 500 milhões aos sindicatos, em troca da Previdência. O Planalto acena com uma portaria, a ser assinada na semana que vem que liberaria o pagamento de R$ 500 milhões em verbas que estavam retidas para as Centrais Sindicais. Em troca, espera que os sindicalistas reduzam a pressão e deixem que transcorra com tranquilidade o voto da reforma da Previdência. (Folha), isso me fez lembrar de quando estudante universitário na década de 80 e militante da UNE, onde nas muitas lutas, combatíamos o peleguismo país.

Para que todos entendam melhor, vamos dar umas rápidas pinceladas: A ascensão de Vargas ao poder, no final de 1930, refletia uma nova situação no país e em nível mundial, que determinava a necessidade de um novo caminho a ser seguido. De um lado a crise internacional iniciada com a quebra da Bolsa de valores de Nova Iorque  e a decadência da elite agrária tradicional, principalmente aquela que governara o Brasil apoiada na agricultura de exportação; de outro, a reorganização do Estado, com novos grupos, interesses e fórmulas, que chegavam ao poder, através de Getúlio Vargas.

Foi no período conhecido como "Era Vargas" (1930-45) que se formou o peleguismo sindical no Brasil. Foi nessa época que Vargas implantou a política que colocou a classe operária de acordo com seu projeto, dentro de uma política trabalhista, levando a classe operária à “conciliação” de um suposto desenvolvimento nacional, surgindo assim o peleguismo.

Ler Matéria Completa
publicado em 07 de Dezembro / 2017 às 17:09

EU PENSO ASSIM...CONHECIDOS OS DOIS PRIMEIROS SEMIFINALISTAS DO INTERBAIRRO 2017

Antes de falar sobre o INTERBAIRROS, estou confirmando a reunião de apresentação do novo elenco da JUAZEIRENSE, que se dará, segunda-feira (11), às 19h, em local ainda a ser definido pela diretoria do Clube.

Sobre o INTERBAIRROS, temos em mãos, uma matéria completa sobre o assunto, uma produção da AGENCIA CH.

“Alto da Aliança e Vila Tiradentes asseguraram vaga na fase semifinal do Campeonato Interbairro na tarde deste sábado 2, ao eliminarem Parque Residencial e Novo Encontro na primeira rodada da fase de quartas de final.

Ler Matéria Completa
Herbet Mouze
publicado em 07 de Dezembro / 2017 às 11:07

MORADOR DO EXPEDITO NASCIMENTO DENUNCIA DESPERDÍCIO DE ÁGUA NO COUNTRY CLUBE

Bom dia Geraldo José,

Peço a sua ajuda para que divulgue em seu Blog e programa Geraldo José, o descaso do SAAE com a população de Juazeiro. Há três dias tem um vazamento de água potável na rua Almirante Barroso bairro Country Clube. Segundo moradores eles já ligaram diversas vezes para o SAAE, mas até hoje nenhuma equipe foi resolver o problema.

PS: Fiquei indignado com a quantidade de água limpa desperdiçada quando em alguns bairros por aí a água não chega nas torneiras das casas, pois não tem pressão devido ao vazamento.

Atenciosamente,

Júlio César - Bairro expedito nascimento.

NOTA SAAE

A equipe de Redes e Ramais do Serviço de Água e Saneamento Ambiental – SAAE/Juazeiro já se deslocou até o Bairro Country Clube para retirar o vazamento na Rua Almirante Barroso. O combate as ligações clandestinas e vazamentos de água é uma rotina das equipes do SAAE, entretanto é preciso que ao ligar para o SAAE o usuário guarde sempre o número do protocolo para o acompanhamento do serviço. O telefone pra qualquer reclamação ou sugestão junto ao SAAE é 3614 9800.

publicado em 07 de Dezembro / 2017 às 09:00

Mais da metade dos deputados serão enforcados nas urnas em 2018

A vida política dos deputados federais, que apoiaram a derrubada de Dilma Rousseff, apoiam abertamente ou de forma velada o governo de Michel Temer, e do mesmo modo, vem decisivamente apoiando as reformas estruturais que estão diminuindo o tamanho do Estado na condução de políticas estruturais em favor do povo brasileiro, não está definitivamente nada fácil.

