Blog do Geraldo José - Espaço do Leitor
Vale do São Francisco - 25 de Maio de 2017
|
Redação: (74) 3613-3479

Espaço do Leitor

publicado em 24 de Maio / 2017 às 23:00

Artigo: Joquinha Gonzaga: a peleja do sobrinho de Luiz Gonzaga e neto de Januário para valorizar a cultura das tradições juninas

Apesar da invasão das bandas eletrônicas nos festejos juninos ainda mais evidente neste ano de 2017, principalmente, nos contratos envolvendo prefeituras, o legítimo herdeiro musical de Luiz Gonzaga, o sobrinho Joquinha Gonzaga arruma o chapéu de couro, afina a  sanfona, zabumba e triangulo e ganha a estrada para fazer forró do bom.

A filha de Joquinha, Sara Gonzaga é a atual produtora empresária do sanfoneiro que traz a humildade e o sorriso de Luiz Gonzaga estampado  em cada abraço. Sara diz que durante todo o ano a vida do pai e sanfoneiro Joquinha Gonzaga "é andar por este Brasil, percorrendo os sertões para manter a tradição dos verdadeiros sanfoneiros".

No período das festas juninas, de maio até julho, a agenda de Joquinha Gonzaga, sobrinho de Luiz Gonzaga e neto de Januário, o tocador de sanfona de 8 baixos mais afamado de todo o Nordeste até hoje, ganha outro ritmo, mais acelerado. 

"É é assim que vou pelejando! Alô Exu, meu moxotó e cariri tô chegando prá tocar ai", brinca Joquinha Gonzaga, ressaltado que "todo ano é uma peleja pra levar o verdadeiro forró prá frente e mostrar o baião e xote, forró para o povo, como pediu "meu tio Luiz Gonzaga".

Ler Matéria Completa
Por Ney Vital-Jornalista
publicado em 24 de Maio / 2017 às 16:01

Sesau responde denúncia de agentes de endemias

Nesta tarde (24), o Blog Geraldo José postou uma denúncia enviada pela  Comissão dos Agentes de Combate as Endemias sobre a falta de condições de trabalho para os Agentes de Combate as Edemias. Confira aqui!

Em nota enviada ao Blog, a Secretaria de Saúde de Juazeiro (Sesau) informou que a aquisição do novo fardamento dos agentes de endemias está em andamento e deve chegar em até 40 dias. A Sesau ainda esclareceu que os agentes receberam a premiação do ano de 2016 em fevereiro deste ano.

Conforme prevê a Lei Municipal nº 2588/2015, o incentivo de cada ano só pode ser pago após o fechamento dos números de incidência das doenças: dengue, zika e chikungunya, o que só acontece no mês de junho. Ainda de acordo com a lei em vigor, o pagamento só pode ser efetuado mediante o recebimento de verbas estaduais ou federais que sejam referentes a incentivos financeiros. 

publicado em 24 de Maio / 2017 às 14:29

Secretaria de Saúde de Juazeiro responde denúncia sobre falta de transporte na Casa de Apoio do TFD em Salvador

Nesta terça-feira(24), o Blog Geraldo José postou uma reclamação enviada pela leitora Edilene Souza Nascimento referente a falta de transporte na Casa de Apoio do TFD (Tratamento Fora de Domicílio) de Juazeiro em Salvador. Veja aqui!

Em nota enviada a nossa redação, a Secretaria de Saúde  de Juazeiro informou que o carro que transporta  os usuários do Tratamento Fora do Domicílio  (TFD) estava em manutenção, mas já voltou a circular na manhã desta quarta-feira (24).

publicado em 23 de Maio / 2017 às 23:00

Precisamos retomar alguns valores para educar nossos filhos

*Ana Regina Caminha Braga

Não é preciso ir longe para assistir exemplos de que a sociedade anda com vários problemas. Ligue a TV, assista ao telejornal e preste atenção nas matérias divulgadas. Violência, preconceito e corrupção são palavras já comuns em nosso dia a dia, e o pior, nós nos acostumamos com isso. Ações e valores como esses, nada mais são que o reflexo de um problema ainda maior: a falta de educação. Uma educação de qualidade e adequada para que nossas crianças e jovens possam crescer.

Tudo isso é reflexo de um Brasil que não dá amparo suficiente a educação, por isso digo que nós como educadores temos um papel ainda mais importante. Precisamos educar nossos jovens e crianças da melhor maneira. Precisamos estar atentos aos conteúdos que vamos desenvolver em sala. Essa é uma das obrigações de nós professores. Eu entendo que talvez nós não consigamos mudar o mundo, mas ao orientar e motivar nossos alunos a construção de um caráter, respeitando a si e ao próximo, já estaremos fazendo algo.

Quando trabalhamos valores reais como o respeito, confiança e aceitação das diferenças formamos adultos com uma maior capacidade de reflexão de seus atos, do certo e do errado. É nosso papel ajudar a entender e visualizar o mundo e seus desafios. Mas não podemos fazer isso sozinhos. Em casa, os pais e responsáveis também devem estar atentos.

Educar tem que ser uma ação conjunta. Não adianta tratarmos de tais valores na escola, quando em casa as crianças e adolescentes estão expostos a brinquedos, filmes e programas que trazem uma distorção da realidade.  Quando expomos uma criança a esse tipo de realidade distorcida, ou que motiva atitudes inadequadas, sem o devido cuidado, damos a ela a chance de achar que aquilo é certo ou parte do real, o que acaba prejudicando seu modo de pensar e ver o mundo.

A mudança real começa na educação. É nossa obrigação orientar e fazer com que nossos alunos entendam suas atitudes e consequências, refletindo de forma correta sobre elas.  Só assim os valores distorcidos podem se tornar algo raro.

*Ana Regina Caminha Braga (anaregina_braga@hotmail.com) é escritora, psicopedagoga e especialista em educação especial e em gestão escolar.

publicado em 23 de Maio / 2017 às 16:45

Espaço do Leitor: SAAE responde denúncia de moradores do bairro Piranga

Nesta terça-feira (23) o Blog Geraldo José postou a reclamação de moradores do bairro Piranga referente a não conclusão de obras na confluência da Travessa Tobias Barreto com a pista da BR-235. Veja Aqui!

