Blog do Geraldo José - Espaço do Leitor
Vale do São Francisco - 24 de Abril de 2017
|
|
Redação: (74) 3613-3479
|
Cor do Blog:

Espaço do Leitor

publicado em 24 de Abril / 2017 às 23:00

Artigo: Discernimentos para o momento atual

A filosofia nos ensinava que o “bom filósofo sabe distinguir”. Na Teologia o discernimento é um dom do Espírito Santo.

Porém, discernir não é apenas um ato racional como quer a filosofia, mas buscar com reta intenção e reto coração o que é justo e bom.

Então, vamos a alguns discernimentos para o momento atual brasileiro:

Primeiro, todos os grandes partidos – inclusive grande parte dos menores - se utilizaram fartamente do dinheiro das grandes empresas, como o PMDB, PSDB e PT. Se o dinheiro é legal ou ilegal tanto faz para nós cidadãos. O fato é que quem recebe tanto dinheiro de empresas está com sua cabeça na corda da forca e terá que retribuir esses financiamentos.

Segundo, para as empresas a propina é investimento. O que for dado, legal ou ilegalmente, será cobrado. Nesses anos de intensa propina, o patrimônio da Odebrecht saltou de 16 para mais de 100 bilhões. Portanto, compensou.

Terceiro, a promiscuidade dos partidos não significa enriquecimento pessoal de todos os envolvidos. Alguns sim, outros não. Sobre Dilma até hoje não se levantou uma única acusação de enriquecimento pessoal. Sobre Lula há denúncias todos os dias, até agora nenhuma devidamente comprovada. Sobre Serra, Aécio, Temer e outros, há denúncias e indicação de contas e extratos de pagamento. Todos têm direito à defesa até à última instância para que as denúncias sejam devidamente comprovadas. Senão, são denúncias vazias. Juízes e promotores também não estão acima da lei.

A supressão veloz e perversa dos direitos do povo brasileiro, duramente conquistados em mais de um século de civilização, não guarda nenhuma relação com o combate à corrupção. Os capitalistas brasileiros – banqueiros, empresários, mídia corporativa, agronegócio – perceberam a fragilidade política do momento para impor seus interesses.

Nas mudanças trabalhistas – 12 h por dia, terceirização de todas as atividades, expor mulheres grávidas à serviços com radiação, etc. -, querem nos retroceder à Revolução Industrial, onde mulheres, crianças e idosos tinham uma jornada diária de até 16 h.

A reforma previdenciária atinge, sobretudo, trabalhadores rurais, elevando a idade da aposentadoria, dos benefícios para quem nada tem na vida, além da PEC do fim do mundo que congelou os investimentos em saúde e educação por mais de 20 anos.

Além do mais está acontecendo a privatização de mananciais de água como o Aquífero Guarani, a entrega de terras a estrangeiros, além de mudanças constantes na legislação ambiental para favorecer a devastação de nossas florestas, solos e rios, enfim, de nossos biomas.  

Vale lembrar que a corrupção é perversa, mas não é o principal ralo do dinheiro público. Os juros e encargos da dívida pública levam cerca de 800 bilhões de reais por ano, cerca de 42% do orçamento nacional. Porém, cerca de 5% da população brasileira embolsam esse dinheiro fácil e não querem discutir essa questão por motivos óbvios.

Por isso, a greve geral do dia 28 deve ter todo apoio. A denúncia contra esse governo impostor deve estar em todas as nossas atividades. Agora não estamos defendendo um partido, estamos fazendo um discernimento e defendendo os direitos dos mais vulneráveis, na perspectiva do que seja justo e bom para a maioria do povo brasileiro. 

Por Roberto Malvezzi (Gogó)

Fomardo em Filosofia, Teologia e Estudos Sociais. É escritor, compositor e Assessor de Movimentos e Pastorais Sociais.

publicado em 24 de Abril / 2017 às 18:00

ESPAÇO DO LEITOR: Morador do Alagadiço insatisfeito com praça abandonada em Juazeiro

O leitor José Agnaldo Filho enviou e-mail à nossa redação mostrando sua insatisfação com a praça Monsehor Nestor no bairro Alagadiço. Segundo ele, o referido local está esquecido a muito tempo pelo poder público, veja abaixo na íntegra:

"Venho através deste blog, manifestar a minha insatisfação e dos demais moradores da Rua do Socorro, Bairro alagadiço, sobre essa ''PRAÇA MONSENHOR NESTOR" que está esquecida há muito tempo pela administração da cidade.

Moro nessa rua e vejo que a atual administração abandonou completamente a praça, e nunca vi uma reforma nessa praça. A prefeitura só promete, promete e nada de cumprir. Já estamos cansados de tanta falta de compromisso. Essa praça está abandonada, as crianças precisam de lazer. Cadê a prefeitura para fomentar o esporte, a cultura, o lazer?

No dia 22/06/2014  o trator chegou para fazer o tal serviço prometido, 1 ano se passou e nada foi feito. Queremos a resposta da prefeitura, queremos uma quadra de qualidade, queremos o que precisamos, queremos o que foi prometido.

Ai eu pergunto: É ESSE O GOVERNO DA MUDANÇA? QUE MUDANÇA? CADÊ O MUDANÇA? CADÊ A QUADRA QUE PROMETERAM? OS MORADORES DA RUA DO SOCORRO CLAMA PELA PRAÇA MON SENHOR NESTOR!!! CADÊ OS DIREITOS SOCIAIS DA NOSSA CONSTITUIÇÃO?

Art. 6º São direitos sociais a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados, na forma desta Constituição.

CADê O LAZER?

Os moradores esperam que a promessa seja cumprida, por que promessa no papel não vale de nada, nem a constituição!!!

publicado em 24 de Abril / 2017 às 17:15

SEMAURB responde denúncia de som alto em estabelecimento no bairro Santo Antônio

A Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (SEMAURB) informa ao morador Arthur Soares Pereira que os estabelecimentos do Bairro Santo Antônio tiveram revogadas as autorizações para eventos e só poderão atuar com a comercialização de comidas e bebidas, atividade que é regularizada pelo município.