E provavelmente todos eles terão muitas dificuldades para convencer aos brasileiros de que devem voltar a representar os mesmos no Congresso Nacional a partir de janeiro de 2019. Prova mais do que cabal disso são os recentes eventos em que muitos deles estão participando e o povo sem nenhuma piedade não mais bate palmas como partícipes de auditório, mas simplesmente os deixam em situações constrangedoras pelas vaias recebidas.

Não está sendo realmente nada fácil acreditar que as coisas em 2018 serão da mesma forma de eleições anteriores aonde o dinheiro podia comprar propriamente dito mandatos de deputados, porque com a ascensão das redes sociais, e o terrorismo midiático diário falando de corrupção, de malas de dinheiro, de quebra de direitos elementares, e outras coisas mais cabeludas, o povo está definitivamente deixando de ser massa de manobra das aves de rapinas que acham que leram demais Maquiavel, e se esqueceram dos próprios ensinamentos do homem de Florença.

Para aumentar ainda mais a dor de cabeça de deputados que não representam o povo, a pior e mais cruel reforma estrutural que querem impor aos brasileiros sem um diálogo convincente com a sociedade, a Reforma da Previdência, deverá ser colocada em pauta bem em cima das eleições que escolherão os próximos representantes do povo no Congresso Nacional. Além disso, os financiadores de campanhas eleitorais, que fazem por licitações e outros instrumentos de obtenção de recursos públicos, deverão pensar duas vezes antes de fazer isso nas próximas eleições. O medo de ser preso, exposto na jaula pública, e perder tudo em pouco tempo falará mais alto.

E outra coisa, Michel Temer não está nem aí prá nada, pois não é candidato a praticamente nada. E se for é somente para querer atrapalhar alguns para outros vencerem e ele ser embaixador da República numa capital européia. Ele não está nem mais levando vaias, porque não sai mais em público, e ainda vai colocar arame farpado em torno do Palácio do Jaburu, enquanto outros como o deputado Arthur Maia (PPS-BA) está passando vergonha pública, levando vaias por onde passa. Quem viver mais tempo, verá os enforcamentos das urnas!

Por Genaldo de Melo
publicado em 06 de Dezembro / 2017 às 23:00

Artigo - O problema não são os números ímpares

Minha filha, estou ligando para dizer que fiquei triste e preocupado com o que presenciei em sua casa neste final de semana. A educação e o cuidado que eu e sua mãe proporcionamos para você e seus irmãos não estão sendo recíprocos ao seu filho. Onde já se viu um menino de 14 anos, que frequenta a escola desde o maternal, não saber que três mais cinco são oito e ainda vir com a desculpa que o problema são os números ímpares? O que pude perceber, na verdade, é que a danada da internet está atrapalhando o aprendizado do meu neto e vocês não têm feito nada para mudar isso. Durante o tempo que passei em sua residência a única vez que ouvir a voz de Pedrinho foi na minha chegada e saída quando ele me pediu a benção.

Esta situação verídica é uma preocupante realidade que já afeta famílias nos mais diversos níveis sociais e culturais. Algo que caminha para se tornar um grande problema de saúde pública se não for feito um 'tratamento' que envolva escola, mídia, governo e, principalmente, família. A rede mundial de computadores (a internet) é um dos maiores inventos da humanidade, uma espetacular ferramenta para troca de informações e aprendizado, mas assim como tudo aquilo que é feito de forma desenfreada e sem controle, pode proporcionar efeitos indesejáveis e nocivos àqueles que a usam.

A orientação familiar atrelada à educação no sentido de chamar atenção para os 'efeitos colaterais' seria, se não a mais acertada, uma das principais ações para o acesso consciente da Internet. Valendo a preocupação não só para as crianças e adolescentes, como também para adultos, se faz necessário um acompanhamento aos "plugados compulsivos". Os chamados 'lixos digitais' são facilmente encontrados e nem sempre detectados e reconhecidos como ameaças. Geralmente os jovens são as vítimas escolhidas.