Em nota o SAAE de Juazeiro informou que "o serviço de reposição de calçamento ou asfalto nas vias onde o Serviço de Água e Saneamento Ambiental – SAAE, realiza alguma intervenção obedece a um cronograma estabelecido de acordo com avaliações técnicas. No caso da Rua Tobias Barreto, houve a substituição de uma antiga rede de ferro, entretanto a equipe que faz a reposição aguarda a devida compactação do terreno e já programou para essa quinta feira (25) toda a recuperação da área".

publicado em 23 de Maio / 2017 às 16:10

Secretaria de Saúde de Juazeiro responde denúncia sobre UBS do Dom José Rodrigues

Na tarde de ontem (22), o Blog Geraldo José postou uma denúncia enviada por moradores do bairro Dom José Rodrigues que o posto de saúde encontrava-se aberto após o horário de expediente correndo o risto de ser assaltado. Veja Aqui!

A Secretaria de Saúde de Juazeiro informou ao Blog nesta terça-feira (23) que assim que tomou conhecimento da situação da Unidade Básica de Saúde do Dom José Rodrigues, ainda no dia de ontem (22) acionou a equipe de saúde do local que, imediatamente, retornou à unidade para fechar as portas. A Prefeitura de Juazeiro lamentou o ocorrido e conta com o apoio da comunidade para zelar pelo patrimônio público, entrando em contato com os órgãos competentes sempre que necessário.

publicado em 22 de Maio / 2017 às 23:00

ELES CONTRA ELES MESMOS...!!!

No passado a gente costumava ouvir a expressão “ladrão de galinha”, que era um pejorativo para aqueles meliantes que faziam pequenos furtos, alguns deles, inclusive, nem sabiam roubar direito, porque, às vezes, iam roubar as bichinhas, e elas se espantavam, e faziam aquele cocoricó danado a todos assustando. Aí vinha o dono, e evitava ter o seu poleiro subtraído...

Infeliz daquele que fosse pego, porque tinha de pronto a cabeça raspada na máquina zero e, ao contrário de ficarem presos, eram liberados para voltar à rua a fim de que todos vissem e o distinguisse como alguém fora da lei. Mas, acho que antes disso, tinha uma sessão de bate-papo descontraído com a autoridade de plantão que lhes dava uns “conselhos” com palmatórias bem feitas nas marcenarias daquele tempo... Assim era a vida!

Agora vamos aos fatos atuais?

Ler Matéria Completa
Acord@dinho – Apaixonado por Juazeiro e leitor assíduo do blog.
publicado em 22 de Maio / 2017 às 17:00

Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano se pronuncia sobre denúncia de morador do bairro Quidé

A Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (SEMAURB) informa que o procedimento ocorreu conforme a Lei Complementar 018/2016. Por três vezes consecutivas a fiscalização esteve tentando notificar e não encontrou o responsável, o mesmo havia construído uma meia parede de muro obstruindo por completo o passeio público.

O art. 469 descreve que: Nos casos em que não seja possível identificar o responsável pela obra irregular, passível de demolição, o fiscal competente tentará notificar o proprietário ou responsável pela obra por três (03) vezes consecutivas, caso não o encontre, o órgão competente elaborará relatório fundamentado com as especificações necessárias e procederá com o ato de demolição.

Denúncias e reclamações a população pode entrar em contato através dos telefones (74) 3612 3581 ou 153 da Guarda Civil Municipal.

publicado em 22 de Maio / 2017 às 16:27

SAAE explica questionamentos de moradora do bairro Alto da Aliança

Na manhã de hoje (22) o Blog Geraldo José postou o desabafo da comunitária e moradora do bairro Alto da Aliança,  Helena de Souza, sobre o não funiconamento de elevatórias nas proximidades do Batalhão do 9° Grupamento do Corpo de Bombeiros, em Juazeiro. Veja Aqui.

Em nota, o Saae afirmou que " a obra do esgotamento sanitário em Juazeiro é um desafio que está sendo vencido pelo governo municipal, através do Serviço de Água e Saneamento Ambiental – SAAE. De forma a esclarecer a comunitária Helena de Souza do bairro Alto Aliança, informamos que a estação elevatória 20, nas proximidades do Corpo de Bombeiros fará o bombeamento direto para a lagoa de estabilização localizada no Bairro São Geraldo, mas para que a obra seja executada depende de alguns trâmites legais a exemplo da travessia do emissário pela BR-407. Enquanto as liberações são agilizadas, o SAAE está fazendo a manutenção do equipamento através de um extravasor temporário. Vale ressaltar que no último final de semana o quadro de comando elétrico da citada elevatória foi danificado, o que provocou o extravasamento, mas as equipes do SAAE já estão tomando as devidas providências".

publicado em 22 de Maio / 2017 às 15:30

Espaço do Leitor: Secretaria de Saúde responde usuários do bairro Alto da Aliança

A Secretaria de Saúde de Juazeiro (Sesau) informa que na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Alto da Aliança, as fichas para consultas odontológicas são distribuídas toda segunda-feira, a partir das 7h30. O odontólogo da unidade atende uma média de 60 pacientes por semana.

A Sesau também esclarece que dormir em frente à unidade não é uma recomendação das Equipes de Saúde da Família e orienta que a população procure a unidade para realizar marcações durante seu horário de funcionamento.

publicado em 22 de Maio / 2017 às 14:00

ESPAÇO DO LEITOR. CIDADÃO SENTOSEENSSE CONTA REALIDADE DO GARIMPO DE QUIXABA EM RITMO DE CORDEL.

Quero desde já parabenizar a todos desse blog pelo belíssimo trabalho que tem realizado. Em tempo quero pedir ajuda de vocês para divulgar esse belíssimo cordel de autoria do meu pai: NETO ESPLANADA .