Solicitamos ainda aos moradores que caso haja algum tipo de perturbação nos estabelecimentos por conta da poluição sonora denunciem através do (74) 3612 3574 ou pelo 153 da Guarda Municipal de Juazeiro.  

publicado em 24 de Abril / 2017 às 17:00

ESPAÇO DO LEITOR: A SUA EXCELÊNCIA... O SENHOR ELEITOR!

Excelentíssimo Senhor Eleitor, já perdi a conta das vezes que juntei as palavras aqui no blog do Povo, objetivando tão somente lembrar os direitos que temos, e os deveres e obrigações que eles têm para conosco...

É certo que estamos despertando, mas, muitos ainda não acordaram. Muitos, ainda ficam embevecidos com aquelas farras de 02 em 02 anos, sim, porque foi ontem que você votou e, amanhã, lá estará novamente, caso contrário, ainda terá que pagar multas e ser submetido a outras sanções caso não compareça para cumprir esse dever chamado de cívico...

Por favor, Excelentíssimo Eleitor, espero que esteja prestando a devida atenção a tudo isso que está escancarado dia e noite nos rádios, jornais e TV... Espero, sinceramente, que esteja ligado e que não basta ler e ouvir essas tenebrosas notícias, mas, delas tirar certas conclusões para amanhã não ser um bobo da Corte, porque o seu lugar é de Majestade...

Não se deixe enganar, Excelência! Não permita que eles apliquem algumas fórmulas tão usadas por alguns tipos por aí, e pelo jeito, agora rapidamente vem sendo copiadas por alguns desses bem vestidos, colarinho branco, com relógios caríssimos, e vamos deixar isso pra lá porque todos sabem muito bem quem são...

Não permita que deem o zignal em você... Zignal é aquela volta ou aquela conversa mole, diferenciada, e robusta de falsidades que a maioria deles possui para aplicar em você, e deixa-lo perdidinho ao ponto de até meter o pau da bandeira na cabeça do seu melhor amigo, ou arranjar ferrenhas intrigas no seio familiar. Por quem se submeter a isso? Ah, por aquela lábia que promete até chover... Chuvas de mentiras, lógico...!!!

Estamos vivendo um momento delicado em todos os sentidos, porque a gente tira o nosso melhor que é a CONFIANÇA, e damos a eles... E dessa confiança eles usam e abusam contra você, e sem precisar buscar incontáveis exemplos, veja de forma resumida onde foi parar o seu dinheiro ultimamente:

Porto de Mariel – CUBA; Hidrelétrica de San Francisco – EQUADOR, Hidrelétrica Manduriacu – EQUADOR; Hidrelétrica de Chaglla – PERÚ; Metrô Cidade do Panamá e Autopista Madden-Colón – PANAMÁ; Aqueduto de Chaco - ARGENTINA, Linhas 3 e 4 Metrô de Caracas e Segunda Ponte sobre o Rio Orinoco – VENEZUELA; Aeroporto de Nacala – MOÇAMBIQUE; Hidrelétrica de Tumarín – NIGARÁGUA; Projeto Hacia El Norte-Rurrunabaque – BOLIVIA; Via Expressa Luanda-Kifangondo, etc, e etc entre outras “obrinhas” tantas e tamanhas, que aqui está apenas uma pequena amostra...

Qual foi o custo dessas “obrinhas”? Milhões de dólares... Dólares? Sim... Quem pagou? Aquele Banco com um nome lindo que tem em sua sigla o desenvolvimento, econômico e social, mas suas linhas de financiamentos não são para os pequenos, jamais! Sem falar que investem tanto no exterior, com tantas obras aqui inacabadas...

Não sei se nosso Excelentíssimo Eleitor observou acima que construíram com o nosso dinheiro uma segunda Ponte sobre o Rio Orinoco na Venezuela, mas, não conseguem concluir duas centenas de metros na ampliação do lado baiano da Ponte Presidente Dutra - BAHIA/BRASIL, e ninguém diz nada, ninguém levanta a voz, só se ler que se reuniram, e tornaram a se reunir e nada acontece. O fato é que nenhuma só voz se levanta seja nas ruas ou naquela Casa do Povo... Enfim, todos totalmente mudos, calados, e dormindo...

Seria extenso esse texto se fosse lembrar ao Excelentíssimo Eleitor a farra que fazem com nosso dinheiro mundo afora, enquanto aqui dentro as carências cada dia se avolumam nas áreas mais críticas, principalmente a saúde do Povo, e só quem vai a um Posto Médico ou hospital sabe do que estou falando...

Mas, espero que o pouco aqui descrito e lembrado, possa servir ao Excelentíssimo Eleitor, e de posse desse instrumento que se ver na ilustração, aprenda a se impor e inverta a forma de tratamento porque é o Povo que deve ser chamado de Excelência... Sim ou não? Sim...

Dica de vida: “Quando te assentares a comer com um governante, atenta bem para o que é posto diante de ti...” (Provérbios 23:1).

Ler Matéria Completa
Acord@dinho – Apaixonado por Juazeiro e leitor assíduo do blog.
publicado em 24 de Abril / 2017 às 11:30

PV SEM TAMPA NO BAIRRO EXPEDITO NASCIMENTO

Geraldo venho aqui mais uma vez chamar à atenção do SAAE para um problema aqui no bairro Expedito Nascimento. O bueiro da rua A está sem tampa. Não sei quem tirou e nem o que fizeram. Só sei que esse buraco é um perigo para quem transita na avenida, podendo até vir causar algum acidente. Pedimos por favor uma providência. Ultimamente o SAAE tem deixado muito a desejar em nosso bairro. Obrigada.