Se aproxima o encerramento do ano letivo em muitas instituições de ensino. Neste momento é possível observar se a presença da Internet influenciou positivamente ou negativamente no desempenho dos estudantes. Se as notas foram azuis é um bom sinal do uso consciente e se o vermelho se destacou é um sinal que precisa ser observado.

Muitos educandários utilizam algum tipo de Plataforma Digital de Aprendizagem, o que proporciona vários benefícios, como a melhora da comunicação entre alunos e professores, além de tornar o aprendizado mais interessante. As plataformas são ambientes de ensino e aprendizagem inovadores, com conteúdos, recursos, ferramentas interativas e soluções que possibilitam uma aprendizagem colaborativa, além de permitirem que os pais acompanhem de perto o desempenho dos filhos. A partir deste conceito é possível perceber que o acesso à Rede de Computadores vai além de jogos que fazem apologia à violência e ao uso de drogas. Que o diga o Baleia Azul, disputado pelas redes sociais e propunha desafios macabros. Tamanha comunicabilidade exige responsabilidade à altura. A decisão de participar dessa gigante rede tem impacto sobre a vida pessoal e profissional das pessoas.

Por Gervásio Lima

Jornalista e historiador

publicado em 06 de Dezembro / 2017 às 11:00

APELO DA COMUNIDADE DO BAIRRO JARDIM VITÓRIA

Por meio desse conceituado Blog vimos pedir divulgação do estado que se encontra o bairro Jardim Vitória.

Em maio desse ano começaram as obras de pavimentação de algumas ruas do bairro. Ocorre que a obra tão esperada pelos moradores ainda não foi concluída e vejam que já se passaram mais de 06 meses. Durante todo esse período estamos convivendo, o que não é fácil, com os bueiros a céu aberto. Vejam nas fotos a situação de alguns desses, que foi retirada a tampa de concreto e simplesmente abandonaram o serviço, isso mesmo, abandonaram pois são mais de 06 meses com ruas interditadas e os moradores tendo que conviver com a fedentina, baratas e ratos que saem dos bueiros. Estamos temerosos com as chuvas tão esperada, pois, os bueiros estão cheios de areia (resultado do serviço inacabado) e lixo, mesmo com a boa vontade dos moradores fazendo a limpeza braçal.

Já solicitamos ao SAAE que passa a responsabilidade para a Secretaria de Obras.

Foi cobrado em reunião junto com as autoridades porém a promessa é para amanhã...

Esse amanhã que há mais de 06 meses não chega! 

Moradores do Bairro Jardim Vitória – Loteamento Agua Bela

publicado em 06 de Dezembro / 2017 às 10:18

JUAZEIRENSE RECLAMA DA SAÚDE E DA UPA DE JUAZEIRO. Secretaria de Saúde esclarece procedimento

Geraldo,

Fico indignada quando ouço alguém dizer que a saúde de juazeiro está ótima! Só pode ser uma piada de muito mal gosto!! A saúde de Juazeiro não vale nada, assim como os governantes daqui, que estão preocupados apenas com seu próprio umbigo! 

Estou com meu pai, internado faz três dias na UPA de JUAZEIRO à espera de uma cirurgia no braço e a resposta que recebemos é que não tem material pra fazer o procedimento. 

Aí eu te pergunto : Qual material, será uma luva? Ou será a má vontade e a falta de respeito à vida do próximo? Em algumas horas que estive lá acompanhando meu pai, vi relatos de pessoas que estão mais de 6 dias ali naquele lugar. 

Vi também que a maioria dos funcionários que está lá, estão empregados por conta do QI (Quem Indica), alguns não tem competência alguma pra lidar com o público, muito menos com os pacientes! 

Secretário da saúde, vereadores e prefeito de JUAZEIRO quero convidar vocês a irem até a UPA, pegar seus carros confortáveis, sair um pouco do ar condicionado e sentir o calor de nossa cidade. 

Somente uma visita casual, para ver o sofrimento daquelas pessoas que lhes deram o voto de confiança na urna! Mas peço também que olhem nos olhos de cada ser humano que está ali e se coloquem no lugar deles nem q seja por um segundo, ou então imaginem que fosse um parente ou amigo! Ah esqueci que parente de político são tratados com muito respeito e dedicação! 