GARIMPO EM QUIXABA SENTO-SÉ  

Foi no sertão nordestino

Onde a seca racha o chão 

Onde chuva é coisa rara

Onde a criança pede um pão 

Mas a fé ainda existe

E pra não ver o povo triste

Jesus Cristo pós a mão 

 

Na região da quixaba 

município de sento sé 

Numa serra logo em frente

Um caçador que andava a pé

Com o nome de galego

Desvendou esse segredo

Acredite se quiser

 

Atrás de alguma caça 

pra poder se alimentar 

Teve uma grande idéia

De ali escavacar

Foi ali que esse moço 

encontrou um pião roxo 

E começou a divulgar

Ler Matéria Completa
Enviado pelo filho e leitor do Blog Roberto Esplanada
publicado em 22 de Maio / 2017 às 06:30

ACM Neto pode não ser o rival de Rui Costa nas próximas eleições na Bahia

Por Genaldo de Melo

Que existe sempre lógica no poder ninguém discute o contrário sem correr o risco de está errado, porque o poder é diferente do discurso. E quem está na condição de poder é quem está nas melhores condições de praticamente vencer sempre em próximas eleições. Não poderia ser diferente com Rui Costa na Bahia nas eleições de 2018, principalmente porque ele diferente, totalmente diferente de seu próprio partido, dialoga com todas as forças, tem trabalho prestado à população baiana nesses anos de Governo, e por enquanto ainda continua imbatível eleitoralmente, justamente pela condição de poder que tem.

Mesmo que vozes digam que as forças de oposição têm em ACM Neto o nome correto para derrubar Rui Costa nas urnas, ainda está longe de se concluir que isso é verdade, porque ACM Neto é apenas o prefeito da capital, e mesmo assim, não exerce influencia eleitoral em todos os cidadãos de Salvador.  É preciso ter coerência de que os rigores políticos contra o PT no Brasil não envenenaram a possibilidade de reeleição do atual governador. Com participação de Neto no processo eleitoral, ninguém que raciocina politicamente tem certeza de nenhuma vitória deste nas urnas.

Nas próprias páginas da política baiana não se enxerga essa vontade exclusiva de ACM Neto, de perder a possibilidade de controlar politicamente a capital baiana, enfrentando os riscos das urnas contra um homem bem avaliado, deixando o Palácio Tomé de Souza para o perigosíssimo Geddel Vieira Lima e seu PMDB, mesmo que Bruno Reis seja muito ligado a ACM Neto. Mesmo que aliados botem "pilha" no processo, ACM Neto e seus correligionários vão pensar muito na possibilidade do próprio ser o nome e o rosto nas urnas, porque enfrentar Rui Costa, Wagner e seu grupo, não é o mesmo que enfrentar o PT como partido.

Bom lembrar que Rui Costa era um ilustre desconhecido, que por imposição do grupo político, de dentro do próprio PT, coordenado por Jacques Wagner, começou os debates com míseros 4%, e contra todas as correntes e tendências internas do próprio PT, venceu as eleições ainda no primeiro turno. Bom lembrar que política não é coisa de freiras e de quem quer rezar em espaços do mundo político, pois política é a arte de saber de certezas e montar no cavalo que passa selado, e na Bahia no momento não tem nenhum cavalo selado para a oposição ainda!

Tanto que paralelo ao nome de ACM Neto, existe dois nomes que se movimentam pensando nisso, segundo a própria imprensa do jornalismo político. O primeiro é o nome do prefeito de Feira de Santana, bem avaliado nas urnas e na sua administração, que tem dado recados velados de que tem pleno interesse de ser o nome das oposições no processo. E o segundo, o nome do deputado federal do PSDB, João Gualberto, que rico, empresário, autofinanciado, encarnaria o estilo "João Dórea" de São Paulo. 

Como muita água ainda vai passar por baixo da ponte desse rio de dúvidas políticas na Bahia, vamos esperar prá ver melhor os cenários futuros! Porque por enquanto quem mais se movimenta politicamente e é observado pelos cidadãos baianos ainda não é ACM Neto, é exatamente quem está dentro da lógica do poder, ou seja, Rui Costa.

publicado em 21 de Maio / 2017 às 23:00

ARTIGO 240 – UMA REFORMA DA IMPREVIDÊNCIA

Até seria compreensível que depois de algumas dezenas de anos de vigência da legislação que define a estrutura de um segmento do Sistema Institucional, e que estabelece as regras gerais de direitos e obrigações dos que dele dependem, seja submetida a uma revisão que a modernize para que o desempenho seja mais eficiente no cumprimento dos seus objetivos finais. Essa atualização, dentro desse conceito, até poderia ser classificada como “Reforma”. Mas, em linhas gerais, as teses que ora alimentam a pretensão de realizar alterações profundas nos princípios que regem a aposentadoria dos trabalhadores, são carentes de fundamentos verdadeiros e legítimos. Ou seja, precisam ser melhor analisados, e não apenas submetidos e metidos de goela abaixo de quem verdadeiramente trabalha neste País.

É muito débil e vergonhoso o argumento de que a Previdência Social está quebrada e que não terá recursos para garantir os salários dos aposentados, principalmente no futuro, quando se sabe que há um débito superior a 400 bilhões de reais da parte de empresas, Bancos, Prefeituras e Estados, numa demonstração de que há irresponsabilidade, permissibilidade e tolerância conveniente a certos interesses. Pelas redes sociais está circulando um áudio divulgado por entidade dos Auditores Fiscais da Receita Federal, dando conhecimento à população de que não há déficit na Previdência e sim desvios contábeis de valores arrecadados e direcionados para finalidades bem diferentes dos fins a que deveriam se destinar. Se não é verdade, porque o governo não desmente a denúncia? O fato é, desde muito tempo, ou melhor, em todo tempo, sempre quem pagou a conta foi o trabalhador.