Joelma Souza Alves

publicado em 24 de Abril / 2017 às 10:30

ESPAÇO DO LEITOR: Moradora do Novo Encontro reclama da falta água em seu bairro

A leitora do blog do Geraldo José, Maria Izabel, enviou e-mail à nossa redação, reclamando da falta d´água no bairro Novo Encontro, mas precisamente na rua Job Marques. Segundo ela, moradores do referido bairro têm que acordar as cinco da manhã, pois só tem água até esse horário. Entenda na íntegra:

"Estou usando este meio de comunicação para fazer uma reclamação referente ao SAAE. Nossa rua desde de janeiro de 2017 está faltando água nas torneiras. Porém do dia 18/04/2017 ficou pior, pois não está subindo água para as caixas e se quisermos tomar banho e cuidar dos afazeres domésticos, temos que levantar na madrugada, pois só tem água até as cinco da manhã. Espero que logo resolvam isso..."

publicado em 23 de Abril / 2017 às 23:00

VALE A PENA LER DE NOVO: ARTIGO – TEMPESTADE DE FOGO

PUBLICADO EM 07 DE MAIO DE 2011     

Era uma tarde reluzente como tantas outras no sertão. Sol escaldante que fazia tremer o solo e crepitar com intensidade os galhos secos das árvores da caatinga. Os animais que integram a fauna do semi-árido circulavam com a naturalidade de quem está acostumado com o seu ambiente de vida, o seu habitat natural. Os répteis rastejavam como se não sentissem o calor do solo, buscando o alimento cotidiano. Os pássaros de bicos abertos demonstravam a intensa sede que o calor lhes provocava e, por outros instantes, gorjeavam felizes na expressão maior do seu canto à liberdade. Tudo isso indicava a existência de um meio-ambiente de plena harmonia, normalidade e ecologicamente perfeito.

De repente algo cinzento cruzou os céus da caatinga, trazendo nebulosidade ao brilho dominante do sol. Algo estranho parecia estar acontecendo. E aquilo que se imaginava ser uma simples nuvem começou a inquietar os seres vivos da fauna catingueira, que logo iniciaram uma corrida apressada em busca de proteção, visto que os seus sentidos já sinalizavam que algo mais grave estava por acontecer.

Aquela imagem cinzenta que pouco a pouco se erguia aos céus, contorcendo-se ao sabor do vento que soprava como se fosse um pequeno tornado sertanejo, foi ganhando intensidade e cor para formar a nuvem da destruição. Eram labaredas que traziam o espectro da morte. Começava mais uma queimada na caatinga, portadora de tristeza e devastação. Como sempre ocorre em tragédias desse tipo, certamente a intervenção do homem nela se fez presente. A flora e a fauna quedaram entristecidas.

A natureza parecia momentaneamente indefesa ante a crueldade do fogo que exterminava a vida. As árvores mais robustas – aroeiras, barrigudas, angicos - com seus troncos queimados e enegrecidos se mantinham imponentes em sua postura fálica, como se fossem o troféu de uma prova de resistência.

Mas, após a tempestade de fogo veio o ressurgimento pujante das espécies da flora, fenômeno que expressava o restabelecimento das esperanças e de que as leis da vida finalmente iriam vencer as intempéries cruéis. Em seguida, a fauna se manifestou nas formas mais diversas, como se saudando com cantos de exaltação aquele acontecimento. Os pássaros que migraram para áreas menos perigosas retornaram aos espaços primitivos e cantavam festivamente comemorando um novo ambiente que se formava. Os répteis desconfiados, lentamente rastejaram sobre o pó das cinzas ainda quentes, também retornando à antiga morada. Era a vida que readquiria a sua plena forma. Era a paz que voltava ao sertão.

AUTOR: Adm. Agenor Santos, Pós-Graduação Lato Sensu em Controle, Monitoramento e Avaliação no Setor Público (Salvador-BA).

publicado em 23 de Abril / 2017 às 17:00

ESPAÇO DO LEITOR: O SAAE E O PORTAL DA TRANSPARÊNCIA.

Olá Geraldo,

Gostaria que o SAAE de Juazeiro informasse o por que não insere os dados no portal da transparência como todo orgão público deve fazer, pois visitando o Site: Portal Transparência , (detalhe este link encontra-se no site: http://www.saaejuazeiro.com.br/site/ ), percebi que não existe dados atualizados referente aos documentos públicos do saae, como editais de licitações e entre outros, os dados mais recentes é do ano de 2014, será que de 2014 para 2017 o saae não contratou nenhum serviço e etc? Qual será a desculpa agora!

Atenciosamente,

Esiquiel Felipe

publicado em 23 de Abril / 2017 às 11:01

MORADOR RECLAMA DE SOM ORIUNDO DE BAR E COBRA APLICAÇÃO DE TAC NA RUA TIRADENTES, BAIRRO SANTO ANTÔNIO

Caro Geraldo José meu nome é Arthur Soares Pereira, sou leitor e estou passando por um problema social. Meus pais residem na Rua Tiradentes no bairro Santo Antônio em Juazeiro, e estão convivendo com um descaso devido a instalação de um bar vizinho a residência deles, é público e notório que um bar em área residencial só pode funcionar se possuir tratamento acústico, pois bem já fizemos todo tipo de denúncia na prefeitura e já cansamos de ligar para polícia, e para piorar a situação, minha mãe sofre de uma dor de cabeça crônica, e vive há 15 anos com dores insuportáveis, estando muitas vezes acamada e tendo que suportar além da dor, a zoada advinda do bar.

O intuito ao te escrever, é saber a possibilidade de fazer em seu blog uma notícia denúncia, sem ser anônimo, até porque todos sabem que estamos lutando pelos nossos direitos.

Nesse fim de semana já sabemos que vamos sofrer novamente, pois já foi anunciado três dias de festa.

Inclusive o proprietário do bar adotou a tática de colocar som ao vivo nos horários que a SEMAOP não funciona, que é das 15h às 19h, e órgão funciona a fiscalização a partir das 20h.