Desabafo de uma filha, que aguarda ansiosa a volta do pai para casa! 

Só mais uma observação: Quem não gostar do meu relato ou se sentir ofendido, eu os convido a me excluir do facebook, e se reclamar amanhã vou fazer um vídeo mostrando a realidade da UPA de nossa cidade!

Fernanda Gabriela

NOTA DA SECRETARIA DE SAÚDE

A direção da Unidade de Pronto Atendimento - UPA 24h de Juazeiro, informa que o paciente deu entrada na unidade no domingo, 3 de dezembro, quando foi dado os primeiros socorros e identificada pelo ortopedista de plantão uma fratura de rádio distal no braço,  necessitando nesse caso de um procedimento cirúrgico. Como a UPA não realiza nenhum tipo de cirurgia, de imediato foi solicitada à Central de Regulação de Leitos, de responsabilidade do Estado, a transferência do paciente para os hospitais de referência - Sote, Hospital Regional e Traumas. Todo atendimento necessário está sendo feito pela equipe da UPA até que a transferência do paciente seja autorizada.

publicado em 06 de Dezembro / 2017 às 10:00

Sobre a Canção de Fatel no Festival Edésio Santos

Imagino que Fatel esteja se divertindo com toda essa polêmica em torno de sua música. Eu também. Pelo menos assim me parece, pois ele ainda não meteu as caras no meio desse tiroteio todo, e faz bem. Infelizmente não vi ao vivo sua defesa no palco. Mas em vídeo. E a música é muito legal, divertida e em sua performance... não é que o caba se saiu bem!? Parabéns. A simbiose, o enroscamento, a misturação do artista com o público é sempre algo a se comemorar. Massa. 

Então, como disse alguém sobre toda essa polêmica toda... talvez o autor nem quisesse tanto. Mas isso não vem ao caso. Pra isso também serve a arte: despertar no outro o que outro tem dentro de si. E essa de desafeto entre as duas  belíssimas cidades... coisa briguenta, ciumenta - tem, viu, ora se tem! Coisa das antigas, meu véi. Noutro momento entro nesses pormenores. (Seria essa uma de nossas riquezas... culturais?).

Mas, como disse, a música O Quintal diverte. E por si só isso já é de bom tamanho, ora! Segundo Bertolt Brecht, pode se tirar todos os elementos da arte (ele falava em teatro, seu terreiro), mas se ficar o elemento "diversão", tudo bem, ele ainda sobreviveria.

Eu, pessoalmente, gostaria muito de não alimentar essa fogueira. Mas, se tem lenha, vamos queimar. A canção mexeu com o ego de muita gente. Ainda bem que se acabou o tempo das faca-peixeiras, senão... Eu não sei bem o que é isso de ego-Juazeiro, ego-Petrolina. Talvez por não ser daqui? Mas, e que dizer do meu orgulho de ter iniciado minha vida artística no bairro Lomanto Júnior? As aventuras no CC João Gilberto? Ter sentido, em moleque e recente,  as vertigens dos pulos na ponte?... Páginas fundamentais da minha vida que guardo com carinho. E Petrolina que, por intermédio do SESC me acalentou tanto? E tantas outras tantas!

Ler Matéria Completa
publicado em 05 de Dezembro / 2017 às 23:00

FESTIVAL EDÉSIO SANTOS DA CANÇÃO: A LINHA TÊNUE ENTRE A “DERROTA” E A “INJUSTIÇA”!

Ainda sobre o festival Edésio Santos da Canção, duvidas assolam e assombram a cidade. Entre murmurinhos e silêncios de estupefação, paira sobre a cabeça do fiel público do questionável festival a dúvida cruel: Como uma triagem feita em Salvador, coloca um compositor em primeiro lugar, tendo atingido 92 pontos e nos dois dias do evento, sendo novamente o primeiro colocado entre as 12 composições selecionadas pode de uma noite para outra, simplesmente nem ser citado?