Lembrando a prática do bom cronista Acordadinho, gostaria de enriquecer a compreensão do tema, recordando o sentido de IMPREVIDÊNCIA: que não possui previdência; sem previsão; ausência de prevenção; desleixo, descuido, inadvertência, incúria, negligência. Acrescentaria: má gestão! O conjunto de todas essas deficiências, somadas à impunidade dos grandes devedores que não somente não recolhem as suas obrigações devidas por lei, como ainda cometem o crime da APROPRIAÇÃO INDÉBITA pela retenção dos valores que descontam dos seus empregados, são fatores suficientes para invalidar todos os argumentos justificadores e enganadores exibidos na Reforma da Previdência pretendida pelo Governo.

É notório que a corda sempre quebra do lado mais fraco e assim os nossos trabalhadores estão à mercê de uma brutal violação nos seus direitos. E o que mais fragiliza o debate que a sociedade deseja que seja feito, é saber que nas estratégias para obter a aprovação na Câmara vale o uso de todas as armas. Por exemplo, antes da votação da Reforma Trabalhista, a imprensa anunciou: “o Governo destrava as nomeações”, significando que elas seriam colocadas a serviço da compra de votos na Câmara. Após aprovada, contrariamente, aqueles que não cumpriram o compromisso assumido de votar, obtiveram como resultado a demissão dos seus nomeados nos diversos cargos da Administração Federal! Negociação é um componente do processo político, mas usar da barganha que onera o Estado é prática indecente e reprovável, e outros tantos adjetivos que prefiro não citar para não manchar esse texto.

Agora, a meta em andamento é a Reforma da Previdência. Para viabilizar a sua aprovação a primeira manobra do jogo baixo, também já está em campo. Em ato solene o Governo assinou Medida Provisória – um instituto constitucional previsto somente para situações de “relevância e urgência” –, ampliando a renegociação dos débitos previdenciários das Prefeituras, de 60 meses para 200 meses (quase 17 anos!), mais a redução da multa e juros em 80%! Ora, doutores, se a Previdência Social está falida e convive com déficit, essa decisão, diante dos rigores da Reforma encaminhada, representa uma incongruência e uma insanidade contra o trabalhador brasileiro! Significa que serão cerca de 5.570 Prefeitos a pressionarem os seus parlamentares!

Nesse contexto, conclui-se que a nação está diante de uma reforma cheia de IMPREVIDÊNCIAS que afetam duramente os direitos de aposentadoria do cidadão brasileiro, mas não priorizam a eliminação dos desvios que atingem a estrutura da nossa Previdência Social. Espera-se que os senhores congressistas tenham sensibilidade e responsabilidade para separar o joio do trigo na condução dessa Reforma. O difícil são os tipos que lá estão se disponibilizarem a fazer essa fácil separação.

AUTOR: Adm. Agenor Santos, Pós-Graduação Lato Sensu em Controle, Monitoramento e Avaliação no Setor Público (Salvador-BA).

publicado em 20 de Maio / 2017 às 23:00

Artigo - Um Recomeço

Há trezes anos me foi dado algo que, mais tarde, eu compreendi ser um divisor de águas em minha vida: oportunidade. Um detalhe que muda a vida de uma pessoa. Você pode ter talento, competência, a qualificação necessária, mas sem oportunidade você não tem nada. E eu nem consigo mensurar o quão feliz fui e sou, em virtude disso.

Se eu pudesse resumir essa trajetória em uma única palavra, certamente seria GRATIDÃO. Foram anos lindos de aprendizado, dedicação, alguns perrengues (porque esses não poderiam ficar de fora), mas acima de tudo, muita, muita elevação. Crescimento pessoal e profissional. Uma evolução absurda. Desenvolvi características até então desconhecidas, trabalhei meu lado explosivo, aprendi a respirar fundo antes de responder. Conheci o sentido da palavra resiliência. Amadureci.

Aprendi que para que um relacionamento seja duradouro, independente de sua esfera, é necessário que haja respeito, confiança, dedicação e, sobretudo, vontade de fazer dar certo. Foram esses elementos que não me faltaram durante minha trajetória. Não foi fácil, não foram só flores, tampouco só sorrisos, mas tudo, absolutamente tudo, valeu a pena. Não me arrependo de nenhum passo que dei, os certos me levaram a lugares incríveis e os erros que cometi me trouxeram experiência.

Quando embarquei nessa viagem eu era apenas uma menina, sem experiência alguma, tudo que possuía era um coração cheio de sonhos e muitos planos. Aprendi a me portar, a me comunicar, a me policiar, fiz grandes e bons amigos, vivi incontáveis experiências nessas águas muitas vezes agitadas, mas como diz o poeta “mar calmo nunca fez bom marinheiro!”. Tudo que tenho e sou hoje devo, primordialmente à Deus, sem Ele nada seria possível e segundo, devo à oportunidade que me foi dada.

O homem que me deu essa oportunidade também foi meu patrão, chefe, diretor e mentor durante todos esses anos. Deus não poderia ter escolhido pessoa melhor. Um homem honesto, sério, íntegro e generoso. Criada sem pai, nunca fui carente, nunca senti a falta de um, minha mãe supriu todas as necessidades que tive ao longo da vida e tive irmãos mais velhos para me defender quando criança. Mas, na fase adulta, descobri um novo sentimento: A admiração!

Admiração por um homem que ao longo dos anos me mostrou que dinheiro é muito importante, mas não compra caráter. “Você precisa começar de baixo, com muita cautela e respeito ao próximo, um passo de cada vez e você vai longe.” Me ensinou que a união é o pilar principal para qualquer atividade bem sucedida.

Além da admiração e respeito por tudo que foi dito, tenho a gratidão por ter me dado a oportunidade que precisei lá no comecinho de minha carreira, teve um afeto paternal demonstrado em várias oportunidades. Me ajudou quando precisei, me deu bronca quando mereci e teve paciência comigo nos meus momentos mais complicados. Não há como esquecer. Obviamente, esse homem de poucas palavras nem sempre foi de trato fácil e eu precisei pedir auxílio a Nossa Senhora da Paciência, mas suas qualidades superam com folga seus defeitos.