Por isso queria sua ajuda, eis aqui o pedido de um filho que além de ver a mãe com dor, ainda tem testemunhar o transtorno e nervosismo quando começa o barulho.

Desde já te agradeço.

Atenciosamente,

Arthur Soares Pereira

publicado em 22 de Abril / 2017 às 23:00

ESPAÇO DO LEITOR: QUEM VAI PAGAR ESSA FARRA?

O leitor Carlinhos Santana enviou e-mail ao Blog com uma série de questionamentos sobre os diversos outdoors espalhados pela cidade em nome dos amigos do ex-prefeito Isaac Carvalho. Confira: “A sociedade se escandaliza com a postura do então denunciado na Lava Jato Isaac, que tenta fazer a população de besta com seus outdoors espalhados pela cidade. Desrespeitando assim, a imprensa e toda a sociedade, pois, o mesmo deveria ir aos diversos veículos de comunicação se explicar, ao invés de utilizar mais uma vez do marketing para camuflar suas acusações e tentar enganar a todos. Tentar esconder esse problema debaixo do tapete é achar que Juazeiro não tem imprensa, não tem pessoas pensantes, não tem autoridades.

publicado em 22 de Abril / 2017 às 12:00

BAIRRO SÃO GERALDO: PROBLEMAS NA REDE DE ABASTECIMENTO DO SAAE/JUAZEIRO.

Geraldo,

Gostaria de sua ajuda para buscar esclarecimentos junto ao SAAE que justifiquem a falta de pressão na rede de abastecimento de água no bairro São Geraldo nos últimos dias.

Desde a quinta-feira (20), observamos a água fraca durante o dia ao ponto de em alguns momentos não ter água saindo da torneira, e à noite a pressão da água não está sendo suficiente para encher as caixas d'água das residências.

Os moradores que têm residências com primeiro andar praticamente estão sem água há três dias, quinta, sexta e hoje (sábado), pois nessas residências a água nem chega à caixa.

O que me incomoda mais é ver na TV e nas rádios a publicidade da prefeitura informando que foi ampliada a capacidade de abastecimento do SAAE e que houve novos investimentos. Aí eu pergunto, por que o meu bairro não está percebendo essa melhoria?

Será que é estratégia da prefeitura para justificar aumento de taxas, pois até a semana passada tudo estava funcionando em perfeitas condições, suprindo às necessidades do bairro. Será retaliação a ação do Ministério Público que proibiu a cobrança da taxa de coleta de lixo na conta de água.

Bom gostaria de uma explicação plausível para justificar a piora no serviço. E assim a correção do mesmo.

Desde já agradeço

Renato Mendes

Morador da Rua Pajeú, 100, São Geraldo, Juazeiro-BA.

Fotos Geraldo José
publicado em 22 de Abril / 2017 às 07:00

Galvão - 80 anos - Era uma vez uma rua em Juazeiro!

Luiz Galvão dos "Novos Baianos"80 Anos no "mistério do planeta "

*para Mariângela e Laert ...

Anos 60 e a mulher mais bonita da humanidade em Juazeiro...

Rua Conselheiro Saraiva... Rua da Apolo, centro de Juazeiro... Eu morava ali , na casa "Vila São Pedro de Alcântara" é ela bem pertinho. (Quase esqueci do alto falante "Marabá e "moonlight serenade" e a ZYN-21 tocando João Gilberto). Eu não saia da casa dela, amigo de Laert, Zé Humberto (Se foi muito cedo) e Mariângela seus irmãos (Mariângela, linda também, mas eu não tinha olhos para ela). Quando Socorrinho dizia: Eita menino dos olhos lindos - eu ardia mais ainda de paixão.

Duninha me botava pra fora e Dona Neném reclamava, Dona Amelinha aliviava. Eu ficava lá até ela pedir um favor: Uma "queixada de Dona Artêmia, alguma coisa no Bazar Royal - eu só comprava pedindo pra "Gustavinho", o anão mais querido de Juazeiro - e procurava em seu Meirelles, armarinho Drubi, Péricles Mota, sapataria Lima, farmácia do seu Ismael ... Até encontrar Galvão, "Luiz cachaça" ou "carroceiro" entre o sinuca de seu Rômulo, café Brasil de seu Ávila e o café de "velhinho" e ele dizia: Diga pra Socorrinho que eu vou já! E eu voltava correndo pra dar o recado, era "cocada " dos dois e ainda ficava "acendendo vela" depois, eu e Duninha...

Galvão namorava por mim, só tinha uns 7, 8 anos... E eu ia dormir pensando ser ele... Caio, meu netinho, está me chamando... Depois eu continuo com esta história da nossa eterna rainha da primavera.. "Só, só, somente só".


Pronto! Já atendi meu netinho e vou continuar... Aqui daria uma longa história de saudade... Galvão do "Spartacus " na quadra do Franvale, " foi dar um "rolê " na Argentina e depois para  mundo criar o lendário "Novos Baianos" e o que parecia não ter fim terminou... Socorrinho casou com outro e teve filhos lindos.

Reencontrei Galvão nos anos 80 em São Paulo e ficamos parceiros. Ele também casou com Janete e tem 03 filhos com ela, além da linha Xanda e o saudoso guitarrista Peu... É a vida. Viva para todos! Para amores assim eu fiz Amor & do-in...  Por que sempre tem que terminar o que parecia não ter fim.... Quem é que vai fazer com você amor & do-in... Se você for pra longe de mim..vai apagar a luz de um grande amor... Se você for.  Galvão, como diz Socorrinho, é  o mestre de nós dois, poeta luminoso no "mistério do planeta", completa 80 anos neste dia 22/04 2017... Na estrada.

Eu vou sair por aí com o meu violão debaixo do braço, se alguém quiser me ouvir...? É só, somente abrir porta e a janela pra ver o Sol nascer! Socorrinho continua linda, linda em Salvador... Eu? Morrendo de saudades em Juazeiro, ainda sonhando com a longa estrada.