Sumiu... Mais um ano... Ok, vamos respirar fundo, pegar a "viola" e seguir rumo às interrogações que insistem em nos perseguir nessa cidade chamada Juazeiro, terra de João Gilberto, aquele que não foi reconhecido enquanto aqui estava, e que talvez ainda não tenha esquecido dessa terra árida, distante que esconde por traz do vapor quente que oriunda do chão, a injustiça... Sabor amargo esse... Terra de tantos poetas, artistas, compositores, tantos que vivem por entre becos e vielas a gritar sua arte para os poucos que as entendem...

Meu amigo Fatel, feliz nas suas palavras, esqueceu de dizer que aqui também mora a desigualdade, o famigerado apadrinhamento, aquele ajeitadinho que vivemos há décadas!!!

Pois bem, meu caros... Sucumbi mais um ano. Fui derrotado pela amizade desvelada... Mas ganhei, a mesma música que cantei no festival, foi a que cantei para Jorge Vercillo, e ESTE, sim, ESTE em caixa alta, extasiou e chamou de linda melodia "O colorir da Gente", ganhei no mesmo dia, o presente de ver um ícone da MPB parar o show, que por ironia do destino foi também no teatro João Gilberto, para me elogiar, se não tenho o reconhecimento do festival, saio com o reconhecimento de um artista que carrega em si a sensibilidade e currículo para avaliar minha essência.

Sussurram por entre os quatro cantos que os jurados da final possuem laços (estreitos), com a primeira colocada, a mesma que ficou em último lugar na avaliação dos jurados dos dois primeiros dias. Mas onde moraria a imparcialidade? No Brasil é que não haveria de ser, não é? Mas Juazeiro por vezes se faz terra de ninguém, ou terra de alguém, e esse alguém, certamente não são os tantos que como eu, não bajulam ou enaltecem... Faço arte, faço música, tento humildemente curar a alma, por que creiam, todo artista tem um punhado de médico... Medico da alma. E como tal, deixo aqui minhas dúvidas quanto a transparência e imparcialidade de um festival que ano após ano, perde sua credibilidade e beleza.

Juntemo-nos poetas, pintores, atores, músicos, artistas... Vivamos a arte, sorvamos desse vinho por vezes tão amargo de beber cultivado na terra do além...

Amo minha cidade, ainda acredito numa Juazeiro melhor, afinal, o melhor lugar é aquele onde mora meu coração. Povo forte, sofrido, calejado, mas lindamente humano, como nós, não há! Mas, não é por ser minha terra que aceitarei o coronelismo desvelado e a injustiça calado. Respostas se fazem necessárias, reavaliação do Edésio Santos JÁ!!!!

Yuka

PS: Segue abaixo o link do vídeo onde canto para Jorge Vercillo e gostaria que fosse publicado também.

publicado em 05 de Dezembro / 2017 às 17:30

EU PENSO ASSIM...A ORLA VAI VOLTAR A TER SEU PARQUE ESPORTIVO.

 Em outubro do ano passado, produzi um comentário, com o título “DE QUEM É A AREA?” Parte dele, foi assim:

“Já vivi um tempo em que nossa cidade tinha vários espaços, terrenos, utilizados na prática do futebol. Serviam para os “babas” das manhãs bem cedinho e para o entardecer. Claro que nos finais de semana, esses campos da prática do futebol de areia, eram bem mais usados, frequentados, inclusive com realizações de torneios relâmpagos e até campeonatos bem movimentados vistos por bom público, os adeptos do nosso futebol.

Hoje, estou voltando no tempo, para falar também sobre um importante complexo esportivo com quadras para futsal, vôlei e campo de futebol society, na orla dois, por traz do Grande Hotel de Juazeiro, completamente abandonado, onde era bem utilizado por muitos adeptos do esporte, na sua maioria jovens. Todas as noites e as manhãs dos domingos, ali eram realizados treinamentos e muitos torneios bastante animados e bem frequentados por torcedores dos bairros vizinhos, como, Santo Antônio, Mussambê, Maringá e outros.

Ler Matéria Completa
Herbet Mouze
Voltar ao topo
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2017. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.