Ainda que involuntariamente, revivendo a parábola do filho pródigo disse: “Dai-me o que é meu. Eu vou partir!” Como a figura do pai bondoso e sábio ele não fez objeção. Apenas apoiou minha decisão. Foram quase sessenta dias para a ficha começar a cair. Eu realmente vou embora! Mas não estou indo porque sou uma filha ingrata. Pelo contrário. Vou recomeçar. Vou em busca dos meus sonhos. Vou correr atrás dos meus ideais.

A vida é cíclica. Precisamos nos reinventar, precisamos deixar nossa zona de conforto e desafiar o desconhecido. Desbravar novos horizontes. Isso é viver! Movimento é Vida! Se assusta? Claro! Eu estou com medo, ao mesmo tempo muito confiante. Mas, é necessário. É disso que a vida é feita. Desafios. São eles que nos motivam. Se não der certo eu recomeço de uma outra forma porque a vida é um eterno recomeço. O que eu não posso e não vou me permitir é ser aterrorizada pela sombra do “e se...” Enquanto eu sofro pelo que poderia ter sido, pelo que poderia ter feito.

Encerro esse ciclo com a sensação de dever cumprido, com o coração cheio de alegria com a certeza de ter dado o melhor de mim, por ter plantado boas sementes e por estar colhendo os bons frutos dessa semeadura. As lágrimas na despedida, o abraço apertado o sorriso sincero e o desejo do fundo do coração “seja feliz!” Eu vou levar cada um no coração.

São essas lembranças que levo comigo com a certeza de que fui a melhor pessoa que poderia ser e em troca recebi reciprocidade. Saio com a certeza de que deixo muita gente torcendo por mim, pedindo a Deus que abençoe minha nova caminhada e muito feliz com minhas conquistas.

Quando me proponho a escrever, sempre passo meus textos por três filtros: é importante? Agrega? O que eu estou escrevendo ou o que eu fiz pode ajudar alguém?
É essa a preocupação que tenho com quem decide ler o que eu escrevo. Contei minha história hoje para que vocês saibam que embora não seja fácil, recomeçar é necessário. Então, se puder deixar uma mensagem hoje, a mensagem que deixo é:

Vá atrás dos seus sonhos, saia do casulo, lute pelo que você almeja. Seja a melhor pessoa que puder ser. Seja grato. Deus se agrada de um coração grato. Não permaneça numa etapa mais tempo do que deveria, você corre o risco de perder o brilho e a graça das demais etapas e corre o risco de perder grandes oportunidades. Voe! Não se aprisione! Permita-se! Arrisque-se! Viva!

É muito importante que você comece um novo capítulo com a certeza de ter finalizado o anterior, não esquecer-se das origens é muito importante, mas viver à sombra do que se foi é perigoso. É imprescindível que você diga para si mesmo que aquela fase se encerrou e uma nova acabou de começar. Pensar, pesar prós e contras é recomendável. Agir racionalmente é de suma importância.

Seja Feliz!

Verônica Monteiro

Bela. Ciências Contábeis

Baiana de nascença. Pernambucana de Coração! Escrevedora de coisas no site O Divã Dellas e para sempre uma Dona da Bola!

publicado em 19 de Maio / 2017 às 20:00

ESPAÇO DO LEITOR: E O ABANDONO DE ITAMOTINGA... ATÉ QUANDO?

Geraldo como é triste viver a política desse governo atual de Juazeiro. Nosso distrito de Itamotinga, tão rico, exportador de frutas, gerador de milhares de emprego, de uma cultura múltipla, está vivendo um descaso escandaloso.

Itamotinga vive um atraso de quase "dez anos", desde a outra gestão do aliado do governo atual. Nunca na história de minha vida eu vi isso acontecer.

Rivas, Joseph e Misael fizeram obras importantes aqui, mas esse governo veio para acabar com tudo. Senhores secretários não me venham falar da quadra poliesportiva do "GOVERNO FEDERAL", mérito do colégio Iracy Nunes que possui o número de alunos suficiente para ganhar essa obra "FEDERAL".

Não me venham falar do SAAE, onde regularizaram o sistema (mesmo assim a falta de água é constante, sem tratamento) só para cobrar taxas absurdas (ex: taxa de esgoto de 80 reais) nunca vista antes, superando todas as cidades vizinhas, inclusive, Juazeiro (sede).

Vejo alguns bairros da sede e outros distritos como Carnaíba, Maniçoba, Abóbora recebendo manutenção de estradas, calçamento, e Itamotinga nem isso. 

Cadê o projeto de requalificação da entrada do distrito? Cadê a licitação? O nosso acesso ao rio São Francisco é horrível, diferente do nosso vizinho Vermelhos-PE. Cadê o posto de saúde? A placa da obra até já venceu!!  Até quando vai ser assim?

Atenciosamente,

Junior G. V.

Foto Google Earth
publicado em 18 de Maio / 2017 às 23:00

Artigo: O dia em que a hipocrisia perdeu

Finalmente o barco Temer afundou. Uma hipocrisia monumental como essa não tinha como durar, ainda que protegida pela mídia e pela justiça de Curitiba. Se Temer continua aí como um cadáver ambulante, um walking dead, tanto fez como faz. Seu governo morreu e ele também. O estrago é incalculável e só a história dirá em que abismo os golpistas meteram o povo brasileiro.

Aécio suspenso do mandato, irmã dele presa, Cunha silenciado por propina na prisão de Sérgio Moro, com aprovação do atual presidente. Nem o melhor dos escritores, ou cineasta, conseguiria imaginar para a ficção o que é a realidade brasileira.

Mas, assim trabalha o capitalismo, comprando, subornando, corrompendo, guerreando, destruindo, matando. Só os ingênuos não veem ou fingem não ver. Não há moralismo ( nem Moro-lismo), que mude a natureza desse tipo de sociedade, sequer o cristão. Francisco já desistiu e sacramentou que "o capitalismo mata"

O problema é a saída imediata, para o Brasil respirar. Tecnicamente as diretas não existem nessas circunstâncias pela legislação brasileira. Esse Congresso teria que mudar a Constituição. Indiretamente eles vão colocar, mais uma vez, alguém que se comprometa em salvar a pele dos Congressistas envolvidos no golpe, nas corrupções e na aprovação dos retrocessos sociais e trabalhistas.