Beijos!!

Maurício Dias (Mauriçola)

publicado em 21 de Abril / 2017 às 23:00

A torre fulminada

Quase todas as análises que são feitas do mundo político atualmente estão impregnadas de paixões políticas. E analisar as coisas políticas apaixonadamente não serve como referência para a verdade dos fatos políticos, serve no mínimo para que ambos os lados de uma disputa pelo controle do Estado que começou freneticamente em 2014 com a eleição pela quarta vez seguida do petismo e seus aliados, tente convencer o resto da sociedade brasileira de que estão certos em suas opiniões apaixonadas.

Melhores análises são aquelas que são feitas por quem não está diretamente envolvido politicamente na disputa pelos espaços de poder. Por isso que me sinto mais a vontade para opinar sobre os resultados da famosa Operação Lava Jato, porque não sou nem petista e nem tucano.

Foi dito por diversas vezes que a Lava Jato poderia passar o país a limpo, contribuindo peremptoriamente com o combate à corrupção das coisas políticas. Mas também foi dito por diversas por quem não falou de modo apaixonado que tinham coisas erradas na condução da famosa Operação iniciada a partir da prisão do doleiro Alberto Youssef.

Ninguém tem resistência à raciocínio para saber que por diversas vezes foi dito por renomados analistas políticos de que a Lava Jato somente estava interessada em pegar Lula e o PT, como ficou mais diáfano nos últimos tempos. Para muitos o objetivo da Lava Jato inicialmente era tirar o PT do poder sem o instituto do voto, porque perdendo por quatro vezes as eleições, a direita chegou a conclusão de que nas urnas não vencia mesmo.

Dizer que o objetivo principal da Operação de Curitiba nunca foi esse é comprovar de fato que está falando apaixonadamente. Não investigar também o tão delatado Aécio Neves e se preocupar apenas com um sítio em Atibaia e um barco de lata comprado pela mulher de Lula por quatro mil reais é brincar com a inteligência de quem não é beócio. 

Um Jornal Nacional que deu pequenas notinhas desprezíveis sobre contas secretas de José Serra na Suíça, no mesmo modus operandi de Eduardo Cunha e com muito mais dinheiro em jogo, e dá mais de dez minutos diariamente para denunciar a compra dos pedalinhos dos netos de Lula, é denunciar a própria parcialidade política da Operação que deveria ser jurídica.

Como não conseguiu atingir o objetivo pleno de prender Lula para que ele não seja candidato em 2018, e como não conseguiu criminalizar a organização PT, parece que o feitiço começa a se virar contra o próprio feiticeiro. Dialogando melhor com os novos fatos, a Torre da Babilônia da direita foi fulminada.

Com a lista de Fachin em pauta na mídia, na justiça e na sociedade a Operação Lava Jato pegou de cheio toda a direita brasileira. Pelo andar da carruagem todos os políticos com mandatos, com raras exceções serão diretamente atingidos, porque todos eles participam de um mundo político viciado, que funciona gastando muito dinheiro em campanhas eleitorais, e que não sai do bolso de quem recebe salários como representantes do povo durante 48 meses, mesmo que os maiores salários da nação.

Com diz a gíria popular a casa finalmente caiu com as tempestades provocadas pela lista de Fachin, e absolutamente todo o mundo político vem abaixo por esses dias. E além disso, o próprio judiciário pode ser foco de denúncias como disse em entrevista recente a ex-ministra Eliana Calmon. Tomara que os desastres políticos recentes não se abram brechas para que tenhamos que viver num país governado pelo judiciário, porque desse modo teremos de novo uma nova ditadura nesse país com sua democracia em frangalhos.

Por Genaldo de Melo
publicado em 21 de Abril / 2017 às 14:00

"HERÓIS DA RESISTÊNCIA"

Para fazer boa música em Juazeiro, na Bahia, no Brasil... É preciso sair por aí pregando cartazes do seu próprio show. João Sereno na longa estrada. Vi  e fotografei.

Maurício Dias

publicado em 21 de Abril / 2017 às 12:00

Espaço do Leitor: Falta de água no Parque Residencial e João Paulo II.

Geraldo José,

Venho através do seu blog pedir ajuda, pois os moradores da quadra J do Parque Residencial e João Paulo II, perto da Serra da Batateira, estão sem água há três dias, depois que foram encontrados hidrômetros furtados em uma das chácaras que fica perto dessas residências. Os moradores que não tem nada a ver com esses furtos estão sem água e sofrendo com esse transtorno, sendo que os mesmos pagam suas contas certinho e tem o direito de ter água nas suas residências.

Desde já agradeço.

Janaína Silva

publicado em 20 de Abril / 2017 às 12:30

ESPAÇO DO LEITOR: EMPRÉSTIMO CONSIGNADO DOS SERVIDORES DA PREFEITURA DE JUAZEIRO ESTÃO SUSPENSOS HÁ MAIS DE 20 DIAS!

Prezado Geraldo José venho a este renomado meio de comunicação externar um fato que está acontecendo com os servidores da Prefeitura de Juazeiro. O fato é o seguinte: Desde os últimos dias do mês de março deste ano estão suspensos os novos contratos de empréstimos consignados. Segundo funcionários do RH, o problema se dá pelo motivo de que está trocando o sistema de informática que faz a intermediação entre a prefeitura e os bancos. Mas o que me intriga são dois fatos que se relacionam com este ultimo:

1- Os salários dos servidores que, geralmente, são pagos nos primeiros dias do mês, atrasaram e só foram pagos dia 08.

2- Com o sistema do consignado suspenso, também não há o repasse da prefeitura para os bancos referente a parcela que os servidores devem dos consignados que já contrataram. 

Diante disso, faço 3 questionamentos a administração municipal:

1- Realmente se precisa de tanto tempo para trocar um sistema de informática?

2- Porque atrasou os salarios este mês?