Mas, se vingar as diretas, tem que ser eleições gerais, varrer todo esse Congresso e também novas eleições para deputados e senadores. Salvo aqueles cento e poucos honestos que ali trabalham, o resto nem deveria ser reeleito.

17 de Maio de 2017 foi o dia que a hipocrisia brasileira também perdeu. 

publicado em 18 de Maio / 2017 às 14:00

ARTIGO - ESTADO POLTRÃO!

A nossa pátria amada, infelizmente, está sofrendo martírio, um estádio de descalabros de caráter genérico e vergonhoso. A família brasiliana sempre na mira do cadafalso do poder público, sem amparo e sem guarida, ficando com a fala rouca de tanto rogar ao poder de mando, autoridades, por um Brasil melhor, em que todos possam sorrir a paz holística, porém, a resposta é o silêncio e a falta de eco.

A pátria está sendo ultrajada e agredida, pois o Estado mostra covardia, debilidade e fraqueza em não combater com ardor, extirpando, arrancando pela raiz a crueldade e sufocando os bramidos daqueles que se comprazem em ver derramar sangue das famílias deste solo pátrio, completamente desprotegidas, vendo a perda dos seus entes queridos assassinados sob o sol fulgente. Então, conscientes da impunidade, restando-lhes a dor em saber que os sicários, sanguinários permanecem zombeteando e gargalhando em não temer o caráter intimidativo da pena.

Um país em que se tira a vida humana mais que nos campos de batalha, teatro de operações de guerra! Matar alguém neste Brasil virou currículo! Até quando!? Bandos da morte, arquitetos do crime, “sapateiam” e “pintam o sete” consuetudinariamente, dinamitam bancos, incendeiam tudo que lhes convém, inclusive viaturas policiais, metralhando-as, bem como os quartéis deixando as unidades acorrentadas, esnobando o seu armamento bélico de alta potência, humilhando os “traques” que os policiais fazem carga para proteger a sociedade.

A falta de respeito do Estado criou-se, então, a convulsão do medo, da desconfiança, assombro, concebendo que a mínima discussão no trânsito, o crime é iminente. A psicose do medo é admitida, visto que se mata, à luz do dia por um tênis ou celular. Havendo, portanto, o transtorno delirante, paranoia, instituindo-se, legítima defesa putativa sustentada, assim, pela letargia estatal.

Geraldo Dias de Andrade é Cel.PM\RR – Cronista – Membro da ABI\Seccional Norte – Escritor – Membro da Academia Juazeirense de Letras.

publicado em 17 de Maio / 2017 às 23:00

Deputados e senadores na mira do povo

Roberto Malvezzi (Gogó)

Cresce em todos os recantos do Brasil – ouço isso da Amazônia ao Apodi, passando pelo Pampa Gaúcho – a ideia de marcar severamente todos os deputados e senadores que votaram pelo golpe de 2016 e, principalmente, aqueles que estão votando contra o povo brasileiro.

Vamos ilustrar claramente onde votam contra o povo: PEC do fim do mundo que congelou os gastos de saúde e educação por vinte anos; reforma do ensino; reforma trabalhista e a reforma da previdência.

Nós, que atuamos com populações do campo, ainda acompanhamos as mudanças nas questões ambientais, entrega de terras aos estrangeiros e mudanças na política indigenista.

Não é só colocar o nome dos deputados e senadores na internet, denunciando-os como traidores do povo. Nem basta cerca-los em aeroportos para manifestar a indignação com suas atitudes políticas. É algo mais miúdo, que vai à casa de seus eleitores, explicar o que esses homens e mulheres tem feito contra os trabalhadores e mais vulneráveis da sociedade.

É o propósito de esclarecer para o povo das regiões onde são eleitos – aí será necessário trabalhar contra o nome do deputado ou senador na região, nos municípios, etc. - que eles recebem muito dinheiro das empresas para fazer campanha, mas é o voto do povo que os elege, não o dinheiro de seus corruptores.

Não que essa prática elimine a necessidade de uma profunda reforma política, nem quer dizer que os novos eleitos serão necessariamente melhores que os atuais. Mas, essa iniciativa pode inaugurar uma nova fase na política brasileira, que é um certo monitoramento efetivo do comportamento dos parlamentares.

Tomara que a ideia prospere. Quem sabe o próximo Congresso seja um pouco mais digno das angústias e esperanças do povo brasileiro. 

publicado em 16 de Maio / 2017 às 16:45

ESPAÇO DO LEITOR: SEDUR responde reclamação de morador do Loteamento Bela Vista

Nesta tarde (16) a redação do Blog Geraldo José postou o desabafo do leitor Laete Valetim sobre a falta de infraestrutura no Loteamento Bela Vista em Juazeiro. Confira aqui!

A Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR) informou ao Blog que vem realizando levantamento para buscar recursos para futuros projetos de pavimentação, recapeamento e operação tapa buraco onde bairros e loteamentos como o Bela Vista possam ser atendidos.

A SEDUR informou ainda que está atenta e sensível a todas as demandas de pavimentação do município, inclusive do Loteamento Bela Vista. Atualmente 12 bairros estão sendo atendidos com obras de pavimentação, drenagem e saneamento dentro do Programa de Intervenção da Poligonal Urbana.

O projeto prevê também a pavimentação do corredor de ônibus que passa pelos bairros Argemiro, Antonio Conselheiro, Nova Esperança, Piranga I e Piranga II.  Várias outras obras de pavimentação tanto na sede como no interior também estão em andamento, custeadas com recursos próprios do município e também fruto de emendas parlamentar.

Já a Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano informou que vai identificar o proprietário do terreno para que ele faça a limpeza e providencie a construção do muro.

publicado em 16 de Maio / 2017 às 16:20

Espaço do Leitor: Secretaria responde questionamento de leitor sobre pavimentação no bairro Jardim Vitória

Nesta terça-feira(16) o Blog Geraldo José postou os questionamentos do leitor Pedro Araújo referente a falta de pavimentação em algumas ruas do bairro Jardim Vitória. Veja aqui!

Em nota enviada ao Blog, a Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR) informou que "o contrato que prevê a pavimentação de ruas no bairro Jardim Vitória, engloba outros três: Jardim Flórida, João Paulo II e João XXIII. Atualmente a empresa responsável pela execução das obras está concluindo a pavimentação da Rua Viradouro, no bairro João XXIII, para em seguida dar continuidade ao cronograma com o início da pavimentação de mais uma rua no Jardim Vitória. A SEDUR informa ainda que o contrato prevê a pavimentação de 14 ruas no bairro Jardim Vitória, quatro já foram inauguradas, a Rua Ozias Bezerra está em processo de finalização, e outras nove serão iniciadas, entre elas a Rua do Lírio, via mencionada pelo leitor".

publicado em 16 de Maio / 2017 às 13:00

ESPAÇO DO LEITOR: LOTEAMENTO BELA VISTA E O ABANDONO PÚBLICO.

Nós, moradores do Loteamento Bela Vista, insatisfeitos com a administração pública que nos promete tanto, mas na hora de cumprir com suas obrigações sempre nos surpreende com algumas desculpas, queremos reivindicar resposta do poder público através dos meios de comunicação escrita. Gentileza responder de forma específica e não em um contexto geral.

O loteamento Bela Vista é relativamente pequeno, mas, conforme mostra a imagem abaixo, possui numa área destacada em amarelo, que é uma área não urbanizada onde cresce um matagal e há a deposição de lixo, conforme mostram as fotos, uma área abandonada de 4,68 hectares.

Pergunto: será que as autoridades ainda não conseguiram ver esse abandono? Muito lixo e fumaça a quase toda noite prejudicando a saúde de crianças e adultos. Será que pelo fato da propriedade ser de um empresário, não deve ser aplicada a lei? Temos um lixão dentro do perímetro urbano?

A referida área vem trazendo grandes transtornos para os moradores sendo refúgio para bandidos, (ladrões, traficantes e usuários de drogas).

Sr. Prefeito, quando a autoridade vai trazer pavimentação as ruas deste loteamento que fica a cinco minutos do centro da cidade (de carro)? O Loteamento tem 1.631 metros de ruas sem pavimentação alguma, só poeira. Isso vai ficar assim até quando?

Os Senhores vereadores têm algum projeto de lei na câmera para beneficiar o loteamento?

Laete Valentim

publicado em 16 de Maio / 2017 às 07:00

Espaço do Leitor: Morador cobra pavimentação no bairro Jardim Vitória em Juazeiro

Geraldo, venho por meio deste Blog saber da Prefeitura Municipal de Juazeiro quando serão reiniciadas as obras de pavimentação das ruas do bairro Jardim Vitória, pois somente algumas ruas foram beneficiadas, restando algumas a serem contempladas.

Não é justo alguns moradores serem lembrados e os demais serem esquecidos pela administração pública. A foto que envio é da Rua do Lírio, uma das ruas que falta ser pavimentada.

Por Pedro Araújo

publicado em 15 de Maio / 2017 às 23:00

APAMI/PETROLINA – PARCEIRA DA VIDA...!!!

Sim, solidariedade é da minha conta, foi isso que senti ao ver essa imagem que ilustra esse texto, e tenho certeza que ao final, você sentirá o mesmo...

Quando aquele amigo de coração imenso me pediu para descrever aqui o que acho sobre a APAMI/PETROLINA, senti uma enorme responsabilidade, mas, ao mesmo tempo uma grande obrigação, porque aproveito a oportunidade que o Blog Geraldo José me concede semanalmente, e sempre estou mencionando atos e fatos gerais que nos chamam a atenção...

Alguém muito especial me ensinou certa vez, e nunca mais esqueci, de que “quem olha para dentro sonha, quem olha para fora acorda...” assim, bem acordado olhei para os olhos dessas crianças através da foto acima e pude ver o que se segue:

Vi uma Instituição no alto dos seus 70 anos, que ao longo do tempo tem sido referência no seu objetivo primeiro: A VIDA!

Vi uma Região considerada símbolo de desenvolvimento, com avanços tecnológicos no campo produtivo da irrigação, precisando trazer também para si a responsabilidade social de ações corajosas como essas da APAMI/PETROLINA...

Vi dois olhares distintos: um de uma criança vencedora, e o outro de uma criança cheia de esperança...

Vi mais além: vi que é preciso a plena conscientização e mais engajamento de muitos municípios da Bahia, Ceará, Pernambuco e Piauí, atendidos pela APAMI/PETROLINA, no sentido de ajudarem na empreitada diária da sua obra sem fim... Vi o bem aliviando dores, vi um trabalho permanentemente humanizado, vi amparo, vi dedicação, vi atenção a tantos quantos ali chegam precisando daquela mão-amiga que a todos acolhe...

O nome da APAMI/PETROLINA já diz tudo, seu significado é abrangente quando se trata de gente, por isso reconhecemos que uma obra dessa grandeza vai além de pedra e cal...

É por isso que recebemos aquela ligação telefônica pedindo nossa ajuda tão importante, e você não imagina o quanto soma sua contribuição, quer seja máxima ou mínima...

E não é só isso. A APAMI/PETROLINA vai mais além, através da sua credibilidade como Instituição reconhecida que é, principalmente, no encaminhamento de pacientes para grandes centros nos casos oncológicos mais graves... Ou seja, sua mão estendida ultrapassa fronteiras na busca de fazer o BEM sem olhar a quem...

Agora, quero aproveitar e lhe fazer quatro convites: 1. Vá ao Forró do Beco no dia 01 de Junho, e sinta solidariedade à flor da pele. Evento organizado pelo Movimento de Combate ao Câncer –MCC, entidade parceira da APAMI e que ajuda no tratamento complementar das pessoas, tendo em vista o elevado custo da medicação; 2. É a sua doação que mantém viva a chama da VIDA dessa Instituição; 3. Se você sentiu que SOLIDARIEDADE É DA SUA CONTA, participe com sua contribuição para a APAMI/PETROLINA continuar na luta em favor das pessoas que batem à sua porta; 4. Quando tiver um tempo disponível vá conhecer o Hospital Dom Tomás/Petrolina, e veja com os seus próprios olhos porque a APAMI É PARCEIRA DA VIDA!