3- A suspensão do consignado tem algo relacionado a retençao de dinheiro para poder pagar os salarios?

Com a palavra, a administração pública municipal de Juazeiro da Bahia.

Ricardo Vieira - Servidor Publico Municipal.

publicado em 20 de Abril / 2017 às 10:26

A baleia Orca ficou azul na Internet

Em um mundo cada dia mais atribulado, recheado de incertezas e negatividades, com o crescimento quase fora de controle da insegurança e anormalidades cotidianas diversas, o medo impera e as esperanças se tornam, literalmente, apenas desejos e possibilidades. Notícias ruins sempre existiram, mas com o advento da internet, principalmente das redes sociais digitais elas passaram a fazer parte instantaneamente da vida das pessoas.

Infelizmente os dados sobre o uso da Rede Mundial de Computadores, o papel do emissor e do receptor das informações disponibilizadas não são dos mais animadores. Crianças, jovens e adultos estão constantemente se transformando em vítimas potenciais dos mais variados crimes cibernéticos. Independe a idade para cair nas 'garras' dos cada dia mais profissionais criminosos. Tudo o que se achava ter visto, o que nunca imaginava ver e o que nem se acreditava existir é encontrado na globalização da tecnologia digital.

Não são todas as pessoas que possuem o discernimento, capacidade de compreender situações e de separar o certo do errado. A inocência, a falta de malicia, a ausência da intelectualidade e escolaridade, a não presença familiar e até mesmo a 'usura' (nordestinamente falando), pode contribuir para facilitar a escolha das presas pelos bandidos especializados principalmente em persuasão e enganação.

Os crimes são cometidos empregando-se o computador e contra os próprios computadores e são de uma infinidade de modos e maneiras, que os chamados "gênios do mal" aproveitam-se das inovações da Tecnologia da Informação para cometê-los.

Os crimes digitais são bem mais comuns do que se imagina, cerca de 50 % das pessoas que utilizam a Internet já foi alvo de um desses criminosos. Os crimes digitais mais comumente empregados são: o phishing, que é a "pesca" de dados bancários e senhas através do envio de e-mails com pedidos de atualização. Com o mesmo intuito, e-mails referentes a listas negras ou falsos prêmios são também enviados para a "pesca de dados"; envio de códigos maliciosos, por servirem de verdadeiras portas de entrada para vírus que geram danos por vezes irreparáveis ou obtém dados dos computadores infectados e fraudes bancárias e financeiras, por acesso indevido a sites e e-mails.

Não obstante a tais ações criminosas, outras já se proliferam com uma enorme velocidade em todo o planeta por meio da Internet, como o terrorismo digital, o cyberbulling, o racismo, a apologia ao uso e a venda de drogas, a pirataria de softwares; a espionagem industrial, a pedofilia e até mesmo o tráfico de pessoas. Também tem sido constantes a ocorrência de crimes contra a honra: a calúnia, a injúria e a difamação, principalmente nas redes sociais, e também aquelas ações criminosas que incitam aos outros atentarem contra a própria vida, como é o caso do jogo denominado Baleia Azul (Blue Whale). Um jogo mortal vem ganhando popularidade e chamando a atenção de todos na Internet e no mundo.

O que se sabe até o momento é que um grupo oriundo da Rússia, conhecido como "#F57", está sendo investigado devido a suspeita de que o Baleia Azul já teria induzido mais de 130 jovens, predominantemente na Europa, a cometerem suicídio desde 2015. O jogo que propõe 50 desafios aos adolescentes e sugere o suicídio como última etapa, preocupa pais, alunos e professores no Brasil. Algumas mortes suspeitas de relação com o Baleia Azul no país estão sendo investigadas pela polícia.

Conforme especialistas, o que está sendo chamado de "jogo" na verdade é uma sequência de troca de mensagens em redes sociais e tarefas a serem cumpridas. Nas conversas, um grupo de organizadores, chamados "curadores", propõe os desafios macabros aos adolescentes, como fazer fotos assistindo a filmes de terror, a automutilação desenhando baleias com instrumentos cortantes em partes do corpo e ficar doente.

A família e a escola possuem um papel importantíssimo no acompanhamento e na fiscalização dos comportamentos das crianças e adolescentes. O cuidado pode evitar o pior.

Por Gervásio Lima

Jornalista e historiador

Imagem da Internet
publicado em 20 de Abril / 2017 às 08:00

ESPAÇO DO LEITOR: JUAZEIRENSE CRITICA COBRANÇA DA TAXA DE LIXO NA TARIFA DA ÁGUA.

Nas últimas semanas vimos intensa mobilização da sociedade juazeirense repudiando a alteração na forma da cobrança da taxa de coleta de lixo. Muitos não gostaram de ter que pagá-la junto com a conta de água.

No entanto, algo passou despercebido aos olhos dos populares, muito provavelmente em virtude da falta de conhecimento jurídico. O fato é que a taxa não foi apenas diluída em 12 meses, como defende a Prefeitura. Comparando o valor cobrado quando tal taxa era faturada no IPTU, e multiplicando-se o valor cobrado na conta da água por 12, observa-se que houve um aumento no valor cobrado.

Sabemos que o princípio da legalidade rege todos os atos da administração. Além desse há princípio tributário que garantem que os administrados não sofram com alterações de impostos repentinas.

É o princípio da anterioridade tributária, que estabelece que não haverá cobrança de tributo no mesmo exercício fiscal da lei que o instituiu. Assim sendo, um tributo só poderá ser cobrado pelo Fisco no ano seguinte àquele em que a lei que o criou fora promulgada. Sua base legal é a Constituição Federal, em seu art. 150, II, "b".

A Lei Complementar Municipal nº 21/2016, a pesar de possuir numeração referente ao ano de 2016, foi assinada e publicada no dia 1º de janeiro de 2017. Assim, ela passou a existir no mundo jurídico a partir desta data. Aplicando-se os princípios anteriormente tratados, concluímos que a majoração no valor da taxa somente poderia ser cobrada a partir do ano de 2018.