E, para finalizar, convém lembrar: “A esperança não murcha, ela não cansa. Vão-se sonhos nas asas da descrença. Voltam sonhos nas asas da Esperança.” (Augusto dos Anjos).

Acord@dinho – Apaixonado por Juazeiro e leitor assíduo do blog.

publicado em 15 de Maio / 2017 às 06:00

ESPAÇO DO LEITOR: ANDARILHO EM CARNAÍBA DO SERTÃO.

Geraldo há pelo menos dois meses esse homem apareceu em Carnaíba do Sertão e permanece por aqui. Visivelmente com algum problema mental, pouco conseguimos avançar nas tentativas de diálogo com ele que só fala quando quer pedir alguma coisa: comida, café, etc...

Às vezes, quando está mais agitado, conversa sozinho.

Tentamos contato com o Samu, mas fomos informados que só poderiam recolhê-lo se ele estivesse em alguma casa. No CAPS II, por telefone, fomos orientados a tentar, de novo, com o Samu, pois independente de identificação ou não, residência ou não, ele deve ser atendimento pelo Samu, encaminhado para a UPA que, provavelmente encaminhará para o CAPS.

Como se trata de uma questão de saúde pública, porque é uma pessoa com necessidade de apoio e tratamento psiquiátrico, podendo a qualquer momento ter um surto, solicito mais uma vez, e agora de público, que o Samu nos ajude nesse acolhimento.

Peço também, Geraldo, que compartilhe a foto para a possibilidade de algum parente reconhecê-lo.

Obrigada,

Sara Duarte

publicado em 14 de Maio / 2017 às 23:00

ARTIGO – GRADES ABERTAS... CANDIDATOS À VISTA: 2018!

O prudente afastamento temporário deste colunista por motivo médico, na abordagem dos temas da atualidade, sugeriu a alternativa da coluna “VALE A PENA LER DE NOVO” reeditando, assim, algumas crônicas de anos anteriores. Ainda assim, muito feliz pela reação positiva de alguns leitores que antes não tiveram acesso ao texto na primeira edição. Contudo, foi um recesso penoso e que gerou inquietação nessas quatro semanas, diante de um Brasil convulsionado por tantas evidências de que está cada vez mais difícil de reencontrar o seu destino.

Como tem sido difícil para os brasileiros a constatação de que até das instituições que se acreditava preservarem uma reserva mínima de integridade, emanam decisões de relevância jurídica duvidosa, mesmo que seja apenas da parte de algumas “turmas” ou membros isoladamente, mas que afetam a estrutura moral do todo da instituição! Era um patrimônio nacional inatacável e que, de repente, se vê comprometido com a obrigação de mostrar a sua isenção e independência como Poder, necessitando de uma atitude que demonstre passos na direção da reconquista da confiança perdida. Foi muito triste, também, ver nomes de nossa Corte maior circularem nas redes sociais atingidos por comentários jocosos e pouco elegantes em razão de decisões assumidas sob a presunção de influências políticas e não embasadas nos fundamentos jurídicos dos quais são mestres competentes.

Nada mais conflitante para um povo que vem depositando as suas esperanças nesse processo de depuração que se iniciou com a LAVA JATO para alcançar o expurgo total da degradação em que mergulharam a Nação, do que vê setores da própria Justiça se digladiando e competindo entre si. Já se viu que não basta prender essa corja de bandidos que se travestiu de pessoas de bem no universo político nacional para assaltar os cofres públicos. É preciso ir mais além. Como disse o Procurador Deltan Dallagnol, Procurador- Coordenador Geral das Investigações, em entrevista à Folha de S. Paulo: “Não basta retirar as maçãs podres. Precisa mudar as condições de temperatura, umidade, luz, que fazem a maçã apodrecer”.

O que mais desencanta ao eleitorado brasileiro que tem no voto o instrumento hábil para modificar o devastado quadro político atual pela via democrática da eleição direta, é ter a certeza de que os nomes que se apresentam no cenário político nacional para a Presidência da República, sãos os mais envolvidos nas investigações por crimes de corrupção e pelos quais terão de prestar contas à Justiça e à Nação. Falta a esses pretendentes a honradez e a dignidade necessárias ao perfil que querem exibir de salvadores da pátria. O pior é que o circo já está armado e os primeiros espetáculos já começaram a acontecer...!

Se está ruim agora, com esse governo infestado de nomes igualmente comprometidos em denúncias e processos, que dizem ser ilegítimo, mas foi legalmente eleito pelo voto dos que a ele agora se opõem, ainda pior é a perspectiva que se apresenta de termos um futuro governo assumido pelos que criaram as organizações criminosas e comandaram o Petrolão no país, muitos deles com trânsito pelas prisões de Curitiba, cujas grades estão sendo abertas...! O Brasil não merece a infelicidade de ser governado por ex prisioneiros que afanaram os cofres públicos e destruíram as nossas melhores estatais... Nunca defendi o governo que aí está, e que não elegi, porque entendo ser fraco e cada dia mais enfraquecido. Mas o Temer está sendo o algoz de Reformas que eles queriam fazer e não tiveram a coragem para tanto. Se eleitos, quero ver a coragem e a bravura que agora exacerbam nos discursos enganosos e populistas, para anular tudo que agora está sendo feito contra o honesto trabalhador!

Lamentável que chegamos a tão baixo nível como Nação, e cuja única conclusão aceitável é a de que o Brasil precisa ser repensado em todos os seus mínimos valores morais, políticos e institucionais, se assim desejar restabelecer o respeito internacional que já foi perdido.

AUTOR: Adm. Agenor Santos, Pós-Graduação Lato Sensu em Controle, Monitoramento e Avaliação no Setor Público (Salvador-BA).

Voltar ao topo
© Copyright Blog Geraldo José. 2009 - 2017. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.