É de se admirar a "qualidade" da Procuradoria Municipal de Juazeiro, que permite o envio de projetos de Lei nitidamente inconstitucionais. Pagamos nossos impostos para que o Sr. Prefeito encha a administração de comissionados que sequer sabem fazer o trabalho que lhes são dados.

Thiago Alcântara

publicado em 19 de Abril / 2017 às 23:00

Flávio Leandro: Poeta danado e Cantador ganha "o oco do mundo"

Quem deseja aprender a voar deve primeiro aprender a caminhar, a correr, a escalar e a dançar. Não se aprende voar voando"(Nietzsche).

Luiz Gonzaga Gonzaga plantou a sanfona entre nós, estampou a zabumba em nossos corpos, trancafiou-nos dentro de um triângulo e imortalizou-nos no registro de sua voz. Dentro do seu matulão convivemos. Pela manhã, do seu chapéu, saltam galos anunciando o dia, sabiás acalentando as horas, acauãs premeditando as tristezas, assuns-pretos assobiando as dores, vens-vens prenunciando amores.

A apresentação do cantor, compositor, Poeta Danado e Cantador Flávio Leandro nas terras da Europa, em especial Paris/França, lugar símbolo da cultura, me fez pensar na trajetória da música brasileira e nas palavras do professor Aderaldo Luciano, quando fazíamos o Programa de Rádio, lá nas bandas da Paraíba, sonhando em ganhar o "ouco do mundo" e enfiar goela abaixo do povo a música de Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Trio Nordestino, João do Vale, Elino  Juliao e Dominguinhos...

O professor paraibano, radicado no Rio de Janeiro, Aderaldo Luciano, sempre me lembrou que Luiz Gonzaga foi pedra angular, referência do forró, mas o Rei do Baião, não trilhava sozinho. Havia por trás de si, uma constelação de compositores, músicos, além de profícuos conhecedores do seu trabalho, amigos talhados de sol, nascidos do barro vermelho, com almas tatuadas por xique-xiques e mandacarus.

É Flávio Leandro atualmente um dos poucos, que reverencia o forró, o xote, o baião. Em Bodocó foi talhado de sol. Flávio Leandro nasceu do barro vermelho, com alma tatuada por xique-xiques e mandacarus. Flávio Leandro sabe do compromisso que tem com o Nordeste, os Sertões, Cariris e Brejos.

 Flávio na Fé sabe divisar o Cruzeiro do Sul do Sete Estrelo e muito além disso sabe discutir e como lidar com a máquina capitalista avassaladora dominante hoje da "indústria musical".

De mala e cuia Flávio Leandro corre nos ares do mundo! Canta xote, forró valorizando o inventor do Baião, Luiz Gonzaga que um dia deixou o seu pé de serra e embrenhou-se pelos emaranhados da busca  do sonho e que foi o começo de uma grande empreitada e de uma desafiadora lição de vida e vivência.

Coloco agora na vitrola o disco/lp  e escuto a música "Menestrel do Sol", composta por Humberto Teixeira, homenageando Luiz Gonzaga. A essência de toda arte bela, de toda arte grandiosa, é a gratidão: Obrigado Flávio Leandro por não esquecer que antes de você muitos cantores e compositores sentiram fome (a falta de pão) preparando o caminho prá outros Voos...os voos do hoje!

"Pego a estrada sem descanso Sem parar para ver tempo e chão que percorridos gritos que eu plantei/ Menestrel do sol na vida eu só cantei juntando irmão com irmão eu esquecia de viver/
Ai quanta saudade do beijo que eu não dei as coisas que eu não tive são lembranças que eu guardei...Ai que curta vida pra quem tanto viveu os sonhos de outras vidas que ajudei com o canto meu./
Ouro e terra, e eu cantando sem me aperceber dos momentos que eram meus Não voltam mais, eu sei...Menestrel do sol caminhos que andei destino dividiu em mil destinos meu viver"!

*Ney Vital-jornalista. Pós-Graduado em Ensino de Comunicação Social. Pesquisador Música Brasileira

publicado em 19 de Abril / 2017 às 15:45

Espaço do Leitor: Sedur responde denúncia de morador sobre pavimentação no bairro Piranga II

A Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR) informa que o Piranga II está entre os 12 bairros beneficiados com o conjunto de obras da Intervenção da Poligonal Urbana que integra o Programa de Aceleração do Crescimento – PAC 2. Através da Intervenção Urbana o bairro já recebeu pavimentação em paralelepípedo granítico nos Caminhos, 12, 14 e 16, e também receberá pavimentação asfáltica nas vias do corredor de ônibus (Av. 01 e as Ruas A e B),  pavimentação em paralelepípedo granítico nas Ruas Projetada e Projetada I, além de melhorias em equipamentos urbanos como a Praça da Igreja e a Praça da Feira.

A SEDUR informa ainda que a pavimentação do corredor de ônibus é uma intervenção de extrema importância para a melhoria da mobilidade urbana da cidade. Dessa forma estamos colaborando para desafogar o trânsito em várias regiões, contribuindo para o avanço na qualidade de vida da população, que ganha em conforto e em novas opções de deslocamento.

Através da Intervenção da Poligonal Urbana a Prefeitura de Juazeiro já entregou mais de 50 ruas e avenidas totalmente pavimentadas e saneadas, mudando a qualidade de  vida de milhares de juazeirenses. 

publicado em 19 de Abril / 2017 às 12:00

ESPAÇO DO LEITOR: Morador do Piranga 2 faz reclamação sobre pavimentação em seu bairro

O morador do Piranga 2 em Juazeiro, Bruno Ricardo dos Santos, enviou ao blog, uma reclamação sobre conclusão da pavimentação de ruas do seu bairro. Veja abaixo na íntegra:

"Gostaria de externar minha indignação com o poder público de nossa cidade, mais precisamente o setor de obras públicas. Recentemente fiz uma indagação no site da prefeitura sobre a conclusão da pavimentação das ruas principais do bairro e incluindo a que eu moro. Como resposta, fui prontamente atendido com a presença do próprio secretário de obras à minha porta, acompanhado do presidente do bairro e mais o engenheiro de obras dizendo que em breve estarão terminando a pavimentação em torno do bairro, mas só a rota que os ônibus fazem. E brevemente, (sabe-se lá quando), o calçamento das ruas adjacentes, incluindo a minha.

Agora vem a minha pergunta: Porque o único contemplado com a pavimentação será a Joalina? Nós que moramos no bairro não merecemos pavimentação digna? A Avenida Girasol, tão falada nos comerciais da prefeitura só vai até certo ponto, mas pesquisando no Google Maps, vi que esta avenida deveria ir até a Rua Variante da Diocese, ou seja, aquela que dá acesso ao Bairro Quidé passando pelo condomínio Mairi. Quer dizer que quem mora além da pavimentação não é gente? É a empresa Joalina quem está financiando essas obras? Outro questionamento é sobre a limpeza pública, também no mesmo local. Estou anexando fotos que se perceber pela ordem verá a Avenida Girasol pavimentada e linda terminando em um completo lixão ladeando o que seria a continuação da mesma avenida, fora o canal que corta o bairro completamente entupido e quase transbordando. Cade aquele mimimi sobre a dengue, chicungunha e zica vírus? Não serviu pra nada? A casa de esquina ao fundo do canal é a minha. Responda-me, como eu deveria me sentir ao acordar de manhã e vislumbrar esta paisagem?

Sei da sua credibilidade e poder como comunicador formador de opinião, por favor, interceda por nós moradores de um bairro esquecido por nossos governantes, dê sua opinião no programa e cobre por nós também, porque já cansamos de fazer isso e nada foi feito, somente mascaramentos e maquiagens. Volta e meia posto sobre esse assuntos nos blogs da cidade, ai vem um trator e retira o matagal do canal e pronto, mais nada. Precisamos conscientizar também a população que joga entulho em locais impróprios e depois vem reclamar. Assim não dá também, a prefeitura não pode dar conta de  tudo sem a ajuda do povo.

Sem mais e Obrigado"

publicado em 19 de Abril / 2017 às 07:26

Artigo: O PODER NÃO DURA PARA SEMPRE

O poder não dura para sempre, um dia ele acaba!

Assim como ele, também acontece com  a imodéstia, a deshumildade, a cumplicidade, a arrogância, a prepotência e a soberba.

A  humildade é um sentimento de extrema importância, porque faz a pessoa reconhecer suas próprias limitações, tais como a modéstia e ausência de orgulho.

Em teoria, a humildade é tida como uma qualidade bastante positiva e benéfica, onde ninguém é pior ou melhor do que os outros, estando todos no mesmo nível de dignidade, de cordialidade, respeito, simplicidade e honestidade.

A humildade é um sentimento de extrema importância, porque faz a pessoa reconhecer suas próprias limitações, como modéstia e ausência de orgulho.

Etimologicamente, a origem da palavra humildade está no latim humilitas, que significa “pouca elevação”, ou seja, uma relação com a ideia de modéstia

A humildade consta em praticamente todos os textos da bíblia cristã, onde se diz que  lê:"quem se humilha será exaltado, e quem se exalta será humilhado”

Ler Matéria Completa
publicado em 18 de Abril / 2017 às 17:45

Espaço do Leitor: Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade responde denúncia sobre vistoria nos residenciais DR. HUMBERTO PEREIRA I E II

A prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade informa que o processo de vistoria dos residenciais do "Minha Casa Minha Vida" é de exclusividade da empresa responsável pela obra, fiscalizado pelo Banco do Brasil. Informa ainda que o município tem acompanhado o processo de vistoria e o mesmo foi realizado dentro do cronograma estabelecido pela construtora, restando apenas os beneficiados retardatários. Tão logo, todos tenham sido atendidos será iniciado o processo de assinatura de contratos e em seguida a entrega de chaves.

publicado em 18 de Abril / 2017 às 17:15

Espaço do Leitor: AMA se pronuncia sobre a situação do teto da feira livre do bairro João Paulo II

Após a denúncia postada no Blog Geraldo José sobre a precária situação do teto da Feira Livre do bairro João Paulo II (Confira Aqui), a Autarquia Municipal de Abastecimento (AMA) de Juazeiro informou a nossa redação que uma equipe será enviada ao bairro João Paulo II para verificar a situação do teto da feira livre e fazer um levantamento total da estrutura do equipamento público para que sejam realizados os devidos reparos.

publicado em 18 de Abril / 2017 às 08:00

ESPAÇO DO LEITOR: BIBLIOTECA DE JUAZEIRO EM DECADÊNCIA

Leitor do blog, Tani Veloso, enviou à nossa redação, um descontentamento com a situação da Biblioteca de Juazeiro. Segundo ele, está em péssimas condições, veja abaixo na íntegra:

"Se a biblioteca da cidade já não era boa, agora está pior. Só tem 3 computadores e apenas 2 pegam a internet. Não tem condições com o tamanho da população que é a de nossa cidade ficar desse jeito. 

Os computadores sucateados, teclados em péssimas condições de uso, com teclas duras para se digitar, sistema lento, isso é inadmissível. Os usuários só tem 40 minutos, tendo que se revezar para estudar e pesquisar. 

Servidoras não estão capacitadas, pois nem sabem colocar a senha no computador para que funcione. Elas são as primeiras a fazerem barulho em um local que é para estudo...Como pode uma coisa dessas?? 

Infelizmente quanto mais o POVO fica sem ter acesso as informações mais interessante fica para os POLÍTICOS! AS PESSOAS PRECISAM ESTUDAR, OS JOVENS QUE FREQUENTAM A BIBLIOTECA QUEREM ESTUDAR!"

Voltar ao topo
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2017. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.